Mestrado na Itália: melhores cursos e universidades, custo e candidatura

Itália  / 

Estudar na Itália está na lista de desejos de muitos brasileiros. Fazer mestrado na Itália é uma oportunidade muito boa para conhecer novas pessoas, morar em outro país e conviver com professores com currículo diferenciado.

É um investimento que vale a pena, principalmente quando conseguimos alguma bolsa para estudar na Itália. Vamos ver como é fazer o mestrado na Itália, quanto custa e como se candidatar.

Como é o mestrado na Itália

O mestrado na Itália é chamado de Laurea Specialistica (LS) ou Laurea Magistrale (LM). Esses cursos têm a duração de dois anos e normalmente tem mais créditos do que os cursos de mestrado no Brasil.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Além de ter disciplinas (com aulas presenciais, trabalhos e provas), ao final do curso de mestrado na Itália o aluno tem que fazer uma dissertação e apresentar para uma banca avaliadora.

Intercâmbio na Itália: como fazer, quanto custa, vantagens e desvantagens.

Como é a seleção

Para fazer um mestrado na Itália não é necessário ter um projeto de pesquisa pronto. A seriação dos candidatos é feita através da análise do histórico escolar e currículo.

Como se candidatar

Para se candidatar ao mestrado na Itália você deve ter atenção aos editais que as universidades abrem. Depois que você escolher a universidade e o curso, e juntar todos os documentos necessários, você deve fazer a candidatura através do site da universidade. Algumas universidades não têm a candidatura pelo site aberta, por isso, se for o caso, você poderá fazer a candidatura em um consulado italiano no Brasil.

Como são as aulas

Existem muitos cursos de mestrado na Itália com aulas em Inglês. Por isso é necessário ver a grade do curso antes de se candidatar.

Muitas universidades não exigem presença nas aulas, por isso os alunos frequentam as aulas “quando querem”. Algumas aulas são dadas para diversos cursos ao mesmo tempo (quando é uma disciplina em comum) e então as aulas são dadas em anfiteatros.

As disciplinas que são específicas do curso têm aulas em salas de aulas comuns ou em laboratórios, dependendo das necessidades da disciplina.

Quanto custa o mestrado na Itália

Todas as universidades italianas, mesmo as públicas, são pagas. Os valores a pagar variam de acordo com cada universidade e curso. Normalmente os cursos de mestrado na Itália custam por volta dos 2 mil € por ano. Porém existem cursos que são bem mais caros, chegando a 16 mil € anuais.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Veja quanto custa estudar na Itália: um artigo completo sobre o tema.

Bolsas de estudo

Muitas universidades italianas oferecem bolsas de estudos para estudantes estrangeiros. Para ter acesso às bolsas é necessário dar uma olhada no site de cada universidade para conferir os editais.

Os pré-requisitos que as universidades italianas têm para oferecer bolsas de estudo são:

As bolsas de estudo podem contemplar somente a isenção do pagamento das taxas universitárias ou ainda contar um valor para ajuda de custo do estudante. Saiba mais sobre estudar de graça na Itália e veja outras oportunidades.

Melhores cursos de mestrado na Itália

Existem cursos de mestrado na Itália em praticamente todas as áreas. Cursos em italiano ou em inglês, dependendo da grade curricular. Veja lista dos melhores:

  • Mestrado em European Legal Studies: Universidade de Turim (em inglês);
  • Mestrado em Direito do Comércio Internacional: Universidade de Turim (inglês);
  • Mestrado em Pharmaceutical Biotechnology: Universidade de Bolonha (inglês);
  • Mestrado em Economia e Gestão do Turismo: Universidade de Bolonha (inglês);
  • Mestrado em Gestão de Engenharia: Universidade de Siena (inglês);
  • Mestrado em Gestão de Engenharia: Universidade de Bérgamo (italiano);
  • Mestrado em Ciência de Dados: Universidade de Trieste (inglês);
  • Mestrado em Business Analytics & Big Data: Politécnico de Milão (inglês).

Melhores universidades italianas

A Itália tem muitas universidades, tanto públicas quanto privadas. As melhores universidades italianas são:

Saiba também como fazer faculdade na Itália: um guia completo.

Visto para estudar na Itália

Se você for fazer um mestrado na Itália, você deverá tirar um visto de estudos. O visto deverá ser solicitado no consulado italiano da sua região. Os documentos exigidos para o visto de estudante são:

  • Formulário de pedido de visto;
  • Fotografia recente;
  • Passaporte com validade superior a 3 meses a partir da data final pedida no visto;
  • Comprovativo de alojamento na Itália;
  • Comprovativo de meios de sustento;
  • Seguro saúde ou IB2;
  • Inscrição ou pré-inscrição no curso na universidade da Itália.

Saiba tudo sobre o visto para estudar na Itália.

Vale a pena fazer mestrado na Itália?

Estudar em outro país é uma oportunidade única. Aproveitar essa oportunidade para desenvolver suas habilidades em um ambiente acadêmico, focado na produção de conhecimento é imperdível.

Quando temos a oportunidade de estudar em outro país podemos conviver com outras culturas e estar em um estabelecimento de ensino diferente daquilo que estamos acostumados. E ainda aprender a conviver com diferentes pessoas, aprender uma nova língua, enfim, acabamos por crescer tanto como pessoas quanto como estudantes/profissionais.

Vai viajar para a Itália para estudar? Como você viu, o seguro viagem para Itália é um item obrigatório para conseguir o visto e entrar no país. Utilize a nossa calculadora de seguros para contratar o seu! Basta inserir os seus dados de viagem e nós iremos ajudar você a encontrar o melhor seguro ao menor preço.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.