Visto de estudo na Itália: saiba quais são e como solicitar o seu

O sonho de estudar na Itália vai, gradualmente, se concretizando. Mas o que fazer quando chega na parte burocrática? Confira neste artigo tudo sobre como tirar o visto de estudo na Itália, prazos, preços e documentos necessários.

Buona lettura!

Como conseguir um visto de estudante para Itália?

Tirar o tipo de visto certo para a Itália é um passo burocrático fundamental para quem quer saber como morar na Itália.

O visto para a Itália é necessário caso a estadia do cidadão brasileiro seja superior a 90 dias. Por esse motivo, caso você pretenda se matricular em um curso que dure menos de 3 meses, você está isento de visto!

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Se o seu intuito, no entanto, for estudar no país por mais de três meses, o visto de estudo na Itália é obrigatório.

Visto para a Itália estudantes brasileiras

Segundo o site do governo italiano Il visto per l’Italia, para conseguir um visto de estudo na Itália, você precisará:

  • Ir até o consulado italiano de acordo com a sua jurisdição consular;
  • Entregar o formulário de visto de estudo na Itália preenchido;
  • Foto (formato italiano: 3,5×4,5cm);
  • Passaporte válido;
  • Comprovante de hospedagem;
  • Demonstração de renda (mínimo 448,52€ por mês);
  • Seguro-saúde;
  • Matrícula ou pré-matrícula no curso desejado;
  • Pagamento da taxa (50€).

Como fazer para organizar os documentos necessários?

Como vimos acima, os documentos necessários não são poucos. A dica é se organizar com antecedência: comece a se informar sobre quais os documentos necessários pelo menos um ano antes da sua mudança. Desta forma, você evitará surpresas desagradáveis!

Como agendar uma visita ao Consulado italiano?

Agendar uma visita ao Consulado italiano para tirar o visto de estudos é possível somente através do site Prenota OnLine. Você deverá se cadastrar e agendar a sua visita de acordo com a disponibilidade do site.

Atenção: o site abre para agendamento somente às 22h do fuso horário de Roma. 10 dias antes da sua visita, o site mandará um e-mail de confirmação.

Visita ao Consulado e pagamento da taxa

Quando você for ao Consulado, respeite o horário e leve consigo todos os documentos necessários. A taxa do visto (50€) poderá ser paga no momento de sua visita, em real, em dinheiro ou débito.

Aguardar a emissão do visto

Após a visita ao Consulado, você deverá aguardar a emissão do visto, que se concluirá com a análise da documentação e a pré-inscrição no curso desejado.

Tipos de visto de estudo na Itália

Existem 7 tipos diferentes de visto de estudo na Itália. São eles:

  • Studio (Estudos);
  • Corso singolo universitario (Curso universitário único);
  • Formazione professionale (Formação profissional);
  • Immatricolazione università (Matrícula universitária);
  • Post-laurea (Pós-graduação);
  • Programma di scambio e mobilità (Intercâmbio) e
  • Tirocinio (estágio).

A seguir, vamos ler sobre cada um deles.

Visto di studio

É o visto dedicado para quem vai realizar um curso universitário, como graduação e mestrado na Itália. Dura exatamente o número de anos do curso, sendo renovável anualmente.

Corso singolo universitario

O governo italiano dá a possibilidade de frequentar uma ou mais matérias nas Universidades públicas italianas. Normalmente, são cursos novos e muitas pessoas decidem segui-los para se atualizarem. O lado positivo é que essa possibilidade é aberta também aos cidadãos estrangeiros!

Não confunda, porém, a matrícula nesses cursos com os cursos de ouvinte. Neste caso, você terá que frequentar as matérias como um aluno regular daquela universidade – e isso inclui estudar, ir às aulas e passar nas provas!

Na Universidade de Perúgia, por exemplo, para poder se matricular em uma matéria, você precisará:

  • Pagamento de uma taxa no valor de 210€;
  • Pagamento de 6€ a cada 1 crédito (CFU);
  • Efetuar a matrícula no Portal SOL;
  • Imprimir o módulo de inscrição;
  • Selo fiscal (marca da bollo) no valor de 16€;
  • Fotocópia de um documento de identidade;
  • Fotocópia do codice fiscale (CPF italiano).

Para solicitar esse tipo de visto de estudo, é imprescindível se matricular no curso desejado. É importante apresentar um documento que ateste a sua necessidade de tirar o visto de estudos para a Itália.

Formazione professionale

Se você deseja fazer um curso profissionalizante, por exemplo, como cursos de confeiteiro ou técnicos, além dos documentos listados acima, necessários para solicitar o visto de estudo na Itália, você também deverá apresentar:

  • Formulário de inscrição do curso de formação profissionalizante (com a duração do curso, programa, tipo de certificação, etc.), que não seja superior a 24 meses.

Immatricolazione università

Se você está pensando em se matricular em um curso a numero chiuso, ou seja, cursos nos quais o vestibular é obrigatório, você precisará de um visto somente para o período das provas de admissão. É frequentemente requisitado por quem presta vestibular para Medicina, por exemplo.

Esse visto é valido por 365 dias e é renovável, somente se aluno passar no vestibular.

Estudantes

Post-laurea

Esse tipo de visto é exclusivo para quem quer inscrever-se em um curso de Pós-graduação na Itália, como cursos de MBA (Master), Doutorado, Especialização, Aperfeiçoamento, entre outros, em universidades públicas ou particulares reconhecidas pelo MIUR (Ministero dell’Istruzione, Ricerca e Università).

Programma di scambio e mobilità

Está pensando em fazer intercâmbio na Itália? Então, é desse tipo de visto de estudo na Itália que você precisará tirar!

Além dos documentos necessários mencionados anteriormente, você deverá apresentar a carta de aceite enviada pela Universidade italiana, a qual deverá conter informações importantes, como:

  • Nome completo;
  • Data de nascimento e naturalidade;
  • Período de intercâmbio;
  • Sede da Universidade;
  • Tipo de acordo bilateral entre a sua Universidade no Brasil e a Universidade italiana.

O visto de estudante para a Itália para intercambista dura exatamente o período especificado na carta de aceite.

Tirocinio

Se o seu interesse é realizar um estágio na Itália enquanto você ainda está matriculado em uma universidade brasileira, você deverá apresentar, além dos documentos básicos para a solicitação do visto de estudante para a Itália:

  • Carta de aceite do estágio.

Os programas de estágios aceitos pelo governo italiano – e que concedem o visto de estudante para a Itália – são aqueles promovidos por instituições brasileiras que tenham acordo com instituições ou empresas italianas.

Tenho cidadania europeia, preciso de visto de estudo na Itália?

Essa é uma ótima pergunta, cuja resposta é não! O visto de estudo na Itália não é necessário para quem tem cidadania europeia de algum país pertencente ao Espaço Schengen e que deseja estudar na Itália!

Posso solicitar o visto de estudo na Itália?

De jeito nenhum! Não é possível solicitar o visto de estudante estando já em solo italiano. Por isso é importante se organizar para viajar com o visto em mãos.

Documentos adicionais que aconselho levar

Por pura precaução, aconselho levar:

  • Carteira de vacinação atualizada;
  • CNH (traduzida e apostilada);
  • Prontuários e Receitas médicas traduzidos.

Comprovação financeira

Para solicitar o visto de estudante para a Itália, você deverá apresentar os seguintes documentos, de acordo com o Consulado italiano de São Paulo:

  • Holerite;
  • Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos;
  • Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física;
  • Extrato Bancário;
  • Carteira de Trabalho.

Caso você não trabalhe ou não declare ainda o imposto de renda em seu nome, você deverá entregar os documentos dos seus pais ou responsáveis legais.

Quanto tempo demora para sair o visto?

O visto para a Itália costuma ser emitido, em média, um mês após a sua solicitação. Em verdade, se trata de um prazo um pouco subjetivo, uma vez que mais complicado o requerimento, mais tempo levará para ser analisado.

No caso do visto de estudante, o prazo costuma ser de um mês. Para os vistos de trabalho, dependerá sempre do tipo de trabalho na Itália. O prazo é de 30 dias para quem já possui um contrato de trabalho; por outro lado, esse prazo pode aumentar para os autônomos, podendo chegar a 120 dias de espera.

Depois do visto: vai precisar solicitar o Permesso di Soggiorno

Ok, visto em mãos, #partiuItália. Cheguei no país, e agora?

A burocracia não para por aqui. Além do visto, que é o documento que dá direito a entrar no país, você precisará também do Permesso di soggiorno. Esse, por sua vez, é o documento que autoriza a sua estadia na Itália, de acordo com o visto possuído.

Estudante biblioteca

Assim como o Visto, existem várias categorias de Permesso di soggiorno. Se você tiver um visto de estudante para a Itália, você vai – obrigatoriamente – precisar do Permesso di soggiorno per motivo di studio.

Como explicamos no artigo da Euro Dicas dedicado ao assunto Permesso di soggiorno, custa €76,16 e você deverá solicitá-los na Poste Italiane (Correios).

Preciso falar italiano para conseguir o visto de estudo na Itália?

Não é obrigatório o conhecimento da língua italiana para conseguir o visto de estudo na Itália. Porém, fique de olho: a universidades italianas aceitam os níveis B1/B2 de italiano para os cursos de graduação e intercâmbio.

Ficou com vontade de morar na Itália? Saiba também o que todo brasileiro pensa ao chegar na Itália e prepare-se.

Bruna é bacharela em Letras e mestre em Comunicação. De um jeito ou de outro, está constantemente em contato com as palavras, seja escrevendo, falando, lendo, revisando, ensinando ou traduzindo. Após dois intercâmbios e alguns anos entre Brasil e Itália, se mudou para o país da bota em 2017, onde também se sente em casa.

Artigos relacionados

Como morar na Itália: saiba o que é preciso para morar no país

Quer saber como morar na Itália? Confira nesse artigo dicas para organizar o seu planejamento de uma brasileira que já vive no país!

Custo de vida na Itália: veja quanto se gasta por mês no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidadania italiana: quem tem direito, como solicitar e custos

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Vale a pena morar na Itália? Conheça as vantagens e desvantagens

Para quem se pergunta se vale a pena morar na Itália, é importante avaliar as vantagens e desvantagens. É o que você encontra neste artigo repleto de dicas.

Cidades da Itália: conheça as principais e informações sobre o país

Confira informações sobre as cidades da Itália, como: qual é a mais importante, quais são as mais lindas e sugestão de roteiro pelo país.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube