7 cidades mais baratas na Itália: descubra quais são

A Itália não está entre os países mais baratos para viver na Europa. E pesquisar as cidades mais baratas na Itália não é simples, principalmente devido ao tamanho do território italiano e da diferença dos custos entre as regiões do país.

Adiantamos que se você está buscando preços mais baixos deve procurar mais pelas cidades do sul da Itália, onde o custo de vida é mais em conta, e fugir das cidades mais turísticas, como Roma, Milão e Veneza, por exemplo. Nessas, o custo de vida é bem mais elevado, por serem cidades mais procuradas e turísticas. Cidades próximas podem ser boas opções para você economizar.

A moradia é o principal fator que influencia no custo de vida de uma região, e esse foi o ponto que mais levamos em consideração na hora de escolher as que estão entre as 7 cidades mais baratas na Itália. Mas consideramos também as contas da casa e gastos com alimentação e transporte, e pegamos cidades que são boas opções para morar, com infraestrutura e qualidade de vida.

Observação: os valores são com base no site Numbeo e em outras fontes de pesquisa. A pesquisa foi realizada em fevereiro de 2020.

Cidades mais baratas na Itália para morar e economizar

Se você tem o sonho de morar na Itália e quer encontrar destinos mais em conta, acompanhe:

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

1. Pescara

Localizada na Abruzzo, Pescara está entre as cidades mais baratas da Itália. A província fica a cerca de duas horas e meia de Roma, próxima ao Mar Adriático. O clima local é quente e temperado, com bastante chuva.

Calma, mas também turística, a cidade oferece várias opções de atrações na costa, como a Ponte del Mare e a Ponte Flaiano. Além disso, quem opta por morar em cidades como Pescara, que ficam perto do mar, tem muita opção para comprar peixes e frutos-do-mar por preços bem mais acessíveis, não somente em supermercados, mas também em restaurantes.

cidades mais baratas na Itália Pescara

Custo de vida em Pescara

O valor médio do aluguel de um apartamento de um quarto no centro de Pescara está em torno dos 500 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 ficam, em média, 80 euros. Já a alimentação sai por cerca de 400 euros para um casal. Uma refeição em um restaurante econômico custa, em média, 15 euros. Com transporte mensal, uma pessoa gasta em torno de 32 euros mensais.

Conheça nosso artigo completo sobre o custo de vida na Itália.

2. Áquila

A província de Áquila (que, em italiano, significa “águia”) é outra das que compõem a região de Abruzzo, no centro da Itália. Trata-se de uma região de montanhas. Por isso, o clima pode esfriar bastante no inverno, podendo chegar próximo a 0ºC.

O local é ideal para quem gosta de natureza, pois possui parques, montanhas e lagos que encantam, como a Riserva Naturale Guidata, Gole del Sagittario e o Monte Sirente, além do Castello de L’Aquila.

Áquila na Itália

Custo de vida em Áquila

O valor médio do aluguel de um apartamento de um quarto no centro de Áquila fica por volta dos 400 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 ficam, em média, 152 euros. Já a alimentação sai em torno de 400 euros para um casal. Uma refeição em um restaurante econômico sai em torno de 15 euros. Com transporte mensal, uma pessoa gasta em torno de 42,50 euros por mês.

3. Nápoles

Nápoles é uma cidade italiana, situada no sul do país, e que também está entre as cidades mais baratas na Itália. Fica no Golfo de Nápoles, próxima ao Monte Vesúvio, vulcão ativo que destruiu a cidade romana de Pompeia. É a terceira maior cidade da Itália, oferece boa infraestrutura para seus moradores, com vagas de emprego principalmente na área de TI, turismo e assistência ao cliente.

Se você gosta de boas pizzas, quer estudar em uma das universidades locais, passear bastante pelos pontos turísticos da região, curtir a agitação da cidade e economizar, vale muito a pena morar em Nápoles.

Possui uma boa infraestrutura, transportes, aeroporto, shopping, lojas, escolas, hospitais, etc. Por vezes a cidade pode ficar um pouco suja, por conta das greves dos lixeiros (e de algum problema com a máfia, que os habitantes locais me explicaram quando estive lá, mas não entendi perfeitamente), mas num todo é uma cidade muito boa.

Cidades mais baratas da Itália Nápoles

Custo de vida em Nápoles

O valor médio do aluguel de um apartamento com um quarto no centro de Nápoles custa cerca de 562 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 saem por volta de 164,52 euros.

Já a alimentação fica por volta de 350 euros para um casal, mais em conta do que na maioria das cidades italianas. Uma refeição em um restaurante econômico sai aproximadamente 10 euros, eu lembro que gastei 5€ em uma pizza gigante! Com transporte mensal, uma pessoa gasta em torno de 40 euros por mês.

4. Bolonha

A cidade fica no norte do país, a pouco mais de uma hora e meia de Veneza. Bolonha é conhecida – e reconhecida – por sua renomada universidade e oferece várias opções de trabalho, principalmente na área de TI, além de um comércio forte, ligado à área estudantil.

E, por ser uma cidade universitária, proporciona diversas opções de baladas e festas, além de muita história, local ideal para quem quer morar em uma cidade com bastante agitação.

Bolonha Itália

Descubra tudo sobre a Itália nesse artigo.

Custo de vida em Bolonha

O valor médio do aluguel de um apartamento de um quarto no centro de Bolonha custa em torno 693 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 ficam, em média, 149,95 euros. Já a alimentação fica por volta de 400 euros para um casal. Uma refeição em um restaurante econômico sai em torno de 15 euros. Com transporte mensal, uma pessoa gasta em torno de 36 euros por mês.

5. Pisa

Pisa é uma famosa cidade toscana, muito conhecida por sua torre inclinada. A região, que está entre as cidades mais baratas na Itália, fica a pouco mais de uma hora de Florença.

A cidade possui uma renomada universidade, que atrai muitos estudantes anualmente. Não há muitas vagas de emprego em Pisa para todas as áreas, mas há diversas ofertas para marceneiros, mecânicos, áreas ligadas ao turismo e em TI.

Porém, isso pode não ser um problema, pois está perto de Livorno (bastante turística, principalmente no verão) e de Florença, que possui mais vagas de emprego. Além disso, Pisa é bem bonita e animada, com uma vida noturna agitada.

Pisa é uma das cidades mais baratas da Itália

Custo de vida em Pisa

O gasto com aluguel de um apartamento de um quarto no centro de Pisa gira em torno 650 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 ficam por volta de 137,24 euros. Um casal gasta cerca de 400 com alimentação em supermercado. Uma refeição para uma pessoa em um restaurante econômico custa em torno de 15 euros. Já com transporte mensal, uma pessoa gasta em torno de 25 euros.

6. Tivoli

Tivoli é uma cidade incrível, uma comuna da província de Roma, na região do Lácio, na Itália. É bem pequena, com cerca de 56.603 habitantes (dado de 2017), e está bem próxima a Roma (cerca de 33 km, mais ou menos 35 minutos).

Apesar de ser uma região turística bastante visitada, é um bom lugar para quem quer morar com sossego e calmaria, estando próximo a uma das capitais europeias mais badaladas. A maioria das vagas em Tivoli está relacionada ao marketing e à administração. Mas, morando próximo à Roma, você pode aproveitar os benefícios da cidade grande, como mais oportunidades de emprego, por exemplo.

Tivoli na Itália

Custo de vida em Tivoli

O custo de vida em Tivoli também é baixo. Por isso, entra na lista das cidades mais baratas na Itália. Em Tivoli, um apartamento de um quarto no centro da cidade custa cerca de 500 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 ficam por volta de 150 euros. Um casal gasta cerca de 400 com alimentação em supermercado. Uma refeição para uma pessoa em um restaurante econômico custa em torno de 15 euros. Já com transporte mensal, uma pessoa gasta em torno de 40 euros.

Cidades pequenas da Itália: veja as melhores para morar.

7. Turim

Turim é a capital de Piedmont, no norte de Itália, e é conhecida pela sua arquitetura e gastronomia requintadas. Turim está entre cidades mais baratas na Itália, principalmente por proporcionar um excelente custo-benefício para quem mora na região.

Com quase um milhão de habitantes (dado de 2017), Turim se destaca pela sua infraestrutura e qualidade de vida. Além disso, apresenta diversas indústrias, gerando postos de trabalho em gigantes como a FIAT, a General Motors, entre outras companhias conhecidas.

O local é bem agitado e com ótimas oportunidades de trabalho, principalmente nos setores de engenharia e de tecnologia. Além disso, o transporte público é 24 horas e a cidade possui uma bela ciclovia.

Turim Itália

Custo de vida em Turim

Um apartamento de um quarto no centro de Turim custa cerca de 562,50 euros. As contas básicas da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 ficam em torno de 146,75 euros. Um casal gasta aproximadamente 400 com alimentação em supermercado. Uma refeição para uma pessoa em um restaurante econômico custa em torno de 15 euros. Já com transporte mensal, uma pessoa gasta por volta de 38 euros.

Veja nossas dicas para alugar apartamento na Itália.

Cidades mais caras da Itália

Já que listamos algumas das cidades mais baratas na Itália, resolvemos fazer também a lista com as cidades mais caras da Itália para morar:

  • Roma;
  • Milão;
  • Bolzano;
  • Florença;
  • Veneza.

Por que escolher uma das cidades mais baratas da Itália para viver?

Se você está programando morar no país do Papa, pode valer muito a pena escolher uma das cidades mais baratas da Itália para viver. Como vimos, a Itália é um país bastante turístico. Por isso, o custo de vida na região é bastante alto.

Então, se você está iniciando sua vida no país ou já mora na região, mas não ganha muito bem, o ideal é escolher uma cidade com infraestrutura e qualidade de vida. E, na maioria das vezes, você vive com mais qualidade de vida em uma das cidades mais baratas da Itália, pois seu dinheiro rende mais.

Vale a pena morar na Itália?

Como tudo na vida, temos que fazer escolhas e muitas vezes abrir mão de alguma coisa para conseguir outra. Foi exatamente o que eu fiz quando fui morar na Itália.

Abri mão do conforto da casa dos meus pais para morar em um apartamento dividido com outras pessoas, fazer contas no supermercado na hora de fazer as compras, e ir caminhando até o centro para economizar o dinheiro do transporte.

Mas com o tempo vamos nos adaptando e acostumando a viver no novo país, a saber onde conseguimos economizar, como podemos arrumar emprego, e a vida vai se ajeitando. Para mim valeu muito a pena morar na Itália, eu aprendi muito e fiz bons amigos.

Se você também está pensando em morar na Itália, vá com a mente aberta para as novas oportunidades e boa sorte!

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Julia é brasileira, formada em Turismo, morou 6 anos em Portugal e hoje mora em Budapeste. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Artigos relacionados

Cidadania italiana: quem tem direito, como solicitar e custos

Veja como reconhecer a sua cidadania italiana, desde saber se tem direito, recolher documentos e reconhecer no Brasil ou na Itália (e qual o custo).

Custo de vida na Itália: veja quanto se gasta por mês no país

Saiba qual é o custo de vida na Itália para um casal, incluindo aluguel, despesas fixas, transporte e saúde. Veja quanto é preciso para viver na na Itália.

Como morar na Itália: visto, custo de vida e melhores cidades

Se você quer morar na Itália confira tudo o que precisa saber sobre o país: tipos de visto, empregos, como estudar, custo de vida, saúde e muito mais.

Como trabalhar na Itália: salários, visto e como conseguir vaga

Tudo sobre como trabalhar na Itália: se precisa de visto ou cidadania, onde procurar emprego, custo de vida no país e as profissões mais procuradas.

Cidades da Itália: as 14 melhores para morar no país

Veja quais são as melhores cidades da Itália para morar, na opinião dos brasileiros e de acordo com o custo de vida, qualidade de vida, infrastruturas e segurança. Escolher a cidade para morar na Itália é uma decisão importante, pois tem impacto no seu futuro. Confira as dicas, conheça as cidades e escolha a sua.

Sites para alugar apartamento na Itália: conheça os melhores

Confira uma lista com os melhores sites para alugar apartamento na Itália e descubra os principais requisitos e quais são as melhores cidades para morar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube