Seguro viagem vale a pena: os motivos e onde contratar

Independentemente da obrigatoriedade de contratar um seguro viagem, sempre recomendamos contratar a proteção para qualquer destino. Por isso, neste artigo, vamos explicar para você por que seguro viagem vale a pena.

Por que seguro viagem vale a pena?

Contratar seguro viagem vale a pena porque ele oferece inúmeras coberturas, principalmente relacionadas a emergências médicas e hospitalares, além de seguro bagagem, indenização por invalidez permanente e morte, atraso de voo, cancelamento de viagem, assistência jurídica, entre outras.

As coberturas variam de acordo com o plano contratado e o limite estabelecido. Um plano de seguro viagem tem custo baixo e muitos benefícios. Por R$ 10 por dia já é possível viajar protegido para o exterior.

Além disso, você deve levar em consideração que a maioria dos destinos internacionais cobra para turistas utilizarem seus hospitais e, dependendo do lugar, esse custo pode ser alto – uma simples consulta médica nos Estados Unidos, por exemplo, pode custar 500 dólares.

Seguro viagem vale a pena eua

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Imagine só você se acidentar ou ter uma intoxicação alimentar no exterior e não saber para onde ir nem quanto vai gastar em um hospital… Além disso, por R$ 5 por dia você viaja protegido dentro do Brasil. Basta estar a 100 km de sua casa para poder contratar um seguro viagem.

Muitas vezes, o plano de saúde não cobre assistência médica e hospitalar para outros estados, sem contar com as outras coberturas que são disponibilizadas em seu plano de seguro viagem, como vimos.  Vale lembrar que um bom plano de seguro viagem te garante assistência em português 24 horas por dia, durante todos os dias da semana.

Veja quanto custa um seguro viagem internacional.

Resumindo: 5 motivos pelos quais seguro viagem vale a pena

Contratar um seguro viagem específico para você vale a pena, entre outros motivos, porque cobre, de acordo com os planos e o limite contratados:

  • Assistência médica, hospitalar e odontológica;
  • Assistência farmacêutica;
  • Assistência jurídica;
  • Cancelamento de viagem;
  • Extravio de bagagem.

Além disso, a proteção custa barato, se colocarmos na ponta do lápis os riscos aos quais estamos expostos em nossa viagem.

Seguro viagem vale a pena para todos os destinos: nacionais e internacionais?

Sim.

Como dissemos, independentemente do destino, o seguro viagem vale a pena. Os planos custam pouco em comparação aos riscos aos quais estamos expostos em nossa viagem.

Além disso, alguns países exigem como condição de entrada a contratação de um plano de seguro viagem com cobertura mínima. No entanto, mesmo que não haja essa obrigatoriedade para alguns destinos internacionais e para destinos nacionais, é extremamente importante viajar protegido.

Benefícios e coberturas

Além da assistência médica e hospitalar, os planos oferecem outras coberturas, que você pode precisar na sua viagem e, caso precise, terá uma despesa bem maior do que o valor que pagará pela proteção.

Além disso, apesar de alguns planos de saúde cobertura nacional, também é muito comum dentro do Brasil acontecerem casos como atraso ou cancelamento de voo, extravio de bagagem, entre outros, que não são cobertos pelo seu plano de saúde nacional (tendo em vista que a assistência se restringe à saúde).

Por isso, seguro viagem vale a pena não só para destinos internacionais, como também nacionais.

O seguro viagem é obrigatório em quais países da Europa?

O seguro viagem é obrigatório para os países europeus que compõem o Tratado de Schengen. Confira os países que estão na lista e que exigem cobertura de assistência médica e hospitalar mínima de 30 mil euros como condição de entrada na imigração.

  • Áustria;
  • Alemanha;
  • Bélgica;
  • Dinamarca;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • França;
  • Finlândia;
  • Grécia;
  • Hungria;
  • Holanda;
  • Itália;
  • Islândia;
  • Letônia;
  • Liechtenstein;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

O que pode acontecer se eu não tiver seguro viagem?

Caso você viaje para algum país que exija seguro viagem e não o tenha contratado, pode ter problemas na sua entrada na Europa.

Ao chegar ao primeiro aeroporto na Europa que pousar, os agentes da imigração lhe farão algumas perguntas e verificarão seus dados no sistema, podendo, ainda, solicitar que você apresente seu seguro de viagem.

Além de correr o risco de não entrar no velho continente, caso não contrate um seguro viagem e aconteça algo com você no exterior, você provavelmente terá uma despesa bem elevada, tendo em vista que os custos com hospitais na Europa normalmente são altos, principalmente relacionados à internação e cirurgia, isso sem falar nos outros benefícios que o seguro viagem lhe proporciona.

É válido destacar que brasileiros com dupla cidadania (europeia) estão isentos da obrigatoriedade de contratação de um seguro de viagem para a Europa.

E o seguro viagem do cartão de crédito, vale a pena?

Depende. Por um lado, ele oferece a grande vantagem de ser gratuito. Por outro lado, o seguro viagem de cartão de crédito não é personalizado.

Então, antes de viajar somente com o seguro viagem de cartão de crédito ou contratar um outro mais específico para complementá-lo, é importante se atentar a alguns detalhes, como:

  • Se a cobertura oferecida pelo cartão é suficiente para você;
  • Se você possui alguma especificidade (caso seja idoso, tenha doença preexistente, esteja gestante ou vá praticar alguma atividade radical durante a sua viagem, é melhor contratar um plano com cobertura específica para você);
  • Se o plano oferecido pelo seu cartão de crédito está de acordo com o seu estilo da sua viagem;
  • Se o limite de crédito e reembolso são suficientes;
  • Qual é a duração da sua viagem.

Caso o seguro viagem do seu cartão não se enquadre no seu perfil, é importante contratar outro.

O CDAM (PB4) substitui o seguro viagem?

Se você tem dúvidas se o CDAM substitui seguro viagem, a resposta é não, ele não substitui.

O CDAM é uma assistência médica pública que o brasileiro pode usar, caso necessite de atendimento em Portugal, em Cabo Verde e/ou na Itália, devido a um acordo bilateral entre esses países e o Brasil. Mas o documento serve apenas para assistência médica – e para o brasileiro apresentar na imigração sem a necessidade de seguro viagem.

No entanto, mesmo sendo permitido entrar em Portugal e na Itália somente com o Certificado de Direito à Assistência Médica, o CDAM tem cobertura bastante limitada. Ele não cobre, por exemplo:

  • Extravio de bagagem;
  • Cancelamento de voo;
  • Morte acidental ou invalidez permanente do segurado;
  • Traslado médico e traslado do corpo;
  • Assistência jurídica, entre outros benefícios que o seguro viagem oferece.

Além disso, caso você viaje para fora de um desses países ou se o seu voo fizer conexão em outro país do Tratado de Schengen, é obrigatória a contratação de um seguro viagem.

Devemos destacar, ainda, que o atendimento no serviço público nesses países pode ser mais burocrático e você pode demorar mais tempo para ser atendido, o que, provavelmente nos hospitais particulares o serviço pode ser mais ágil.

Veja em detalhes a diferenças entre o seguro PB4 e o seguro de viagem.

Seguro viagem vale a pena: onde contratá-lo

São dezenas de sites de seguradoras no mercado. E, para você não ter o trabalho e não precisar perder tempo entrando em cada site para comparar os preços e as coberturas de todas as seguradoras, recomendamos que utilize o comparador de seguro viagem do Euro Dicas.

Em Parceria com o Seguros Promo, o nosso comparador mostra as melhores seguradoras do mercado e suas coberturas, e ainda consegue um preço mais acessível para o seu plano.

Se você ainda não conhece o site Seguros Promo, leia esse artigo completo que escrevemos sobre ele.

Oferecemos desconto

Nós do Euro Dicas garantimos o menor preço em seu plano de seguro viagem.

Para ganhar desconto, na hora do pagamento de seu plano, basta inserir o nosso código EURODICAS5, e ganhe 5%.

Caso efetue o pagamento por boleto bancário, tem mais 5% de desconto. Assim, você pode reduzir em 10% o valor do seu seguro viagem.

Agora que você conferiu que seguro viagem vale a pena, veja o nosso guia o atualizado com o melhor seguro viagem 2020 e escolha o seu plano!

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Artigos relacionados

Solicitar PB4 online: passo a passo e documentos necessários

Saiba se é possível solicitar PB4 online, documentos necessários, quanto tempo demora, como solicitar e se ele substitui o seguro viagem.

PB4: como funciona e como solicitar gratuitamente

Saiba o que é o seguro de saúde brasileiro PB4, como funciona, em que países ele é válido, onde solicitar, como solicitar, como usar e qual sua validade.

Seguro Viagem Europa: leia antes de comprar (Guia 2020)

Você já adquiriu seu Seguro Viagem para Europa? Sabe se ele é válido no espaço Schengen? Confira tudo neste guia e ganhe desconto para contratar!

Renovar o PB4: passo a passo para fazer a solicitação

Muitas dúvidas surgem em relação a isso, principalmente sobre como fazer isso em Portugal. Venha descobrir como renovar o PB4.

PB4 precisa ser apostilado? Esclareça suas dúvidas

Entenda como solicitar o PB4 online, verifique se o documento precisa ser apostilado e como fazer o Apostilamento de Haia.

Melhor seguro viagem 2020: o nosso top 5 (Guia Atualizado!)

Existem muitas opções de seguro viagem, mas qual é o melhor? Levantamos nosso TOP 5 e separamos dicas para economizar até 60%. Confira!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube