Passagem para França: preços e dicas para escolher o melhor voo

A cada ano, a França bate novos recordes com o número de turistas recebidos. Em 2018, foram 89 milhões de visitantes, o que é ainda mais impressionante quando sabemos que este número é mais que o dobro da população do país, atualmente de 66,9 milhões de habitantes. Ficou com vontade de planejar sua viagem? O primeiro passo é pesquisar os preços de passagem para França, definir o tipo de voo que melhor atende você e outros detalhes.

É sobre tudo isso que falaremos neste pequeno guia, trazendo vários atalhos para economizar na passagem para França e dicas de como escolher o melhor voo para o seu perfil. Confira!

Onde comprar passagem para França?

Há muitos caminhos para encontrar sua passagem para França, a começar pelos sites de companhias aéreas.

Contudo, vale muito a pena utilizar os sites de busca que agregam várias empresas e combinações de voos, que se destacam pelos preços mais econômicos e serviços de alerta de promoções e ofertas que oferecem. Veja aqui os principais.

Kayak

A Kayak é um comparador de tarifas sempre listado entre os melhores. Para iniciar a pesquisa, é preciso apenas informar a sua origem e destino, as datas de ida e volta e voilà!

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Ele gera em segundos uma lista de preços, pesquisando simultaneamente nas bases de diversas companhias aéreas. Assim, você consegue visualizar facilmente preços, escalas, duração da viagem e escolher o que prefere. A

lém disso, também é uma boa base para pesquisar hospedagem – e você resolve várias etapas da viagem em um mesmo site.

Skyscanner

Outro portal comparador de passagens aéreas que também é bastante conhecido é o Skyscanner. Assim como a Kayak, ele busca nas diversas companhias existentes e exibe as tarifas disponíveis para o seu destino.

Tanto este como a Kayak possuem bons alertas de preços – você pode incluir seu destino, as datas previstas da viagem e ele manda um e-mail ou mensagem avisando quando a passagem para França baixar, por exemplo.

Google Flights

Eu sempre uso o Google flights para procurar os voos que preciso e para criar alertas caso o preço do meu voo altere. É fácil de utilizar e confiável, mas é preciso alertar que não se faz a compra direto nesse site, ele só te mostra onde está com o melhor preço e você vai direto no site comprar.

Decolar.com

O Decolar.com é a maior agência de viagens da América Latina e está presente em 21 países. Um diferencial dessa plataforma, além de pesquisar passagens com descontos em vários sites ao mesmo tempo, é a possibilidade reservar hotéis, aluguel de carros e pacotes completos ao mesmo tempo.

Os clientes, inclusive, podem até receber descontos exclusivos em restaurantes, lojas, passeios e outros parceiros, o que pode representar uma boa economia.

Submarino Viagens

Por fim, o Submarino Viagens é uma das maiores agências de viagem online do Brasil, onde é possível encontrar passagem para França. Oferece informações de mais de 750 companhias aéreas e 200 mil hotéis ao redor do mundo.

Uma vantagem é que o resultado da pesquisa exibido já mostra os preços incluindo as taxas, o que facilita bastante o planejamento do orçamento.

Confira neste artigo várias outras sugestões de sites de passagens aéreas para otimizar sua busca e garantir uma boa economia!

Dicas dos aeroportos nas principais cidades

Primeiro, segue uma lista dos aeroportos mais conhecidos, para quem vai à França:

  • Paris Roissy – Charles-de-Gaulle (CDG);
  • Paris Orly (ORY);
  • Beauvais Tillé (BVA);
  • Nice-Côte d’Azur (NCE);
  • Lyon-Saint-Exupéry (LYS);
  • Toulouse Blagnac (TLS);
  • Marseille Provence (MRS);
  • Bordeaux Mérignac (BOD);
  • Nantes Atlantique (NTE).

Como chegar a Paris

Uma dica bem importante, quando você for comprar sua passagem para França, é prestar atenção ao aeroporto onde você irá descer.

Para quem vai à Paris, as duas melhores opções são os aeroportos Charles de Gaulle e Orly.

Os dois são conectados à capital pelo trem RER B, que se liga à linha de metrô em diversas estações importantes. Descendo na Gare du Nord ou em St.Michel-Notre Dame, por exemplo, você chega a praticamente toda a cidade.

É bem simples encontrar os trens e a maioria dos viajantes, mesmo com uma ou duas malas grandes, utilizam o RER. O táxi raramente é uma opção vantajosa, mas vale analisar, especialmente se você chegar ou sair em horários muito cedo ou tarde da noite.

Atenção com o ticket

Vale lembrar que o ticket do RER para estes aeroportos é um pouco mais caro que o bilhete do metrô, pois Roissy e Orly ficam em zonas mais distantes do centro de Paris. Você consegue comparar as passagens com cartão de crédito internacional com facilidade nas máquinas automáticas.

Só jogue fora o bilhetinho do trem quando realmente chegar ao seu destino. Por exemplo, para acessar o Aeroporto Charles de Gaulle, você precisa passar o ticket do RER nas máquinas. Já vi inúmeros turistas precisando pegar novamente o RER, comprar outro bilhete e refazerem o final do percurso, perdendo muito tempo – e até o voo.

Outro ponto a considerar é que muitas estações de metrô em Paris não possuem escadas rolantes, então pode ser necessário um esforço extra com as malas. Uma característica interessante dos parisienses, no entanto, é que eles costumam ajudar os turistas nestes casos. É uma história a mais para a sua viagem!

Aeroportos e companhias low cost

Sabe o famoso barato que sai caro? Pode ser o caso de quem está na Europa e compra uma passagem para França chegando no aeroporto de Beauvais Tillé (BVA). Companhias menores que fazem voos domésticos, como a Ryanair, operam preferencialmente nestes locais. Seus voos são muito conhecidos por serem extremamente baratos e sem nenhum luxo – com taxas para despachar malas, diversas limitações de bagagem de mão e nenhum serviço de bordo.

A questão aqui é que a cidade de Beauvais fica a 90 quilômetros de Paris, com opções de acesso muito limitadas. Um táxi pode chegar a 200€, o que seria muito mais caro que o próprio voo. E a principal opção seria pegar um ônibus que sai da estação Porte Maillot do metrô, a oeste de Paris. É um trajeto que dura em média 1h15, fora o caminho anterior de metrô.

Para quem tem hora marcada para chegar ou chega cansado em Paris, pode ser muito cansativo e estressante, então analise bem todos os custos e etapas envolvidos.

Confira um pequeno guia sobre como viajar para a França com vários detalhes e dicas.

Quanto custa uma passagem para França?

O valor da passagem para França varia bastante, de acordo com alguns fatores:

  • Se a data da viagem ocorre em uma alta ou baixa temporada;
  • Antecedência da compra, pois, se for muito próximo da viagem, a tendência é o preço aumentar;
  • O dia da semana em que você adquiriu a passagem, uma vez que finais de semana são normalmente mais caros;
  • A companhia escolhida e a classe do voo;
  • Aeroporto de partida e de destino;
  • Número de escalas e conexões (quanto mais numerosas forem elas, mais barata costuma ser a passagem para França).

Então resolvemos simular as tarifas de passagem para França saindo de São Paulo para alguns dos principais aeroportos do país.

Destacamos que, no contexto de pandemia da COVID-19, algumas opções de voos não estavam disponíveis e alguns preços ainda estão sendo revistos diante da nova realidade do turismo mundial. Mas os valores a seguir, contudo, ajudam a ter uma boa referência.

Passagem para França na alta temporada

Já falamos em outro artigo sobre o período de alta temporada na Europa e, para esta simulação, consideramos o mês de junho. Algumas opções não estavam disponíveis, então cotamos um pouquinho antes do auge da alta temporada. Todos os exemplos abaixo são de voos saindo de São Paulo, do Aeroporto de Guarulhos.

DestinoClasse econômicaClasse Executiva
Paris (CDG)Iberia: R$3.644Lufthansa + Swiss: R$15.442
LyonBritish + Iberia: R$3.755Lufthansa: R$10.519
MarselhaBritish + Iberia: R$3.797Swiss + Lufthansa:  R$23.211

*Pesquisa no site da Kayak, considerando uma viagem de 3 a 13 de junho de 2021. Cotação realizada em 18 de junho de 2020.

Passagens para França

Passagem para França na baixa temporada

Também buscamos os preços de passagens na baixa temporada na Europa, tomando como base o mês de março. Vale ficar atento, pois é quando surgem diversas promoções de tickets, hotéis, pacotes e outras vantagens.

Vale considerar que, como o mercado de turismo está sofrendo diversos impactos na atualidade, os preços também foram revistos e elevados em alguns casos.

Classe econômicaClasse Executiva
Paris (CDG)Latam: R$2.893British: R$4.771
LyonBritish: R$2.959British:R$4.744
MarselhaBritish: R$2.951Iberia: R$5.376

*Pesquisa no site da Kayak, considerando uma viagem de 3 a 13 de março de 2021. Cotação realizada em 18 de junho de 2020.

Não perca nosso artigo que revela qual o melhor dia da semana para comprar passagens aéreas, para fazer uma boa economia.

Passagem para França com escala ou sem?

Ao planejar a compra da passagem para França, como você viu, o número de escalas é um fator a analisar. Mostramos a seguir alguns prós e contras para ajudar na sua decisão.

Voo direto

Ele segue, conforme o próprio nome diz, diretamente para o destino sem pousos em momento algum para abastecimento ou trocas de aeronave. Nem todos os destinos do mundo possuem voos diretos, claro, pois isso depende da distância e da infraestrutura de aeroportos.

Vantagens: a principal delas é o conforto, com um tempo de viagem muito menor. O passageiro não tem risco de perder o voo, como nas conexões, nem precisa trocar o assento. E a possibilidade de extravio de malas ou danos à bagagem reduz sensivelmente.

Desvantagens: a passagem para França sem escalas custa normalmente mais caro.

Se você não se importa de pagar um pouco mais por conforto, confira quais são as melhores companhias aéreas da Europa e veja também o serviço Priority Pass, que te garante acesso a salas VIP nos principais aeroportos do mundo. Desfrute desse luxo!

Voo com escala

Nesta modalidade de voo, o avião para uma ou mais vezes para reabastecimento ao longo do trajeto. Na ocasião, também acontece a saída e entrada de passageiros, para logo em seguida retomar a viagem.

Vantagens: o preço fica mais em conta e os passageiros em escala não precisam deixar a aeronave, como em uma conexão. A bagagem não é movimentada, então a chance de acontecer algo com as malas é menor também. Além do mais, não há riscos de perder o avião, pois você não sairá dele.

Desvantagens: a principal é que a escala (uma ou mais) pode aumentar consideravelmente o tempo de voo, comparando com os voos diretos.

Com ou sem stopover?

Você já ouviu falar em stopover? Ele funciona como uma conexão escolhida pelo passageiro de forma voluntária. Nela, ele pode fazer uma escala com duração maior que 24 horas em outra cidade que não seja seu destino final.

Na prática, você desce, pega as malas, passa um ou mais dias em outra cidade e depois pega um outro voo para seu destino. Por exemplo: é possível ir de São Paulo a Paris fazendo um stopover de 3 dias em Lisboa, por exemplo. São infinitas as possibilidades.

Mas, claro, como tudo na vida sempre há vantagens e desvantagens. Vamos falar sobre elas?

Vantagens

  • Você pode conhecer e curtir dois destinos (o do stopover e o final) com apenas uma passagem aérea;
  • Algumas companhias aéreas ainda oferecem descontos em hospedagem e passeios na cidade, então vale consultar se existem parcerias como essas.

Desvantagens

  • Algumas companhias podem cobrar uma tarifa extra (que não é nada absurda e nem chega a ser uma grande desvantagem, mas vale considerar especialmente em tempos de Real desvalorizado diante do Euro);
  • É a empresa aérea que determina as opções de cidades disponíveis para o stopover;
  • Dependendo do volume de bagagens, é preciso prever o trabalho extra de retirar da esteira, transportar até o hotel e depois voltar para o aeroporto com as malas. Um táxi pode ampliar muito os gastos, de acordo com cada cidade;
  • Despesas extras com passeios, transporte e hospedagem, ao incluir uma cidade no seu roteiro.

Embora a gente tenha incluído menos prós e mais contras, achamos que vale a pena sim fazer um stopover, caso não impacte tanto no seu orçamento e no seu cronograma de viagem!

Documentos para viajar para a França

Antes de comprar passagem para França, é preciso checar se a sua documentação está de acordo e válida para aproveitar a sua viagem. Vamos listar aqui os mais importantes no seu checklist.

  • Passaporte válido por pelo menos 6 meses após a data de retorno da viagem;
  • Comprovante de hospedagem;
  • Passagem de ida e volta com a data marcada;
  • Comprovativo financeiro para permanecer no país pelo tempo informado;
  • Seguro de viagem com cobertura mínima de 30 mil euros, que é um documento obrigatório para entrar no Espaço Schengen – e a França é um dos países que integram este acordo de livre circulação de turistas e residentes.

O seguro de viagem para a França é essencial, portanto. Não apenas por ser obrigatório na imigração, mas porque é uma forma de garantir mais tranquilidade no caso de algum imprevisto de saúde, eventuais acidentes e aqueles problemas bem frequentes com viajantes – como extravio de bagagem, atraso de voo e outras situações.

Se animou para planejar sua próxima viagem? A gente também! Confira aqui no Euro Dicas vários outros conteúdos que podem inspirar seu próximo roteiro.

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Artigos relacionados

Raças de cachorro que não podem viajar de avião: veja a lista

Vai viajar de avião e quer levar o seu cachorro? Veja as raças de cachorro que não podem viajar e as restrições que as companhias aéreas impõem.

Comprar passagem para Portugal: preços e como economizar

Quer comprar passagem para Portugal? Saiba quanto custa, a melhor época para viajar e como escolher a melhor companhia aérea.

Cancelar voo TAP com reembolso: saiba como obter seus direitos

Precisa cancelar voo tap e pedir reembolso? Mostramos como fazer isso de forma simples e clara e as condições impostas pela companhia aérea.

Passagem de volta para o Brasil: é obrigatório comprar? Descubra aqui

Entenda se é necessário comprar passagem de volta para o Brasil. Veja o que acontece se não comprar e se é possível remarcar a passagem de volta.

Viajar com cachorros braquicefálicos: tudo o que precisa saber

Saiba tudo sobre como viajar com cachorros braquicefálicos, as raças mais sensíveis e todos os cuidados que devem ser tomados.

Sites de passagens aéreas: conheça os 10 melhores

Veja quais são os melhores sites de passagens aéreas no Brasil e no estrangeiro. Saiba se é seguro comprar através desses sites e qual é a vantagem em usar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube