Atualmente, a conceituada empresa norte-americana Western Union é uma das mais reconhecidas no ramo de envio de dinheiro para o exterior. Mas ela não é a única. E quem utiliza a plataforma sabe que as tarifas cobradas não são baixas e que existem outras formas de realizar remessas internacionais com melhor custo-benefício. Por isso, vamos apresentar neste artigo alternativas à Western Union.

Por que procurar alternativas à Western Union?

A Western Union é uma empresa consolidada no ramo de envio de dinheiro para o exterior. A plataforma, que está presente em mais de 200 países e territórios, foi fundada em 1851, nos Estados Unidos, e desde 1997 atua no Brasil.

De acordo com o que consta em setembro de 2021 no site da Western Union, a plataforma transaciona 80 bilhões de dólares por ano e faz, em média, 31 transações por segundo.

Utilizar a Western Union é seguro e a empresa oferece diversas vantagens aos usuários, como:

  • Possibilidade de sacar o dinheiro em espécie em mais de 500 mil agências em todo o mundo;
  • Presença em mais de 200 países e territórios;
  • Reconhecimento mundial;
  • Possibilidade de enviar dinheiro de várias formas: por aplicativo, pelo site, pelas agências ou por telefone;
  • Assistência online, 24 horas por dia, 7 dias por semana;
  • Possibilidade de o beneficiário sacar os valores em poucos minutos;
  • Não há necessidade de possuir conta bancária.

Limitações da Western Union

A plataforma é uma ótima opção para quem precisa realizar transferências internacionais. Mas possui algumas limitações, que podem fazer com que as pessoas busquem alternativas à Western Union.

Veja, a seguir, as principais desvantagens da plataforma, que podem pesar na hora de escolhê-la:

  • Tarifas com cobrança de margem de lucro sobre o valor do câmbio comercial, o que é desvantajoso, principalmente para quem precisa enviar quantias elevadas, associadas a uma taxa cobrada para cada operação, que varia de acordo com a forma de retirada do dinheiro, o país de origem e o valor enviado. Ou seja, as taxas da Western Union são mais elevadas do que serviços similares, como da Remessa Online e Wise;
  • Os limites de envio de dinheiro são baixos, dependendo do país. Sem a necessidade de apresentação de sua identidade, o remetente consegue enviar até mil euros. Caso precise enviar mais dinheiro, é preciso realizar um cadastro mais completo e o limite passa a ser 5 mil euros, o que ainda não é considerado alto;
  • Não são todos os meios de transações que estão disponíveis nos países atendidos;
  • A transferência para conta bancária pode demorar até 2 dias úteis, dependendo do país do beneficiário;
  • A Western Union não oferece cartão de débito em diferentes moedas. 

Alternativas à Western Union no envio de dinheiro para o exterior

Agora que você viu que a Western Union pode não ser a melhor opção para enviar dinheiro para o exterior, principalmente se precisar enviar quantias elevadas, confira, adiante, alternativas à Western Union.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →

1. Remessa Online

Criada em 2016, a Remessa Online é uma plataforma brasileira. Usada por quem precisa enviar dinheiro para o exterior de maneira rápida, o dinheiro cai na conta de destino em até 1 dia útil, e barata, as taxas são baixas e a plataforma cobra a taxa de câmbio comercial sem margem de lucro, oferecendo um excelente custo-benefício.

Utilizar a Remessa Online é seguro e o atendimento ao cliente é realizado em português, facilitando – e muito – a negociação de taxas.

Além disso, os limites da Remessa Online são mais altos do que os limites da Western Union. Com o cadastro simples, é possível enviar até R$ 75 mil por ano, desde que não ultrapasse R$ 37.500 por dia. Caso o usuário precise enviar valores mais elevados, basta fazer o cadastro completo.

Remessa Online ou Western Union? Leia o comparativo completo que fizemos entre as duas plataformas e analise qual delas é melhor para você.

2. Wise

Criada em 2010, em Londres, a Wise (antiga TransferWise), assim como a Remessa Online, cobra o câmbio comercial, com taxas baixas e transparentes no envio de dinheiro para outros países.

Além disso, com a Wise, o pagamento de sua remessa pode ser feito por boleto bancário ou via TED, o dinheiro cai na conta de destino em até 2 dias úteis e quando for feito por boleto, o usuário pode enviar até R$ 9 mil por mês; para pagamentos via TED, o limite é de até R$ 1 milhão, dependendo do seu Imposto de Renda.

O sistema da Wise é seguro, sendo a instituição financeira autorizada pela Financial Conduct Authority (FCA), do Reino Unido.

Alternativas à Western Union alternativas

A possibilidade de o usuário poder guardar e converter dinheiro em 54 moedas é uma grande vantagem dessa plataforma. Além disso, de acordo com a informação presente na plataforma em setembro de 2021, com a Wise é possível enviar dinheiro para 80 países e todos os meses são movimentados mais de 5 bilhões de libras esterlinas na plataforma.

Também já escrevemos um comparativo entre Wise e Western Union, não deixe de conferi-lo.

3. PayPal

Apesar de a especialidade do PayPal ser o pagamento de produtos e serviços (transações comerciais), a empresa também trabalha com o envio de dinheiro para o exterior de forma online, entre pessoas físicas (cidadão comum) ou jurídicas (empresas). Com ele, o usuário pode realizar pagamentos dentro do país ou no exterior.

Enviar dinheiro pelo PayPal é simples, sendo necessário apenas um e-mail do destinatário do dinheiro e que o mesmo possua conta bancária. Assim, o envio é feito em poucos cliques.

Mas, apesar da facilidade, o procedimento se torna mais oneroso do que a Western Union e do que as outras alternativas à Western Union. Isso porque a instituição cobra o câmbio comercial mais a sua margem de lucro, além do IOF de 6,38% do valor enviado – o IOF cobrado pela maioria das instituições é de 0,38% – para contas de terceiros – e 1,1% do valor enviado – no caso de envio para uma conta de sua titularidade.

4. Bancos

Enviar dinheiro para o exterior pelo banco é uma maneira tradicional, mas também é uma das formas mais caras de realizar o processo.

Isso porque, normalmente, os custos são mais altos do que os praticados pelas plataformas online, assim, eles variam de acordo com a instituição financeira, mas é importante deixar claro que os bancos cobram a taxa de câmbio, com a sua margem de lucro em cima. Consulte o seu gerente, para se informar sobre as tarifas aplicadas pelo banco no qual você possui conta.

Enviar dinheiro pelo banco tem suas vantagens, como, ter a possibilidade de escolher fazer o envio por telefone, pela internet ou pessoalmente, de acordo com as opções da instituição financeira.

Mas, apesar de as instituições bancárias credenciadas pelo Banco Central do Brasil a operar serem seguras, o limite de envio é baixo, é possível enviar até 3 mil dólares – ou equivalente em outra moeda, sendo necessário apenas apresentar o seu passaporte e a sua identidade.

Outra informação importante é que o tempo de envio do dinheiro também vai depender do banco escolhido para realizar a transação financeira. Ele pode variar entre 2 e 5 dias úteis.

5. Correios

Os Correios do Brasil também estão entre as alternativas à Western Union. O envio é feito por meio do Vale Postal Eletrônico. Para enviar dinheiro pelo Correio, é preciso calcular a taxa de envio, a taxa de câmbio, juntamente com a margem de lucro e o IOF.

A taxa cobrada pelos Correios para fazer o envio de dinheiro para outros países é de R$ 35, mais um percentual de 1,5% do valor enviado, e o tempo de envio varia de acordo com o país de destino.

6. Cartões pré-pagos

Utilizar cartões pré-pagos, como o Visa Travel Money, pode ser uma boa opção para quem precisa de um cartão de débito internacional, mas com limite preestabelecido, no qual você coloca a quantia que pretende gastar.

Cartões como estes podem ser aceitos em estabelecimentos que trabalham com a bandeira e podem ser adquiridos diretamente no site da operadora, por meio do banco no qual você é cliente ou em casas de câmbio. No entanto, a taxa de IOF cobrada é de 6,38% das transações feitas.

Apesar da segurança e da possibilidade de poder controlar os seus gastos e recarregar o seu cartão quanto você quiser, é preciso ponderar se esta alternativa à Western Union vale a pena por conta do alto IOF cobrado.

Quanto custa enviar dinheiro pelas alternativas à Western Union?

Agora que você já sabe que enviar dinheiro por meio de plataformas online custa mais barato, para você saber quanto custa fazer a transferência para o exterior, no dia 18 de setembro de 2021, fizemos uma simulação. Ela foi feita no site da Western Union e outras plataformas, como a Wise, a Remessa Online e o PayPal para o envio de R$ 9 mil para Portugal. Veja o resultado adiante.

Plataforma Western Union Remessa Online Wise PayPal
Taxa de câmbio R$ 6,2893 R$ 6,2146 R$ 6,2002 R$ 6,2021
Custo em taxas Não é apresentado de forma transparente na plataforma R$ 213,23 R$ 194,21 R$ 756,37
Valor recebido EUR 1.431,25 sem incluir as taxas (a serem incluídas ao final da transação) EUR 1.413,9 EUR 1.420,25 EUR 1.329,17
Prazo de entrega informado pela plataforma 4 dias úteis por meio de transferência bancária 1 dia útil 1 dia útil 1 dia útil

Qual é a melhor alternativa à Western Union?

A Remessa Online e a Wise são as melhores alternativas à Western Union quando consideramos taxas e custo-benefício. Na simulação apresentada, a Wise oferece as melhores taxas. Mas elas variam de acordo com o dia e com o valor a ser enviado.

Nós do Euro Dicas realizamos muitas transferências internacionais por mês e a nossa plataforma preferida é a Remessa Online. Os principais motivos de nossa escolha são:

  • Taxas baixas e transparentes;
  • Câmbio comercial;
  • Plataforma brasileira e possibilidade de negociação das taxas no seu idioma, principalmente quando o usuário for enviar quantias elevadas;
  • Tempo de entrega do dinheiro (até 1 dia útil após a identificação do pagamento pela plataforma);
  • Ótimo atendimento ao cliente.

De qualquer maneira, nossa dica é sempre fazer simulações antes de enviar dinheiro para o exterior. Dessa forma, o seu dinheiro rende mais e você consegue economizar. Para comparar os valores a serem recebidos no exterior, utilize o comparador de envio de dinheiro do Euro Dicas.

Com ele, é possível conferir os custos de algumas das principais plataformas, quanto o beneficiário receberá em outro país e o prazo para o dinheiro chegar ao destino.