Cidades da Itália, veja o top 10 e saiba quais as melhores para morar

Melhores cidades da Itália para morar

Itália  / 

Depois de escolher um país para viver, a escolha da cidade certa é fundamental. Muitos brasileiros querem se mudar para a Itália e ainda não conseguiram definir exatamente em que cidade morar no país. Por isso, preparei esse guia com as 10 melhores cidades da Itália para morar.

Está na hora de as conhecer. Vamos?

As 10 melhores cidades da Itália para morar

Eu sei que a escolha da melhor cidade para viver é algo muito pessoal e se deve levar em conta diversos fatores, entre eles estilo de vida e se há empregos ou não.

Existe um ranking das melhores cidades da Itália para morar, feito pelo jornal Il sole 24 ore, que leva em conta fatores como qualidade de vida, população, negócios, serviços públicos, entre outros.

Apesar desse ranking ser excelente, acredito que não devemos levar em conta apenas pesquisas oficiais.

Por isso, e para ajudar quem está buscando quais sãos as melhores cidades da Itália para morar, somei minha experiência vivendo no país e conhecimento de Itália com algumas pesquisas, e criei este ranking paralelo.

Se você está em busca de quais são as melhores cidades da Itália para morar, este artigo com certeza te ajudará a bater o martelo na sua escolha.

1. Aosta

Cidade de Aosta
Localizada na porção norte da Itália, Aosta é a capital da região chamada Valle d’Aosta. A região é fronteira com a França e com a Suíça, o que faz de Aosta a mais francesa das cidades italianas.

A região é bilingue, possuindo o italiano e o francês como línguas oficiais.Com quase 35 mil habitantes, Aosta é uma cidade bastante organizada e com excelente nível de qualidade de vida.

É uma cidade com mais recursos e boa administração

O Valle d’Aosta é uma região autônoma, o que na prática (e neste caso) significa que possui mais recursos financeiros por habitantes, se comparado com as regiões que não são autônomas.

Essa questão dos recursos financeiros e também uma boa administração, faz com que Aosta seja uma cidade limpa, com um bom serviço de transporte publico, segura e com boas escolas.

Custo de vida baixo

O custo de vida não está nem entre os mais baixos nem entre os mais altos do país. Para se ter uma idéia, o aluguel de um apartamento de 1 quarto (bilocale) custa em torno de 450 euros.

Não se esqueça de ver qual é o custo de vida na Itália, para ter uma noção de quanto gastará por mês morando na Itália.

A cidade vive do turismo

Em função de estar localizada nas montanhas e praticamente nos Alpes, a economia da região tem como principal atividade o turismo. É uma cidade linda, cortada pelo Rio Dora, verde esmeralda, e é para mim, sem dúvida, a número um na lista de melhores cidades da Itália para se viver.

2. Bolzano

Cidade de Bolzano
Bolzano é a capital de outra região autônoma, o Trentino-Alto Adige. Próxima da Suíça e da Áustria, grande parte da população fala alemão como primeira língua.

É praticamente um pedacinho da Áustria/Alemanha cravado no meio das Montanhas Dolomitas, nos Alpes Italianos.

Com 107 mil habitantes, Bolzano é uma cidade limpa, organizada, com alto nível de qualidade de vida e excelentes serviços públicos, como transporte público, educação e saúde.

Uma das cidades mais ricas e desenvolvidas do país

A economia em Bolzano é baseada no comércio e na indústria e a cidade é uma das mais ricas e desenvolvidas do país e por isso merece um lugar na lista de melhores cidades da Itália.

Custo de vida é alto

O custo de vida é alto, o aluguel de um apartamento de 1 quarto (bilocale) custa entre 700 e 900 euros. Porém, por ser uma região mais desenvolvida, o custo de vida é mais alto mas os salários também são.

Como é a Economia, quantos habitantes tem e qual o idioma falado na Itália? Se você quer saber tudo sobre a Itália, veja o que falamos sobre o assunto.

3. Trento

Cidade de Trento
Mais uma cidade do Trentino-Alto Adige, Trento possui 117 mil habitantes e já foi por algumas vezes considerada das melhores cidades da Itália para morar.

É uma cidade limpa, calma e bastante organizada. Assim como Bolzano, em virtude de boa administração e de maiores recursos financeiros, os serviços públicos como transporte, educação e saúde são excelentes.

Cidade de porte médio

A qualidade de vida de Trento é muito alta e a população local é bastante educada. É uma cidade de porte médio mas com jeito de cidade pequena. Com uma economia baseada na indústria e na agricultura, Trento é uma das melhores cidades da Itália e uma excelente opção para morar na Itália.

O custo de vida não é dos mais baixos. O aluguel de um apartamento de 1 quarto custa em torno de 600 euros.

4. Milão

Cidade de Milão
Milão é o coração financeiro da Itália. É sem dúvida a cidade mais industrializada do país e onde a maior parte das vagas de trabalho se concentram.

Capital da região da Lombardia, Milão possui mais de 1,3 milhões de habitantes e é a segunda maior cidade italiana. Está localizada no norte da Itália e sua região metropolitana é a maior e mais populosa do país.

Capital da moda e excelente qualidade de vida

É a capital da moda e do design e possui conceituadas universidades. É uma cidade que, apesar de bastante populosa, possui um alto nível de qualidade de vida e bons serviços públicos, como escolas, transporte e saude.

O transporte em Milão é bastante eficiente, possuindo 4 linhas de metrô e 95 km de trilhos.

Custo de vida elevado é um ponto negativo

Para mim, o ponto fraco de Milão é o custo de vida elevado. Para manter o tipo de comparação, o aluguel de um apartamento de 1 quarto (bilocale) sai por, no mínimo, 700 euros.

Para quem gosta de cidade grande e está em busca de trabalho, das melhores cidades da Itália para morar, Milão é ideal.

5. Florença

Cidade de Florença
Localizada na porção central da Itália, Florença é a capital da Toscana. É uma região bela, desenvolvida e com um clima mais ameno do que o do norte do país.

Florença é uma cidade linda e que habita o sonho de muitas pessoas que desejam ir para a Itália. É a cidade berço do renascimento italiano e o turismo é um dos carros que puxam a economia local.

Turismo, industria e comercio

Com quase 380 mil habitantes, Florença possui, além do turismo, um polo industrial e comercial bastante fortes e que atraem profissionais de vários locais.

O sistema de transporte público local é bastante eficiente, contando com mais de 100 linhas de ônibus. Florença possui um ótimo nível de qualidade de vida, com ótimas escolas, universidades e acesso à saúde.

O custo de vida não é baixo, muito pelo contrário. Um aluguel de um bilocale sai por pelo menos 700 euros.

Veja uma lista com os principais principais pontos turísticos da Itália.

6. Bolonha

Cidade de Bolanha
Bolonha é a capital da região da Emilia-Romagna e está localizada no norte da Itália, na chamada Planície Padana.

Com quase 390 mil habitantes, é o berço da Universidade de Bolonha, a mais antiga da Europa. É uma importante cidade universitária. Além disso, é um importante polo industrial mecânico e eletrônico.

Ensino de alta qualidade

É uma cidade antiga e muito bonita, com um nível bem alto de qualidade de vida. Além da excelente e conhecida universidade, possui escolas muito boas. O transporte público é muito bem servido e o serviço de saúde muito bom também.

Eu escrevi um guia com tudo o que você precisa saber sobre como morar na Itália, que vai ajudar a sanar suas dúvidas e questões.

Custo de vida é acessível

O custo de vida não é dos mais altos e é possível alugar um bilocale a partir de 500 euros.

7. Turim

Cidade de Turim
Eu não poderia deixar de fora dessa lista das 10 melhores cidades para viver na Itália, Turim. É a minha cidade do coração.

Turim tem 900 mil habitantes e é a quarta maior cidade italiana. É a capital da região do Piemonte e foi a primeira capital da Itália. Inclusive, para quem não sabe, a Itália nasceu em Turim, já que foi onde o movimento da unificação italiana começou.

Turim já foi a cidade mais industrializada da Itália e o polo automobilístico do Brasil. Cidade natal da FIAT, da Kappa e do café Lavazza, entre outras marcas conhecidas.

A RAI, a tv estatal e mais famosa da Itália, também tem sua sede em Turim.

O Politécnico de Turim (PoliTO) está entre as melhores universidades técnicas do mundo. Sim, Turim também é uma cidade universitária. Além do PoliTO, existem outras universidades e faculdades, todos famosos pelos cursos de design automobilístico e arquitetura.

Veja várias dicas para estudar na Itália e quais as melhores Universidades da Itália.

É uma cidade bonita com boas infrastruturas

Os serviços públicos da cidade e da região são excelentes. O transporte público é muito bom e pontual, composto por ônibus, tram (bonde) e metrô (pequeno, com 1 única linha por enquanto). O metrô de Turim já foi considerado o melhor da Itália.

A cidade é limpa muito bonita e arborizada e o nível de qualidade de vida é bem alto. O custo de vida não é alto, o aluguel de um apartamento de 1 quarto custa a partir de 350 euros.

Sou suspeita para falar sobre Turim, pois é a cidade que escolhi para chamar de lar na Itália. Se quiserem conhecer mais sobre a cidade, no meu blog (www.inturim.com) conto tudo sobre a capital do Piemonte.

8. Roma

Cidade de Roma
Um ranking das melhores cidades da Itália para morar não seria completo sem falarmos de Roma. Localizada no centro do país, Roma é a capital da região do Lazio e da Itália.

É a maior cidade do país e muitas empresas possuem sua sede em Roma. Além disso, a cidade é mundialmente conhecida pelo turismo, que sem dúvida, é muito importante para a economia local.

Também já compartilhamos algumas dicas sobre o que fazer em Roma.

3 milhões de habitantes

Por ser uma cidade bem grande, com quase 3 milhões de habitantes, Roma é para quem gosta de um certo agito. A qualidade de vida é boa e a prestação dos serviços públicos também (mas é preciso levar em conta que é uma cidade populosa e para atender a todos leva-se mais tempo do que nas localidades menores).

Custo de vida e Transporte são pontos de dor em Roma

O transporte público em Roma é bem servido de ônibus, tram (bonde) e metrô (3 linhas). O porém aqui está na pontualidade que deixa bastante a desejar na minha opinião.

Roma é uma cidade cara para se viver. O custo de vida é alto, mas é possível encontrar apartamentos de 1 quarto com aluguel a partir de 500 euros se afastando do centro. É claro que alugar um apartamento no centro histórico, custará mais.

9. Verona

Cidade de Verona, na Itália
Verona é famosa por ser a encantadora cidade de Romeu e Julieta. Localizada na região do Vêneto, no nordeste da Itália, é uma cidade relativamente grande com seus mais de 200 mil habitantes.

Com mais de 2 mil anos de história, Verona é mais uma cidade cujo turismo ajuda a alavancar a economia. Além disso, o setor agrícola e produtor de vinhos é bastante forte na região de Verona.

É uma cidade bonita e com qualidade de vida

Verona é uma cidade muito bonita e, assim como Roma, é um museu a céu aberto. É uma cidade com bons níveis de qualidade de vida e serviços públicos, como saúde e transporte.

O custo de vida é médio para os padrões italianos e é possível alugar um apartamento bilocale por 500 euros por mês.

Veja como alugar apartamento na Itália e dicas para encontrar moradia barata.

10. Genova

Porto de Genova
Localizada no litoral norte italiano, Genova é a capital da região da Liguria. Devido à sua localização estratégica, na beira do mediterrâneo, entre a Itália e a França, Gênova já foi um dos mais importantes portos do mundo.

É considerada a cidade mais antiga da Europa e também onde nasceu o navegador Cristóvão Colombo.

O porto de Genova alimenta a economia local

Com uma população de quase 600 mil habitantes, Gênova é a sexta cidade mais populosa da Itália. O famoso porto segue em funcionamento e a maior empresa de cruzeiros marítimos do mundo, a Costa, tem sua sede na cidade.

Além da forte atividade portuária, a cidade conta com o turismo como uma das atividades econômicas que a sustentam.

Boa qualidade de vida

Com ótimos índices de qualidade de vida, Gênova é uma típica cidade italiana. Apesar de ser uma grande cidade, os serviços públicos são de qualidades e é possível viver muito bem ali.

O custo de vida da cidade não é alto, sendo possível encontrar bons apartamentos de 1 quarto por em torno de 450 euros por mês de aluguel.

Se você gostou desse texto, também pode ser útil ver como trabalhar na Itália e entender como funciona o processo de visto para Itália.

COMPARTILHE

Ana Eliza, ou Ni como é conhecida, é brasileira, apaixonada por viagens e mãe da Olívia. Mora em Turim, na Itália e, juntamente com seu marido Fabiano, escreve o In Turim, um blog sobre a vida e turismo na cidade que foi a primeira capital da Itália.