Morar em Milão: guia completo para viver na cidade italiana

Capital da Lombardia, Milão é a 5ª maior cidade da União Europeia e a maior e mais populosa da Itália. Apesar de ter uma história datada da época dos romanos, Milão é a cidade mais moderna da Itália. Seu estilo de vida é fascinante, rico em cultura, além de ser conhecida como o motor da economia italiana. Arte contemporânea, vida noturna agitada e design contemporâneo são algumas das características marcantes do perfil atual da cidade. Se você pensa em morar em Milão, veja neste artigo tudo o que precisa saber para viver lá.

Como é morar em Milão?

A qualidade de vida em Milão está relacionada ao nível de industrialização e empregabilidade da cidade. A qualidade dos serviços como metrô e aeroportos também é muito alta. Além de toda a infraestrutura, a vida é agitada e a cidade possui ares de metrópole.

Milão é uma cidade vibrante e não é por acaso que, desde 2018 para cá, subiu 7 posições no ranking Quality of Life Index, do jornal italiano Il Sole, sendo considerada a melhor cidade para se viver na Itália. A conquista do título foi graças a uma combinação de fatores como: transporte público, baixa taxa de desemprego entre jovens, comida fresca a preços acessíveis, baixa criminalidade, incentivo à startups, entre outras coisas.

Com a crise do coronavírus, o cenário pode mudar, entretanto, Milão é uma cidade com economia forte e terá menores problemas para se reerguer do que municípios menos desenvolvidos.

Galeria Vittorio Emanuelle

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Os brasileiros que moram na cidade costumam elogiar a receptividade do povo italiano. Dizem que são muito simpáticos e os ajudam com paciência, desde atendentes em lojas até motoristas de ônibus e pessoas na rua. Eles ficam felizes em encontrar brasileiros e gostam de puxar assuntos como café, samba e futebol.

Mais à frente vamos falar sobre as vantagens e desvantagens de morar em Milão na visão de brasileiros que vivem na cidade, mas antes vamos à parte prática?

É preciso visto para morar em Milão?

Sim, assim como em toda a Itália, é necessário um visto de residente para morar em Milão. Caso não tenha a cidadania europeia, isso é a primeira coisa que deve pensar antes de se mudar para a cidade. Para isso, é importante entender quais são as suas opções para conseguir o visto.

Tipos de visto na Itália

É possível solicitar diferentes tipos de visto para morar em Milão. Os principais tipos de visto são para:

  • Trabalho subordinado;
  • Estudo universitário;
  • Trabalho autônomo;
  • Intercâmbio;
  • Estágio;
  • Missão religiosa;
  • Tratamento de saúde.

Cada caso funciona de uma forma. Portanto, antes de entrar com seu pedido de visto para Itália, entenda se você se encaixa em uma das categorias. Depois de decidir qual visto é melhor para você, confira se possui todos os requisitos e quais documentos serão necessários. O pedido de visto será realizado no Consulado Italiano da sua região.

Confira o site “Visto per Italia”

Para saber quais documentos serão necessários para os diferentes tipos de visto, acesse o site Visto per Italia do governo italiano. Ele possui um simulador completo de visto. Se você acredita que tem a chance de conseguir a nacionalidade italiana, confira ainda o passo a passo para encontrar seus antepassados italianos.

Documentos e comprovantes para morar na Itália

Normalmente, são pedidos:

  • Fotografia 3×4 recente;
  • Passaporte válido;
  • Documentos que comprovem o pedido do visto;
  • Comprovação financeira e de hospedagem idônea.

Custo de vida para morar em Milão

Por ser um centro financeiro da Itália, o custo de vida para morar em Milão é alto. Os dados apontam que uma pessoa pode gastar quase 50% a mais para morar em Milão do que em São Paulo.

O gasto mensal é relativo, pois vai depender do seu estilo de vida. Porém, estima-se que o gasto seja em torno de 750€ mensais para uma pessoa solteira, sem contar o valor gasto com aluguel. Veja uma pesquisa que fizemos no Numbeo, com uma média dos custos básicos para morar em Milão.

Aluguel de apartamento de 1 quarto no centro da cidade   1,121.91€
Aluguel de apartamento de 1 quarto fora do centro da cidade    743.24€
Valor do m² para compra de apartamento no centro da cidade  8,346.76€
Valor do m² para compra de apartamento fora do centro da cidade  3,728.26€
Pão branco fresco (500g) 2.03€
Leite regular (1 litro)   1.22€
Ovos regulares (12)  3.11€
Filé de frango (1kg)  9.67€
Bilhete do transporte local 2€
Passe mensal do transporte 39€
Gasolina(1 litro)  1.61€
Gastos básicos para manutenção da casa (eletricidade, água, aquecimento,coleta de lixo)  184.32€
Internet (60 Mbps ou mais) 29.54€
Academia (mensalidade) 62.87€
Entrada para cinema  10€

Emprego e mercado de trabalho em Milão

Os grandes centros são onde se encontram mais oportunidades profissionais e, apesar de Roma ser a capital do país, Milão é o centro econômico da Itália e muitas empresas grandes possuem suas sedes na cidade. Porém, se você tem o objetivo de morar em Milão, é importante pesquisar vagas anteriormente pela internet, se especializar na função que quer trabalhar e estudar italiano e inglês.

Não saber falar a língua local muitas vezes pode ser prejudicial. Então, é essencial aprender ao menos um pouco de italiano antes de se mudar para morar em Milão. Para conseguir emprego, é necessário ter um visto de trabalho ou documento de cidadão europeu, a não ser que a empresa que te contrate enquanto ainda está no Brasil tenha interesse em garantir o seu visto.

vida ao ar livre em Milão

Os salários em Milão variam entre 1.000€ (para profissionais menos qualificados) e 2.500€ (para profissionais com mais qualificação e maior experiência). Para buscar um trabalho na Itália, os processos são similares ao Brasil e diversos outros países. Profissionais graduados e com títulos podem visualizar as vagas pelo LinkedIn, pois a rede social leva em conta seu perfil e filtra os resultados de acordo com suas habilidades.

Você ainda pode buscar vagas pelos sites internacionais que operam na Itália como Indeed e Infojobs ou pelos sites locais como Subito e TrovaLavoro.

Em quais áreas há mais procura?

As áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação, Engenharia, Exportação e Importação / Logística, Vendas e Comércio, Desenvolvimento de Aplicativos e os setores de restauração, como cozinha e padaria, têm mais ofertas de vagas.

Sistema de saúde em Milão

A Itália possui um sistema de saúde pública parecido com o SUS brasileiro, que se chama Servizio Sanitario Nazionale (SSN – literalmente Sistema Nacional de Saúde). A partir dele, é possível obter tratamentos gratuitos e realizar consultas com especialistas.

Caso você já possua o Permesso di Soggiorno (permissão de residência na Itália), o primeiro passo será o registro junto ao SSN. Este é um direito seu e também uma responsabilidade. Se cadastrando no SNN você adquiri os mesmos direitos e deveres de um cidadão italiano. Terá acesso ao atendimento hospitalar, exames de laboratório e até remédios prescritos por médicos. Na maior parte dos casos, não terá que pagar nada por isso, a não ser uma pequena taxa dependendo da complexidade do tratamento.

Mas, e para quem não é cidadão? Caso você ainda não seja um cidadão italiano e vá morar em Milão, terá que adotar outras estratégias para ter suporte à saúde. Normalmente, quem vai morar na Itália e ainda não possui uma autorização de residência, garante um seguro viagem para um tempo que lhe garanta antes de adquirir a documentação.

Seguro viagem para visitar ou morar em Milão

Assim como nos outros 26 países que fazem parte do Espaço de Schengen, a Itália exige o seguro viagem para entrada no país. O seguro é essencial quando você viaja à turismo, mas também para o período em que está se mudando e pelo tempo de adaptação no local.

ruas de Milão

Normalmente, os gastos com saúde privada são altos e um atendimento simples pode custar entre 50€ e 100€. O seguro viagem para Itália tem um valor menor do que esse e é uma garantia que você não vai passar por apuros. Todo o gasto com saúde é reembolsado pela seguradora e em alguns casos, pago diretamente por ela.

Existem pacotes que oferecem atendimento de profissionais credenciados na sua rede, o que faz com que o processo seja mais rápido e eficaz. Se você vai morar em Milão, garanta um seguro viagem para ao menos três meses, até que tenha acesso à saúde pública do local.

Onde morar em Milão

O centro de Milão é um local bastante caro para morar. Por isso, quem precisa economizar no pagamento da moradia costuma procurar bairros próximos, como Brera e Navigli, que possuem preços de aluguel um pouco mais acessíveis e bastante infraestrutura de bares e restaurantes.

Como procurar e alugar apartamento em Milão

Antes de alugar um apartamento em qualquer lugar, é necessário muita pesquisa: de locais, de infraestrutura, de comodidades e de preço. A internet pode ser sua grande aliada nesse processo. Veja alguns sites que você pode consultar para aluguel:

Porém, é aconselhável que você só alugue o apartamento pessoalmente, para não correr riscos ou surpresas desagradáveis. Quando chegar a Milão, visite os apartamentos de que gostou e vá às imobiliárias.

Atente-se ao contrato e saiba que é comum na Itália que o locador cobre de um a três aluguéis adiantados (“caparra“, termo que os italianos usam para se referirem a “caução”), que podem ser devolvidos ao final do contrato ou abatidos nos últimos aluguéis.

A segurança em Milão

Em geral, Milão é uma cidade segura. Não é comum episódios de assaltos à mão armada e na maior parte das vezes, os crimes se tratam de furtos de carteira. Os furtos ocorrem principalmente em estações de trem, no metrô, em igrejas e monumentos mais cheios.

Quanto mais gente no local, mais cuidado você deve tomar. Porém, pessoas que moram em Milão relatam que se sentem muito mais seguras do que no Brasil e o alvo dos furtos em geral costumam ser os turistas. O problema mais apontado é em relação à corrupção e suborno.

Veja alguns dados de criminalidade na cidade retirados do site colaborativo Numbeo:

Nível de Criminalidade      44.35 (moderado)
Segurança andando sozinho durante o dia      79.78 (elevado)
Segurança em andar sozinho durante a noite      48.62 (moderado)
Problemas de crimes violentos como assaltos à mão armada 33.42 (baixo)
Problema de corrupção e suborno 67.60 (elevado)
Problema sobre ser sujeito a um ataque físico devido à sua cor da pele, etnia, sexo ou religião 22.19 (baixo)
Última atualização: junho 2020

Como é o clima em Milão?

O verão de Milão, entre junho e setembro, é bastante quente, com temperaturas que ultrapassam 30º. Enquanto o inverno, também é muito frio, com bastante umidade. É comum haver névoas no inverno e no outono.

Os meses com mais chuvas são maio, setembro e outubro. Entre dezembro e fevereiro, a temperatura mínima gira em torno de 0ºC.

Vantagens e desvantagens de viver na cidade

Assim como qualquer cidade do mundo, existem vantagens e desvantagens de morar em Milão. Veja algumas delas a seguir.

Vantagens de morar em Milão

  • Conhecida como a cidade do design, Milão respira a arte. Existe muita cultura espalhada pela cidade, museus, catedrais e inúmeros locais para conhecer. Entretenimentos como museus costumam ser bem acessíveis e tranquilos, a não ser em período de férias escolares;
  • Os brasileiros que vivem na cidade elogiam muito os meios de transporte. O metrô tem acesso a quase todos os pontos da cidade e os ônibus também são eficazes para alguns trajetos;
  • O país em geral incentiva uma alimentação saudável, tanto em campanhas quanto em exposições nos supermercados. Em Milão, percebe-se que boa parte dos mercados é destinada a produtos saudáveis como verduras, legumes e frutas, bem mais do que estamos habituados a ver no Brasil;
  • Milão é uma cidade plana, o que é uma vantagem para quem gosta de se locomover de bicicleta, andar ou correr. Existem diversos parques para prática de atividades físicas e nas praças encontram-se muitos cachorros;
  • Os animais de estimação normalmente podem entrar em táxis, transportes públicos, restaurantes, entre outros locais. Existe um espaço reservada para eles nas praças públicas.

Desvantagens de morar em Milão

  • De acordo com os brasileiros que moram em Milão, os italianos são um pouco “loucos” no trânsito, fazem faixa dupla, correm muito, estacionam carros em qualquer lugar. Porém, os motoristas sempre param para pedestres atravessarem a rua;
  • Existem muitos fumantes em Milão, inclusive em locais fechados e até restaurantes. Diferente do Brasil, onde os fumantes vão para locais abertos e afastados das pessoas para fumar;
  • Apesar da desigualdade social ser menor, é comum ver pedintes pelas ruas, igrejas, metrôs e pontos turísticos, especialmente em locais mais movimentados;
  • O acesso para carrinhos de bebês e cadeirantes é bem precário nas ruas de Milão;
  • É difícil ficar longe da família e dos amigos próximos, principalmente em datas festivas. A internet ameniza um pouco a saudade, mas não substitui o contato físico.

Dicas finais

Se você sonha em morar em Milão minha dica é: corra atrás deste sonho. Viver em outro país é uma experiência muito engrandecedora e pode mudar sua vida para sempre. Mesmo que não dê certo e você resolva voltar para o Brasil, vale a pena viver isso. Você nunca mais será a mesma pessoa e suas percepções sobre o mundo vão se tornar muito mais amplas.

Conviver com pessoas novas, vivenciar uma cultura que não é a sua e sentir como é o dia a dia em uma realidade completamente diferente é algo que te faz crescer como pessoa. Além disso, Milão é uma cidade encantadora e com certeza você vai viver coisas incríveis por lá.

Se visitar Milão está nos seus planos, não esqueça que o seguro viagem é obrigatório. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no Portal.

Mariele é brasileira, formada em Jornalismo e especialista em Marketing Digital. Nasceu em Minas Gerais, estudou em Portugal e hoje mora em São Paulo. Suas duas grandes paixões são: viajar e escrever. Já visitou 9 países e conhece especialmente Portugal e Itália. Todos os dias aguarda ansiosamente pela próxima viagem.

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Artigos relacionados

Cidadania italiana: quem tem direito, como solicitar e custos

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Custo de vida na Itália: veja quanto se gasta por mês no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Como morar na Itália: visto, custo de vida e melhores cidades

Se você quer morar na Itália confira tudo o que precisa saber sobre o país: tipos de visto, empregos, como estudar, custo de vida, saúde e muito mais.

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidades da Itália: as 14 melhores para morar no país

Veja quais são as melhores cidades da Itália para morar, na opinião dos brasileiros e de acordo com o custo de vida, qualidade de vida, infrastruturas e segurança. Escolher a cidade para morar na Itália é uma decisão importante, pois tem impacto no seu futuro. Confira as dicas, conheça as cidades e escolha a sua.

Sites para alugar apartamento na Itália: conheça os melhores

Confira uma lista com os melhores sites para alugar apartamento na Itália e descubra os principais requisitos e quais são as melhores cidades para morar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube