AirHelp é de confiança? Tudo o que precisa saber para requerer recompensa

Passagens Aéreas  / 

Provavelmente alguma vez na sua vida você já foi prejudicado com cancelamentos ou atrasos de voos ou, até mesmo, impedido de embarcar para uma viagem que programou por overbooking e nada foi feito por parte da companhia aérea. A AirHelp se compromete a te ajudar a conseguir seus direitos.

Quer saber informações sobre a empresa, quais são seus benefícios, como e quando usar? Então nos acompanhe neste artigo, pois vamos esclarecer tudo para você aqui.

O que é a AirHelp

Fundada em 2013 e com mais cinco milhões de clientes que foram afetados por perturbações de viagem, a empresa AirHelp é uma startup apoiada pela Y Combinator, com planos de acabar com seus problemas ao viajar de avião.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

A empresa se compromete a ajudar passageiros aéreos de todo o mundo a receber compensações por voos atrasados, cancelados ou superlotados, lutando em nome dos clientes que não conhecem seus direitos ou que não têm tempo ou conhecimento para reivindicá-los.

Benefícios

Sua reclamação será feita por meio da empresa, que tem reconhecimento de mercado e os melhores resultados do setor de reivindicações de diretos de passageiros de voos. A empresa, com excelente avaliação no TrustPilot, conta com uma equipe jurídica que tem experiência em mais de 30 países.

Além disso, se você não ganhar indenização da companhia aérea, não paga o serviço da AirHelp. Isto é, o serviço só é cobrado se você obtiver a compensação reclamada, mesmo quando é preciso entrar com uma ação legal. Por isso, não correrá nenhum risco nem terá que pagar nada de forma antecipada, o que é uma grande vantagem.

Todo o procedimento é feito de maneira online, pelo site, e a equipe de especialistas resolverá tudo para você, buscando responsabilizar as companhias aéreas por suas obrigações financeiras.

Desta forma, você poupa o stress e a burocracia associados à gestão da reclamação por sua conta.

Objetivo da AirHelp e como funciona o serviço

A AirHelp visa ajudar o passageiro de transporte aéreo a conseguir a compensação a que tem direito após ter tido problemas com um voo.

Conforme consta no site da empresa, ela tem o objetivo de derrubar recursos em tribunais, por meio de órgãos nacionais competentes, ou online, mostrando a “incapacidade” das companhias aéreas de informar adequadamente os passageiros sobre seus direitos.

A AirHelp almeja facilitar e simplificar ao máximo as reivindicações de compensação, por meio de tecnologias de ponta e dados apresentados em sites de fácil navegação e aplicativos móveis intuitivos.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Skiplagging: o truque para passagens mais baratas que está causando polêmica. Entenda como funciona.

AirHelp é confiável?

Sim. A empresa possui o Norton Secured, o que significa que é um site de confiança, e aplica o Regulamento CE 201, 4, que “estabelece regras comuns para a indenização e a assistência aos passageiros dos transportes aéreos em caso de recusa de embarque e de cancelamento ou atraso considerável dos voos”.

Além disso, de acordo com informações no site, em 5 anos de experiência, a empresa possui mais de 10 milhões de clientes satisfeitos.

Opinião dos utilizadores sobre a AirHelp

A AirHelp, que, em junho de 2019 conta com quase 800 mil seguidores no Facebook, consta como não recomendada no portal Reclame Aqui. No geral, há apenas 11 reclamações sobre a AirHelp, mas nenhuma delas foi respondida. A maioria das reclamações é por falta de respaldo por parte da empresa na cobrança judicial, cancelamento de serviço negado, não transferência do dinheiro devido pelo ganho da ação e falta de retorno suficiente para o cliente.

Por outro lado, a AirHelp apresenta excelente avaliação no site Trustpilot. 84% dos clientes avaliam a empresa como excelente, 12% como muito boa, 2% como boa, 1% das pessoas avalia como ruim e 2% como muito ruim. Os clientes elogiam a eficiência, a rapidez e o bom trabalho realizado pela companhia.

Vantagens e desvantagens da AirHelp

A maior vantagem da companhia é a possibilidade de você ter a possibilidade de conseguir indenização por algum imprevisto que tenha ocorrido no seu voo. Além disso, não é preciso sair sair de casa para entrar com um processo contra a companhia aérea, poupando tempo e estresse. Você só precisa enviar para a empresa os documentos solicitados, que ela faz o serviço para você e, se não ganhar a causa, não é cobrado nenhum valor.

Por outro lado, muitos reclamam da demora para o recebimento do dinheiro ou para a AirHelp dar alguma informação sobre o seu processo judicial. Além disso, a taxa cobrada pela empresa é considerada alta, 25% do valor da indenização, e após o desconto, sendo retirado o IOF e a conversão do dinheiro, o valor a ser recebido diminui bastante.

Como funciona a AirHelp

Funciona de maneira bem simples. No site ou no aplicativo (disponível em 12 idiomas para iOS ou Android), você deve informar o voo no qual teve problemas. É importante ressaltar que só há possibilidade de compensação para voos com menos de três anos.

O passo a passo é bem rápido. Você deve se cadastrar no site da AirHelp e, se tiver algum problema com voo, deve clicar em “Verificar compensação”. Serão solicitadas algumas informações para a verificação da elegibilidade, como local de partida e destino final, assim como se teve algum voo de ligação ou se a viagem foi direto para o destino.

Após isso, devem ser preenchidas informações adicionais e você deverá enviar documentos e comprovantes solicitados. E pronto! A AirHelp vai avaliar a possibilidade de compensação pelo ocorrido e entrará em contato com você via e-mail. Se tudo estiver ok, você receberá sua indenização por transferência bancária e só pagará pelo serviço se ganhar a causa.

airhelp como funciona

Quando usar a AirHelp

A compensação pode ser solicitada se você teve algum dos seguintes problemas com as companhias aéreas:

  • Atraso de voo;
  • Cancelamento de voo;
  • Perda de voo de conexão;
  • Embarque negado;
  • Atraso, perda ou dano de bagagem.

Conforme consta no site, as regras e as condições variam de acordo com a região do mundo, ou seja, há regras específicas para cada um dos itens acima expostos e determinadas ações que devem ser tomadas para voos na União Europeia, que são diferentes das que devem ser tomadas para voos nos Estados Unidos ou para voos internacionais. Confira a seguir.

1. Atraso de voo

Atraso de voos na UE

Veja o que você deve fazer caso você esteja em um voo na União Europeia e seu embarque seja adiado.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Pergunte por que razão o voo está atrasado;
  • Anote a hora de chegada ao seu destino final;
  • Peça para a companhia aérea lhe pagar suas refeições e suas bebidas;
  • Não assine nada, nem aceite quaisquer ofertas que possam renunciar os seus direitos;
  • Opte por esperar pelo seu voo ou cancelá-lo, se o atraso exceder as 5 horas;
  • Solicite que a companhia aérea lhe forneça um quarto de hotel;
  • Guarde os recibos se tiver que gastar algum dinheiro extra;
  • Verifique se o atraso do seu voo é elegível para a compensação.

Atraso de voos nos Estados Unidos

Veja, agora, o que a AirHelp informa para você fazer caso seu avião não parta e você esteja em um voo dentro dos EUA.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Solicite comida, bebida e pausas para utilizar o lavabo durante longas esperas na pista do aeroporto;
  • Negocie uma compensação com a companhia aérea pelo inconveniente.

Atrasos em voos internacionais

Confira, agora, os procedimentos a serem feitos caso você esteja em um voo internacional.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Pergunte por que razão o voo está atrasado;
  • Guarde os recibos se tiver de gastar algum dinheiro extra.

2. Cancelamento de voo

Cancelamento de voos na UE

Descubra, agora, os procedimentos recomendados pela AirHelp, caso o seu voo que partir e chegar a um aeroporto da União Europeia seja cancelado inesperadamente.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Pergunte por que razão o voo foi cancelado;
  • Solicite um voo alternativo para o seu destino;
  • Anote a hora de chegada ao seu destino final;
  • Peça que a companhia aérea lhe pague suas refeições e suas bebidas;
  • Não assine nada, nem aceite quaisquer ofertas que possam renunciar os seus direitos;
  • Solicite à companhia aérea que lhe forneça um quarto de hotel;
  • Guarde os recibos se tiver de gastar algum dinheiro extra;
  • Verifique se o cancelamento do seu voo é elegível para a compensação.

Cancelamento de voos nos Estados Unidos

Segundo a AirHelp, os viajantes de voos domésticos nos Estados Unidos não possuem tantos direitos quando se trata de cancelamentos, mas veja algumas dicas a seguir.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Solicite um voo alternativo para o seu destino;
  • Negocie com a companhia aérea uma compensação pelo transtorno causado.

Cancelamento de voos internacionais

Caso sigam os passos seguintes, passageiros em voos internacionais podem solicitar um reembolso de despesas devido a cancelamentos de voos.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Pergunte por que razão o voo foi cancelado;
  • Solicite um voo alternativo para o seu destino;
  • Guarde os recibos, caso tenha de gastar dinheiro extra devido ao cancelamento.

É importante também conhecer os seus direitos como passageiro em caso de voo cancelado ou atrasado, veja nosso artigo sobre o tema.

3. Perda de voo de conexão

De acordo com a AirHelp, se a perda do seu voo de ligação cumprir certos requisitos, você poderá ter direito a uma compensação até 600€.

Perda de voo de conexão na UE

Passageiros de voos provenientes ou com destino à União Europeia devem proceder da seguinte forma se houver perda de voo de ligação:

  • Certifique-se de que todos os voos estão incluídos na mesma referência da reserva e não foram adquiridos de forma individual;
  • Comprove se o atraso na chegada ao seu destino final foi superior a 3 horas;
  • Pergunte qual a razão do atraso;
  • Utilize a ferramenta gratuita da AirHelp para verificar se é elegível à compensação.

Perda de voo de conexão nos EUA

Passageiros em voos domésticos dentro dos EUA não possuem tantos direitos em relação à perda de voos de ligação. Mas, se uma etapa do seu voo de ligação ocorrer na Europa, como consta no site da AirHelp, podem ter direito à compensação. Veja algumas dicas:

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Negocie com a companhia aérea uma compensação pelo seu transtorno;
  • Verifique se alguma etapa do seu voo de ligação ocorreu na Europa;
  • Utilize a ferramenta gratuita da AirHelp para verificar se é elegível à compensação.

Perda de voo de conexão em voos internacionais

Veja, agora, os procedimentos recomendados pela AirHelp, caso você seja um passageiro de voos internacionais de perda de voo de ligação.

  • Guarde bem o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;
  • Pergunte qual a razão do atraso;
  • Guarde os seus recibos, caso tenha despesas extras resultantes do seu voo cancelado;
  • Verifique se alguma etapa do seu voo de ligação ocorreu na Europa.

Voo com conexão precisa fazer novo check in? Saiba quando é necessário.

4. Embarque negado

De acordo com informações presentes no site da AirHelp, aproximadamente 6,4 milhões de pessoas no mundo todo têm direito à compensação, conforme as leis de direitos de passageiros aéreos do Regulamento Europeu (CE 261) desde 2015.

Embarque recusado na UE

Veja o que passageiros de voos com origem ou destino a aeroportos da União Europeia devem fazer quando lhe for recusado o embarque em um voo:

  • Não se voluntarie para desistir do seu assento em troca de vouchers ou benefícios;
  • Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;
  • Pergunte por qual razão lhe negaram o embarque;
  • Peça um voo alternativo para o seu destino;
  • Solicite uma compensação pelo seu embarque recusado;
  • Solicite que a companhia aérea lhe pague suas refeições e suas bebidas;
  • Peça à companhia aérea que lhe disponibilize um quarto de hotel;
  • Guarde os recibos se tiver que gastar algum dinheiro extra;
  • Verifique se a sua negativa de embarque é elegível à compensação.

Veja também quais são os prós e contras de voar com companhia aérea low cost.

Embarque recusado nos EUA

Se passageiros em voos domésticos dos EUA forem impedidos de embarcar no avião por causa de um voo lotado, podem ter direito a uma compensação. Neste caso, veja o que fazer.

  • Não se voluntarie para desistir de seu assento em troca de vouchers ou regalias;
  • Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;
  • Pergunte por que razão lhe negam o embarque;
  • Peça um voo alternativo para o seu destino;
  • Solicite uma compensação pelo seu embarque recusado;
  • Verifique no site da AirHelp se a sua negativa de embarque é elegível à compensação.

Embarque recusado em voos internacionais

Os procedimentos para passageiros que tiveram seu embarque recusado em voos internacionais são bem semelhantes aos anteriores. Confira.

  • Não se voluntarie para desistir de seu assento em troca de vouchers ou regalias;
  • Guarde o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;
  • Pergunte por qual razão lhe foi recusado o embarque;
  • Peça um voo alternativo para o seu destino;
  • Guarde os seus recibos se tiver que gastar algum dinheiro extra.

5. Problemas com bagagem

Outra informação importante é que, segundo a AirHelp, se você teve sua bagagem perdida ou danificada em voos na União Europeia, nos Estados Unidos ou em voos internacionais, pode receber entre USD 1.525 e USD 3.500 de compensação.

Na página da AirHelp tem tudo explicadinho sobre como proceder em cada um dos casos: para bagagem danificada, atrasada ou perdida em cada destino. Neste portal, também tem tudo detalhado sobre como proceder para cada caso e voo.

Saiba tudo sobre passagens aéreas na nossa página.
Nunca é demais lembrar que para entrar na Europa é obrigatório ter em mãos um seguro de viagem. Para encontrar o plano ideal para você, utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele vai ajudar você a comparar os principais planos oferecidos pelas seguradoras e ainda garantimos o menor preço aos nossos leitores, faça sua cotação sem compromissos.

AirHelp no Brasil

Direitos dos passageiros no Brasil

A legislação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) protege qualquer passageiro que voe no Brasil. As leis são claras sobre os cuidados que os passageiros devem esperar da companhia aérea.

Além disso, de acordo com a lei, se as companhias aéreas não lhe fornecerem cuidados, você pode receber uma indenização de até USD 1.300.

As leis mais relevantes para os passageiros de companhias aéreas são conhecidas como Resolução ANAC Nº 400. Essas leis estabelecem, de maneira clara, as responsabilidades das companhias aéreas para seus passageiros sempre que houver problemas de voo.  Quando uma companhia aérea não age de acordo com a lei para com seus passageiros, o Código do Consumidor do Brasil permite que os passageiros reivindiquem uma compensação pelo inconveniente.

Compensações

Você precisa receber o devido cuidado em caso de interrupção do voo. Mas também saiba que, se ocorreu algum problema após um atraso ou cancelamento de voo no Brasil, a AirHelp poderá negociar uma compensação em seu nome. Ela pode ser de até USD 1.300 para os casos de atraso ou cancelamento de voo ou de até USD 690 para o caso de embarque negado.

É válido informar, ainda, que as leis brasileiras permitem que os passageiros possam reclamar os custos como alimentação, bebida e transporte após um problema de voo, os chamados “danos materiais”. No entanto, segundo o Código do Consumidor Brasileiro, você também pode solicitar até USD 1.300 em indenização pelo que é conhecido como “danos morais”. Isso quer dizer que você não precisa provar que incorreu em um custo, pois as leis entendem que o desperdício de tempo, oportunidades perdidas e maus-tratos também são importantes e dignos de recompensas.

A AirHelp pode lhe ajudar se:

  • Seu voo foi cancelado na última hora ou se seu voo atrasou mais de 4 horas ao chegar ao seu destino;
  • Você não foi bem tratado pela companhia aérea;
  • Seu voo pousou ou decolou de um aeroporto brasileiro;
  • A emissão ocorreu em um voo nos últimos 5 anos (2 anos para voos internacionais).

Direitos dos passageiros no Brasil

Caso ocorra algum problema com seu voo, o passageiro tem direito:

  • À informação sobre o ocorrido e sobre o novo horário de partida;
  • Cuidados: assistência material, dependendo do tempo de espera, como acesso à comunicação, refeições, entre outras. Se o voo atrasar mais de 4 horas ou for cancelado, o passageiro passa a ter direito à remarcação em um outro voo, reembolso da tarifa ou, até mesmo, outra possibilidade de chegar ao destino, como bilhete de ônibus, por exemplo. Além em caso de atraso, tem direito à acomodação em um alojamento adequado, caso seja necessário pernoitar no local, bem como transporte para a acomodação, exceto no caso de o passageiro morar na cidade de partida, quando deve ser disponibilizado transporte para sua residência;
  • Proteção oferecida pela ANAC 400, caso a companhia aérea mude seu voo com menos de 72 horas antes da hora de partida original, como voo alternativo ou reembolso total;
  • Prioridade para passageiros com necessidades especiais (por exemplo, prioridade quando os voos são atrasados ou cancelados para passageiros com mais de 60 anos de idade, gestantes, entre outros que precisem de assistência);
  • Caso você seja impedido de embarcar em caso de overbooking, lhe deve ser oferecido um voo alternativo, além dos cuidados descritos e uma compensação adicional. Esta compensação é definida sob o ANAC 400 e é paga imediatamente. Para voos domésticos, o valor desta compensação é de aproximadamente USD 345. Já para voos internacionais, o valor sobe para cerca de USD 690;

Situações em que o passageiro está coberto

De acordo com a legislação brasileira, passageiros aéreos afetados por problemas de voo que estão fora do controle do passageiro como atraso de voo ou cancelamento de voo estão cobertos e têm direito à assistência e/ou indenização. No entanto, se, por exemplo, ele perder o voo porque não chegou ao aeroporto a tempo, o problema não é de responsabilidade da companhia aérea.

É importante dizer, também, que quando as companhias aéreas são responsáveis ??pelo atraso, como no caso de falta de pessoal ou falha técnica, por exemplo, elas devem ser responsabilizadas.

Por outro lado, se houver interrupções de voo causadas por circunstâncias externas ao controle da companhia aérea, como clima extremo, por exemplo, esses eventos são chamados de circunstâncias extraordinárias e não estão cobertos. Nestes casos, os passageiros ainda terão direito a cuidados, mas não à compensação financeira.

Skycop review: veja se vale a pena contratar e como funciona.

Voos cobertos

As leis brasileiras de transporte aéreo de passageiros se aplicam a:

  • Voos domésticos, dentro do Brasil;
  • Voos internacionais que partam de um aeroporto brasileiro;
  • Voos internacionais que cheguem em um aeroporto brasileiro;
  • Voos que se conectem por um aeroporto brasileiro;
  • Qualquer bilhete de avião emitido no Brasil (mesmo que o voo seja operado no exterior).

É importante frisar que passageiros de todo o mundo são protegidos pela lei no Brasil, não importa se você é cidadão brasileiro ou não, ou em qual companhia aérea você está voando.

Limite de tempo

Você deve conhecer seus direitos para que possa exigir que receba o tratamento que merece ao voar. Mas também é possível reivindicar indenização por voos ocorridos no passado, nos quais você pode não estar ciente dos direitos que possuía.

De acordo com a AirHelp, o prazo para reivindicar sua indenização é de até 5 anos para voos domésticos e de até 2 anos para voos internacionais.

Conselhos da AirHelp se o seu voo no Brasil for interrompido

  • Solicite os cuidados de que você precisa: comunicação, comida e bebida e acomodação;
  • Fale para a companhia aérea se você precisa de assistência adicional;
  • Mantenha o cartão de embarque do seu voo;
  • Solicite uma declaração da companhia aérea sobre o atraso ou o cancelamento do voo;
  • Mantenha qualquer documentação adicional que a companhia aérea lhe fornecer sobre o ocorrido;
  • Registre o ocorrido: fotografe as condições e quaisquer vales ou assistência oferecida;
  • Guarde todos os recibos dos gastos que você tiver como resultado do problema ocorrido;
  • Registre os nomes da equipe da companhia aérea, principalmente se eles recusarem sua solicitação de assistência.

Agora que você já sabe tudo sobre a AirHelp e como a empresa pode te ajudar a conseguir seus direitos junto a companhias aéreas, confira também o ranking das maiores companhias aéreas do Brasil.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.