Como abrir uma conta no exterior: escolha a melhor opção para seu perfil

Abrir uma conta no exterior é necessário para quem pretende morar fora ou viajar por algum tempo. O processo pode parecer burocrático, mas muitas vezes é mais simples do que imaginamos. Porém, devemos saber quais são os melhores bancos e como funciona o processo para abertura de conta. Nesse artigo, vamos explicar como abrir uma conta no exterior. Acompanhe.

Como abrir uma conta no exterior estando no Brasil?

Abrir uma conta na Europa não difere muito de fazer o mesmo no Brasil. Você primeiro escolhe a instituição bancária, avalia as taxas cobradas e a credibilidade do banco. Depois, apresenta os documentos solicitados e aguarda a liberação da conta.

Mas para a maioria dos bancos é impossível abrir a conta no exterior ainda residindo no Brasil ou sem que você já tenha, pelo menos, um comprovante de endereço no outro país.

1. Opção do banco Millenium BCP

Existe, no entanto, um banco, o Millenium BCP, que tem origem em Portugal, que disponibiliza para brasileiros a abertura de contas correntes ainda estando no Brasil.

A diferença do Millenium BCP para os demais é que ele providencia um número de identificação fiscal (NIF) provisório. Este número é como um cadastro de pessoa física (CPF) no Brasil.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Você só obterá seu NIF já estando na Europa, mas, como dito, no Millenium eles conseguem um número provisório, que depois é substituído pelo definitivo quando você já estiver em Portugal.

Como abrir conta no Millenium BCP

Para abrir conta no Millenium, você vai precisar de:

  • RG;
  • Passaporte;
  • CPF;
  • Comprovante de residência (que pode estar em seu nome, em nome dos pais ou do cônjuge).
  • Dupla cidadania, caso possua.
  • Registro comercial, se a conta for de pessoa jurídica.

O Millenium tem dois escritórios no Brasil, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro. Você deve agendar visita. Se abrir a conta via aplicativo ou site, terá que apresentar a documentação e assinar os papéis pessoalmente.

  • São Paulo (SP)
    Rua Iguatemi, 192, 7º Andar – Conjunto 73
    Bairro: Itaim Bibi, CEP: 01.451-010
    Telefone: (11) 3191-0700
  • Rio de Janeiro (RJ)
    Praia de Botafogo, 228 – Ala B – Piso 9º
    Conj. 908, CEP: 22.250-040
    Telefone: (21) 2554-2100

2. Conta Multimoeda da Transferwise é uma boa opção

A TransferWise, que é uma fintech de remessa de dinheiro para o exterior, oferece também uma conta, a Borderless, que é ideal para quem está planejando passar uma temporada na Europa ou mudar-se definitivamente para o continente.

Você pode abrir a conta Borderless da Transferwise ainda no Brasil. Mas você só conseguirá utilizar as funções de saque e débito no exterior.

Você pode colocar seu saldo em reais e já começar a fazer transferências para contas em 50 países. Quando você chegar na Europa, já terá saldo para gastar em euros com uma conversão justa e já poderá solicitar seu cartão de débito Borderless também, assim que tiver um endereço para entrega do cartão.

Como abrir sua conta Borderless

  • site oficial da TransferWise;
  • Faça o cadastro no site em “Criar uma conta”;
  • Preencha os dados como e-mail e senha para acesso;
  • Vá na área “Saldos”;
  • Siga pelo botão “começar”;
  • Escolha qual conta você gostaria de usar, se “pessoal” ou “comercial”;
  • Preencha todos os dados – nome completo, data de nascimento e endereço. Se você já tiver um endereço no exterior e já quiser enviar o cartão para ele, basta acrescentá-lo (confira se terá alguém para recebê-lo);
  • Se o seu endereço for no Brasil, você não receberá o cartão, somente os dados da conta Borderless da TransferWise no exterior.

As moedas que são possíveis de utilizar na Borderless da Transferwise são mais de 40, incluindo Euro, Dólar Americano, Libra esterlina, Coroa sueca, Coroa checa, Coroa noruguesa, Franco Suíço, e muitas outras.

Conta Borderless é gratuita

Abrir a conta Borderless da Transferwise é grátis e sua manutenção também. Você tem direito a saques gratuitos em caixa eletrônico de até 200 libras por mês (ou o equivalente em outra moeda).

Você pagará apenas uma tarifa quando converter a moeda – entre 0,35% e 2%.

Mas o mais importante: tudo é muito transparente e, antes mesmo de fechar a conversão, você saberá em quanto será cobrado para poder julgar se vale a pena ou não usar a TransferWise.

3. Converse com o seu gerente de conta

Se você tem um bom relacionamento em seu banco no Brasil e gostaria muito de manter este vínculo com a instituição, converse com seu gerente de conta. Ele pode te apresentar as opções de parcerias internacionais ou até, quem sabe, as opções de contas no exterior que o banco possui.

No entanto, já alertamos: fique atento às taxas praticadas. Atualmente, na Europa, os bancos digitais têm crescido fortemente, exatamente por apresentarem as melhores tarifas. Eles também têm a vantagem de funcionar de maneira totalmente online, eliminando burocracias desagradáveis das agências físicas.

Como abrir uma conta no exterior celular

Como abrir conta nos bancos brasileiros no exterior?

Se você prefere abrir conta em um dos grandes bancos brasileiros para se sentir mais seguro, nós listamos abaixo o que as principais grifes oferecem.

Como abrir uma conta no exterior no Banco do Brasil

Você deve abrir uma conta em moeda estrangeira, e isto pode ser feito ainda no Brasil. Esta modalidade é voltada para remessas e recebimentos de valores do exterior. É válida tanto para imigrantes quanto para brasileiros morando em outros países. A principal vantagem é evitar as variações cambiais.

O Banco do Brasil está presente na Áustria, na Espanha, na Alemanha, na França, em Portugal, na Itália e no Reino Unido. No entanto, em Portugal, a instituição só atende pessoas jurídicas.

Abrir conta no exterior no Itaú

O Itaú possui a Itaú International Investment Account, elaborada, a princípio, para quem deseja investir em outro país. Mas ela também permite efetuar pagamentos de contas, transferências, além de solicitar talão de cheques e cartão de débito.

Abrir conta no exterior no Bradesco

Para abrir conta internacional no Bradesco é preciso ser brasileiro, estar temporariamente no exterior e ser maior de 18 anos. Você terá que enviar ao banco os documentos listados abaixo e esperar 30 dias para ter a confirmação da abertura de conta.

Você terá que enviar o CPF e mais um dos documentos abaixo:

  • Cópias das páginas 1, 2 e 3 do passaporte;
  • RG;
  • Carteira Nacional de Habilitação (com foto);
  • Carteira funcional emitida por repartições públicas ou por órgãos de classe dos profissionais liberais;
  • Identidade militar;
  • Ou Certidão de casamento original e RG.

Abrir conta no exterior no Santander

O Santander oferece contas internacionais para pessoas jurídicas apenas. Mas o banco, de origem espanhola, é muito presente no exterior. E você pode abrir sua conta já estando lá e tendo a documentação necessária de endereço.

Como abrir uma conta no exterior online?

A Europa possui excelentes bancos, tradicionais e bastante renomados no mundo todo. Mas os que mais crescem por lá, na atualidade, assim como no Brasil, são os bancos digitais.
Estes bancos oferecem contas básicas, de fácil manuseio via aplicativos, sem cobrança de taxas abusivas.

O mais famoso deles é o N26. Mas há outras boas opções, como o ActivoBank e o Revolut.

N26

Versão europeia do Nubank, o Banco N26 agrada principalmente os mais jovens, por ser totalmente online e sem tarifas. Fundado na Alemanha, o banco também deve chegar em breve no Brasil.

É isento de taxa mensal ou anual de manutenção da conta. Também disponibiliza um cartão de débito e até cinco saques em caixa eletrônico sem cobrança. Acima deste limite, o saque passa a ser cobrado.

Revolut

O Revolut não cobra taxa da maioria dos serviços, mas limita o uso dos serviços a determinados valores. Na opção de conta standard, que é gratuita, não há taxas para manutenção da conta, por exemplo.

ActivoBank

O ActivoBank é a versão digital do Millenium. O que diferencia o ActivoBank é a eliminação da maioria das taxas. Para a abertura da conta, é preciso um depósito mínimo de 100 euros.

Bancos tradicionais com agências físicas

Há ainda a opção dos grandes bancos tradicionais da Europa, que possuem agências físicas. Apesar de bastante sólidos e confiáveis, eles geralmente praticam taxas mais altas, mas vale a pena comparar o tarifário, se você fizer questão de um banco tradicional.

Com eles, você poderá solicitar a abertura de uma conta online ou pessoalmente na agência. Listamos os dez maiores da Europa:

1. HSBC (Reino Unido);

2. BNP Paribas (França);

3. Credit Agricole Group (França);

4. Deutsche Bank (Alemanha);

5. Banco Santander (Espanha);

6. Barclays PLC (Reino Unido);

7. Societe Generale (França);

8. Groupe BPCE (França);

9. Lloyds Banking Group (Reino Unido)

10. ING Group (Países Baixos)

11. UiCredit S.p.A. (Itália)

Documentos necessários para abrir conta na Europa

Para abrir uma conta bancária na Europa, seja online ou em agência física, você vai precisar de:

  • Documento de identidade ou Cartão de Cidadão;
  • NIF (Número de Identificação Fiscal) que é o equivalente ao CPF no Brasil;
  • Comprovante de endereço (fatura de água, luz ou contrato de aluguel);
  • Comprovante de renda, holerite ou Cartão Profissional;
  • Depósito de um valor para a abertura de conta, caso o banco faça esta exigência.

Quanto custa abrir conta no exterior?

Normalmente os bancos não cobram taxa para fazer a abertura de conta (nem os digitais).

Porém, alguns bancos podem pedir que seja feita um depósito na hora da abertura (eles estabelecem o valor de acordo com o tipo de conta). Uma dica para você verificar os custos que você terá com a conta no banco é verificar as taxas que deverá pagar (manutenção, transferências, saques, etc).

Mas não desanime. Existem bancos na Europa que não cobram taxas. Veja, por exemplo, quais são os bancos sem tarifa em Portugal.

Qual o melhor banco para abrir uma conta para usar no exterior?

Nós recomendamos que você procure as instituições mais recomendadas e que pratiquem as melhores taxas. Neste contexto, nós sugerimos as fintechs N26 e Revolut.

Se a conta Borderless da TransferWise atender todas as suas necessidades, também a recomendamos fortemente. Mas, lembre-se que ela permitirá apenas saques, transferências e operações de débito. A TransferWise não possui, por exemplo, cartão de crédito ou empréstimos. Para estes serviços, você precisará contatar outros bancos.

Tenho que declarar o dinheiro que tenho no exterior?

Depende. Se você continuar residindo no Brasil, você precisa fazer a sua declaração de imposto de renda e declarar o dinheiro que você possui em uma conta aberta no exterior.

Agora, se você saiu do Brasil e está morando em outro país, já fez a sua declaração de saída definitiva exigida pela Receita Federal, quando chegar a hora de fazer a sua declaração de imposto de renda, você deve fazê-la no país onde está residindo cumprindo requisitos e prazos legais na legislação vigente.

Se ainda têm dúvidas se receber dinheiro do exterior paga imposto, veja o que escrevemos sobre o assunto.

Vale a pena abrir conta na Europa?

Sim. Se você for passar uma temporada longa ou fixar residência, é fundamental que você deixe de pagar taxas e impostos que incidem nas transações internacionais.

Caso contrário, você estará perdendo dinheiro. Lembre-se sempre que a melhor escolha demanda boa informação e comparação entre os serviços e preços praticados. Boa sorte em sua escolha!

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Julia é brasileira, formada em Turismo, morou 6 anos em Portugal e hoje mora em Budapeste. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Amanda Corrêa é brasileira, jornalista, mora na Europa desde 2014. Possui Mestrado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, experiência na área de assessoria de imprensa e televisão. Já morou na Inglaterra e atualmente mora em Portugal. Amanda já visitou 15 países do mundo, ama viajar e conhecer novas culturas e gastronomias. É co-fundadora do site Vagas pelo Mundo, apresentadora do podcast "Partiu Morar Fora" e produtora de conteúdo para diversos portais.

Artigos relacionados

Banco N26 é confiável? Descubra e veja como funciona

Brasileiros podem abrir conta no Banco N26? Vale a pena ter conta nesse banco? Mostramos vantagens, desvantagens, custos e muito mais.

Procuração para movimentação bancária: o que é e como fazer

Entenda o que é a procuração para movimentação bancária, onde e para qual finalidade utilizar, documentos necessários, cuidados a tomar e como revogar.

Como funciona o ActivoBank: o banco digital de Portugal

Descubra como funciona o ActivoBank, como abrir uma conta bancária, quais os documentos necessários, onde existem agências e como utilizar.

Abrir conta bancária em Portugal: os principais bancos e condições

Saiba como abrir uma conta bancária em Portugal, quais são os bancos do país e aqueles sem custos, além dos documentos necessários.

Conta Borderless da TransferWise: como funciona e quem pode utilizar

Conta Borderless da TransferWise: guia de utilização, vantagens e desvantagens, como e quando usar e se vale a pena ou não.

Bancos brasileiros em Portugal: tudo o que precisa saber

Existem bancos brasileiros em Portugal? Quais são os melhores bancos para brasileiros em Portugal, com as melhores taxas e menos burocracia? Descubra aqui.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube