Quanto dinheiro levar para a Europa? Aprenda a calcular

Fazer uma viagem para o Velho Continente exige bastante planejamento financeiro. Muitas pessoas economizam o ano inteiro, às vezes a vida inteira, para uma viagem internacional. Mas quanto dinheiro levar para a Europa?

Essa é uma dúvida muito comum, principalmente de quem ainda não conhece o continente. Por isso, aqui vamos apresentar quais são os gastos médios necessários e o limite, de acordo com a Receita Federal, sem a necessidade de declaração.

Quanto dinheiro levar para a Europa: depende do seu estilo de viagem

Para saber quanto dinheiro levar para a Europa é necessário saber diversos fatores, como: condições da viagem e do viajante, período em que você ficará no continente, países e lugares que pretende conhecer, se fará ou não programações gratuitas ou baratas, onde pretende se hospedar (em um luxuoso hotel ou em um hostel, por exemplo), onde pretende fazer refeições (em restaurantes ou fast foods, por exemplo), entre outros.

Limites e valores a comprovar na imigração

Em primeiro lugar, é importante saber o limite de dinheiro que é possível levar ao exterior, dentro das regras da Receita Federal. Cada passageiro pode levar até R$ 10 mil, ou o equivalente na moeda estrangeira, em espécie. Com esse montante, não é preciso declarar.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Porém, caso leve mais do que essa quantia, é exigido declarar à Receita Federal. Para isso:

  • Acesse o site da Receita Federal (ou o aplicativo);
  • Preencha a e-DBV;
  • Efetue o pagamento da DARF caso necessite recolher impostos;
  • Apresente o comprovante à Receita Federal.

Essa declaração é necessária até para passageiros menores de 16 anos que estejam viajando com um valor a mais do que R$ 10 mil. O mesmo vale para a volta: é possível transportar até 10 mil reais, ou o equivalente em moeda estrangeira. Se estiver com mais que esse valor, deve declará-lo na Alfândega.

E o mínimo?

Em segundo lugar, vale saber que muitos países solicitam que você comprove que está levando um valor mínimo para a estadia. Isso acontece para que você mostre que tem condições financeiras de ficar no local.

Essa informação pode ser solicitada, ou não, quando você passar pela imigração do país. Turistas em visita à Espanha, por exemplo, precisam comprovar que está levando um mínimo de 90€ por pessoa e por dia de permanência. Ou seja: se sua viagem for de 8 dias para a Espanha, é preciso comprovar um mínimo de 810€ pelo período.

Além disso, a comprovação de meios econômicos independe de você ficar em um hotel ou uma residência particular, com a carta convite. Você pode levar todo o dinheiro exigido em moeda. Ou uma parte em moeda e parte em cartões, ou tudo em cartões.

O mesmo vale para outros países do continente Europeu. Na França, o mínimo exigido por dia é de 120€, por pessoa. Tenha isso em mente quando for calcular quanto dinheiro levar para a Europa.

Quanto dinheiro levar para a Europa euros

Saiba, também, como enviar dinheiro para o Brasil.

Como calcular quanto dinheiro levar para a Europa?

Alguns detalhes vão ser imprescindíveis na hora de calcular quanto dinheiro levar para a Europa. Levando em conta que você já comprou as passagens aéreas e o seguro viagem, antes de calcular quanto você precisará levar na sua viagem, liste os custos de:

Traslados internos

Se você for viajar para mais de uma cidade e/ou país, precisará fazer traslados internos na Europa. Caso prefira comprar durante a viagem, é importante que você saiba, pelo menos, a média de custos de viagem de trem, ônibus, avião e carro.

Hospedagem

É sempre possível pagar com cartão de crédito antes da viagem, ou já deixá-lo registrado no site de reserva para que o pagamento caia no dia da sua hospedagem. Caso decida pagar na hora, já calcule o valor indicado na reserva e leve o dinheiro separado para este custo. Nossa indicação é reservar tudo pelo Booking e se possível já deixar pago.

Alimentação

O cálculo do valor da alimentação varia muito de viajante para viajante. Quem prefere comer fast food, ou comidas baratas, vai precisar levar bem menos que os que gostam de restaurantes mais refinados.

Uma dica é pesquisar o menu dos restaurantes que você pretende conhecer enquanto estiver na viagem e já deixar pré-calculado os custos. Ou limitar um valor diário para alimentação e buscar locais que se encaixem para o montante que você tem, em cada destino.

Lembre-se de calcular sempre o número de refeições por dia. Seu hotel oferece café da manhã? Calcule o almoço e no jantar. Quer economizar? Uma boa dica é tomar um bom café da manhã e fazer mais uma grande refeição na rua. No restante do tempo, compre lanches e água nos supermercados locais.

Saiba como comprar euro na casa de câmbio.

Valor das atrações

Um dos maiores custos de viagem: não esqueça de separar o dinheiro das atrações quando estiver calculando quanto dinheiro levar para a Europa. Todavia, fique tranquilo que essa parte é fácil.

Monte um pequeno roteiro listando as atrações que você quer conhecer no destino a cada dia. Inclua ingressos de museus, parques temáticos, passeios e tours. Já leve separado o que vai gastar.

Uma boa dica também é já deixar parte desses custos pagos. Se organize para comprar ingressos para atrações turísticas online com antecedência. Além de evitar as filas que costumam ser grandes na Europa, você já não precisa se preocupar com isso durante a viagem.

Para saber o valor de diversas atrações, além de conferir roteiros em várias cidades da Europa, veja nosso site Euro Dicas Turismo. Os guias completos de destinos europeus vão te ajudar na organização.

Não esqueça dos documentos. Veja o que precisa para viajar para a Europa.

Compras

Este item é mais subjetivo e depende muito se você quer fazer compras de roupas, vinhos, queijos ou outros itens, ou apenas lembrancinhas.

Caso queira apenas souvenirs dos destinos que for visitar, uma quantia entre 50 e 100€ pode ser o necessário. Se quiser comprar mais coisas, sugerimos calcular previamente os valores dos itens antes da viagem.

Transporte dentro das cidades

A mesma dica das atrações vale para os transportes dentro das cidades. Pesquise o valor antes de viajar.

Adquirir passes de transportes públicos nos destinos também é uma boa opção. A maioria deles inclui, inclusive, ingressos e descontos nas atrações. Confira os diversos passes turísticos no portal Get Your Guide e já deixe esse custo pago antes de viajar. Ou já leve o valor separado para esse gasto.

Para traslados entre aeroportos e hotéis, se não quiser utilizar transporte público por conta da hora ou da bagagem, simule corridas de táxi usando o site World Taximeter ou faça simulações na Uber.

Saiba se é necessário tirar visto para Europa.

Existem ferramentas que ajudem a calcular quanto dinheiro levar para a Europa?

Sim, existem muitas. A primeira delas, por exemplo, é o site Numbeo, que mostra o custo de vida nas principais cidades do mundo. O site Quanto Custa Viajar é especializado nestes tipos de orçamento, e você pode buscar por destino.

No nosso site Euro Dicas Turismo, também é possível encontrar estes cálculos. Veja alguns:

Você também encontrará guias completos com preços das atrações e média de custos de cidades como Atenas, Roma, Paris, Londres, Lisboa, Estocolmo e Bruxelas.

Para converter o Real Brasileiro nas moedas locais, use a Calculadora Online de Conversão de Moedas, de acordo com o câmbio do dia.

Viajar com dinheiro ou com cartão de crédito?

Com os dois. O ideal é ter mais de uma opção sempre para garantir sua tranquilidade na viagem. É fundamental levar dinheiro em espécie para a Europa (na maioria dos países, o euro). Mas um cartão de crédito internacional autorizado para ser usado no exterior pode ser bastante útil, principalmente se houver alguma necessidade ou eventualidade.

Talvez não seja nem necessário utilizar seu cartão de crédito na sua viagem, mas é sempre bom tê-lo por garantia e para pagar eventuais despesas extras.

Veja neste artigo estratégias de como comprar euro mais barato.

Leve dinheiro extra na viagem à Europa

Uma recomendação é que o viajante leve a quantia em diversos formatos: em papel dinheiro ou em cartão de crédito, tanto normal como o pré-pago Visa Travel Money ou outro cartão pré-pago internacional.

Se você tiver uma conta internacional, também vale a pena fazer um depósito para saques locais através de plataformas como Remessa Online e o TransferWise, por exemplo.

Nós do Euro Dicas indicamos para nossos leitores a Remessa Online para realizar operações financeiras. O método é seguro e a instituição usa o câmbio comercial, cobra IOF de 1,1% (para contas da mesma titularidade) e 1,3% de custo da operação, o mais baixo do mercado.

Veja um comparativo entre a Remessa Online ou TransferWise e veja qual é mais vantajoso para você.

Simulação de quanto dinheiro levar para a Europa

Para te auxiliar a ter uma média de quanto dinheiro levar para a Europa, fizemos uma simulação de uma viagem de 15 dias entre Espanha e França. Os dois países possuem valores parecidos em grandes cidades como Madrid, Espanha e Paris. Veja uma média de custos, por dia, em cada uma das cidades.

Lembrando que aqui colocaremos apenas os custos locais, como alimentação, transporte e atrações para uma viagem econômica:

5 dias em Madrid

Total por diaTotal para 5 dias
Alimentação30€150€
Transporte público da cidade6€30€ (4 bilhetes por dia)
Atrações20€100€
Total56€280€

Veja um guia completo sobre Madrid.

5 dias em Barcelona

Total por diaTotal para 5 dias
Alimentação30€150€
Transporte público da cidade8,60€43€ (4 bilhetes por dia)
Atrações30€150€
Total68,80€343€

Confira um guia completo sobre Barcelona.

5 dias em Paris

Total por diaTotal para 5 dias
Alimentação60€300€
Transporte público da cidade7,60€38€ (4 bilhetes por dia)
Atrações40€200€
Total107,60€538€

Leve um guia completo sobre Paris na sua bagagem.

Quanto levar para a Europa em uma viagem de 15 dias, passando por Madrid, Barcelona e Paris: 1161€. Lembro que nesse cálculo está excluído gastos com passagens, hospedagens, compras, lembrancinhas e restaurantes mais caros.

Agora que você já sabe quanto levar, veja dicas de como comprar euro mais barato.

Não esqueça do seguro viagem: pode ser obrigatório

O seguro viagem é obrigatório para todos os destinos europeus que fazem parte do Tratado de Schengen. A exigência é que o seguro tenha cobertura mínima de 30 mil euros. Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Leitores Euro Dicas podem aproveitar o cupom EURODICAS5 para ganhar ganhe até 10% de desconto. Escolha a opção de pagamento com boleto bancário e já garanta 5%. Insira o cupom ao final da compra e ganhe mais 5% de desconto. Vale tanto para compras no nosso comparador, como diretamente no site do Seguros Promo.

dinheiro levar europa valor

Então, se você ainda não decidiu o(s) destino(s) da sua viagem, confira quais são as cidades da Europa mais baratas para viajar.

Viajar com dinheiro ou com cartão de crédito?

Com os dois. O ideal é ter mais de uma opção sempre para garantir sua tranquilidade na viagem. É fundamental levar dinheiro em espécie para a Europa (na maioria dos países, o euro). Mas um cartão de crédito internacional autorizado para ser usado no exterior pode ser bastante útil, principalmente se houver alguma necessidade ou eventualidade.

Talvez não seja nem necessário utilizar seu cartão de crédito na sua viagem, mas é sempre bom tê-lo por garantia e para pagar eventuais despesas extras.

Veja neste artigo estratégias de como comprar euro mais barato.

Dicas para fazer compras

Se você pretende saber quanto dinheiro levar para a Europa, é preciso ter em mente, também, o que pretende comprar em sua viagem e com o que pretende gastar dinheiro no período em que estiver fora.

Mas, algumas dicas para economizar são:

Confira a cotação da moeda

Faça o câmbio da moeda ainda no Brasil, pois há uma maior chance de você conseguir negociar as taxas. Mas, quando já estiver na Europa com seus euros, não custa nada verificar a cotação da moeda no dia, fazer as contas e analisar se vale a pena adquirir tal produto.

No Brasil, é costume comprar parcelado. Mas no exterior, o pagamento será à vista ou no cartão de crédito em uma vez só. Por isso, há uma maior importância de verificar as taxas e a variação cambial.

Pesquise muito antes de comprar

É muito bom saber o preço dos produtos antes de comprá-los e saber se eles estão mais caros ou mais baratos do que o valor que pagaria no Brasil.

Vale a pena comprar itens que você precise, que estejam mais baratos do que no Brasil ou que sejam de marcas que não tenham no seu país. Por isso, veja quanto custa o produto que você deseja no Duty Free (Free Shop) do aeroporto e quanto ele custa também nas lojas da Europa.

Assim, pode decidir se vale a pena comprá-lo durante a sua viagem ou quando retornar, no aeroporto.

Veja, por exemplo, o que vale a pena comprar em Portugal.

Sobre o Duty Free e limite de bagagem

Caso você opte por fazer compras no Duty Free no seu retorno para o Brasil, uma dica é chegar mais cedo no aeroporto para fazer o check-in com calma, despachar as malas e escolher os produtos que deseja comprar.

Lembre-se sempre do seu limite de bagagem, estabelecido pela companhia aérea, e saiba quantos quilos sua mala já tem, para não exceder o limite na volta e não ter que pagar excesso de bagagem (que pode ser bem alto, dependendo da companhia aérea).

Consulte mais dicas sobre levar dinheiro para o exterior e como fazer remessa de dinheiro para o exterior.

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Artigos relacionados

TransferWise: como funciona? Veja nosso guia antes de usar

Será que é seguro enviar dinheiro pela TransferWise? É confiável? Mostramos tudo sobre essa plaforma, como utilizar, preços, vantagens e desvantagens.

Limite de remessas para o exterior: saiba quanto dinheiro pode enviar

Enviar dinheiro para fora é sempre complicado por causa das várias taxas e regras. Veja qual é o limite de remessas para o exterior e como enviar.

Remessa Online vale a pena? Veja como funciona e se é seguro

Saiba como poupar, quais as taxas aplicadas e o passo a passo para utilizar a Remessa Online. Leia ainda o que dizem os utilizadores.

Receber dinheiro do exterior paga imposto? Descubra aqui

Receber dinheiro do exterior paga imposto? Esclareça essa e outras dúvidas que muitas pessoas têm na hora de enviar dinheiro para o exterior.

Western Union: como funciona, taxas e passo a passo para enviar dinheiro

Western Union: como funciona o envio e recebimento de dinheiro, quais são as taxas cobradas e se é confiável fazer transferências nessa plataforma.

Remessa Online ou TransferWise: qual é melhor para enviar dinheiro?

Remessa Online ou Transferwise? Comparamos as duas plataformas de envio de transferência internacional e descobrimos a melhor opção. Confira.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube