Assessoria para cidadania italiana: vale a pena contratar?

Um tema de grande importância para quem busca a cidadania italiana é saber acerca da assessoria. Preciso contratar uma assessoria para cidadania italiana? Como buscar? Em qual informação acreditar mediante tantas opções? Confira nossas dicas no artigo a seguir

Assessoria para cidadania italiana: contratar ou não?

Além da quantidade de assessoria para cidadania italiana, que são incontáveis, existe uma gama enorme de grupos e perfis nas redes sociais que ensinam a fazer o processo sem assessoria. Por esta razão, é muito importante estabelecer alguns filtros para obter as informações válidas, pertinentes e específicas para sua situação.

Por exemplo, por mais que se escute falar que basta buscar todas as certidões, apostilar, emitir a Certidão Negativa de Naturalização e fazer o pedido de cidadania, existe um mundo e um abismo colossal sobre todos os problemas que poderão aparecer. Neste caso, o seu conhecimento e esforços deverão ser tão grandes ao ponto de suprir a existência da assessoria para cidadania italiana.

Por outro lado, pode acontecer de tudo estar completamente certo nos seus documentos e tudo isso se dar de forma automática e singela. Mas penso que, dependendo do seu interesse em obter a cidadania europeia, não vale a pena arriscar. Quando se lida com documentos e requisitos legais sempre acredito que os procedimentos devem se dar de forma segura.

Cidadania italiana por conta própria

Temos conhecimento de um número bem maior de pessoas que fizeram o processo para sua cidadania italiana sozinhas e obtiveram o indeferimento após longa espera na fila consular (algumas esperaram por mais de 10 anos), do que aquelas que obtiveram êxito em fazer sozinhas. Mas sim, existem aquelas que conseguiram fazer sem recorrer à assessoria para cidadania italiana.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Passaporte italiano

Acredito que os elementos subjetivos de cada um também sejam um ponto de grande influência para a tomada de decisão por uma contratação profissional. Há uma óbvia grande diferença entre um jovem solteiro de 22 anos que vai passar um tempo na Itália e um casal com dois filhos menores que decide ir morar em um novo país.

De qualquer forma, é muito importante saber que não é obrigatória a contratação de uma assessoria para fazer a sua cidadania.

Pontos positivos de contratar uma assessoria para cidadania italiana

Como fatores positivos que contribuirão para um maior êxito no pedido e no deferimento da cidadania através de uma assessoria, temos:

  • Segurança;
  • A análise dos documentos para impedir o indeferimento posterior, com base na legislação italiana;
  • Agilidade no processo;
  • Costume do profissional de enfrentamento da burocracia brasileira e italiana;
  • Diminuição da possibilidade de ocorrência de surpresas indevidas;
  • Emissão de documentos na forma correta;
  • Indicações de tradutores e emissários de trabalho competente e garantido, e decorrente de períodos de relação de trabalho, que podem trazer qualidade e economia ao serviço;
  • No caso de assessoria possuir dentre seus profissionais um advogado italiano, existe a possibilidade de notificação ao consulado para a análise rápida da cidadania do requerente. E, se não for atendida, pode-se propor um processo judicial, consecutivamente;
  • No caso de cidadania de quem vai morar na Itália e que poderá ser feito o pedido na própria Itália, o fato do assessor possuir todas as facilidades para a locação de imóvel, conhecimento do procedimento no comune, nos locais em que é necessário extrair negativas e demais documentos para a cidadania italiana;
  • Por fim, a comodidade de ter um profissional tratando de todo o processo burocrático por você.

Pontos negativos de contratar uma assessoria

Acredito que possa haver apenas dois pontos negativos na contratação de uma assessoria,
sendo um objetivo e outro subjetivo:

  • O primeiro seria o fato que o processo vai ser mais caro do que sem contratar a assessoria, claro;
  • O segundo seria a possibilidade de haver a contratação de um profissional errado. Por esta razão, acho muito importante elencar algumas dicas bem importantes para a escolha de uma boa assessoria.

Tais elementos são baseados não somente na experiência profissional, mas também em experiência pessoal. Antes de trabalhar na área do Direito Internacional, precisei ir à “campo” para descobrir como fazer a minha cidadania, isso ainda na década retrasada.

Acredite, na época me deparei com profissionais que, apenas para olhar meus documentos e me instruir sobre o que deveria que ser feito, cobrariam três mil reais, sendo que a nossa moeda valia muito mais.

Procure um profissional qualificado

Foi muito bacana que posteriormente conheci uma profissional que fez a minha cidadania com muito conhecimento e propriedade, sendo uma advogada italiana. Depois de toda a experiência pessoal, passamos a tomar conhecimento de coisas inacreditáveis que já aconteceram com clientes, tanto aqueles que caíram em muitas armadilhas de grupos de internet, como aqueles que contrataram uma determinada pesquisa, pagaram e nunca mais conseguiram contato com o profissional.

Outros chegaram ao ponto de pagar por análises e buscas de seus documentos e, ao final,
receberam apenas um comprovante com anotações de procura e cartórios. Poderia contar inúmeras situações de busca pela cidadania que acabaram de maneira frustrada, inclusive também para aqueles que tentaram sozinhos. Assim, é muito importante fugir das armadilhas da internet e buscar contratar uma pessoa efetivamente qualificada. Para isso, podemos listar algumas dicas bem interessantes.

Dicas essenciais para a escolha e contratação da sua assessoria por um profissional do ramo

Procure contratar sempre um profissional cujo resultado do trabalho já se teve notícias.
Elenco esta como a primeira dica por acreditar que realmente é a mais importante, pois sempre vejo que a maior segurança continua sendo o “boca a boca”.

Não havendo nenhum profissional conhecido, e que saiba que tenha concluído a cidadania de alguém, pergunte para os amigos se sabem de algum conhecido que fez a cidadania e com quem. Descubra o contato desta pessoa que contratou a assessoria e converse com ela.

Considere credibilidade e profissionalismo na busca pelo profissional

Não havendo a possibilidade de encontrar alguém conforme a opção acima, dê preferência para aquele profissional que tem seu trabalho reconhecido e uma reputação para zelar, como alguém que já escreveu um livro, que seja conhecido na cidade, que possua um site de consulta, escreve para um site importante, é vinculado a Câmera de Comércio Italiana, etc.

Visto Schengen para Itália

Escolha aquele profissional que divide o trabalho em etapas. Ou seja, jamais contrate o serviço num todo, pois pode ocorrer de você ficar sem a sua cidadania e ter que pagar um contrato. Sob outra perspectiva, busque sempre contratar por etapas, sempre seguindo a seguinte ordem:

  • Consulta;
  • Busca de documentos;
  • Análise após a busca;
  • Se for o caso retificar ou suprir (criar) os documentos;
  • O pedido da cidadania propriamente.

Prefira escolher alguém que esteja estabelecido em um endereço e sempre evite enviar dinheiro e contratar apenas com contato através apenas da internet. Evite também aquele profissional que, de uma forma ou outra, demonstra uma normalidade de enganar o governo. Faça sempre questão de fazer pela forma correta e prescrita em Lei.

Resgate das raízes familiares

Lidar com os documentos dos seus ancestrais traz muitos elementos de satisfação, pois é o resgate da história da sua família e lhe traz uma percepção cultural muito gratificante e emocionante, é realmente uma experiência maravilhosa. Mas se lembre que o reconhecimento da cidadania italiana dependerá não só de um simples pedido com um conjunto de certidões, mas de uma análise material, formal e legal, que geralmente é desconhecida para quem não é da área. A boa assessoria é sempre uma boa ideia.

Se você ainda não sabe se tem ou não o direito à cidadania italiana, recomendo a leitura desse artigo que escrevi.

E não esqueça: se planeja contratar uma assessoria para cidadania italiana com intuito de morar na Itália, saiba que o seguro viagem é obrigatório para entrar no país. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no Portal.

Advogado Português e Brasileiro, com mais de 12 anos de profissão, é especialista na área do direito Internacional e sócio do escritório Fonseca Dani & Petry Advogados. Também especialista em Direito Processual Civil e Tributário. Estuda atualmente Direito Italiano e da União Europeia. Sempre em viagem para a Alemanha, Itália, Portugal, Áustria e Reino Unido, trabalha com Direito de Imigração, e juntamente com sua equipe, atende demandas de Imigração e Cidadania Italiana.

Artigos relacionados

Cidadania italiana: quem tem direito, como solicitar e custos

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Como morar na Itália: visto, custo de vida e melhores cidades

Se você quer morar na Itália confira tudo o que precisa saber sobre o país: tipos de visto, empregos, como estudar, custo de vida, saúde e muito mais.

Custo de vida na Itália: veja quanto se gasta por mês no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidades da Itália: as 14 melhores para morar no país

Veja quais são as melhores cidades da Itália para morar, na opinião dos brasileiros e de acordo com o custo de vida, qualidade de vida, infrastruturas e segurança. Escolher a cidade para morar na Itália é uma decisão importante, pois tem impacto no seu futuro. Confira as dicas, conheça as cidades e escolha a sua.

Sites para alugar apartamento na Itália: conheça os melhores

Confira uma lista com os melhores sites para alugar apartamento na Itália e descubra os principais requisitos e quais são as melhores cidades para morar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube