Perdi meu voo: saiba o que fazer quando estiver nessa situação

Passagens Aéreas  / 

Perdi meu voo! Essas são as palavras mais temidas e indesejadas por quem tem uma viagem de avião planejada. Mas, às vezes, nem toda a preparação do mundo é suficiente para impedir a perda de voos. Por isso, se você estiver em pânico porque seu avião partiu e você não está nele, respire fundo e continue a leitura.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Quando isso acontece, você precisa conhecer as regras – tanto as oficiais quanto as não-oficiais para corrigir o problema e essas regras variam se a culpa for sua ou da companhia aérea. A seguir, vamos apresentar um guia sobre como proceder nesse tipo de situação. Vamos lá?

Perdi meu voo. E agora?

Para muitos, esse pode ser um território desconhecido e à beira do desespero. Mas, saiba que para tudo há solução. Por exemplo, você pode tentar embarcar no próximo voo, remarcar a passagem, cancelar o bilhete ou mesmo pedir uma indenização. Se seu voo for cancelado ou atrasado, o protocolo a seguir é diferente.

Primeiros passos

Pode parecer óbvio, mas o primeiro passo depois do momento “perdi meu voo” é se acalmar e respirar fundo. Afinal, o avião já partiu e ele não vai dar meia volta para te buscar. Depois disso, você precisará tomar algumas providências práticas.

O que fazer se a culpa foi sua

Ficar preso no trânsito, atrasar ao sair de casa, não ter feito o check-in, imprevistos, etc. Motivos não faltam para fazer você chegar ao aeroporto e descobrir que não pode mais embarcar. Confira a seguir o que você pode fazer se a culpa de ter perdido o voo for sua:

1. Veja com a companhia aérea se é possível embarcar no próximo voo para o seu destino

Para isso, você deve procurar o balcão da sua companhia aérea e explicar toda a situação (calmamente). Então, o atendente irá tentar encaixá-lo no voo mais próximo que houver disponibilidade de vagas.

Quando eu perdi meu voo por questão de minutos, consegui realizar a remarcação sem custo. No entanto, você pode ter que pagar o preço por ser colocado no próximo voo. E esse valor varia de acordo com a companhia aérea que você está voando.

2. Verifique se alguma outra companhia aérea tem voos próximos para o seu destino

Muitas companhias aéreas são parceiras entre si e podem operar voos para o seu destino ou com conexões que te levem até ele.

A chave da resolução para não perder a cabeça quando cair a ficha é ter muita paciência e diálogo.

O que fazer se a culpa foi da companhia aérea

Se você perdeu um voo e a culpa for da companhia aérea – por conta de atrasos, problemas mecânicos ou afins – saiba que a própria empresa será a responsável por providenciar sua reserva em um próximo voo, sem nenhum custo adicional para você. Além disso, dependendo do tempo que você tenha que esperar, a companhia terá ainda que arcar com os custos de traslado, alimentação e hospedagem.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Perdendo o voo

No entanto, para saber de tudo isso e estar seguro sobre seus direitos, é preciso ir até o balcão da companhia e comunicar todas as ocorrências antecipadamente, até mesmo antes do seu primeiro voo, se for o caso.

Como conseguir indenização se perdi meu voo?

Se você se sentir prejudicado por ter perdido um voo e não ter recebido assistência adequada da companhia aérea, dentre outros problemas, você pode dar entrada em um pedido de indenização contra a empresa aérea.

No entanto, esse trâmite tende a ser bastante burocrático e, por isso, algumas empresas atuam para intermediar e ajudar os clientes nesta situação.

AirHelp

A AirHelp é uma startup fundada em Hong Kong e presente em 30 países, que ajuda passageiros de avião com indenizações. Ao se sentir lesado por causa de um voo, você pode fazer uma consulta gratuita no site da empresa para avaliar se sua reclamação procede (vale para voos nos últimos três anos).

Se for confirmado, a reclamação será feita por meio da AirHelp. Eles garantem que o serviço só é cobrado se você receber a indenização, mesmo quando é preciso entrar com uma ação legal. Conheça mais sobre a AirHelp nesse artigo que escrevemos sobre ela.

LiberFly

Outra empresa que se coloca como uma mediadora entre o consumidor que se sentiu lesado e a companhia aérea é a LiberFly. Segundo a empresa, eles garantem “tratar de toda a burocracia e contato com a companhia aérea, buscando sempre a resolução mais rápida por via administrativa através da negociação direta”.

O tempo para que um cliente seja compensado varia a cada caso, mas segundo a LiberFly, cerca de 60% de todas as reclamações são finalizadas em menos de 3 meses. Se você quiser conhecer melhor essa concorrente nacional da AirHelp, leia nosso artigo completo sobre a Liberfly.

Que tipo de reclamação pode ser feita se perdi meu voo?

Se você se sentir prejudicado em seus direitos por algum dos motivos abaixo, você pode entrar com o pedido de indenização. Confira a seguir:

Depoimentos

Confira alguns depoimentos de pessoas que conseguiram indenização:

“Que empresa maravilhosa! Tivemos a alteração de uma passagem para o Chile, que nos prejudicaria nas férias, tentei resolver com a própria companhia aérea, mas quem resolveu mesmo foi a LiberFly! Rápido, sem muito trabalho e com um resultado espetacular! Recomendo de olhos fechados!”

“Já resolvi problemas com a AirHelp por duas vezes e correu tudo bem, tudo o que se propuseram fazer fizeram. Sempre me mantiveram informada da situação. São práticos e corretos. Se tiver mais algum problema é com eles que tratarei.”

“A ajuda foi verdadeiramente impecável. Na altura em que estive aflito, a AirHelp conseguiu resolver o problema da compensação de uma maneira simples, eficaz e em tempo recorde. Recomendo altamente!”

Dicas para não perder mais voos

Ninguém quer passar pelo sufoco de ter que dizer “perdi meu voo”. Por isso, reunimos a seguir algumas dicas simples para te ajudar a evitar essa situação desagradável:

  • Prepare-se para a viagem com antecedência (principalmente bagagens e documentos);
  • Chegue ao aeroporto com pelo menos 3 horas de antecedência para voos internacionais e 2 horas para voos domésticos;
  • No tempo de espera, permaneça no aeroporto (principalmente em conexões curtas);
  • Se não conseguir se localizar no aeroporto, peça ajuda.

Se está de viagem marcada, saiba que o seguro viagem é essencial. Recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas. Aproveite e boa viagem!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andréia é brasileira, jornalista e consultora de viagens. O seu interesse por lugares, culturas, comidas locais, cafés alternativos e cidades antigas beira ao vício, e por isso ela resolveu unir suas duas paixões: viagens e escrita, para inspirar, ensinar e informar que o mundo é mais acessível e seguro do que a gente pensa, e muito mais maravilhoso do que a gente jamais poderia imaginar!