Comprar casa na Inglaterra é um passo importante para quem planeja morar no país. No entanto, para fazer um bom investimento, é necessário conhecer o mercado imobiliário inglês e o processo de compra de um imóvel no Reino Unido. Acompanhe nosso artigo e descubra tudo sobre como negociar e adquirir um imóvel.

Como comprar casa na Inglaterra?

Os estrangeiros, residentes ou não, podem comprar casa no Reino Unido desde que tenham os meios para fazê-lo. No entanto, é mais fácil adquirir um imóvel e até obter uma hipoteca se você for morar na Inglaterra.

Assim, se você estiver pensando em investir em um imóvel em Londres ou em qualquer outra cidade da Inglaterra, é preciso ficar atento a algumas questões. Confira abaixo quais são elas:

  • Primeiramente, escolha o tipo imóvel e pesquise o custo de vida na Inglaterra e cidade onde você deseja comprar casa;
  • Faça uma pesquisa em sites de vendas de casa e verifique qual o orçamento para esse tipo de investimento;
  • Pesquise as opções de financiamentos em bancos e construtoras britânicas ou contrate um consultor de hipotecas;
  • Selecione os imóveis do seu interesse e agende uma visita presencial;
  • Faça uma oferta pela casa e contrate um advogado para realizar a pesquisa por propriedade, negociação e contrato de compra com o vendedor;
  • Efetue o pagamento da casa e assine o contrato de compra do imóvel;
  • Por fim, prepare a mudança.

Onde buscar casa para comprar na Inglaterra?

Buscar casa para comprar no Reino Unido não é um processo difícil. Atualmente, existem vários sites para comprar e alugar imóveis no país e de corretores britânicos. Ambos anunciam casas e apartamentos nas principais cidades inglesas.

Melhores sites

O primeiro passo para comprar casa na Inglaterra é fazer uma pesquisa nos sites de propriedades do Reino Unido. Eles reúnem diversos imóveis disponíveis em todo o país e informações relevantes para os compradores. Alguns desses sites são:

Melhores corretoras

Outra opção para comprar casa na Inglaterra é entrar em contato com uma corretora inglesa. Dessa forma, um profissional especializado demonstrará casas ideais para o seu perfil e orçamento. Embora tenha um preço mais alto, é um investimento que vale a pena para fazer uma compra segura e sem dor de cabeça. Veja quais são as principais:

Documentos necessários para comprar casa na Inglaterra

Para evitar a lavagem de dinheiro e fraudes, os agentes imobiliários, credores hipotecários e advogados são obrigados por lei a verificar a identidade dos interessados em comprar casa na Inglaterra.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Portanto, durante a transação, é provável que você tenha que apresentar uma série de documentos que comprovem sua identidade, endereço e outras informações sobre sua fonte de renda. Diante disso, para ajudar você a se preparar para o processo de compra da casa, confira abaixo a lista de documentos que são geralmente solicitados.

  • Passaporte;
  • Visto de residência na Inglaterra;
  • Comprovante de residência: carteira de habilitação, fatura de serviços públicos de até três meses, extrato do cartão de crédito ou bancário;
  • Comprovante da origem dos fundos: recibos de vencimentos dos últimos três meses, declaração do imposto de renda, Formulário P60 do empregador e/ou outros documentos caso você seja autônomo.

O que é a pesquisa de propriedade e como fazer?

A pesquisa de propriedade é fundamental para quem pretende comprar casa na Inglaterra, pois os relatórios obtidos por meio dela podem revelar se há ou não risco no terreno do imóvel a ser comprado como:

  • Mineração;
  • Inundações;
  • Planejamento;
  • Terra contaminada;
  • Subsidência, entre outros.

Além disso, a pesquisa pode fornecer outras informações relevantes sobre o imóvel, a exemplo do status dos regulamentos de construção para extensões e se ele está localizado em uma área de conservação.

O principal objetivo dessas pesquisas de propriedades é ajudar a proteger os compradores de casas porque fornecem informações suficientes para que você decida de maneira assertiva sobre a continuidade da compra.

Por norma, o comprador é responsável pelo pagamento das taxas da pesquisa de propriedade. Contudo, essas tarifas são normalmente solicitadas pelos advogados ou corretores contratados por você para auxiliar no processo de compra.

É comum que os solicitadores ou intermediários forneçam uma taxa total pelos serviços prestados e quaisquer custos adicionais. No entanto, alguns profissionais preferem dividir essas tarifas, que deverão ser pagas por cada serviço.

Como fazer a pesquisa de propriedade

Qualquer pessoa que deseja comprar casa na Inglaterra pode solicitar a pesquisa de propriedade em órgãos britânicos. No entanto, esse processo costuma ser burocrático e você pode sentir dúvidas para analisar os resultados pesquisa.

Além disso, não é uma prática recomendada se um advogado ou agente de transporte estiver envolvido na compra do imóvel. Afinal, os profissionais que trabalham no setor imobiliário possuem uma grande experiência. Ademais, estão sujeitos a regulamentos de risco e conformidade rígidos para garantir a proteção aos interesses dos clientes.

Por isso, sempre que possível, contrate um advogado ou especialista para fazer a pesquisa de propriedade para você.

Comprar casa no Reino Unido

Como é o processo de negociação para comprar casa na Inglaterra?

Comprar casa no Reino Unido é um grande passo. Por isso, é importante que você não se sinta pressionado a fazer uma oferta e tenha certeza de que o imóvel é o ideal para a atender às suas necessidades e da sua família.

O processo de negociação inicia quando você faz uma oferta pelo imóvel, que pode ser um valor abaixo do pedido pelo proprietário. O agente imobiliário é legalmente obrigado a transmitir todas as propostas e fica a cargo do vendedor aceitar ou não.

No entanto, antes de fazer uma oferta, é preciso ter certeza de que você deseja comprar o imóvel no exterior. Afinal, a desistência de uma compra assim que a proposta verbal é aprovada pode causar atrasos e diversos custos extras tanto para você quanto para o vendedor.

Vale lembrar que a oferta verbal pode ser renegociada a qualquer momento. O ideal é pensar bem antes de iniciar esse processo e só optar por ele quando a mudança no valor for justificada, pois, pode haver atrasos ou até o fracasso da venda.

Após receber o aceite da sua oferta, você deve receber um memorando de venda do agente imobiliário. Ele contém todas as informações sobre a proposta e outros detalhes dos representantes legais de ambas as partes. Além disso, alguns dias depois, é importante verificar com seu representante se o vendedor instruiu seu cliente sobre o andamento da compra.

Quanto custa comprar casa na Inglaterra?

Comprar casa na Inglaterra é um investimento alto. Os preços variam de acordo com a cidade, localização e tipo de imóvel que você pretende comprar no país. Para você ter uma ideia do quanto precisará desembolsar, consultamos no site Numbeo o preço médio por m² de imóveis em Londres, Oxford, Liverpool e Manchester, em bairros próximos e longe dos centros da cidade.

Cidade Preço por m² do imóvel no centro da cidade Preço por m² do imóvel longe do centro da cidade
Londres £ 11,092.85 £ 5,529.52
Oxford £8,500.00 £5,000.00
Liverpool £5,007.76 £1,596.67
Manchester £3,920.12 £2,599.09

Custos relacionados a compra

A compra do imóvel não é a única despesa de quem planeja comprar casa na Inglaterra. Você também pode precisar de uma reserva para cobrir gastos com o pagamento de taxas e impostos como os indicados abaixo.

  • Taxas de pesquisa;
  • Custos de mudança;
  • Taxas de transmissão;
  • Seguro de construção;
  • Custos de hipoteca e seguro de vida;
  • Pagamento de pesquisas ou relatórios atualizados;
  • Reparos ou melhorias necessárias na casa;
  • Taxas de serviço e aluguel de terreno em propriedades arrendadas;
  • Imposto de selo na Inglaterra ou imposto sobre transações de terras no País de Gales.

É possível financiar imóvel na Inglaterra?

Sim!

Os brasileiros, residentes ou não, podem comprar casa no Reino Unido. Uma das opções é solicitar uma hipoteca em um banco inglês, sendo que cada instituição aplica suas próprias taxas de juros e condições de financiamento. Geralmente, as condições são menos favoráveis para expatriados e investidores estrangeiros.

Outra alternativa é financiar o imóvel em uma construtora britânica. No entanto, não são todas que oferecem condições para brasileiros não residentes. Diante disso, é importante entrar em contato com antecedência para iniciar o processo de compra do imóvel.

Caso você não tenha certeza sobre qual a melhor forma de financiar o imóvel na Inglaterra, uma boa ideia é contratar os serviços de um corretor de hipotecas qualificado. Embora isso represente um custo extra, pode se tornar um excelente investimento no final.

Dessa maneira, o corretor pode instruir você sobre como conseguir uma hipoteca e esclarecer todas as dúvidas relacionadas às taxas administrativas e judiciais a serem pagas durante o processo. Esses valores podem mudar dependendo das circunstâncias, mas tornam a transação de compra do imóvel mais cara.

Como enviar dinheiro do Brasil para Inglaterra para a compra de imóvel?

Há diferentes maneiras de enviar dinheiro do Brasil para Inglaterra. Além dos bancos tradicionais, você também pode usar outras plataformas seguras e procuradas pelos brasileiros, como a Remessa Online, Wise e Western Union. Tão seguras quanto os bancos, essas plataformas também oferecem diversas vantagens para os usuários como menor prazo para o recebimento da remessa, custos de operações mais baixos, entre outras.

Quando se trata de enviar dinheiro do Brasil para Inglaterra para a compra de um imóvel, recomendamos a Remessa Online. Pois, por meio dessa plataforma, é possível fazer transferências de maneira simples, rápida, segura e econômica.

Cadastro Remessa Online

Para tanto, basta efetuar o cadastro no site da Remessa Online, clicando em “cadastrar”. Depois, é só informar os demais dados para realizar a transferência como:

  • Dados do beneficiário do dinheiro;
  • Valor da remessa;
  • País de destino;
  • Código SWIFT;
  • IBAN do beneficiário (número da conta).

Por fim, você precisa realizar o pagamento pela transação via TED (Transferência Eletrônica Disponível) e o dinheiro cairá na conta de destino informada. Geralmente, isso ocorre 1 dia útil após a comprovação do pagamento pela plataforma.

Vale a pena comprar casa na Inglaterra?

Com certeza! Comprar casa na Inglaterra é um bom investimento, principalmente para quem mora com filhos no país, pois além de garantir uma residência fixa, o mercado imobiliário inglês está em alta e você pode ter um bom retorno do seu investimento no futuro, se desejar vender.

Também é uma excelente alternativa para quem deseja comprar casa no Reino Unido para alugar, pois a libra é uma moeda forte e você garante uma renda passiva por muitos anos.

Aproveite que você está pesquisando sobre como comprar casa no Reino Unido e confira nosso e-book O sonho de morar na Europa! Nele, você encontra dicas de como é viver nos países europeus e como planejar sua partida.