Cartão pré-pago internacional vale a pena? Veja prós e contras

Para quem vai viajar, nem sempre as opções de levar dinheiro em espécie ou pagar tudo com cartão de crédito compensam. É quando o cartão pré-pago internacional surge como uma alternativa interessante, para quem quer mais segurança e um melhor controle dos gastos.

Neste artigo, a gente detalha o que é o Cartão pré-pago internacional, como ele funciona, as vantagens e desvantagens, além de confirmar se vale mesmo a pena incluir este serviço no checklist da sua próxima viagem.

O que é o Cartão pré-pago internacional?

Quando falamos em cartão pré-pago internacional, nos referimos a um cartão que pode ser carregado e recarregado sempre que necessário, com o valor em dinheiro que você pretende gastar no exterior. Por isso, costumamos apontar esta opção como a preferida entre os adeptos de um bom planejamento financeiro em viagens.

Como funciona o Cartão pré-pago internacional

Na prática, é idêntico a um cartão de débito. Ou seja, conseguimos pagar compras em lojas e sacar dinheiro no caixa eletrônico normalmente. Entenda em detalhes como funciona no passo a passo:

  • Você solicita o Cartão pré-pago internacional em uma das empresas que oferecem o serviço;
  • Pague a taxa de emissão, se houver, e aí você já pode fazer o primeiro carregamento. Normalmente, você pode realizá-lo via transferência bancária ou pagamento com boleto bancário;
  • A carga pode ser feita na quantia desejada – desde que não seja estipulado um valor mínimo inicial, dependendo do cartão pré-pago internacional. Você também pode escolher entre euro, libra, dólar ou outra moeda estrangeira. Alguns cartões oferecem a opção de valores em diferentes moedas, ideal para quem incluiu vários países no roteiro;
  • O valor carregado fica travado, ou seja, é o do câmbio daquele dia, sem variar ao longo da viagem. Se você colocou USD2 mil hoje no cartão, esta quantia permanece a mesma na próxima semana, independente de variações no preço da moeda;
  • Se precisar de mais dinheiro, basta carregar novamente pela internet.

O saldo do seu cartão pré-pago internacional pode ser consultado sempre que desejar. Geralmente as instituições que o emitem disponibilizam um acesso online via site ou aplicativo para quem quer acompanhar as movimentações.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Explicamos neste artigo o que é taxa de câmbio e como funcionam suas variações.

Quais os prós e contras de usar o cartão pré-pago internacional?

Como qualquer serviço financeiro, este produto tem suas vantagens e desvantagens. Fica a seu critério eleger o que é mais importante e analisar se o cartão pré-pago internacional atende ao seu perfil e suas necessidades.

Vantagens

  • Maior segurança, ao não precisar transportar quantias em espécie na viagem;
  • Saques em caixas eletrônicos na maioria dos países;
  • Pode ser recarregado quantas vezes quiser, mesmo à distância;
  • Caso ocorra a perda ou roubo, você é reembolsado com o valor disponível no cartão;
  • Praticidade com serviços pela internet, como consulta de saldo e recarga;
  • Pode ser utilizado em várias viagens, bastando ser reativado com uma nova carga e se não tiver passado muito tempo inativo;
  • O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6,38% não incide a cada compra do cartão pré-pago, como acontece no cartão de crédito convencional. Saiba tudo sobre taxa IOF aqui;
  • As variações do câmbio não interferem no saldo do cartão, depois de carregado.

Vale a pena entender um pouco como funciona a cotação do dólar e do euro, para calcular a quantia que você vai precisar na viagem. Saiba qual o melhor momento para comprar dólar e euro neste artigo.

Desvantagens

  • Nem todas as lojas e estabelecimentos o aceitam como forma de pagamento;
  • Saques no exterior podem ser tarifados, e você poderá pagar uma taxa adicional tanto sobre o valor retirado como para utilizar o caixa eletrônico. Ele é debitado diretamente do saldo do cartão no momento da transação. As tarifas são informadas na tela do caixa eletrônico;
  • O IOF é de 6,38% e costuma ser descontado na conversão da moeda, em cargas e recargas;
  • Alguns cartões cobram taxa de inatividade, ou seja, se você tem dinheiro nele e não utiliza por um determinado período. Muitas pessoas esquecem e acabam perdendo uma boa parcela;
  • Também podem ser cobradas tarifas para cancelamento do cartão e retirada do dinheiro excedente, se houver;
  • Além de serem carregados com a moeda estrangeira na cotação turismo, que é mais alta, as empresas adicionam uma margem extra de custo.

Tire suas dúvidas sobre como e quando comprar dólar.

Qual o melhor cartão pré-pago internacional?

Há várias opções no mercado, e destacamos três que aparecem com frequência nos rankings dos melhores e mais conhecidos.

MercadoPago MastercardPagSeguro MastercardCash Passport Mastercard PlatinumVisa Travel Money (VTM)
Taxa de emissãoNão é cobrada, assim como anuidade e taxa de recargaR$12,90Gratuito quando solicitado nas lojas e mesas de operações. Contudo, paga-se R$14,99 ao adquirir pela internet.Depende da instituição financeira que você escolher, parceira da Visa
Taxa de manutenção mensalNão cobraNão cobraNão cobra. Mas há cobrança de USD2 por mês, após 6 meses de inatividade.Não cobra
Tarifa de saqueR$9,99 para saques nacionais ou internacionaisR$ 7,50 no exteriorUSD2,50 por retiradaUSD2,50 ou EUR2,50 por saque, mais os custos da rede local de terminal de autoatendimento internacional, no caso do Ourocard VTM do Banco do Brasil
É necessário ter uma conta bancária?NãoNãoNãoSim, para o Ourocard VTM. Para outros, como o Rendimento VTM da Cotação Câmbio, não é preciso.
Mais detalhes sobre o produtoSaques e pagamentos são limitados a R$3 mil por diaPode ser utilizado durante a viagem ao exterior e também em compras em sites internacionaisProduto da empresa Confidence Câmbio. Pode ser utilizado em compras, saques e pagamentos no exterior. É necessária uma carga mínima de USD50 para ativar o cartão, e o mesmo valor para recargasFunciona como cartão de crédito, então é cobrada a alíquota de 6,38% de IOF sobre o valor de cargas, recargas e na recompra de saldo.

Outra alternativa: cartão pré-pago da BeeCâmbio

Para quem não sabe, a BeeCâmbio nada mais é do que uma empresa de câmbio que funciona 100% pela internet. A principal vantagem é que você pode comprar moedas estrangeiras como euro, libras ou dólar a taxas mais baixas (3,1%) e com a comodidade de não precisar sair de casa.

Para comprar o cartão pré-pago internacional você deve seguir acessar o site e seguir o passo a passo abaixo:

  1. Fazer uma simulação de valores para a compra da moeda que você deseja;
  2. Conferir o resumo da compra – valores das taxas e impostos cobrados;
  3. Escolher a forma de entrega – delivery ou retirada;
  4. Cadastrar seus dados no site;
  5. Escolher o local da retirada ou informar endereço para entrega;
  6. Escolher a forma de pagamento;
  7. Confirmar o pedido;
  8. Enviar o comprovante do pagamento.

A empresa é bem agilizada e o prazo de entrega de moedas como euro ou dólar demora cerca de quatro dias úteis. Mas você deve ficar atento porque apenas algumas cidades brasileiras contam com o serviço de entrega. Para mais detalhes sobre como realizar o pagamento, leia nosso artigo sobre o cartão pré-pago internacional da Beecambio .

Nossa recomendação

Na nossa avaliação, o melhor custo-benefício é o do PagSeguro Mastercard. Apesar de uma taxa de emissão, que não é das mais altas, cobra um valor menor a cada saque. Além do mais, é um produto de uma empresa com bom nível de confiança no Reclame Aqui, com avaliação ótima nos últimos 6 meses.

Pessoalmente, já utilizei algumas vezes o Cash Passport Mastercard da Confidence Câmbio e posso compartilhar minha experiência. E sempre foi excelente, analisando o conjunto que inclui bom atendimento, comodidades como um cartão extra de garantia sem custo extra, agilidade na entrega e na realização das cargas. Além do mais, a bandeira Mastercard é aceita sem ressalvas em praticamente todas as lojas e caixas eletrônicos, o que facilitou muito nas viagens.

cartão pré-pago internacional saque

Onde e como contratar

Basta entrar em um dos sites que emitem o cartão pré-pago internacional. Existem várias opções de diversas bandeiras, como Visa, Elo, Mastercard. Você o encontra em agências de turismo, operadoras de cartão, bancos e casas de câmbio.

Importante: uma precaução sempre fundamental é realizar a compra do cartão pré-pago internacional apenas em instituições credenciadas pelo Banco Central do Brasil.

Normalmente é preciso realizar um cadastro, confirmar a escolha do cartão e simular a quantia a ser carregada, assim como a moeda de sua preferência. Depois de confirmar o pagamento, você recebe o cartão, que pode ser entregue em casa ou fazer a retirada pessoalmente.

Confira os sites onde você pode realizar o pedido e obter mais informações sobre cada produto.

Vale a pena usar?

Vale muito a pena. O dinheiro fica mais protegido e há a comodidade de saques no exterior. Mesmo quando consideramos as taxas e a cobrança do IOF sobre cargas, recargas e saques no exterior, o cartão pré-pago internacional é muito mais vantajoso que dinheiro em espécie e principalmente cartão de crédito.

Com o cartão pré-pago internacional, você não fica sujeito as oscilações no câmbio, que andam altas e constantes no Brasil. E isso é um diferencial bastante importante. Imagine fazer compras no exterior no cartão de crédito convencional, sem saber qual o valor da moeda no fechamento da fatura, dali a um mês. Além do acréscimo de IOF a cada compra, que impacta na soma final. Para muitas pessoas, pode ser um verdadeiro transtorno e uma amarga lembrança das férias.

Veja diversas dicas de como comprar euro mais barato neste artigo.

Dicas para usar e economizar com o cartão pré-pago internacional

  • Fique sempre atento às condições que cada empresa oferece. As taxas de câmbio que cada uma aplica variam e outros encargos podem tornar um produto aparentemente barato mais caro;
  • Algumas empresas permitem dividir o pagamento do valor carregado em parcelas fixas, o que pode ser útil para quem não pode arcar com esta despesa à vista;
  • Como cada saque geralmente é tarifado, opte por realizar o menor número de retiradas possível nos caixas eletrônicos, para não precisar pagar taxas;
  • A cotação utilizada para carregar o cartão pré-pago internacional costuma ser mais alta do que o valor da moeda em espécie. Para diluir essa diferença, vale a pena mesclar e levar o cartão pré-pago, um pouco de dinheiro vivo e também o cartão de crédito para emergências. A gente nunca sabe quando a máquina de cartão resolve dar problema ou aquele restaurante local não aceita nenhum tipo de cartão, não é mesmo? É sempre bom estar preparado para emergências;
  • Evite carregar o cartão pré-pago internacional com uma quantia muito acima da prevista para a viagem. É possível haver cobranças para a retirada do valor excedente e taxas de manutenção mensais que não convém a quem vai ficar muito tempo sem usar o cartão.

Não esqueça do seguro viagem

Se você está com uma viagem marcada, não deixe de incluir no seu checklist a proteção de um seguro viagem. Utilizando nosso comparador de seguros viagem, você encontra diversos planos que cabem no seu bolso, com coberturas de seguro bagagem, reembolso de despesas médicas e remédios, auxílios em caso de cancelamento de voo e muito mais.

Andrea é jornalista e também tem formação em Linguística. Apesar de nascida em Curitiba, não demorou muito tempo para seu coração ganhar o mundo. Começou a trabalhar com agronegócio, área que a fez ganhar gosto para trabalhar fora do escritório, com pessoas de culturas e lugares diferentes. Com uma câmera na mão, desbravou inúmeras cidades e nunca mais parou. Decidiu unir a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, sete países da África e Ásia. Ao lado do filho já morou no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a maternidade, produção de conteúdo e viagens pelo Reino Unido e Europa.

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos relacionados

Cotação do Euro hoje: veja o valor em tempo real e como comprar

Confira qual a cotação do euro hoje, como calcular a cotação de forma simples e também algumas dicas para economizar na hora de comprar a moeda.

Como comprar euro mais barato: dicas para economizar

Quer saber como comprar euro mais barato? Então confira nosso artigo com dicas simples e economize na hora de fazer o câmbio da moeda. Saiba mais.

Por que o euro não para de subir? Temos as respostas

Entenda por que o euro não para de subir e está atingindo valores recordes, as consequências disso e conheça as melhores formas de transacionar euros.

Conversor de moeda: conheça os 5 principais e aprenda a utilizá-los

Quer converter dinheiro e não sabe qual conversor de moeda usar? Mostramos quais são os 5 principais e ensinamos como utilizá-los.

Comprar euro no Brasil ou na Europa? Confira qual é a melhor opção

Comprar euro no Brasil ou na Europa? Neste artigo, você verá como fazer, melhores opções, custos, transferência e boas práticas para fazer o câmbio.

Taxa de câmbio: o que você precisa saber

Conhecer a taxa de câmbio é essencial para não perder dinheiro, quando precisar de trocar ou enviar reais para fora. Veja o que é, como calcular e dicas.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube