Comprar euro: dicas para fazer o melhor negócio e economizar

Câmbio de moedas  / 

Comprar euro (ou qualquer outra moeda) é quase uma arte e requer muita pesquisa. Não deixe de maneira nenhuma para última hora, seja para uma viagem ou para morar fora. É importante lembrar que cotação do Euro muda diariamente.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Quando comecei a planejar minha mudança, o euro era vendido a R$2,70 e, em poucos meses, já custava R$3,38. Hoje o euro já está por volta de R$4,50. Por isso, vou dar algumas dicas também de como minimizar a perda de dinheiro no câmbio. Qualquer oscilação faz muita diferença, principalmente se for trocar uma grande quantidade de dinheiro, como é o caso das pessoas que querem morar no exterior ou fazer intercâmbio.

O que é importante levar em consideração antes de comprar euro

O sonho de realizar uma viagem para a Europa passa por diversas etapas. É necessário planejamento financeiro prévio, compra do pacote de viagem e reserva em algum hotel, por exemplo. Também existe a tarefa de comprar euro, já que atualmente 19 dos 28 países que compõem a União Europeia utilizam essa moeda.

Essa última questão ganha ainda mais relevância quando consideramos a grande valorização do euro em relação ao real. Esse aspecto pode ser decisivo para a sua viagem. Comprar euros com uma boa cotação pode propiciar condições de conseguir uma hospedagem melhor ou até mesmo prolongar a estadia no continente europeu.

Quem deseja comprar euro deve considerar o cenário econômico e político no qual o Brasil se encontra, já que essa instabilidade afeta o mercado de câmbio, gerando imprevisibilidade nas cotações. Assim, você já deve saber que esse processo de aquisição da moeda não deve ser por impulso e, sim, com o auxílio de uma pesquisa de preço.

Esse processo de análise antecipada das cotações do euro te proporcionará maior garantia de escolher o momento exato de efetuar a comprar sem sair no prejuízo. Entenda, portanto, que deixar essa compra para a última hora só te prejudicará.

Comprar euro: confira as melhores opções

Dinheiro

A maneira mais tradicional e barata. Quando se efetua a compra, existe um imposto de 0,38% (IOF, imposto sobre transações). Algumas casas da câmbio oferecem desconto quando tem muito dinheiro em caixa, sendo uma boa oportunidade.

A principal desvantagem é que é perigoso andar com muito dinheiro, em qualquer lugar do mundo. Você certamente não quer correr riscos com a poupança da família. Mas pelo menos um pouco de euro em espécie você terá que comprar.

Cartões Viagem Pré-Pagos

Os cartões de débito para viagem ganharam muita popularidade por sua solicitação ser gratuita. Além disso, só era preciso pagar o IOF (como em espécie). Em 2014, com muita saída de dinheiro do país através desse método, o governo brasileiro taxou os cartões de débito pré-pagos internacionais em mais 6%, totalizando 6,38% de imposto nesse método.

A principal vantagem é que é seguro, tem assistência mundial e reposição em até 24h em caso de problemas. O que eu usei quando mudei para a Irlanda foi o VTM do Banco Rendimento.

Cartão de Crédito Internacional

Antigos aliados para comprar euro, os cartões de crédito internacional se tornaram grandes vilões para quem deseja realizar essas transações atualmente. Essa mudança se deve principalmente à grande variação que a alíquota do IOF sofreu, saltando dos inexpressivos 0,38% e passando para o valor de 6,38%.
Além disso, você precisa se atentar que a cotação que será utilizada para a cobrança só será definida na data de fechamento do cartão, tornando ainda mais imprevisível esse gasto. Dessa forma, compreenda que a cotação sempre irá aumentar o valor do euro para compra.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Transferência bancária internacional

Se você vai morar fora do Brasil, não precisa trocar todo seu dinheiro para euro de uma única vez. Aliás, nem deve. Eu recomendo que você traga dinheiro para as primeiras semanas, apenas para chegar e conseguir abrir uma conta bancária no país. Depois disso, abre um mundo de novas oportunidades para comprar euro (e quase sempre mais vantajosas), como a Remessa Online e a TransferWise, por exemplo.

Veja como eu envio dinheiro para Portugal.

Comprar no aeroporto

Essa talvez seja a situação que mais deve ser evitada por quem deseja fazer a compra de uma moeda internacional como o euro. Pelo fato de ser a última alternativa das pessoas que desejam comprar euro antes de sair do país, as casas de câmbio de aeroportos chegam a praticar taxas de câmbio e comissões muito mais elevadas do que em comparação com outros pontos de venda.
Além disso, as chances de se conseguir uma boa negociação também são bem reduzidas, o que pode encarecer muito ou até mesmo atrapalhar a sua viagem.

Saiba as vantagens e desvantagens de comprar euro no Brasil ou na Europa.

Taxas para comprar euro

A realização dessa transação apresenta a cobrança de algumas taxas, principalmente por ser uma movimentação financeira com moedas internacionais. Dessa maneira, veja abaixo as principais taxas pagas durante o processo de compra de euros e como elas podem influenciar nos seus gastos.

Taxa de câmbio

A primeira tarifa que você deve se atentar quando for comprar euro é a taxa de câmbio. Essa taxa corresponde à relação entre duas moedas distintas e concorrentes, sendo expressa por um preço e apresentando informações sobre transações comerciais e relações de troca entre as nações, influenciando na balança comercial de ambas.

Imposto sobre Operações Financeiras – IOF

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) é um tributo federal definido pelo Banco Central do Brasil presente sempre que existir qualquer operação de câmbio, crédito, seguros ou até mesmo em operações que envolvam algum título, ou valor imobiliário. O valor dessa alíquota pode variar desde 0,38% a 6,38% nas operações de câmbio realizadas.

Sendo assim, a taxa de 0,38% incide sobre o valor das remessas internacionais para contas de terceiros, enquanto a taxa de 1,1% recai sobre o valor das compras de moeda em espécie e transferência internacional para uma conta da mesma titularidade. Já a tarifa de 6,38% incide sobre o valor das transações realizadas no exterior com cartões de débito, de crédito ou com cartões pré-pagos internacionais.

Como comprar euros

Taxa de comissão

Essa tarifa não é considerada obrigatória, o que faz o seu valor variar de uma instituição para outra. De qualquer forma, a taxa de comissão se refere ao valor cobrado por uma determinada empresa para realizar o serviço de câmbio ou troca da moeda do país por uma internacional, no nosso caso do real para o euro.

Taxa de entrega para comprar euro

Em busca de conseguir uma maior comodidade na missão de comprar euro, diversas pessoas acabam optando por receber o valor em casa. Com isso, é preciso se atentar que possivelmente também será cobrado um valor pela execução desse serviço, o qual, assim como a taxa de comissão, varia de acordo com a instituição escolhida.

Valor Efetivo Total – VET

O Valor Efetivo Total não é uma taxa que precisa ser paga durante esse processo, mas auxilia no entendimento do gasto total da operação. Dessa forma, o VET é o custo total do câmbio para a compra do euro ou de qualquer outra moeda internacional. Para chegar a esse valor de maneira correta é preciso considerar a taxa de câmbio, o IOF e as tarifas da instituição financeira.

Veja abaixo a forma que deve ser usada para calcular o VET, levando em consideração que a alíquota do IOF é de 1,1%, já que para comprar euro para uma viagem pessoal a titularidade será sua:

[(Valor da Compra + Taxa de Câmbio) + IOF + Tarifa Bancária] divididos pelo valor da compra.

Caso sinta a necessidade, o Banco Central disponibiliza a Calculadora do Cidadão, onde você pode conferir o valor do VET.

Dicas úteis para como comprar euro

Agora já sabe como comprar euro, as taxas que estão incluídas nesse processo e quais são os melhores locais para fazer a aquisição, chegou o momento de conhecer algumas dicas extras para facilitar ainda mais o seu trabalho e comprar euro barato. Sendo assim, confira a seguir dicas  para tornar mais fácil todo esse processo e melhorar a experiência da sua viagem.

Procure casas de câmbio perto de você

Procure perto da sua casa. Geralmente em centros comerciais e shoppings se encontram as principais casas de câmbio. É bom lembrar que o valor varia de uma para outra. Não esqueça de pesquisar, cada centavo conta. Eu recomendo a ferramenta Bee Cambio, que oferece boas tarifas e entregam o dinheiro em casa. Outra possibilidade é o melhor câmbio, que compara a cotação do euro entre as casas de câmbio mais próximas da sua casa.

Para comprar euro, esteja preparado com um documento com foto, e talvez seja necessário um comprovante de residência. A compra de moeda será registrada em seu CPF para controle do governo/ registro em imposto de renda.

Confira a cotação do euro todos os dias

A regra básica para fazer um bom negócio na hora de comprar euro é olhar a cotação do euro SEMPRE. Só assim você vai saber se realmente está barato ou não.

Outra coisa para ficar atento, quando acontece alguma crise política/financeira que gera desconfiança, o real desvaloriza e o euro fica “mais caro“. Fique sempre atento aos principais jornais e sites de economia, descobrindo assim o melhor momento para efetuar a compra da moeda, para conseguir economizar e até mesmo fazer com que se tenha mais recursos para usar durante a viagem.

Não compre euro de uma única vez

A maior parte das pessoas junta todo o dinheiro que quer trocar e troca de uma única vez. Não é uma boa ideia. Por mais que você pense que a cotação do dia é uma boa oportunidade, ela sempre pode oscilar. A melhor maneira para não sofrer com a oscilação, é comprar gradualmente. Assim você nunca vai pagar muito caro, nem muito barato. Isso garante que, na média, você pagará um bom valor no euro.

Pesquisar sobre a compra de Euro

Um exemplo fictício para tornar mais fácil o entendimento sobre essa forma de comprar euro ocorre quando alguém necessita de R$ 10 mil em euro para uma viagem daqui a 11 meses. Dessa forma, a partir de uma programação é possível comprar de R$900 a R$1.000 todo mês, aumentando a possibilidade de conseguir melhores condições de negócio.

Documentos necessários para comprar euro

Qualquer operação que envolva o câmbio de alguma moeda internacional só ocorre com a apresentação de RG e CPF do comprador. No caso de compras de valores acima de R$ 10 mil, será necessário apresentar  comprovante de renda ou outros documentos adicionais, dependendo da instituição.

Evite o mercado paralelo

Essa dica pode até parecer óbvia, no entanto, é sempre importante frisar. Evite realizar qualquer operação de câmbio no mercado paralelo, pois, isso pode acarretar diversos problemas financeiros para você. Busque sempre uma instituição autorizada pelo Banco Central com o objetivo de realizar operações financeiras.

Cuidado com o limite

Segundo as normas definidas pelo Conselho Monetário Nacional e pela Secretaria da Receita Federal, caso seja levado uma quantia igual ou superior a R$ 10 mil em dinheiro vivo para o exterior, será preciso declarar o valor à Receita Federal. Quantias inferiores a esse patamar não necessitam dessa fiscalização.

Conclusão sobre a compra de euro

De uma maneira geral, comprar euro se configura como uma das tarefas mais importantes para quem deseja conhecer a Europa. É preciso um grande planejamento, além de uma boa percepção do mercado para determinar o momento correto da compra.

Existem situações que precisam ser evitadas para não fazer com que o processo se torne mais caro ou inviável. Com os cuidados e ações aqui apresentadas você conseguirá comprar euro nas melhores condições para conseguir realizar a sua viagem da maneira que sonhou.

Lembrete: se está de passagem comprada para a Europa, não esqueça que o seguro viagem é obrigatório. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresente planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos melhores preços aos leitores do Euro Dicas. Boa viagem!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Danilo é um estudante de jornalismo da Universidade Estadual Paulista (UNESP) apaixonado por esportes, cultura e curioso por natureza. Desenvolve conteúdos para diversas mídias, tendo uma paixão em escrever sobre viagens, lugares e os melhores destinos para se conhecer no mundo.

Erick é luso-brasileiro, aos 21 anos mudou para a Europa e dedica parte do seu tempo para ajudar outros brasileiros realizarem o sonho de viver na Europa. Mora atualmente em Portugal, trabalha com tecnologia e é fundador da Euro Dicas.