Uma viagem internacional requer muito planejamento. Tudo deve ser pensado com cuidado e antecedência para tentar evitar os imprevistos e as temidas dores de cabeça. E o cuidado com o seu dinheiro não fica fora dessa lista, viu? Aprenda agora mesmo tudo sobre o cartão wise, como fazer a solicitação, como ele funciona e muito mais.

Confira agora as nossas dicas para ter muito mais praticidade, segurança e economia na hora de usar seu dinheiro no exterior. Vamos lá?

O que é o cartão Wise?

O novo Cartão Wise chegou para substituir o antigo Borderless Card da Wise, antiga Transferwise. Esse cartão é internacional, pré-pago e da bandeira Mastercard, no qual todas as pessoas que possuem conta na Wise podem fazer a sua solicitação.

Ele vai te ajudar quando quiser fazer saques, pagamentos em estabelecimentos com maquininhas da mesma bandeira e até mesmo pagamentos online, se limitando a algumas localidades.

Além disso, é possível fazer recargas e pagamentos com mais de 50 moedas distintas, o que vai te ajudar a economizar muito. Sabe o porquê? Os grandes e tradicionais bancos costumam a cobrar altos custos de câmbio. Então, utilizando a Wise, você vai fugir dessas taxas abusivas.

Quem pode pedir o cartão Wise?

Você pode solicitar o seu cartão Wise se possuir uma conta multimoeda, seja pessoa física ou jurídica, e residir em um desses países a seguir:

  • Na Europa: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França (apenas metropolitana), Gibraltar (territórios ultramarinos britânicos) e as Dependências da Coroa Britânica (Guernsey, Ilha de Man e Jersey), Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Irlanda, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Checa, Romênia, Suécia;
  • Reino Unido;
  • América do Norte: Estados Unidos;
  • Austrália;
  • Nova Zelândia;
  • Cingapura;
  • Suíça;
  • Japão.

A entrega pode ser acompanhada pelo próprio app e o prazo varia de país para país. Sentiu falta do Brasil na lista acima? Pois, é! Ainda não é possível pedirmos o cartão da Wise e não há previsão de quando estará disponível por aqui.

Conta Bancária Europeia Online

Você pode abrir a sua conta bancária multimoeda grátis em 5 minutos e com toda a segurança na Wise. Poderá fazer transferências instantâneas para mais de 50 países com taxa de câmbio até 8x mais barata.

Abrir Conta →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →

Como funciona o cartão Wise?

O cartão Wise pode ser facilmente comparado a um cartão de débito comum. A única característica que os diferenciam entre si é que a Wise te possibilita usar o saldo disponível em diferentes moedas. Para a conversão, é preciso pagar uma pequena taxa de acordo com a cotação do câmbio comercial do momento, sem taxa extra.

E o saque, como funciona?

Assim como um cartão internacional no exterior, você também pode usar o Cartão Wise para fazer saques nos caixas eletrônicos do mundo todo.

As taxas variam de acordo com alguns fatores. Por exemplo, você pode fazer o saque de uma quantia inicial, sem custos adicionais, de 250 dólares ou o mesmo valor correspondente em outra moeda, contanto que a moeda do saque tenha sido a mesma do depósito.

Após isso, é cobrada uma taxa de 2% por saque. E, para obter a informação de quantos saques ainda restam e o saldo disponível, é só verificar todos esses dados no aplicativo.

Ainda é preciso lembrar que as empresas responsáveis pelos caixas eletrônicos podem cobrar as suas próprias tarifas de saques.

O Cartão Wise funciona no Brasil?

Embora não se consiga solicitar o Cartão Wise no Brasil, é possível utilizar o cartão no país. Então, é possível sacar e fazer compras no débito com ele normalmente desde que a loja aceite a bandeira Mastercard.

Por outro lado, há países em que o cartão da Wise não funciona, são eles: Afeganistão, Burundi, Chade, Congo e República Democrática do Congo, Coreia do Norte, Cuba, Eritreia, Iêmen, Irã, Iraque, Líbia, República Centro-Africana, Somália, Sudão e Sudão do Sul, Síria, Territórios Palestinos e Venezuela.

E, em outros países, também não funciona caso o cartão tenha sido emitido nos Estados Unidos: Bielorrússia, Bolívia, Camboja, Costa do Marfim, Etiópia, Quênia, Líbano, Mianmar (Burma), Nepal, Níger, Nigéria, Paquistão, Paraguai, São Tomé e Príncipe, Sri Lanka, Tajiquistão, Tanzânia, Turcomenistão, Uganda, Vietnã e Zâmbia.

Como pedir o cartão Wise?

Para solicitar o cartão, é muito simples! Basta seguir esse passo a passo que elaboramos para facilitar esse processo, iniciando pela conta na Wise:

  1. Acesse o site da Wise;
  2. Selecione “Conta Multimoeda”;
  3. Vá em “Abra a sua conta multimoeda gratuita”;
  4. Clique em “Criar conta”;
  5. Depois informe o seu e-mail, crie uma senha e selecione seu país de origem. Agora você já tem uma conta na Wise, falta pedir o cartão;
  6. Para pedir o cartão, vá à página da sua conta e clique em “Cartão de débito” e em “Adicione os seus dados”;
  7. Selecione conta pessoal ou conta empresarial;
  8. Informe os dados solicitados;
  9. Anexe um documento com foto e um comprovante de residência.

Prontinho! Agora é só aguardar até dois dias para a sua aprovação e, após o recebimento do cartão, terá que desbloqueá-lo no aplicativo.

Como solicitar o cartão Wise

Como desbloquear o cartão?

Para ativar o seu cartão, você deve primeiramente acessar a sua conta Wise pelo app ou site, depois:

  1. Ir na aba “Cartões”, no caso de estar acessando via site, ou em “Conta”, se estiver no aplicativo;
  2. Selecione a opção “Ativar Cartão”;
  3. Insira o código de seis dígitos que consta no seu cartão, abaixo do nome.

Agora é só aproveitar todos os benefícios do Cartão Wise!

Como carregar o cartão?

Quer usar o cartão e não sabe como carregá-lo? Então confira esses passos:

  1. Vá até a aba “Saldos” da sua conta Wise;
  2. Escolha a moeda deseja fazer o depósito na conta;
  3. Clique em “Adicionar dinheiro”.

É só isso mesmo! Muito fácil, né?

Se eu tenho saldo em euros, posso gastar em outra moeda?

Claro! Ao fazer o pagamento das suas compras, aparecerá na maquininha a opção de fazer a conversão da moeda. O mesmo acontece ao fazer saques. Sendo que ambos os serviços são pagos e os valores das taxas variam de moeda para moeda, por isso estão disponibilizados no site e no aplicativo da Wise para facilitar ainda mais as suas transações.

Quais são os limites do cartão Wise?

Os limites do cartão Wise variam de acordo com o país que o emitiu. Os limites diários são atualizados à meia-noite e os mensais, todo dia primeiro do mês. Sendo essas informações facilmente encontradas no aplicativo.

Com exceção da Europa, Estados Unidos, Nova Zelândia, Singapura e Austrália, os limites são definidos por transação. No Reino Unido, por exemplo, o valor máximo do saque se limita a mil libras e 10 mil diárias para compras online.

Quer saber onde você confere os limites? Então, siga essas dicas:

  • No app da Wise, clique na aba “Conta”;
  • Selecione a opção “Gerenciar Cartão”;
  • Clique em “Ver Limites”.

O cartão tem função crédito?

O Cartão Wise não tem a função de crédito, apenas a função de débito. Por isso, é necessário realizar uma recarga para utilizá-lo, ok?

Wise reduziu a taxa para clientes no Brasil: veja a simulação do desconto.

Cartão Wise é pago?

Olha só que boa notícia: o Cartão Wise é gratuito!

Sim, você pode fazer todas as suas transações bancárias livre de tarifas mensais, taxas de entrega ou anuidade. Após abrir conta na Wise, é simples e rápido solicitar o cartão de débito Wise Mastercard.

Há apenas a possibilidade de que seja solicitado o depósito mínimo de 20 dólares, ou equivalente em outra moeda, para se concluir o pedido do cartão. No entanto, este valor não é o pagamento de tributos, mas um valor em crédito que poderá ser usado integralmente assim que receber o cartão.

Cartão Wise ou Visa Travel Money?

Tanto o Cartão Wise quanto o Visa Travel Money, também conhecido pela sigla VTM, são excelentes meios de fazer suas compras em lojas físicas. Nesse quesito, se diferem apenas quanto às suas bandeiras: a Wise é Mastercard e o VTM, Visa. Ambos podem ser aceitos ou não por diversas empresas.

Em relação ao saque, encontramos mais diferenças. A taxa cobrada pelo Visa é de 2,5 dólares ou euros por saque, além de tarifas sob o uso do caixa eletrônico. Diferentemente da Wise, que oferece uma quantia inicial gratuita e, após o equivalente a 250 dólares, uma tarifa de 2% do valor sacado.

Outro fator é a conversão da moeda. Esse serviço é mais prático na Wise, que possibilita realizar a troca de uma moeda para outra, enquanto no VTM a moeda é fixa. Portanto, se você fizer uma viagem com vários destinos, a Wise é a melhor opção.

Por último, falaremos sobre a facilidade em ter esses dois cartões. Como já citamos por aqui, o cartão Wise ainda não está disponível para a sua solicitação no Brasil, embora seja aceito em nosso território. Já o VTM tem a vantagem de ser facilmente obtido em casas de câmbio e até mesmo pela internet.

Ou seja, tanto a Wise quanto o VTM tem seus prós e contras. Caberá a você decidir qual atenderá às suas necessidades e tornará a sua viagem mais descomplicada.

N26 como alternativa ao cartão Wise

O banco N26 é 100% online e de origem alemã. Seu cartão é uma ótima alternativa ao cartão da Wise, uma vez que também é de débito e da bandeira Mastercard. Para obtê-lo, é preciso residir na Europa e apresentar comprovante de residência.

Sobre suas tarifas, os cinco primeiros saques são gratuitos e, a partir do sexto, é cobrada a taxa de 1,7%. Sendo assim, embora o N26 apresente uma taxa menor que a do Wise, sua limitação está na restrição de oferecer esse produto apenas aos europeus.

Vale a pena pedir um Cartão Wise?

Definitivamente, sim! Vimos aqui muitas das vantagens de optar pelo Cartão da Wise. Então, caso você more de forma permanente ou temporária na Europa, pretende viajar para outros países e fazer suas transações de forma prática e segura, essa é uma boa escolha. A Wise te permite fazer compras com diversas moedas e economizar nas tarifas de câmbio.