TransferWise é legal?

Enviar dinheiro para o exterior  / 

A TransferWise foi fundada em 2011 na capital da Inglaterra, Londres. A multinacional fechou 2016 com mais de 600 colaboradores e já conta com escritórios em Nova Iorque, Sydney, Singapura e em outras cidades e países.

Com o slogan “Dinheiro sem fronteiras”, a TransferWise tem como um dos fundadores o primeiro funcionário do Skype, Taavet Hinrikus.

A TransferWise é legal?

A lógica da TransferWise é simples: você pode enviar dinheiro entre contas de 59 países e a companhia já tem 504 rotas de moedas de todo o mundo com taxas atraentes e de maneira legalmente aceita.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Portanto, se você veio até aqui para obter a resposta para a pergunta: a TransferWise é legal? – a resposta é: sim, a TransferWise é legal.

Como a TransferWise funciona?

Voltando a como a TransferWise funciona e o processo de envio e recebimento de dinheiro pela plataforma, a TransferWise é como um roteador de dinheiro.

Por exemplo: se você quer enviar R$ 5 mil do Brasil para Portugal, a plataforma converte o valor para Euro, mas ao invés de enviar o dinheiro do remetente para o destinatário, ele é redirecionado para alguém que esteja fazendo o processo inverso (mandando dinheiro de Portugal para o Brasil).

Sendo assim, aqui se justifica o tempo da transação que é de, aproximadamente, cinco dias úteis e o baixíssimo valor de encargos cobrados em cada operação. Para o remetente, o valor de R$ 5 mil, se transforma em um boleto bancário que, após quitado, dá início a operação.

É necessário, ainda no exemplo de enviar dinheiro do Brasil para Portugal, ter uma conta aberta no país de destino (Portugal nesse caso) e cadastrar os dados no site da TransferWise.

Posso mandar dinheiro para qualquer país?

Não. A TransferWise está em 59 países e possui, atualmente, 504 rotas de moedas. Apesar de estar crescendo exponencialmente e ganhar, diariamente, atenção da mídia, a multinacional não atua em todos os países do globo.

TransferWise é seguro?

Sim, a TransferWise é muito segura. Como o envio de valores depende de pré-pagamento, questionamentos de diversas origens surgem, porém as operações ocorrem de maneira segura e confiável. Além disso, a TransferWise informa seus clientes por e-mail todos os estágios da transação.

É claro que, por se tratar de uma operação via internet, os riscos existem e por isso é extremamente importante ter um programa de anti-vírus atualizado e confiável no computador onde você vai fazer a operação. Além de limpar seu histórico de navegação frequentemente.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Guerra com os Bancos

Por se tratar de uma startup (empresas de tecnologia ‘iniciantes’) relativamente nova, a TransferWise entrou em um mercado dominado por grandes bancos e corporações que detinham um monopólio no envio e recebimento de valores no exterior.

Com isso, surgiram vários boatos de internet que visam tirar a credibilidade da TransferWise e, mensalmente, países como o Brasil tentam, através da criação de legislação específica, colocar barreiras e leis no processo de envio e recebimento de dinheiro no exterior através da companhia.

Limite de transferências no Brasil

Em 28 de fevereiro de 2017, a TransferWise enviou um comunicado via e-mail para seus clientes informando que, por conta de alterações com o parceiro bancário da instituição, o limite anual provisório para transferências do Brasil para o exterior seria de, no máximo, R$ 30 mil por ano civil.

Curiosidade sobre a TransferWise

Como a TransferWise nasceu no mundo digital e nele permanece, a companhia encontra algumas barreiras. O principal motivo disso é que as pessoas que estão habituadas a enviar ou receber dinheiro no exterior, sempre o fizeram em lojas, casas de câmbio ou bancos físicos e na presença de funcionários ou gerentes.

Porém, o mundo está mudando e a urgência de um mercado mais aberto e que oportuniza taxas para o envio e recebimento de dinheiro no exterior mais decentes, dão cada vez mais espaço para empresas prestadoras de serviços que, há pouco tempo, nem faziam parte do imaginário de grande parte das pessoas. Veja algumas dicas para enviar dinheiro para o exterior.

A TransferWise é legal e, com certeza, uma empresa que veio para ficar e conquista, cada vez mais, clientes em todo o mundo.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.