Mapa da Itália atual, saiba onde ficam as principais cidades e regiões.

Mapa da Itália atual e completo

Itália  / 

Mangia che te fa bene! Massas, pizza, vinho, pessoas falando alto e com as mãos… a Itália é um deleite em todos os sentidos e vai muito além dos estereótipos e das comilanças cheias de molho de tomate.

A história do país, localizado no Centro Sul da Europa, é riquíssima e marcada principalmente pelo Império Romano, berço do Renascimento e Vaticano. Tantos acontecimentos deixaram sua marca no mapa da Itália, que sofreu transformações ao longo dos anos.

Mapa atual da Itália

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Hoje, o mapa da Itália abrange 301.338 km² e conta com 60,6 milhões de habitantes, segundo dados de 2016. O país é a quinta nação mais populosa da Europa e o 24º país mais desenvolvido do mundo, com índice de qualidade de vida entre os dez maiores do globo.

França, Suíça, Áustria e Eslovênia, ao longo dos Alpes, fazem fronteira com a Itália ao norte, enquanto o sul consiste na totalidade da península Itálica, Sicília, Sardenha e outras ilhas.

Como é a divisão da Itália

O país é dividido em 20 regiões:

  • Itália Noroestina: Vale de Aosta, Piemonte, Ligúria e Lombardia;
  • Itália Nordestina: Trentino-Alto Ádige, Friul-Venécia Júlia, Vêneto e Emília-Romanha;
  • Itália Central: Toscana, Marcas, Úmbria e Lácio;
  • Itália Meridional: Abruzos, Campânia, Molise, Apúlia, Basilicata e Calábria;
  • Itália Insular: Sicília e Sardenha.

As regiões são divididas em províncias – são 109 províncias no país todo -, exceto o Vale de Aosta, e essas são divididas em comunis (equivalente ao município no Brasil), sendo que existem cerca de 8.100 ao longo do mapa da Itália.

Dentro da comune pode haver ainda a frazione, que pode ser definida como uma área da comune que compreende um centro habitado. São mais de 37 mil fraziones espalhadas no país.

Será que vale a pena morar na Itália? Veja a opinião de brasileiros que moram no país.

O mapa da Itália ao longo dos anos

Os territórios onde hoje estão localizados Itália e Alemanha deveriam ser divididos em diversos estados, segundo promulgado pelo Congresso de Viena (1814 – 1815). A divisão do território italiano era a seguinte:

  • Reino Sardo-Piemontês, governado por uma dinastia italiana, autônomo e soberano;
  • Reino Lombardo-Veneziado, governado pela Áustria;
  • Ducados de Parma, Módena e Toscana, governados por duques subservientes à Áustria;
  • Estados Pontifícios, governados pelo papa;
  • Reino das Duas Sicílias, governado pela dinastia de Bourbon.

Movimentos nacionalistas, então, deram início ao processo para transformar as nações em estados nacionais independentes. A organização revolucionária Jovem Itália defendia a independência e transformação do país em uma república democrática, mas sofreu um duro golpe do exército austríaco em 1948.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Se você quer saber mais sobre a história da Itália, pode ser interessante conhecer as tradições da cultura italiana.

Luta pela unificação e movimento Risorgimento

A partir daí, o Reino Sardol-Piemontês passou a liderar a luta pela unificação e o movimento Risorgimento conquistou apoio da burguesia e dos proprietários rurais, além de se aproximar da França para conseguir apoio militar e enfrentar a Áustria.

Derrotada, a Áustria foi forçada a entregar o reino. Na mesma época, o revolucionário Giuseppe Garibaldi atacou o Reino das Duas Sicílias e criou condições para sua libertação do domínio estrangeiro.

Formação do Reino da Itália

O rei Victor Emanuel II, que governava o Reino Sardo-Piemontês, foi eleito em plebiscito para governar o reino que se formava. A proclamação do Reino de Itália aconteceu em 18 de fevereiro de 1861 e unificou boa parte das nações – Veneza foi incorporada em 1866 e Roma em 1870, passando a ser capital do país no ano seguinte.

A não aceitação do papa pela perda dos domínios territoriais da Igreja fez com que fossem rompidas as relações com o governo italiano, questão resolvida apenas em 7 de junho de 1929 com o Tratado de Latrão, que criou e limitou a independência do Estado do Vaticano.

Confira 7 curiosidades da Itália surpreendentes

Segunda Guerra Mundial e a conquista de territórios

Roma na Segunda Guerra Mundial
Até o ano de 1943 a Itália ocupava a totalidade ou boa parte dos territórios da Dalmácia, Albânia, Croácia, França (Córsega, Nice e Saboia), Kosovo, Montenegro e Eslovênia. O Tratado de Paris, datado de 10 de fevereiro de 1947, devolve o mapa da Itália para suas fronteiras pré-guerra e cede territórios para outros países:

  • Tende e La Brig para a França;
  • Zara e a maior parte da Ístria para a Iugoslávia;
  • Dodecaneso para a Grécia;
  • Ilha Saseno para a Albânia;
  • Todas as terras na África (Líbia, Eritreia e Somália);
  • Sua parte em Tianjin para a China.

O Território Livre de Trieste, qie abrange parte da Ístria e da região de Trieste, foi criado em 15 de setembro de 1947 como território neutro, sendo o norte cedido para o mapa da Itália e o sul para a Iugoslávia.

Do Império Romano ao clima. Confira tudo sobre a Itália que você precisa saber.

Regiões autônomas da Itália

Cada região possui sua própria constituição e as 20 regiões podem ser divididas em duas categorias de estatuto:

Regiões autônomas com estatuto especial

Uma lei de tipo constitucional do estado central garante ampla autonomia legislativa e financeira para cinco regiões – Sardenha, Sicília, Trentino-Alto Ádige, Vale de Aosta e Friul-Venécia Júlia;

Regiões com estatuto ordinário

Com autonomia financeira mais limitada, o estatuto ordinário funciona como uma lei regional, sendo as competências legislativas das regiões ampliadas após reforma da constituição em 2001.

Apaixonado pela Itália? Veja o nosso guia para morar na Itália.

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.