Morar na Itália é o sonho de muitos brasileiros. Porém, escolher uma das tantas cidades do país para viver pode ser uma tarefa complicada. Assim, para te ajudar, preparamos um guia com as melhores cidades da Itália para morar. Confira!

Quais são as melhores cidades da Itália para morar?

Neste artigo você vai encontrar as 15 melhores cidades da “terra da pizza” para morar, com exemplos dentro de cada uma das três regiões geográficas do mapa da Itália: norte, centro e sul (e ilhas). Um dos rankings de melhores cidades do país é o realizado pelo jornal de Milão Il Sole 24 ore, publicado anualmente com análises de todas as províncias do país.

O ranking avalia as cidades com base na qualidade de vida na Itália a partir de inúmeros fatores, como: segurança pública, renda média, estilo de vida, saúde, custo e expectativa de vida.

Assim, o artigo utilizou o ranking de 2021 como base para mostrar os lados positivos e negativos das melhores cidades avaliadas pelo jornal. Vamos conferir, a seguir, quais são elas.

Melhores cidades da Itália para morar: Norte

A região norte da Itália é a mais rica do país e essa posição se deve à uma série de fatores. De modo geral, podemos afirmar que a região concentra a maior parte das oportunidades e vagas de emprego no país, bem como oportunidades de estudo e índices de segurança.

É também na região norte que se localizam as empresas e fábricas de maior relevância do país, assim como as universidades mais importantes, o que atrai brasileiros que querem fazer faculdade na Itália.

Por fim, podemos dizer também que a região norte comporta as cidades mais ricas da Itália, o que faz com que esses centros sejam grandes pontos culturais, caracterizados por muito lazer e internacionalização.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Ficou com vontade de morar em uma das cidades da região norte da “terra da pizza”? Vamos conferir, a seguir, as melhores cidades para morar na Itália dentro desse recorte geográfico!

1. Trieste

No ranking de 2021, o jornal Il Sole 24 ore colocou a cidade de Trieste no prestigioso lugar de melhor cidade para morar na Itália.

Trieste é a capital (capoluogo, em italiano) da região Friuli-Venezia-Giulia, que se localiza no norte da Itália. Ainda, a capital é uma cidade histórica e caracterizada pela tardia anexação à Itália: somente depois da Primeira Guerra Mundial.

A cidade se encontra entre o mar e a montanha e possui uma grande tradição literária, funcionando como cenário de inspiração para o escritor italiano Italo Svevo e para James Joyce, irlandês e autor de Ulysses.

Diversos fatores explicam a decisão do jornal Il Sole 24 ore de posicionar Trieste no primeiro lugar do ranking de melhores cidades da Itália para morar. Vamos conferir, a seguir, alguns deles.

Cultura e negócios

Trieste é uma das cidades italianas que apresenta os maiores índices de opções de lazer e atividades culturais.

A tradição literária da cidade, por exemplo, é harmonizada com os seus cafés em estilo austríaco (explicados pela proximidade cultural com o país), que abrigaram como os seus clientes intelectuais, escritores e políticos da cidade.

trieste Itália

Ainda, a cidade agrupa em si uma grande quantidade diferente de costumes e culturas, o que pode ser explicado pela proximidade com a Áustria e a Eslovênia.

Por fim, podemos dizer também que Trieste é uma cidade-modelo para os negócios e para as atividades empresariais.

A cidade abriga um considerável número de start-ups e possui um índice muito interessante: aquele de segunda cidade da Itália com a menor diferença salarial entre homens e mulheres.

Aluguéis e segurança

Como você deve ter percebido, Trieste é uma cidade que oferece uma série de pontos positivos para os seus habitantes.

Todos eles, aliados à segurança oferecida pela capital da região de Friuli-Venezia-Giulia, fazem com que os aluguéis da cidade sejam consideravelmente caros.

2. Milão

Milão (Milano, em italiano) ocupa a segunda posição no ranking de melhores cidades da Itália para morar.

Milano é a capital financeira do país, possuindo quase 1,4 milhão de habitantes, uma alta qualidade de vida, importantes indústrias, alto nível de serviços e dois dos mais importantes aeroportos da Itália.

A capital da região da Lombardia, localizada da região norte da Itália, é ideal para quem deseja viver em uma metrópole e possuir oportunidades em diversos setores.

O custo de vida

Como mencionamos, morar em Milão possui uma série de benefícios: segurança, oportunidades, boa oferta de serviços e oferta de atividades culturais.

Assim, para quem quer viver em uma metrópole e busca oportunidades, Milão é a cidade ideal, já que é considerada a cidade mais industrializada do país e capital da região italiana em que a maior parte das vagas de trabalho se concentram.

Porém, todos esses fatores fazem com que o custo de vida na cidade seja um dos mais altos de todo o país: para se ter uma ideia, o valor do aluguel de um apartamento de um quarto em uma região central custa cerca de 750€.

3. Trento

A cidade de Trento, com os seus mais de 500 mil habitantes, se encontra na região de Trentino-Alto Adige e, assim como Trieste, passou a integrar a Itália somente depois da Primeira Guerra Mundial.

Trento ocupa o terceiro lugar no ranking de melhores cidades da Itália para morar e diversos fatores podem explicar essa posição: alta qualidade de vida, qualidade dos serviços, limpeza da cidade e nível da educação.

Melhores cidades da Itália para morar Trento

Dessa maneira, se você está pensando em viver na Itália, morar em Trento pode ser uma excelente opção!

Atividades econômicas

As atividades de agricultura e indústria são as principais desenvolvidas dentro da economia de Trento. A agricultura é a atividade econômica de boa parte de seus 117 mil habitantes, ao lado da indústria.

Ainda, uma grande vantagem da cidade é que a alta qualidade de vida é combinada com um médio custo de vida, o que não acontece na cidade de Milão, por exemplo. Para se ter uma ideia, o valor médio do aluguel de um apartamento de um quarto é de cerca 550€.

4. Aosta

A cidade de Aosta, capital da região do Valle d’Aosta, ocupa o quarto lugar no ranking de melhores cidades da Itália para morar realizado pelo jornal Il Sole 24 ore em 2021. Segundo dados do ISTAT, a cidade possui mais de 120 mil habitantes e se localiza na região norte da Itália.

A influência francesa

A cidade de Aosta, assim como outras cidadezinhas que se localizam próximas à ela, são fortemente influenciadas pela França por motivos geográficos. Dessa maneira, Aosta é oficialmente bilíngue: o italiano e o francês são considerados os seus idiomas oficiais.

A região do Valle d’Aosta

A região do Valle d’Aosta é caracterizada por possuir grandes quantidades de recursos financeiros, uma boa administração e uma excelente oferta de serviços. Ainda, a região também oferece muita segurança e educação de alto nível para os seus habitantes.

Custo de vida

Apesar de todos os benefícios de se morar em Aosta, o custo de vida da cidade não é, felizmente, muito alto. Para se ter uma ideia, o valor do aluguel de um apartamento de 1 quarto no centro da cidade custa em torno de 450€.

5. Bolzano

Por fim, a cidade de Bolzano, com os seus 500 mil habitantes, é considerada uma das melhores cidades da região norte para morar. Bolzano é a capital da região do Trentino-Alto Ádige e é considerada uma das cidades mais desenvolvidas e ricas da Itália.

Influência alemã

Bolzano se localiza próxima à fronteira com a Suíça e a Áustria: essa posição geográfica explica a característica bilíngue da cidade, em que o italiano e o alemão são considerados línguas oficiais.

Morar em Bolzano pode ser muito vantajoso devido à alta qualidade de vida que é oferecida pela cidade, caracterizada por ser muito limpa, com uma excelente oferta de serviços públicos e com muita segurança.

Bolzano Itália

Atividades industriais

Assim como boa parte das cidades mais importantes da região norte da Itália, a economia de Bolzano é baseada no comércio e nas atividades industriais.

O custo de vida

O custo de vida da cidade de Bolzano é muito alto, o que pode ser explicado pela alta qualidade de vida da cidade. Para se ter uma ideia, o aluguel de um apartamento de 1 quarto no centro da cidade pode variar em torno de 750 euros.

Melhores cidades da Itália para morar: Centro

O centro da Itália é composto por quatro regiões: Toscana, Umbria, Lazio e Marche. As quatro regiões são caracterizadas por uma rica diversidade cultural, linguística, histórica e geográfica. É no centro que estão localizadas cidades como Florença, Roma e Siena, que são mencionadas no ranking de melhores cidades da Itália para morar.

Ficou com vontade de viver em uma das cidades do centro da Itália? Vamos conferir, a seguir, quais são as melhores cidades dessa região para morar!

6. Florença

Firenze ou Florença, em português, é considerada a melhor cidade da Toscana para morar e a décima primeira melhor de toda a Itália.

A capital da Toscana possui quase um milhão de habitantes e é caracterizada por um alto nível de desenvolvimento econômico e cultural. poderia ficar de fora entre as melhores cidades da Itália para morar.

A cidade mais linda do mundo

Firenze já foi e ainda é considerada por muitos jornais e revistas a cidade mais linda de todo o mundo. Essa classificação se deve a grande quantidade de monumentos, museus e obras de arte presentes na cidade, que a embelezam e a tornam única em todo o mundo.

Florença é uma das cidades mais bonitas da Itália

Assim, viver rodeado por cultura, lazer e arte é um dos motivos que levam muitas pessoas a se mudarem para o “berço do Renascimento”, como a cidade é conhecida, todos os anos.

Qualidade de vida e transportes

O sistema de transporte público local é eficiente, contando com mais de 100 linhas de ônibus. Ainda, Firenze conta também com uma alta qualidade de vida, além de escolas e uma universidade de alto nível.

Devemos destacar também que alguns dos hospitais de Firenze já foram considerados os melhores da Itália, oferecendo tratamento de qualidade de forma gratuita através do sistema de saúde pública da Itália.

O custo de vida

Morar em Florença pode ser muito caro, principalmente devido ao fato de a cidade ser um dos destinos turísticos mais cobiçados de todo o mundo. Por esse motivo, os valores dos alugueis de um apartamento de um quarto no centro de Firenze podem girar em torno de 700€.

7. Roma

Roma, com os seus mais de quatro milhões de habitantes, é considerada uma das melhores cidades da Itália para morar. A capital da Itália atrai uma grande quantidade de pessoas todos os anos devido às oportunidades de emprego, de estudo e de lazer existentes na cidade.

Dessa forma, morar em Roma pode ser uma ótima opção para quem está em busca de oportunidades e busca viver em uma metrópole.

Transporte público

O transporte público na Itália costuma ser bom e na cidade de Roma é eficiente de maneira geral. Porém, por ser uma capital, a cidade possui problemas que todas as cidades grandes possuem. Assim, as redes de transportes públicos, como aquelas de metrô e de ônibus, podem enfrentar problemas de limpeza e de pontualidade.

Trânsito em Roma

O custo de vida

Por ser a capital da Itália e uma das cidades mais importantes de toda a Europa, Roma é uma cidade com um custo de vida alto. Para se ter uma ideia, o valor do aluguel de um apartamento de um quarto no centro da cidade pode custar mais de 1.500€.

8. Siena

Siena é uma das mais lindas cidades da Toscana, além de ser considerada uma das melhores cidades do centro do país para morar.

É na cidade, que possui cerca de 260 mil habitantes, que ocorre o Pálio de Siena, uma das tradições da cultura italiana mais conhecidas no exterior: a corrida de cavalos típica da cidade, que ocorre no verão europeu.

Siena fica no coração da Toscana e relativamente perto de Florença (são somente 80 km que separam as duas cidades).

Vida universitária

A cidade abriga uma das universidades mais tradicionais e importantes da Itália: a Università degli Studi di Siena, fundada no ano de 1240. Outra universidade que também possui a sua sede em Siena: a Università per Stranieri di Siena. Devido à qualidade do ensino e da pesquisa das instituições, milhares de estudantes se mudam para Siena todos os anos.

O sistema de transporte público

Além de todos os pontos positivos mencionados acima, Siena é considerada uma das melhores cidades da Itália para morar também do ponto de vista da rede de transportes públicos. Isso se explica pelo fato de que a rede de transportes dentro e fora (que conectam outras cidades à Siena) possuem uma excelente qualidade.

Custo de vida

Apesar de não ser uma cidade muito grande, Siena possui um custo de vida relativamente alto, o que se explica devido à presença de milhares de estudantes na cidade e também à alta qualidade de vida. Para se ter uma ideia, um apartamento de um quarto no centro da cidade pode custar cerca de 650€.

9. Ancona

Ancona é a capital da região Marche (Marcas, em português), localizada no centro da Itália. A cidade possui relevância econômica e turística, pois abriga um dos maiores portos da Itália, sendo banhada pelo Mar Adriático.

Qualidade de vida

Com os seus 465 mil habitantes, Ancora entra no ranking das melhores cidades para morar na Itália porque oferece uma boa qualidade de vida. Isso é explicado pelo fato de que existe, na cidade, grande oferta de escolas, lazer e oportunidades de emprego, principalmente quando comparada com outras cidades da região Marche.

10. Pisa

Pisa, com os seus mais de 400 mil habitantes, é uma das cidades italianas mais cobiçadas por turistas.

Porém, além de ser uma meta turística, a cidade também oferece uma alta qualidade de vida para os seus moradores, sendo considerada uma das melhores cidades da Itália para morar.

Vida universitária

Pisa é conhecida por possuir, assim como Siena, uma vida universitária agitada. A cidade possui três universidades principais: a Università degli Studi di Pisa, a Scuola Normale Superiore di Pisa e a Scuola Superiore Sant’Anna, sendo essa primeira a instituição tradicional da cidade e as outras duas instituições de excelência.

Pisa é uma das melhores cidades para morar na Itália

Devido à presença dessas três instituições que oferecem um alto nível de ensino e pesquisa, Pisa é uma das metas preferidas dos estudantes, tanto italianos como estrangeiros. Assim, se você está interessado em fazer uma pós-graduação na Itália, Pisa pode ser o seu destino certo!

Custo de vida

Apesar da oferta de uma excelente qualidade de vida e de importantes instituições de ensino, o custo de vida na cidade de Pisa não é muito alto: o valor do aluguel de um apartamento de um quarto no centro da cidade gira em torno de 650€.

Melhores cidades da Itália para morar: Sul e ilhas

O sul da Itália é composto por 8 regiões administrativas, sendo uma delas uma ilha: Abruzzo, Basilicata, Calábria, Campania, Molise, Puglia, Sicília e Sardenha.
Vamos conferir, a seguir, quais são as melhores cidades da Itália para morar na região sul da Itália.

11. Cagliari

Cagliari é a capital da Sardenha, a região da Itália que se localiza em uma ilha e é famosa pelas praias paradisíacas. A cidade possui mais de 420 mil habitantes e é uma meta muito cobiçada pelos turísticas, principalmente durante o verão.

Atividades esportivas e saúde

Um dos pontos positivos de Cagliari é que ela concentra uma programação diversificada de práticas esportivas, como escolas de esporte, campos de golfe, cursos de mergulho e esqui aquático.

Ainda, a cidade se destaca também em relação à saúde na Itália: Cagliari possui uma das melhores taxas de densidade médica da Itália, o que envolve os médicos de família e pediatras.

Cagliari

Desemprego entre jovens

Um dos pontos negativos de morar em Cagliari é que a cidade parece apostar pouco nos jovens, possuindo uma das taxas mais altas de desemprego entre os trabalhadores mais jovens.

A taxa de desemprego geral na cidade também não é uma das melhores. Segundo dados do ISTAT, 16,3% da população entre 15 e 74 anos é inativa, superado de quatro pontos percentuais a média nacional, equivalente a 10%. Porém, apesar desses dados, Cagliari ela ainda ocupa uma boa posição no ranking de melhores cidades da Itália para morar.

12. Chieti

Chieti é a capital da região de Abruzzo, localizada no sul da Itália. A cidade de mais de 370 mil habitantes é considerada uma das melhores cidades para se viver, oferecendo um bom nível de segurança e de vida em geral.

Livrarias e atividades esportivas

Como o próprio ranking do Il Sole 24 ore indica, a cidade de Chieti é reconhecida por possuir um bom índice de livrarias e de ofertas de atividades esportivas a cada 100 mil habitantes, o que enriquece a vida no local.

Custo de vida

O custo de vida na cidade de Chieti é relativamente baixo. Para se ter uma ideia, você pode alugar um apartamento de 1 quarto no centro da cidade por cerca de 350€.

13. Nuoro

Nuoro é uma cidade de pouco mais de 200 mil habitantes localizada na região centro-leste da Sardenha.

Custo de vida e baixo índice de violência

O custo de vida na cidade de Nuoro é, assim como aquele de Chieti, relativamente baixo. Para se ter uma ideia, a média dos preços dos aluguéis de um apartamento de um quarto no centro da cidade de Nuoro é de 400€.

Ainda, outro fator muito interessante é o baixo índice de violência registrado na cidade, que é considerada muito segura.

Pouca oferta cultural

Apesar do seu passado rico, um dos pontos negativos da cidade de Nuoro é que ela não proporciona muitas atividades culturais e nem esportivas: existem poucas salas de cinema e poucos shows, bem como poucos concertos e espetáculos.

14. Bari

A capital da região da Puglia (Apúlia, em português) é banhada pelo Mar Adriático. Até a década de 90, Bari era considerada uma cidade perigosa e decadente. Porém, nos últimos anos o centro histórico tem se transformado, passando por um processo de total revitalização.

Bari capital da Apúlia na Itália

Serviços e gastronomia

A cidade de Bari conta com uma boa estrutura de lojas e serviços. Ainda, a capital da Puglia se destaca devido à uma rica culinária, caracterizada pela presença de focaccias, peixes e frutos-do-mar.

Custo de vida baixo

A cidade de Bari não oferece uma grande quantidade de ofertas de emprego e, por isso, o custo de vida na cidade é inferior à média italiana. É possível alugar um apartamento de 1 quarto no centro de Bari por 400€.

15. Matera

Matera é uma cidade de pouco menos de 200 mil habitantes que se localiza na região da Basilicata. Apesar de se encontrar em uma região italiana que não é muito rica, a cidade se destaca pela grande quantidade de eventos culturais e de monumentos históricos.

Turismo

Matera é uma grande meta turística, o que faz com que boa parte da economia da região gire em torno de atividades ligadas ao turismo e aos monumentos históricos e artísticos presentes na cidade.

Custo de vida

Apesar de ser uma grande e importante meta turística, Matera não possui um custo de vida muito alto. É possível alugar um apartamento de dois quartos no centro da cidade por 550€, o que é um valor muito bom quando comparado à média nacional de 700€.

Cidades mais baratas da Itália para morar

Segundo uma pesquisa realizada pelo site italiano Habitante, as 10 cidades mais baratas da Itália para morar são:

  • Potenza (Sul, Basilicata);
  • Ancona (Sul, Marche);
  • Caltanissetta (Sul, Sicília);
  • Teramo (Sul, Abruzzo);
  • Bari (Sul, Puglia);
  • Sassari (Sul, Sardenha);
  • Messina (Sul, Sicília);
  • Perugia (Centro, Úmbria);
  • Rovigo (Norte, Vêneto);
  • Catanzaro (Sul, Calábria).

Como podemos observar, neste ranking encontra-se uma presença maior de cidades do sul da Itália, como Caltanissetta e Messina, que ocupam, ao mesmo tempo, os lugares 103° e 97° no ranking de melhores cidades da Itália para morar do Jornal de Milão.

Ancona e Perugia, consideradas duas dentre as cidades mais baratas da Itália para morar pelo ranking do Habitante, aparecem em 30° e 52° lugares, respectivamente, no ranking do jornal Il Sole 24 ore.

As duas cidades contam com uma vida cultural agitada, aluguéis relativamente baixos e uma expectativa de vida que supera a média nacional italiana (83,8 anos e 84 anos, respectivamente, contra 83,2 anos).

Já a siciliana Caltanissetta aparece em 3° lugar como cidade mais barata da Itália e, ao mesmo tempo, no lugar 103° como melhor cidade da Itália para morar.

Dentre os fatores que explicam essa posição não tão boa, podemos citar as altas taxas de desemprego e a baixa oferta de atividades culturais. Porém, devemos destacar que, ao mesmo tempo, o valor médio de aluguel na cidade é de 350€, o 4° mais baixo do país!

Cidade mais rica da Itália?

Como vimos acima, as melhores cidades da Itália para morar se localizam no norte do país, que também apresenta os melhores índices econômicos.

Milão, a cidade mais rica da Itália, também se encontra na região. É a capital da região da Lombardia, considerada o coração econômico da Itália.

E quais são as mais seguras?

O jornal Il Sole 24 ore também organizou um ranking das melhores cidades da Itália segundo o índice de criminalidade.

Vamos conferir quais são, segundo o ranking de 2021, as cidades mais seguras da Itália:

  • Oristano (Sul, Sardenha);
  • Pordenone (Norte, Friuli-Venezia-Giulia);
  • Benevento (Sul, Campania);
  • Cuneo (Norte, Piemonte);
  • Lodi (Norte, Lombardia);
  • L’Aquila (Sul, Abruzzo);
  • Potenza (Sul, Basilicata);
  • Sondrio (Norte, Lombardia);
  • Trento (Norte, Trentino-Alto Adige);
  • Pesaro (Centro, Marche);
  • Cosenza (Sul, Calábria);
  • Siena (Centro, Toscana).

Quanto aos índices de segurança, salvo casos como Potenza e Cosenza, o norte prevalece como sendo a zona geográfica mais segura do país.

Oristano apresenta dados muito interessantes: é a cidade italiana que menos registra número de roubos e furtos. Já Trento, que aparece em 3° lugar na classificação de melhores cidades da Itália para morar, é considerada a nona cidade mais segura do país.

Cuneo, Pordenone e Lodi, que se encontram no ranking de cidades mais seguras do país, também fazem parte da classificação das melhores cidades da Itália para morar.

Vale a pena morar em uma das melhores cidades da Itália?

Agora que você já pôde observar um panorama geral das melhores cidades da Itália para morar de acordo com cada uma das três divisões geográficas do país, é quase impossível não surgir a vontade de fazer as malas para ir morar na Itália. Porém, sabemos que, ainda assim, escolher uma cidade para morar é uma escolha pessoal que depende de muitos fatores.

O melhor conselho é: reflita sobre o que você espera do local em que deseja morar. Você quer estudar? Quer morar na Itália como aposentado? Prefere uma metrópole ou uma cidade pequena? Pense cuidadosamente nas respostas para essas e muitas outras questões enquanto estiver passando pelo processo de escolher uma cidade para morar na Itália!