Sobrenomes começaram a ser usados há mais de 5 mil anos, na China, por volta de 2850 a.C., quando o crescimento da população era grande e já não havia mais a possibilidade de as pessoas terem um nome só. No Ocidente, o hábito foi adotado inicialmente pelo Império Romano. Neste artigo você verá os nomes e sobrenomes franceses mais comuns.

Nomes e sobrenomes franceses mais comuns

O conceito de sobrenome pode ser atribuído à França do século XI, onde nasceu todo o conceito de sobrenomes. Atualmente os franceses geralmente possuem um, dois ou mais nomes, porém apenas o primeiro nome é usado diariamente, e os dois restantes são utilizados apenas quando o cidadão lida com sua documentação social.

Uma lei recente foi introduzida e permite que ambos os pais escolham um sobrenome, que pode ser utilizado em todos os seus filhos. Na maioria dos casos, a criança recebe o nome do pai ou da mãe, mas alguns pais também usam dois sobrenomes. A lista abaixo foi retirada do site francês Filae onde é possível pesquisar os sobrenomes mais comuns da França e a origem dos mesmos.

Os sobrenomes franceses mais comuns e seus significados

  • Durand – deriva do termo durandus que significa eterno em latim;
  • Leroy – simboliza um guerreiro;
  • Moreau – que tem pele escura média, moreno;
  • Simon – de Santo Simon;
  • Laurent – derivado de Saint Laurent;
  • Michel – deriva da língua hebraica, significando alguém semelhante a Deus;
  • Garcia – muito popular no idioma espanhol, significa graça;
  • Martin – de Saint Martin, um dos padroeiros da França;
  • Bernard – São Bernardo, corajoso como um urso;
  • Dubois – que pertence à floresta;
  • Thomas – de São Tomás, discípulo de Jesus;
  • Robert – derivado da língua alemã e significa chama brilhante;
  • Richard – significa uma regra dura que deve ser seguida;
  • Petit – pequeno em tamanho.

A maioria dos sobrenomes franceses é escolhida a partir do nome dos pais. Alguns são sobrenomes ocupacionais, o que significa que os nomes foram baseados na ocupação do indivíduo.

Muitos outros foram decididos a partir dos traços de personalidade únicos de uma pessoa e finalmente, as localizações geográficas tiveram um papel central também na decisão do sobrenome de um indivíduo.

Saiba também quais são os nomes e sobrenomes espanhóis mais comuns.

Nomes franceses femininos mais comuns em 2022

  • Emily;
  • Jamilla;
  • Mia;
  • Mayleen;
  • Liya;
  • Emma;
  • Mila;
  • Ella;
  • Eléa;
  • Émie;
  • Neyla;
  • Eva;
  • Maya;
  • Lola;
  • Elyna.

Nomes franceses masculinos mais comuns em 2022

  • Matéo;
  • Gabriel;
  • Raphael;
  • Lucas;
  • Elio;
  • Théo;
  • Ilyan;
  • Mael;
  • Liam;
  • Louis;
  • Télio;
  • Leon;
  • Léo;
  • Timothé;
  • Milann.

Conheça também 10 pequenas cidades da França.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →
mulher gravida fazendo lista de nomes
A escolha do nome é uma das etapas mais importantes da gravidez.

Nomes franceses no Brasil

No Brasil, o uso dos sobrenomes chegou com a colonização; cerca de 95% vieram de outros países, como Japão, Alemanha, Portugal e Espanha. Os 5% restantes possuem origem indígena, como Capanema ou Pirajá e vários escravos libertos incorporaram os sobrenomes de seus antigos mestres.
A influência obteve uma nova força no século XIX, quando famílias da elite nacional escolhiam nomes franceses para seus filhos, influenciadas pela cultura estrangeira mais proeminente à época. A partir de então, a tradição mais requintada foi se popularizando.
Nomes franceses ganharam nova forma escrita em português, como no caso de Laurent, cuja grafia no idioma brasileiro transformou-se em Lorran.

Nomes franceses mais comuns no Brasil

  • Nicolas – significa vitorioso, “vencedor do povo”;
  • Olivier – quer dizer oliveira, a árvore que produz azeitona;
  • Pierre – significa pedra, rocha;
  • Renan – possui origem gaélica, pode significar “aquele que é companheiro”;
  • René – significa renascido;
  • Thierry – quer dizer príncipe ou “senhor do povo”;
  • Yves – significa misericórdia divina;
  • Alain – harmonia, belo;
  • Etienne – uma variação de Estêvão, significando “o coroado”;
  • Henri – “o senhor do lar” é seu significado;
  • Jean – pode-se traduzir em “graça divina”;
  • Jacques – significa “aquele que vem do calcanhar”;
  • Marcel – significa “jovem guerreiro”;
  • Michel – traduz-se em “semelhança com Deus”.

O Brasil, como se bem sabe, foi colonizado por portugueses, porém, algumas regiões do território, principalmente no norte, nordeste e no Rio de Janeiro, passaram também pelo processo de colonização de outros países como Holanda e França.
Em razão disso, é muito comum encontrar sobrenomes franceses no Maranhão, sendo que São Luís do Maranhão foi a única capital brasileira a ser colonizada por franceses.

Curiosidade: sabia que existe uma lista de nomes permitidos em Portugal? Ao contrário do Brasil, não se pode colocar qualquer nome nas crianças portuguesas. Veja também quais são os nomes e sobrenomes mais comuns em Portugal.

Sobrenomes franceses mais comuns no Brasil

  • Estivalet;
  • Furquim;
  • Mallet;
  • Piquet;
  • Agan;
  • Fontainelles;
  • Berny;
  • Beaurepaire;
  • Taunay;
  • Rondel;
  • Gastal;
  • Reverbel;
  • Romuald;
  • Florence;
  • Laquintinie.

Devido às necessidades de adaptação para o idioma português, alguns nomes e sobrenomes franceses acabaram sendo alterados no Brasil. Um bom exemplo desta necessidade é o sobrenome Fontainelles, que se transformou em Fontenelle, por vezes Fontenele, no Brasil.

Outro bom exemplo é o sobrenome Beauffort que acabou virando Belfort, por causa do difícil tritongo “eau”, muito comum na língua francesa que não pode ser pronunciado corretamente seguindo as regras da língua portuguesa.

Aprender francês: descubra aqui as melhores maneiras.

Como saber se sou descendente e se tenho direito à cidadania?

O site Genea é uma boa base de pesquisa; não é gratuito, porém serve ao menos para identificar gratuitamente a procedência e avaliar a frequência de qualquer sobrenome francês até o início do século XX.

Cidadania francesa por filiação

Diferente da cidadania italiana, só os descendentes franceses diretos podem tirar cidadania por filiação, e mesmo assim, não é em todos os casos. Caso seus avós sejam franceses, você não poderá tirar, já que precisa ser descendente direto. Se um dos seus pais é francês, você pode pedir a cidadania francesa para filhos, não importando o local onde você nasceu, somente a condição de que o francês em questão não tenha mais de 50 anos morando fora da França.

Você não pode pedir a cidadania francesa? Então veja aqui os tipos de visto para a França.

Cidadania francesa por casamento

Pessoas que são casadas com cidadãos franceses por mais de 5 anos podem solicitar a declaração aquisitiva da nacionalidade francesa em razão do casamento, de acordo com o artigo 21- 2 do Código Civil. Este prazo pode ser reduzido para 4 anos caso:

  • O cônjuge estrangeiro possua residência interrompida e regular em solo francês por 3 anos (a contar da data do casamento);
  • O cônjuge foi inscrito, sem interrupção, no registro de franceses estabelecidos fora da França durante toda a duração de vida no país estrangeiro (após o casamento).

Saiba onde encontrar o Consulado Francês no Brasil.

Agora que você já sabe quais são os nomes e sobrenomes franceses mais comuns, saiba também que se você for visitar ou morar na França, vai precisar de um seguro viagem. É um documento obrigatório para entrar no país. Saiba tudo sobre o seguro viagem para França.