Viagens para o exterior geram uma dúvida frequente: qual é a melhor forma de levar o dinheiro? Apesar do dinheiro em espécie ser uma boa opção em relação ao custo-benefício, não é a mais segura. E usar o cartão de crédito pode gerar altas taxas. Uma opção seria o cartão pré-pago internacional, mas será que ele vale a pena?

Descubra neste artigo como funciona o cartão pré-pago internacional e quais são as suas vantagens e desvantagens.

O que é o cartão pré-pago internacional?

Quando falamos em cartão pré-pago internacional, nos referimos a um cartão que pode ser carregado e recarregado sempre que necessário, com o valor em dinheiro que você pretende gastar no exterior. Por isso, costumamos apontar esta opção como a preferida entre os adeptos de um bom planejamento financeiro em viagens.

Como funciona o cartão pré-pago internacional

Na prática, é idêntico a um cartão de débito. Ou seja, conseguimos pagar compras em lojas e sacar dinheiro no caixa eletrônico normalmente. Entenda em detalhes como funciona no passo a passo:

  • Você solicita o cartão pré-pago internacional em uma das empresas que oferecem o serviço;
  • Paga a taxa de emissão, se houver, e aí você já pode fazer o primeiro carregamento. Normalmente, você pode realizá-lo via transferência bancária ou pagamento com boleto bancário;
  • A carga pode ser feita na quantia desejada – desde que não seja estipulado um valor mínimo inicial, dependendo do cartão pré-pago internacional. Você também pode escolher entre euro, libra, dólar ou outra moeda estrangeira. Alguns cartões oferecem a opção de valores em diferentes moedas, ideal para quem incluiu vários países no roteiro;
  • O valor carregado fica travado, ou seja, é o do câmbio daquele dia, sem variar ao longo da viagem. Se você colocou 2 mil euros hoje no cartão, esta quantia permanece a mesma na próxima semana, independente de variações no preço da moeda;
  • Se precisar de mais dinheiro, basta carregar novamente pela internet.

O saldo do seu cartão pré-pago internacional pode ser consultado sempre que desejar. Geralmente, as instituições que o emitem disponibilizam um acesso online via site ou aplicativo para quem quer acompanhar as movimentações.

Explicamos neste artigo o que é taxa de câmbio e como funcionam suas variações.

Existe cartão de crédito internacional pré-pago?

O cartão pré-pago internacional funciona apenas como um cartão de débito. Você precisa recarregar o valor desejado e utilizá-lo até o saldo acabar. Portanto, não existe a função crédito neste cartão.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Caso você passe uma compra com um valor acima do que tem disponível no saldo do cartão, a transação será recusada. Porém, sempre que precisar, você pode recarregá-lo com mais dinheiro.

Prós e contras do cartão pré-pago internacional

Outra opção é usar o cartão de crédito internacional, porém, ele funciona de maneira diferente do pré-pago uma vez que está sujeito a cotação do banco e a outras taxas cobradas pela instituição financeira.

Quais os prós e contras de usar o cartão pré-pago internacional?

Como qualquer serviço financeiro, este produto tem suas vantagens e desvantagens. Fica a seu critério eleger o que é mais importante e analisar se o cartão pré-pago internacional atende ao seu perfil e suas necessidades.

Vantagens

  • Maior segurança, ao não precisar transportar grandes quantias em espécie na viagem;
  • Saques em caixas eletrônicos na maioria dos países;
  • Pode ser recarregado quantas vezes quiser, mesmo à distância;
  • Caso ocorra a perda ou roubo, você é reembolsado com o valor disponível no cartão;
  • Praticidade com serviços pela internet, como consulta de saldo e recarga;
  • Pode ser utilizado em várias viagens, bastando ser reativado com uma nova carga e se não tiver passado muito tempo inativo;
  • O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6,38% não incide a cada compra do cartão pré-pago, como acontece no cartão de crédito convencional;
  • As variações do câmbio não interferem no saldo do cartão, depois de carregado;
  • Carregamento de diversas moedas internacionais em único cartão;
  • Muitos possuem tecnologia contactless;
  • Permite planejamento financeiro, já que você pode carregá-lo aos poucos.

Vale a pena entender um pouco como funciona a cotação do dólar e do euro, para calcular a quantia que você vai precisar na viagem. Saiba qual o melhor momento para comprar dólar e euro.

Desvantagens

  • Nem todas as lojas e estabelecimentos o aceitam como forma de pagamento;
  • Saques no exterior podem ser tarifados e você poderá pagar uma taxa adicional tanto sobre o valor retirado como para utilizar o caixa eletrônico. Ele é debitado diretamente do saldo do cartão no momento da transação. As tarifas são informadas na tela do caixa eletrônico;
  • O IOF é de 6,38% e costuma ser descontado na conversão da moeda, em cargas e recargas;
  • Alguns cartões cobram taxa de inatividade, ou seja, se você tem dinheiro nele e não utiliza por um determinado período. Muitas pessoas esquecem e acabam perdendo uma boa parcela;
  • Também podem ser cobradas tarifas para cancelamento do cartão e retirada do dinheiro excedente, se houver;
  • Além de serem carregados com a moeda estrangeira na cotação turismo, que é mais alta, as empresas adicionam uma margem extra de custo.

Tire suas dúvidas sobre como e quando comprar dólar.

Qual o melhor cartão pré-pago internacional?

Há várias opções no mercado, e destacamos cinco que aparecem com frequência nos rankings dos melhores e mais conhecidos.

Cartão MercadoPago Mastercard PagSeguro Mastercard Cash Passport Mastercard Platinum Visa Travel Money (VTM) Cartão Wise Mastercard
Taxa de emissão Não é cobrada, assim como anuidade e taxa de recarga R$12,90 Gratuito quando solicitado nas lojas e mesas de operações. Contudo, paga-se R$14,99 ao adquirir pela internet Depende da instituição financeira que você escolher, parceira da Visa 8€
Taxa de manutenção mensal Não cobra Não cobra Não cobra. Mas há cobrança de US$2,50 por mês, após 6 meses de inatividade Não cobra Não cobra
Tarifa de saque R$ 8,90 para saques nacionais ou internacionais R$ 7,50 no exterior USD 2,50 por retirada USD 2,50 ou EUR 2,50 por saque, mais os custos da rede local de terminal de autoatendimento internacional, no caso do Ourocard VTM do Banco do Brasil Saque gratuito em caixas eletrônicos de até £200 por mês
É necessário ter uma conta bancária? Não Não Não Sim, para o Ourocard VTM. Para outros, como o Rendimento VTM da Cotação Câmbio, não é preciso Sim, é necessário criar uma conta multimoeda Wise que é gratuita
Mais detalhes sobre o produto Saques e pagamentos são limitados a R$2.500 por dia Pode ser utilizado durante a viagem ao exterior e também em compras em sites internacionais.

As recargas podem ser feitas diretamente pelo celular usando o aplicativo PagBank

Produto da empresa Confidence Câmbio. Pode ser utilizado em compras, saques e pagamentos no exterior.

É necessária uma carga mínima de USD 50 para ativar o cartão, e o mesmo valor para recargas

É cobrada a alíquota de 6,38% de IOF sobre o valor de cargas, recargas e na recompra de saldo Para solicitar o cartão, é necessário fornecer um endereço na Europa ou Estados Unidos. Ainda não está disponível no Brasil

Como adquirir um cartão internacional pré-pago?

Para adquirir um cartão internacional pré-pago o primeiro passo é pesquisar qual é a melhor opção para o seu caso e quando decidir, basta entrar nos sites que emitem o cartão. Além dos sites você também pode adquirir em agências de turismo, operadoras de cartão, bancos e casas de câmbio.

É importante ressaltar que você deve adquirir o cartão internacional pré-pago apenas em instituições que sejam credenciadas pelo Banco Central do Brasil.

Na operadora escolhida, normalmente você deverá fazer um cadastro, confirmar a escolha do cartão e simular uma quantia carregada com a moeda da sua escolha. Após realizar o pagamento, você recebe o cartão que poderá ser entregue ou retirado pessoalmente.

Veja os sites onde você pode fazer o pedido do cartão internacional pré-pago e encontrar mais informações sobre cada um deles:

Como recarregar o cartão pré-pago internacional?

Geralmente, a recarga do cartão pré-pago pode ser feita no próprio site da operadora do cartão. Cada operadora terá um caminho para você fazer a recarga, mas costuma ser um processo bem simples.

As operadoras costumam permitir que o pagamento da recarga do cartão seja feito por boleto bancário, débito em conta, depósito identificado, DOC, TED e atualmente, algumas também aceitam PIX.

Vale a pena usar?

Sim, vale a pena usar o cartão pré-pago internacional.

Além de ser um meio seguro de levar dinheiro para a sua viagem, você terá a facilidade de pagar as coisas no débito e sacar dinheiro no caixa eletrônico quando precisar.

Também é uma boa opção para quem quer ter um planejamento financeiro e carregar o cartão aos poucos antes da viagem. E mesmo quando já estiver no seu destino, poderá recarregar o cartão de acordo com suas necessidades, pelo site ou aplicativo da instituição escolhida.

Como funciona o pré-pago internacional

Outra vantagem é não correr o risco da variação cambial. Pois mesmo você pagando o IOF igual ao do cartão de crédito internacional (6,38%) não terá surpresas como uma fatura salgada depois da viagem.

Porém, é importante ressaltar que o ideal é você viajar com mais de um meio de pagamento. Assim, não ficará dependente de apenas um e diminui os riscos de alguma opção não ser aceita no local que estiver.

Veja diversas dicas de como comprar euro mais barato neste artigo.

Dicas para usar e economizar com o cartão pré-pago internacional

  • Fique sempre atento às condições que cada empresa oferece. As taxas de câmbio que cada uma aplica variam e outros encargos podem tornar um produto aparentemente barato mais caro;
  • Algumas empresas permitem dividir o pagamento do valor carregado em parcelas fixas, o que pode ser útil para quem não pode arcar com esta despesa à vista;
  • Como cada saque geralmente é tarifado, opte por realizar o menor número de retiradas possível nos caixas eletrônicos, para não precisar pagar taxas;
  • A cotação utilizada para carregar o cartão pré-pago internacional costuma ser mais alta do que o valor da moeda em espécie. Para diluir essa diferença, vale a pena mesclar e levar o cartão pré-pago, um pouco de dinheiro vivo e também o cartão de crédito para emergências. A gente nunca sabe quando a máquina de cartão resolve dar problema ou aquele restaurante local não aceita nenhum tipo de cartão, não é mesmo? É sempre bom estar preparado para emergências;
  • Evite carregar o cartão pré-pago internacional com uma quantia muito acima da prevista para a viagem. É possível haver cobranças para a retirada do valor excedente e taxas de manutenção mensais que não convém a quem vai ficar muito tempo sem usar o cartão.

Não esqueça do seguro viagem

Se você está com uma viagem marcada, não deixe de incluir no seu checklist a proteção de um seguro viagem. Utilizando nosso comparador de seguros viagem, você encontra diversos planos que cabem no seu bolso, com coberturas de seguro bagagem, reembolso de despesas médicas e remédios, auxílios em caso de cancelamento de voo e muito mais.