O que fazer quando o seu voo é cancelado? Descubra aqui

Passagens Aéreas  / 

Você ficou alguns meses se preparando para a sua viagem à Europa, certo? Mas, tem um detalhe: um oceano ainda separa você do destino almejado. Para vencer essa distância e definitivamente colocar os pés no outro continente, é preciso entrar em um voo. Entretanto, o que fazer quando o seu voo é cancelado?

Voo atrasado ou cancelado nos últimos 3 anos? Ganhe até 1300 USD

Se você esteve em algum voo atrasado ou cancelado nos últimos 3 anos, solicite sem custos uma indenização através da Airhelp e ganhe até 1300 USD (cerca de R$ 5450).

PEDIR INDENIZAÇÃO »

Em primeiro lugar, não se apavore. Ninguém quer passar por isso, mas pode acontecer. Sendo assim, é importante já estar preparado.  A seguir, seguem dicas sobre o que você pode fazer caso isso aconteça e os principais motivos que levam voos a serem cancelados.

O que fazer quando o seu voo é cancelado: direitos do consumidor

Indenização para viagens que tiveram o voo cancelado

Como há muitos motivos para o seu voo ser cancelado, e apesar de ninguém querer que isso aconteça, a probabilidade existe e pode acontecer com você. Por isso é importante conhecer os seus direitos. Então, o que fazer quando o seu voo é cancelado?

Sempre guarde todos os comprovantes, como os dos gastos com alimentação, comunicação, transporte e hospedagem, cartão de embarque e, se a viagem for a trabalho, também todos os gastos que você não teria se não tivesse se atrasado. Reúna tudo aquilo que possa ter te causado prejuízo.

A Resolução nº 141/2010 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) diz que o passageiro que não embarcou em casos de cancelamento, atrasos de voo e preterição de embarque tem direito à assistência material para que o desconforto causado pelo inconveniente seja amenizado.

A assistência é contada a partir do momento em que foi confirmado o cancelamento e se refere à comunicação, alimentação e hospedagem. Essa assistência é oferecida conforme o tempo de espera do passageiro, como já falamos no texto sobre indenização por atraso de voo.

Para quem reclamar quando o voo é cancelado?

Se o seu voo for mesmo cancelado, tire fotos do painel de embarque no aeroporto, registre a hora do cancelamento e se foi oferecido algum tipo de ajuda. Peça também um requerimento da companhia aérea que atesta o cancelamento. Você consegue esse documento no balcão de atendimento.

Não jogue fora o bilhete de embarque antigo, e se transferirem você para outro voo, também guarde o novo bilhete e os comprovantes de todos os compromissos cancelados por causa do voo cancelado. Existem empresas especialistas para esses casos, que podem auxiliar no processo e verificar tudo o que você pode ganhar diante de um cancelamento de voo.

Quer saber mais sobre o seguro de viagem? Confira nosso guia completo sobre esse seguro.

Quem garante esses direitos?

Agora que você já sabe o que fazer quando o seu voo é cancelado, é importante saber também que a ANAC garante os seus direitos em caso de cancelamento de voo, em respeito ao Código de Defesa do Consumidor.

A partir do momento em que o consumidor adquire uma passagem aérea, é de responsabilidade da companhia prestar o serviço de forma completa, comprometendo-se pelos possíveis danos causados.

Se você ainda ficou com dúvidas sobre o que fazer em caso de voo cancelado ou atrasado, leia também esse artigo e esclareça.

Já conhece a AirHelp?

A AirHelp é um site que te ajuda a verificar qual o seu possível reembolso em caso de cancelamento de voo. Envie os dados do seu voo e o site verifica se a companhia aérea deve dinheiro para você. É tudo muito simples e você evita ainda mais perda de tempo em torno do imprevisto.

Muita gente não conhece os direitos que tem enquanto passageiro de avião. Por isso o site surgiu para ajudar quem tem problemas com esse tipo de serviço, que normalmente não é nada barato, a ser tratado de maneira justa.

No site você também tem acesso a avaliações para companhias aéreas e aeroportos em um ranking, ficando bem informado sobre quais serviços contam com os melhores atendimentos, que certamente farão uma boa orientação sobre o que fazer quando o seu voo é cancelado.

Também conheça o relato de quem já passou por um cancelamento de voo e confira mais informações sobre a AirHelp.

AirHelp é de confiança? Tudo o que precisa saber para requerer recompensa.

O que fazer quando seu voo é cancelado: direitos

O que fazer quando o seu voo é cancelado: razões do cancelamento

Existem diversos motivos para um voo ser cancelado. Dessa forma, é bastante provável que isso possa acontecer com você em algum momento. Uma razão bem comum são as condições climáticas. Mesmo com alguns equipamentos ajudando quando há chuva, vento ou temporal, em alguns casos não tem jeito: o voo precisa ser cancelado em prol da segurança dos passageiros.

Nevascas ou furacões, por exemplo, são condições que podem deixar aeroportos fechados por vários dias. E mesmo nevoeiros muito densos que permaneçam por horas são suficientes para cancelar voos que só voltarão a ocorrer com a normalização do clima.

Outro fator para a companhia aérea cancelar um voo é a baixa ocupação. Se a venda de passagens for menor que 30% da capacidade de um avião, esse voo fica inviável, pois a companhia vai arrecadar menos do que precisa para cobrir gastos com funcionários, combustível, entre outros.

A boa notícia é que nesses casos normalmente os passageiros são realocados rapidamente no voo seguinte.

Cancelamento de voo devido a comportamento dos passageiros

Outro fator que interfere no cancelamento de um voo são ações que podem partir dos próprios passageiros. Se o passageiro faz o check-in online, despacha suas bagagens, pega o cartão de embarque e não entra no avião, o voo será atrasado. Isso porque existe uma norma internacional de segurança de aviação que diz que nenhuma mala pode transitar desacompanhada.

A companhia vai chamar o passageiro por aviso sonoro, para que ele se apresente para o embarque, mas se ninguém aparecer, o voo pode ser cancelado. E se você está se perguntando por que simplesmente não retiram a mala do porão do avião, isso não acontece por ser necessário vasculhar entre toneladas de bagagem, o que pode levar muito tempo, atrasando outros voos. Por isso o cancelamento é a melhor opção.

Emergências médicas e comportamentos que possam trazer alguma ameaça, como alguém bêbado, por exemplo, são ações que a equipe de voo é treinada a controlar, mas se não for possível, o voo também pode ser cancelado.

Pode haver cancelamento também por causa da tripulação

As normas de aviação internacionais também determinam regras para as pessoas que fazem parte da equipe atuante no voo: pilotos, assistentes e comissários de bordo. Ninguém pode trabalhar mais do que 11 horas seguidas. Por esse motivo, se não for possível fazer a substituição do profissional, a empresa pode optar por cancelar o voo.

Da mesma maneira, equipes com falta de profissionais, ou que não tenham repousado o suficiente, também podem causar cancelamentos. Tudo em prol da segurança de todos os passageiros, já que qualquer erro durante o voo pode ser fatal.

Questões técnicas, congestionamento aéreo e conexões

O tráfego aéreo é controlado por um sistema. Sendo assim, se ele ficar fora do ar, surgir algum problema técnico na aeronave ou ocorrerem congestionamentos aéreos, voos podem ser atrasados, o que pode resultar também em cancelamentos.

Quando há muito movimento de pessoas nos aeroportos, especialmente no final de ano, as filas tendem a aumentar e os aviões lotados geram desembarques e embarques mais tumultuados, que pode atrasar e gerar cancelamentos de voos.

Além de tudo que já foi citado acima, existe outro fator que é um dos que mais gera atrasos e cancelamentos de voo: as conexões. No Brasil, se o passageiro estiver em um voo que atrasou e não existir outra alternativa para a conexão, o avião é obrigado a esperar até uma hora. Esse atraso pode gerar um encadeamento de outros atrasos que resultarão no cancelamento de algum ou de vários voos.

Veja também como comprar passagens aéreas promocionais aqui.

Overbooking

Quando acontece o agendamento de mais passageiros do que o avião pode suportar, o cancelamento também pode ocorrer. E esse erro não é só causado apenas pela venda de passagens a mais.

Existe, sim, e é comum que isso aconteça. É o chamado overbooking: a venda de assentos com uma pequena margem acima da lotação da aeronave, em função de cálculos automatizados feitos pela média de passageiros que deixam de embarcar.

Mas, há motivos que são frequentes para o cancelamento de passagens de última hora, como a substituição do avião previsto por outro de menor capacidade, por causa de problemas técnicos, cancelamentos de outros voos, o que gera realocação de passageiros, ou simplesmente atrasos, que fazem com que as pessoas percam conexões e necessitem ser remanejadas.

Quando qualquer uma dessas coisas acontece, temos um efeito dominó que pode gerar cancelamentos de voo.

Agora que você já sabe o que fazer quando o seu voo é cancelado, veja também quais são as melhores companhias aéreas da Europa.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Daiane é publicitária especializada em redação. Desenvolve texto para artigos focados em diversos assuntos, mas tem um apreço por viagens e turismo. Escreve para redes sociais de empresas de vários segmentos e participa da criação de campanhas publicitárias.