Se você é apaixonado pelos encantos da Itália e planeja começar uma nova vida no país, saiba tudo sobre morar em Florença. A capital da Toscana é berço de movimentos artísticos, com uma rica e vasta vida cultural e excelente infraestrutura. Saiba como é viver na cidade.

Tudo sobre morar em Florença

Florença é um verdadeiro paraíso, do ponto de vista cultural e histórico. A capital da Toscana é bem dotada de transporte público para todas as regiões do país, sendo uma boa opção para quem pensa em morar na Itália. São cerca de 400 mil habitantes, sendo uma das maiores cidades italianas.

Neste artigo, pode-se ver os principais os pontos positivos de morar nessa cidade que é o Berço do Renascimento.

Neste artigo, que contou com a experiência a guia Cristiane de Oliveira, do Guia de Florença, compartilhamos um pouco da realidade da cidade italiana.

Apesar de ser uma cidade relativamente grande, se comparado com o Rio de Janeiro, de onde Cristiane veio, é bastante tranquila. O grande problema, é que por ser uma cidade turística, o custo de vida é bastante alto.

Qual melhor lugar para morar em Florença?

Em relação à moradia, como Florença não é uma cidade muito extensa, trabalhando ou estudando no centro histórico e sem a necessidade de um apartamento muito grande, a melhor opção de procura acaba sendo no centro também.

Caso contrário, em qualquer bairro ou zona da cidade você consegue ter uma vida tranquila e chegar em meia hora, no máximo, no centro. As regiões mais indicadas para morar em Florença são:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Zona Gavinana

Gavinana é um dos distritos mais antigos de Florença, construído na margem esquerda do rio Arno, no sudeste da cidade e faz fronteira com o município de Bagno a Ripoli. Junto com a zona de Galluzzo forma o Distrito 3 de Florença.

Duomo de Florença

Zona Careggi

Fica ao norte da cidade, e é uma zona bem vantajosa, já que não falta absolutamente nada. As zonas da cidade, por onde passa a Tramvia, que é coligada ao centro em pouquíssimos minutos, servem de alternativa para fugir do centro histórico.

Cidades vizinhas

Outra sugestão é morar nas cidades vizinhas, como Sesto Fiorentino, Prato, Empoli. São cidades menores, próximas de Florença, onde o aluguel é muito mais em conta.

Como achar apartamento para morar em Florença?

Existem diversos sites e agências imobiliárias que se ocupam do serviço para alugar apartamento na Itália. Dificilmente consegue-se alugar diretamente com o proprietário, a não ser que seja por indicação de algum conhecido. Alguns pedem fiadores, outros pagamentos antecipados como caução. Isso vai variar de acordo com a agência e o proprietário.

Os principais sites de aluguel são:

Onde se hospedar em Florença?

Normalmente, é indicado hospedar-se próximo ao Duomo de Florença, porque estando no centro encontram-se as melhores opções de hotel e é fácil visitar as atrações ligadas às celebridades históricas da cidade, que são: Michelangelo, Leonardo da Vinci, Nicolau Maquiavel, Dante Alighieri, Américo Vespúcio, Galileu Galilei, Donatello, Botticelli, Boccaccio, Brunelleschi.

Custo de vida para morar em Florença

Florença é uma cidade cara e o aluguel fica no topo da pirâmide de custos. Um kit net (monolocale) varia de 500€ a mil euros dependendo do estado do imóvel e da localização. O aluguel de um apartamento de cerca 80m2 custa entre 1 mil euros a 1.500€.

Preço de compra de apartamento Valor
Preço por m2/apartamento no centro de Florença 4.914,23€
Preço por m2/apartamento fora do centro de Florença 3.126,67€

Custo com alimentação

O custo de alimentação não é alto, se souber pesquisar, e sem frequentar restaurantes todos os dias da semana. Como qualquer pessoa que faz compras mensais no supermercado, para duas pessoas as compras do mês custam cerca de 500€ ao mês.

Compras Valor
Leite (1 litro) 1,25€
Arroz branco (1kg) 2,08€
Filetes de frango (1kg) 9,13€
Água (garrafa de 1,5 litro) 0,35€

Mas para quem prefere comer fora, mesmo que seja em ocasiões especiais é preciso considerar os valores locais.

Restaurante Valor
Refeição em restaurante econômico 15€
McMenu no McDonald’s (ou equivalente) 8€
Cerveja nacional (0.5 litros à pressão) 5€
Cappuccino (normal) 1,31€

* Tabela retirada do site Numbeo.

Transporte público em Florença

O transporte público funciona bem em Florença. A cidade conta com diferentes modalidades de transporte,

Para chegar de trem em Florença, os trens são a principal escolha, a estação principal é Santa Maria Novella. As principais companhias de trem são a: Italo e Trenitalia, com a opção Frecciarossa, que é mais rápida. Normalmente, é possível tirar dúvidas nas bilheterias em relação ao pagamento e as tarifas.

Já o transporte dentro da cidade pode ser feito tanto pela Tramvia quanto de ônibus. Para conferir os horários da Tramvia basta consultar o Gestramvia. Quanto aos ônibus, a consulta pode ser feita no portal ATAF. O custo mensal, presente na tabela abaixo, é cerca de 30€ e anual cerca de 300€.

Os custos médios de transporte na cidade são:

Transportes Valor
Bilhete de ida (transporte local) 1,5€
Passe mensal (preço normal) 35€
Início do táxi (tarifa normal) 3,6€
Gasolina (1 litro) 1,49€

Para quem prefere o transporte sustentável, as ciclovias estão espalhadas por boa parte da cidade. Uma delas é a Ciclovia do Rio Arno e pode ser vista no TGTourism.

Saúde pública em Florença

A saúde na Itália é pública, mas não é gratuita. Dependendo da faixa de renda, paga-se um ticket para cada prestação médica, mas nada muito exagerado. Você pode conseguir também algumas isenções como para quem sofre de diabetes. O médico de família é gratuito.

Algumas opções de hospitais em Florença são:

  • Santa Maria Nova – hospital público no centro da cidade;
  • Hospital Careggi – o maior hospital da Toscana, que abriga o Meyer e o Poliambulatório CTO;
  • Hospital Maria Teresa – hospital privado/particular,

Com o site Tutto Citta, pode-se fazer uma busca mais completa.

Lazer em Florença

Opções de lazer não faltam para quem mora em Florença. A cidade é repleta de teatros, parques, cinemas, museus e eventos culturais.

Por isso, existem opções oferecidas pela Prefeitura aos residentes da cidade que facilitam o acesso às principais atrações. Uma delas é o Card del Fiorentino, que é válido por 365 dias, depois da retirada na bilheteria e garante a entrada em vários museus como: Museo di Palazzo Vecchio, Museo Novecento, Museo Stefano Bardini, entre outros.

Palazzo Vecchio em Florença

Além disso, uma vez por semana, todo primeiro domingo do mês, os museus são grátis em Florença. Saiba mais, através do portal Il Reporter.

Teatros em Florença

Em Florença existem cerca de trinta teatros, dos quais cerca de vinte são ativos e populares. No caso dos teatros você pode fazer um pacote anual ou mensal.

Alguns nomes são: Tuscany Hall, Auditorium Santo Stefano al Ponte Vecchio, Teatro Verdi Firenze, Teatro della Pergola, Teatro Niccolini, Teatro Le Laudi, Spazio Alfieri, Teatro di Cestello, Opera Teatro Auditorium al Duomo, Teatro di Rifredi, Scantinato, Teatro Cantiere Florida, Fondazione Teatro Goldoni, Auditorium Flog, Circolo Teatro Affratellamento.

Parques não faltam na cidade

Para os frequentadores de parques, as opções são inúmeras, Giardino Bardini, Folon e il Giardino delle Rose, Villa Medicea La Petraia, Giardino di Boboli, entre outros.

Dentro desta lista, conseguimos ver mais detalhes com a página Il Reporter, do que os residentes fazem na cidade.

Cinemas também estão nos itens de lazer em Florença

Os cinemas localizados na cidade são: Cinema Odeon Firenze, Cinema La Compagnia, Cinema Spazio Uno, etc.

Para procurar opções de filmes na cidade, existe o site: TrovaCinema.

Segurança em Florença

Florença não é uma cidade que apresenta graves problemas de segurança.

Existem, é claro, principalmente por ser uma cidade turística, casos de pequenos furtos nos locais mais cheios do centro, em filas na estação ou nos ônibus. Mas é uma cidade onde você ainda pode caminhar pelas ruas com uma certa tranquilidade.

Confira os principais índices de segurança da cidade:

Segurança Pontuação
Segurança ao caminhar sozinho durante o dia 82.15 (muito alto)
Segurança ao caminhar sozinho durante a noite 53.42 (moderado)
Nível de criminalidade 35.45 (baixo)
Medo de furto em casa 40.74 (moderado)
Problema de assalto à mão armada 29.23 (baixo)
Problema de uso de droga 48.85 (moderado)

* Tabela segundo site Numbeo.

Clima em Florença

Florença tem um clima temperado úmido, com um verão muito quente. No verão, as temperaturas chegam a 30 graus, com mínimas que variam de 15 a 18ºC.

O inverno não é muito rigoroso e dificilmente neva na cidade. As temperaturas mínimas chegam a 3ºC, enquanto as máximas não passam dos 13ºC.

A primavera e o outono, tem temperaturas equilibradas, em maio, por exemplo, a temperatura varia de 14 a 23ºC. Em outubro, meio do outono, elas variam de 12 a 22ºC, quando começa a esfriar um pouco mais.

Trabalho em Florença

Em relação a trabalho na Itália, especialmente em Florença, os campos que oferecem mais vagas são restaurantes, bares, lojas e hotéis. Tem muita vaga também para cuidadores de idosos e saúde. Existem grupos de Facebook e a associação Casa do Brasil em Florença, além de um consulado honorário do Brasil para conhecer outras pessoas na cidade.

Curiosidades sobre Florença

Entre as principais curiosidades sobre Florença estão:

  • As universidades de Florença, que são quatro, são uma das melhores da Itália, por isso, não falta motivo para escolher essa cidade para fazer um curso, seja universitário, seja de línguas;
  • Alguns dos pontos turísticos mais famosos de Florença são: Palazzo Pitti, Basílica de Santa Maria Novella, Museu Nazionale del Bargello, Museu de San Marco, Basílica de Santa Croce, Mercato Centrale, Galleria dell’Accademia, Galleria degli Uffizi, Palazzo e Ponte Vecchio, Piazzale Michelangelo. Portanto, além de qualidade e estrutura, a cidade oferece arte e história aos seus moradores;
  • Maquiavel nasceu em Florença. A casa onde ele viveu na cidade infelizmente foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Por motivos políticos, foi exilado em San Casciano, nos arredores de Florença. A casa de San Casciano ainda é possível visitar. Em Florença também temos o túmulo de Maquiavel, na Basílica de Santa Croce.

Vale a pena morar em Florença?

Vale muito a pena morar em Florença, segundo a Guia Cristiane. Florença é uma cidade que ela não trocaria, por nenhuma cidade europeia. E ela já se sente uma florentina!

Gostou de conhecer um pouco melhor como é morar em Florença? Se tem planos de se mudar para o Velho Continente, é importante conhecer a experiência de outros brasileiros que escolheram os principias destinos europeus para chamar de lar. No ebook O sonho de viver na Europa compartilhamos algumas dessas histórias que vão inspirar você no preparo da mudança.