Coroa Sueca, a moeda da Suécia

Suécia  / 

Sim, a Suécia faz parte da União Europeia. Não, a moeda local não é o Euro. Mas como isso é possível? E qual é o valor da coroa sueca, afinal?

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Conhecendo a Coroa Sueca

Desde 1873 a moeda da Suécia se chama Coroa Sueca (kr), ou Svensk krona em sueco (Svensk kronor no plural), e o motivo para que aqui não se use o euro é simples: a população rejeitou a troca da moeda sueca pela moeda europeia em plebiscito.

Existem notas de 20, 50, 100, 200, 500, e 1000kr, e moedas de 1, 2, 5 e 10kr. As notas vem com a imagem de uma pessoa importante na história do país, como a atriz Greta Garbo nas novas versões das notas de 100kr e o diretor de cinema Ingmar Bergman nas novas notas de 200kr. Já as moedas apresentam sempre uma imagem do rei da Suécia, que atualmente é o Carlos XVI Gustavo (conhecido localmente como Carl XVI Gustaf).

Veja também as diferenças dos serviços Transferwise e Western Union para enviar dinheiro para fora.

Estão ocorrendo mudanças na Coroa Sueca

ATENÇÃO: a Suécia está em processo de substituição de notas e moedas antigas e algumas delas não serão mais válidas a partir do final de junho de 2017. Clique aqui para ver quais você ainda poderá utilizar.

Salário médio e mínimo na Suécia

De acordo com sites de cotação, no dia 21 de maio era possível comprar aproximadamente 2,70kr com R$1. Agora, quando pensamos no valor da coroa sueca (e de qualquer outra moeda) é comum pensarmos automaticamente em duas outras coisas: o salário e o custo de vida, não é mesmo?

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística da Suécia a média salarial no país, antes do imposto sobre a renda ser descontado, gira em torno de 37.500kr (R$14.000) para homens e 34.700kr (R$13.000) para mulheres (sim, até em um dos países mais igualitários do mundo ainda existe diferença salarial em algumas áreas!).

Um fato importante: na Suécia não existe salário mínimo nacional como no Brasil, e você pode entender melhor sobre isso neste vídeo.

Custo de vida da Suécia

Custo de vida é sempre algo muito relativo já que algumas pessoas tendem a gastar mais ou menos dependendo de muitos fatores, e se você já ouviu em algum lugar que o custo de vida na Suécia pode ser alto, fique sabendo que é verdade.

E existe uma razão para eu escrever “pode ser alto” ao invés de “é alto”, e eu te explico direitinho e de uma forma bem simples: se você ganha na moeda da Suécia o seu dinheiro vai estar dentro da realidade sueca (além de você receber muito em retorno pelos altos impostos que se pagam por aqui).

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Conheça também a coroa norueguesa, a moeda da Noruega.

Custos mensais

Agora, se você ganha em real, por exemplo, pode ser sim que as suas contas saiam bem mais caras enquanto você estiver na Suécia.

Para você ter uma ideia dos valores aqui estão alguns números que correspondem a média de gastos que uma pessoa que ganha em coroa sueca, que é solteira e não tem filhos gasta por mês, de acordo com o site oficial da Suécia:

Custo de vida médio na Suécia
Moradia em apartamento, com seguro 4.700kr/mês
Comida 2.100kr/mês
Transporte (carro) 3.270kr/mês
TV, internet e telefone 750kr/mês
Roupa 590kr/mês
Higiene, cuidados médicos e odontológicos 540kr/mês
Eletricidade 300kr/mês
Esportes e hobbies 160kr/mês
Total 12.410kr/mês (cerca de 1.270€)

Impostos na Suécia

Ainda irei escrever um post com todos os detalhes sobre os impostos que pagamos por aqui, mas acho válido adiantar algumas coisas para vocês já que estamos falando da moeda da Suécia.

Se você também já viu em algum lugar que na Suécia as pessoas pagam muitos impostos, saiba que a informação está correta. Porém a maioria dos suecos não se importa muito com isso porque aqui há um grande retorno em diversos tipos de benefícios, como escolas, universidades, sistema de saúde e assim vai (o sistema não é perfeito, mas no geral as coisas funcionam bem por aqui, principalmente se for feita uma comparação com o Brasil).

Já agora, sabia que pode estudar na Suécia de graça?

Os suecos gostam de pagar impostos

O site oficial da Suécia diz que “Ao contrário de alguns países onde o pagamento de impostos é visto pelas pessoas como algo negativo, muitos suecos toleram – e alguns até “gostam” – de pagar impostos elevados.

Além disso, é crescente o número de pessoas que aceitaria pagar impostos ainda mais altos para poder viver em uma sociedade justa e que funcione bem, com serviços públicos de qualidade e uma boa segurança social para todos” (tradução livre).

Média de gastos na Suécia como turista

Se você vem a turismo para a Suécia (e você deveria mesmo vir porque este país é lindo!), aqui está uma média de valores que você poderá gastar sendo um viajante econômico na cidade de Estocolmo:

  • Hospedagem R$ 70/dia
  • Alimentacão R$ 100/dia
  • Transporte R$ 30/dia
  • Museus e outras atracões pagas R$ 50/dia
  • Total R$ 250/dia

Lembrando que os gastos irão depender muito do seu perfil enquanto turista e também da cidade visitada. Ah, e fique tranquilo pois é possível comprar lembrancinhas em lojas duty free em várias cidades! 🙂

Dica para comprar moeda da Suécia

Dica do coração para quem vem passear aqui: achar a moeda da Suécia no Brasil pode ser complicado, mas não compre euros ou qualquer outra moeda só para comprar coroa sueca quando chegar aqui. É sim possível comprar a moeda local utilizando a moeda brasileira em muitas casas de câmbio, e assim você evita pagar taxas duas (ou mais) vezes.

Saiba também quais são as cidades da Europa mais baratas para viajar.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Taís é natural do Espírito Santo e mora na Suécia há mais de 6 anos. Criou o Aqui no Exterior, um canal no YouTube, página no Facebook e perfil no Instagram onde ela mostra tudo sobre a vida no exterior, sobre viagens, sobre intercâmbio e tudo que tem a ver com esses temas.