Bandeira da Itália: história e significado da “Il Tricolore”

Itália  / 

A bandeira de um país, além de ser um símbolo nacional, conta um pouco da história daquele lugar. E com a bandeira da Itália não é diferente.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Neste artigo vou te contar tudo sobre a bandeira da Itália e um pouco sobre a história deste país encantador que habita o sonho de muitas pessoas.

Como é a bandeira da Itália

A bandeira da Itália é composta por três faixas verticais do mesmo tamanho e proporção. Cada faixa é de uma cor na seguinte sequência: verde, branco e vermelho.

É uma bandeira visualmente simples, já que não apresenta nenhum escudo ou brasão além das faixas coloridas.

Veja se vale a pena morar na Itália.

Significado das cores da bandeira da Itália

Muito ainda se discute acerca do significado das cores da bandeira da Itália. Não existe um consenso universal sobre o significado das cores, todavia alguns historiadores atribuem a seguinte definição:

  • Verde: representa as planícies e as colinas do país;
  • Branco: representa as geleiras dos Alpes, no norte da Itália;
  • Vermelho: representa o sangue dos heróis que foi derramado durante as guerras da independência.

Há, também, a definição do ponto de vista religioso:

  • Verde: representa a esperança;
  • Branco: representa a fé;
  • Vermelho: representa a caridade.

Outra interpretação das cores da bandeira da Itália tem relação à Revolução Francesa, e por isso se assemelha à bandeira da França:

  • Verde: representa a liberdade;
  • Branco: representa a igualdade;
  • Vermelho: representa a fraternidade.

Veja o mapa da Itália atual e completo.

Qual foi a primeira bandeira da Itália?

A Itália, como país unificado,”nasceu” em 1861. Até então, a península itálica era composta por diversos reinos e cada um possuía sua bandeira.

 

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Unificação da Itália

O movimento de unificação italiana foi iniciado pela casa real de um dos reinos, o Reino da Sardenha e Piemonte.

Desta forma, a primeira bandeira adotada pelo Reino da Itália, quando da unificação em 1861, foi a bandeira do Reino da Sardenha e Piemonte. Essa primeira bandeira já era tricolor, com listras verticais, porém possuía um escudo no centro.

Um pouco da história e evolução da bandeira da Itália

A Itália como país unificado que conhecemos passou a existir apenas em 1861. Até então, a península itálica era composta por vários reinos e, após a revolução francesa, movimentos nacionalistas instituíram, inclusive, repúblicas em determinadas regiões da bota.

E muitos desses reinos e repúblicas adotaram bandeiras tricolores nas cores verde, branca e vermelha. A primeira notícia que se tem do uso da bandeira tricolor na península itálica foi pela República Cispadana, em 1796.

Era uma variante do tricolor revolucionário francês, com verde (que representava a natureza ou, mais comumente, esperança) em vez de azul.

Logo depois, em 1797, a República Cisalpina, junção das repúblicas Cispadana e Transpadana, adotou-se uma bandeira tricolor bem parecida com a usada nos dias de hoje.

Cidades da Itália: veja quais são as melhores para morar.

República Italiana

Em 1802, os deputados da República Cisalpina, liderados por Napoleão Bonaparte, instituíram a República Italiana, que adotou uma bandeira tricolor verde, branca e vermelha, porém bem diferente da bandeira da Itália que conhecemos.

 

Península Italiana

Com o fim dessa primeira República Italiana, nasce em 1805, na mesma região, o Reino da Itália, que não compreendia toda a península itálica, e sim a região entre Milão e o Vêneto. Esse estado adotou bandeira semelhante ao da República Italiana, também nas mesmas cores.

A volta da tricolor

A bandeira da Itália tricolor volta a aparecer em 1821 e em 1831, no Piemonte, e também na 1ª Guerra de Independência Italiana.

Em 1848, o Rei Carlo Alberto adota a bandeira tricolor como oficial do Reino da Sardenha.

Bandeira tricolor decretada oficial

Em 1860, o Rei Francisco II de Bourbon decreta a bandeira tricolor como a bandeira oficial do Reino das Duas Sicílias, com o emblema do reino sobreposto ao branco.

Descubra também o significado da bandeira de Portugal e da bandeira do Reino Unido.

Da unidade aos dias de hoje

Em 14 de março de 1861 é proclamado o Reino da Itália e sua bandeira continuou a ser aquela da primeira guerra da independência. Mas a falta de uma lei especial a esse respeito, emitida apenas para os padrões militares, levou à criação de bandeiras de formas diferentes das originais, muitas vezes até de forma arbitrária.

Somente em 1925 foram definidos por lei os modelos da bandeira nacional e das bandeiras de Estado (usadas nas residências dos soberanos, nos escritórios parlamentares, nas representações diplomáticas), onde foi acrescentada a coroa real ao emblema.

Não deixe de ler também nosso artigo que fala tudo sobre a Itália.

Curiosidades

Algumas curiosidades acerca da bandeira da Itália:

  • A bandeira da Itália é carinhosamente chamada de Il Tricolore (o tricolor);
  • Em 29 de maio de 2016, em Bassano del Grappa, no Vêneto, a maior bandeira do mundo marchou pelas ruas da cidade. Levada por centenas de voluntários, um Tricolor na forma de um banner pesando 500 kg, 4,8m de largura e 1797 de comprimento (fazendo referência ao ano de nascimento da bandeira);
  • A pizza Margherita tem as cores da bandeira italiana: manjericão (verde), mussarela (branco) e tomate (vermelho).

Gostou de conhecer sobre a bandeira da Itália e um pouquinho mais da história do país? O que mais você gostaria de conhecer sobre a Itália?

Vai visitar a Itália? Então você precisa contratar o seguro de viagem para Itália, é um documento obrigatório para entrar no país. Saiba como no nosso guia completo.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Ana Eliza, ou Ni como é conhecida, é brasileira, apaixonada por viagens e mãe da Olívia. Mora em Turim, na Itália e, juntamente com seu marido Fabiano, escreve o In Turim, um blog sobre a vida e turismo na cidade que foi a primeira capital da Itália.

Aline é ítalo-brasileira, advogada e decidiu trocar a vida no Brasil para recomeçar na Itália. Adora viajar, conhecer pessoas, jogar vídeo-game e comer um churrasco. Gosta de arriscar e de novas experiências.