A França desperta no imaginário das pessoas um desejo incrível de conhecer o país, não é à toa que é o país mais visitado do mundo. Imagine passear pelas ruas de Paris, explorar as regiões de vinho ou desfrutar de um maravilhoso verão na Riviera Francesa. Só de pensar já dá vontade de arrumar as malas, não é mesmo? Mas antes de ir comprando a passagem, confira o guia que preparamos para viajar para França, desde preços, documentos necessários e quanto custa explorar o país.

Como viajar para França?

Motivos não faltam para pegar um avião e viajar para a França. Mas como tirar esse sonho do papel? O primeiro passo é começar um planejamento.

Toda viagem deve partir desse ponto, é importante se preparar para a viagem e esse processo passa desde a definição do orçamento de viagem até a pesquisa de passeios. Claro, incluindo nesse processo o roteiro de viagem.

A França tem cidades lindas e regiões com atrativos variados, assim é possível ir além de Paris e conhecer um pouco mais da cultura francesa em uma única viagem.

Brasileiros já podem viajar a turismo para França?

A França têm mantido algumas restrições para os viajantes de todo o mundo. Porém, como resultado do avanço da vacinação e a imunização da população mundial, as regras tem mudado e se flexibilizado cada vez mais. Além disso, o governo francês acompanha a classificação de risco dos países, separando-os em verde, laranja e vermelho definida pela União Europeia.

O Brasil ainda está classificado como zona vermelha. Ou seja, um país de alto risco para a transmissão do vírus.

Brasileiros vacinados podem entrar na França

Mas, viajantes com origem no Brasil que tenham o cronograma completo de vacinação, ou seja, duas doses para as vacinas AstraZeneca, Pfizer, Moderna ou uma dose para a Janssen, são aceitos na França.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Para a imunização ser aceita, no momento do embarque, é preciso esperar 7 dias após a segunda dose ou 28 dias após a dose única. A Coronavac ainda não é aceita na França. Você pode confirmar as informações atualizadas no site do Consulado Francês.

O governo francês disponibilizou uma plataforma para os turistas emitirem o documento em francês. É só cadastrar os documentos que atestam a sua vacinação e você receberá o passaporte sanitário que poderá ser utilizado no país.

Para emiti-lo, vá ao site do Ministério da Europa e dos Negócios Estrangeiros da França. Você também pode emitir certificados em inglês ou espanhol pelo aplicativo do Conecte SUS.

Passaporte Sanitário durante a estadia na França

Estando na França, você precisa do passaporte Covid para fazer praticamente tudo. Em restaurantes, bares, museus e festas, todos são obrigados a exigir o comprovante de vacinação ou um teste PCR negativo feito em menos de 72h.

Em outras palavras, além de facilitar o seu embarque, a vacina também vai te dar livre acesso dentro do país.

Para quem apresentar o comprovante de vacinação das vacinas aceitas pela União Europeia, não é necessário fazer quarentena na chegada ao viajar para França.

Brasileiros já podem viajar para a Europa? Confira todos os detalhes.

3 cidades imperdíveis para visitar na França

Como adiantamos, a França vai muito além de Paris, por isso, separamos as cidades imperdíveis em uma viagem ao país.

1. Nice

Acima de tudo, o verão francês não seria o mesmo se não existisse Nice. Cidade litorânea no sul o país, é uma das mais bonitas do mundo quando o assunto é praia. Com um mar extremamente azul e em alguns dias transparente, Nice é o destino mais procurado por famosos e turistas para curtir a temporada de verão.

viajar para Nice sul da França

Na alta temporada do verão europeu, que vai de julho até setembro, é bom preparar o bolso. Não é um destino barato, mas com certeza vale a pena conhecer e se encantar.

Mas a cidade não se resume a praia, a Cidade Antiga de Nice deve fazer parte do roteiro na cidade.

2. Lyon

A capital gastronômica da França. Lyon é conhecida por ter os melhores restaurantes e chefs de cozinha do país, lugar ideal para apreciar a culinária francesa. Ou seja, estrelas Michelin é o que não faltam pela cidade, por isso, um tour gastronômico em Lyon é uma experiência única. Sobretudo por ser um pouco menor do que Paris, ainda assim a cidade tem seu charme e que merece ser valorizado.

Com mais de dois mil anos de história espalhados pela cidade, você pode conhecer o teatro romano a céu aberto que chama Théatre Antique de Fourvière. É uma construção simbólica da cidade. Apreciar o fim de tarde as margens do Rio Ródano também é um bom programa para se fazer na cidade.

Uma dica para aproveitar melhor a cidade é contratar o Lyon City Card, que além de acesso ao transporte público, inclui a entrada em algumas museus da cidade.

3. Paris

A capital francesa é, sem dúvidas, a mais desejada pelos turistas e não poderia faltar nessa lista. Paris é uma das cidades mais famosas do mundo por sua arquitetura, casa da moda de alta costura, cultura histórica e os famosos pontos turísticos. A Torre Eiffel, Moulin Rouge, Basílica de Sacré Coeur, Museu do Louvre. Enfim, atrações imperdíveis não faltam ao visitar a Cidade Luz.

Com uma vida agitada de capital da moda, do luxo e de construções históricas importantes para o mundo, é a primeira cidade que não pode faltar no seu roteiro. A emoção de ver a Torre Eiffel brilhando a noite com o Rio Sena de acompanhante é indescritível.

A primavera é a minha estação favorita do ano para conhecer a cidade. Ainda mais que os jardins estão todos muito floridos, as cores das paisagens estão vivas e a sensação térmica é agradável, além de não ser na altíssima temporada, quando tudo está lotado de turistas.

Documentos necessários para viajar para França

Os brasileiros não precisam de visto prévio para entrar em território francês como turista. A duração da estadia é de até 90 dias, já que a França faz parte do Espaço Schengen, um acordo de livre circulação entre 26 países europeus.

Antes de mais nada, você precisa saber se está com toda a documentação necessária para viajar para o país. Os documentos necessários são:

  • Passaporte com data de validade de no mínimo 6 meses;
  • Seguro Viagem;
  • Comprovante de hospedagem;
  • Passagem aérea de volta;
  • Comprovante financeiro de que você tem dinheiro para se manter no país durante a sua estadia. Em geral, é necessário que seja comprovado 65€ por dia, pode ser em dinheiro, cartão de crédito internacional ou uma carta convite de alguém que more na França e que vai te receber em casa. Com isso, o valor para ser comprovado cai para 32,50€.

Além desses itens, o comprovante de vacinação contra Covid-19 (passaporte sanitário), também é exigido.

Outro detalhe importante, a partir de 2023, será exigida uma autorização chamada ETIAS para entrar na Europa.

Companhias aéreas para viajar do Brasil para França

A princípio, por ser um destino comum para os brasileiros, é possível chegar facilmente na França. Você pode optar por diferentes companhias aéreas e trajetos.

Ocasionalmente o percurso mais comum e muitas vezes mais barato, é a viagem feita com escala em Portugal. Mas, ainda assim, existem voos diretos e outros países como parada.

companhias aéreas para viajar para França

A Air France, companhia aérea francesa, é a única que faz voos diretos ligando o Brasil à França. O voo de ligação sai de São Paulo e tem como destino Paris, no Aeroporto Charles de Gaulle.

Com duração média de 11h30 é a maneira mais rápida de chegar na França. Além disso, a Air France é considerada uma das melhores companhias aéreas da Europa.

Outra opção para voar direto entre o Brasil e a França é a Latam, sendo os voos no trecho São Paulo – Paris.

Além das duas companhias aéreas que fazem a ligação direta entre os dois países, existem outras companhias aéreas, essas com conexões, mas que podem ser uma boa opção. Entre elas as melhores são:

  • British Airways opera voos com escala em Londres;
  • Lufthansa opera voos com escala em Zurich;
  • TAP opera voos com escala em Lisboa;
  • Iberia opera voos com escala em Madrid;
  • Turkish Airlines opera voos com escala na Turquia.

O que não faltam são alternativas para chegar até Paris. Só é preciso prestar atenção no país que será feita a escala. Uma boa opção também, é fazer um stopover em um desses destinos.

Quanto custa viajar para França?

O primeiro a se ter em consideração é que os custos de uma viagem para a França vão variar muito de acordo com o estilo de viagem, mas existem alguns gastos médios que podem ajudar a definir o orçamento.

Realizamos uma busca por passagens no Passagens Promo e, pensando em uma viagem de 10 dias para um casal em Paris, considerando a alta e baixa temporada de 2022, os valores ficariam em média, por pessoa, como na tabela abaixo:

Época do ano Baixa temporada Alta temporada
Passagem aérea R$ 5.744 (2 passagens) R$ 7.280
Hospedagem R$ 5.120 R$ 6.400
Gastos por dia R$ 4.160 R$ 5.120
Seguro viagem R$ 480 (2 pessoas) R$ 480
Total R$ 15.504 R$ 19.280

Resumindo:

  • Na baixa temporada, mais especificamente em março de 2022, o gasto médio para um casal passar 10 dias em Paris seria R$ 15.504;
  • Já na alta temporada, especificamente em agosto, o gasto médio de um casal em Paris por 10 dias é de R$19.280.

Informações relevantes

O gasto mínimo por dia é estabelecido pelo governo francês para que você possa entrar no país.

Eles podem te pedir uma comprovação do valor de 65€ por dia de estadia, no momento que você passar pela imigração. O comprovante pode ser em dinheiro ou cartão de crédito internacional. Você pode encontrar mais informações no site do Consulado Geral do Brasil em Paris.

Além disso, tudo depende da sua programação turística também. Por exemplo: entrada de museus, saídas para bares e festas, viagens dentro do país, refeições em restaurantes.

Tudo isso pode aumentar ou diminuir seus gastos diários. A média projetada foi para alimentação e deslocamento dentro de Paris.

Confira todas as dicas para comprar passagem para a França com melhor preço.

Qual a melhor época para viajar para França?

A alta temporada na França é entre o começo de julho e meio de setembro, que corresponde a temporada do verão europeu. Porém, o mês de dezembro também é muito movimentado, por causa das festas de fim de ano.

O ideal para quem procura lugares menos lotados, preços mais baixos e um clima mais agradável é viajar na primavera. Além disso, já não está tão frio quanto no inverno mas também não tem as altas temperaturas do verão.

Do final de fevereiro ao mês de maio, as temperaturas marcam a mínima de 10 °C e a máxima de 20 °C. Os jardins já estão super floridos e, particularmente, eu acho a época mais agradável e bonita da França.

requisitos para viagem à França

Para quem quer conhecer a região litorânea do país, junho e setembro podem ser os meses chaves para evitar a alta temporada. As férias escolares começam em julho e vão até a primeira semana de setembro normalmente. Eventualmente, as cidades de praia ainda estarão mais vazias e você consegue aproveitar melhor.

Porém, para quem gosta do agito, de praias cheias, festas e gente por todos os lados, o verão europeu é perfeito para isso! Tudo depende do que você procura para as suas férias.

Época mais barata para viajar para França

Mas para quem quer economizar, o inverno, ou seja, de janeiro a março pode ser uma boa época para viajar para frança. Durante esse período as passagens ficam mais baratas e as hospedagens também, sem contar restaurantes. É uma época mais econômica, mas igualmente interessante para conhecer o país.

As meia-estações também podem apresentar um bom custo-benefício, durante a primavera e o outono as atrações estão mais vazias, o clima ameno e os preços mais atrativos também, especialmente se comparados com o verão.

Dicas para viajar para França

Não poderia faltar as melhores dicas para viajar para França, não é mesmo? Um ponto importante para se considerar é que no país você vai encontrar lojas com ótimos preços, então venha com espaço na mala!

Outra dica importante é deixar o salto alto em Paris só para ocasiões muito especiais. As ruas da cidade não permitem que você caminhe muito tempo pelas ruas com um salto fino, por exemplo.

Com calçadas feitas muitas vezes de pedra ou um tipo de paralelepípedo como conhecemos no Brasil, desfilar por Paris com um salto fino e alto vai ser uma verdadeira aventura. Além das escadarias infindáveis do metrô. Por aqui, a maioria das pessoas prefere sapatos mais baixos e confortáveis.

Prepara-se para comer muito croissant, queijo, baguete e vinho. Além disso, aproveite ao máximo a culinária francesa. A pâtisserie ou, em bom português, os doces franceses são maravilhosos e com um sabor único. Se eu pudesse dar só uma dica, definitivamente seria essa. Coma tudo que tenha vontade!

Seguro viagem para a França

Por fim, mas não menos importante, não se seguro viagem França é obrigatório! Por não precisar de visto e poder embarcar só com o passaporte, muitas vezes o seguro acaba sendo deixado para segundo plano. Porém, a saúde na França não é barata para turistas. E, consequentemente, não podemos esquecer que o gasto será em euro, o que dificulta ainda mais toda a situação.

Nossa dica é cotar no Seguros Promo, o comparador de seguro viagem apresenta os melhores preços e planos para todos os perfis de viajantes. Você ainda pode usar o cupom EURODICAS5 e ganhar 5% de desconto na compra.