Comprar euro no Brasil ou na Europa? Confira qual é a melhor opção

Antes de viajar ao exterior, sempre vem a dúvida de qual a melhor moeda para levar, onde e como adquirir. No caso de quem vai viajar ao velho continente, é melhor comprar euro no Brasil ou na Europa?

Vamos te ajudar com essa dúvida e você já se prepara para a sua próxima viagem.

É melhor comprar euro no Brasil ou na Europa?

Economia europeia, crises financeiras, reservas cambiais (quantidade de moeda estrangeira no Brasil) e câmbio flutuante (já que o Brasil não tem taxa de câmbio definida e o país depende da demanda e da movimentação do mercado internacional) são fatores que fazem as moedas estrangeiras aumentarem de valor em relação ao real.

Se você vai viajar para o Velho Continente e precisa saber se deve comprar euro no Brasil ou na Europa e como fazer, deve ter em mente que, apesar da situação financeira atual brasileira de crise, a melhor opção é comprar euros no Brasil.

No Brasil você consegue negociar taxas

Dessa forma, pode negociar com mais facilidade as taxas, na sua língua, conseguindo melhores valores no câmbio da moeda.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Presente em 19 países, é fácil achar euro para trocar na Europa. Mas nem todos os países e nem todas as casas de câmbio trocam o real, moeda utilizada apenas no Brasil. Isso quer dizer que você pode acabar pagando bem mais caro, pois provavelmente só conseguirá trocar em casas de câmbio de aeroportos, por exemplo.

No Brasil, você pode trocar reais por euros de diversas formas, como em bancos ou em casas de câmbio, por exemplo, locais credenciados pelo Banco Central do Brasil a realizar operações de câmbio. Além disso, pode, ainda, adquirir cartão de viagem pré-pago ou usar um cartão de crédito internacional durante sua viagem, opções que, apesar de mais seguras, custam mais caro.

Confira buscadores de câmbio e o ranking VET para conseguir o melhor preço

Então, para viajar com dinheiro em espécie, a melhor forma de você conseguir uma cotação mais barata é verificando em sites buscadores de câmbio, como o BeeCâmbio, por exemplo, onde é melhor adquirir a moeda e conseguir melhores preços.

Você também deve verificar o Ranking do VET, disponibilizado pelo BACEN, para verificar onde o euro está sendo vendido pelo melhor preço e entrar em contato com a instituição correspondente para negociar seu valor de compra. A melhor maneira de conseguir melhores preços na cotação de qualquer moeda estrangeira é pesquisando bastante.

Confira aqui a cotação do euro neste momento.

As melhores opções para comprar euros no Brasil

Como já dissemos, comprar euro no Brasil ainda é a melhor opção. Direto no banco, com o auxílio do gerente da sua conta, negociando com as casas de câmbio ou até por transferência bancária. O melhor é comprar euro mais barato e, para isso, a pesquisa é sempre a melhor das opções.

Ao verificar o valor cobrado pela moeda, você pode entrar em contato com a casa de câmbio por telefone ou ir ao local pessoalmente para negociar taxas. Dependendo da quantia a ser trocada, é possível conseguir um bom desconto.

No entanto, agora que você já sabe se é melhor comprar euro no Brasil ou na Europa, deve entender, também, que enviar dinheiro para o exterior (para sua conta, de um familiar ou amigo) é a opção mais segura e barata para possuir euro na sua viagem à Europa. Veja mais sobre o assunto adiante.

Posso depositar euro na minha conta? Veja a resposta.

1. Transferência de dinheiro para conta na Europa

Realizar transferência do Brasil para o exterior é a forma mais barata, segura, rápida e prática para você ter dinheiro em sua viagem. Atualmente, o processo é bastante simples e pode ser feito pela internet, sem que haja necessidade de você sair de sua casa. Mas para isso, é preciso ter uma conta na Europa.

comprar euro transferência

Se você não tem, não tem problema, pode abrir uma conta borderless da TransferWise. Apesar de ainda não ser possível receber o cartão de débito da TransferWise em endereço brasileiro, é possível abrir a conta e ir depositando dinheiro em reais, quando chegar na Europa, basta solicitar o cartão da TransferWise para o seu endereço europeu e utilizar o seu saldo em euros, a própria TransferWise trata da conversão.

Assim você já fica com o seu IBAN (identificação bancária europeia).

Melhores plataformas para fazer a transferência

Algumas plataformas se destacam no serviço de realizar transferências internacionais com menores taxas e com maior rapidez, entre elas, a Remessa Online, a TransferWise e a Western Union, todas seguras e confiáveis. Saiba mais sobre cada uma a seguir.

Remessa Online

A plataforma tem as taxas baixas e transparentes (custo fixo de 1,3% em todas as remessas internacionais), entrega o dinheiro de forma muito rápida  cai na conta do destinatário em até 1 dia útil), oferece o diferencial de instruções e atendimento ao cliente em português, possibilidade para enviar dinheiro para qualquer lugar do mundo, limite de envio elevado (até R$ 37.500 por dia ou até R$ 75 mil por ano), entre outras vantagens da Remessa Online.

Por esses motivos, a Remessa Online é a forma preferida pelo Euro Dicas para envio de dinheiro para o exterior. Confira se ela é a mais indicada para você fazendo uma cotação no site oficial Remessa Online.

TransferWise

Parecida com a sugestão anterior, a TransferWise também é um método seguro e confiável para envio de dinheiro para outros países. A vantagem são suas baixas taxas, que podem ser até 8 vezes menores do que as dos bancos.

O processo é totalmente transparente e você poderá saber exatamente quanto vai pagar pela transação. Além disso, além da transferência para bancos no exterior, instituição oferece conta multimoeda, cartão de débito e outros benefícios.

Por isso, é outra opção que o Euro Dicas recomenda para você poder sacar dinheiro no exterior, pagando menos pelo câmbio da moeda. Confira o site da TransferWise e entenda como funciona a plataforma.

Remessa Online ou TransferWise: veja qual é a melhor para enviar dinheiro em cada situação.

Western Union

Com experiência de mais de 160 anos no mercado de câmbio, a Western Union tem a vantagem de atuar em mais de 200 países no mundo, inclusive no Brasil. A plataforma é também confiável e segura.

A agilidade na entrega é um ponto que favorece a Western Union. O dinheiro pode ser recebido no destino em poucos minutos, mas a necessidade de o beneficiário receber a quantia somente em uma loja pode ser uma desvantagem do serviço. As taxas variam de acordo com o país de envio.

2. Direto com os bancos

Alguns bancos oferecem o serviço de troca de reais por euros. Você pode comprar, ou vender, moeda estrangeira no Banco do Brasil. O recebimento do valor é em espécie ou através do cartão Visa TravelMoney, um cartão pré-pago com créditos em euro ou dólar.

No Banco do Brasil, as operações precisam ser realizadas em uma agência que seja credenciada a operar em câmbio. Terminais de autoatendimento de câmbio autoatendimento BB na internet ou pelo aplicativo BB do seu telefone também são válidos, mas para quem quiser colocar crédito no cartão.

As principais vantagens é que os clientes do banco podem conseguir taxas e tarifas competitivas, principalmente se tiver um bom relacionamento com o gerente. Todavia, a compra e venda de moeda estrangeira no Banco do Brasil está disponível apenas para correntistas do banco, em pessoa física ou jurídica.

Caso esteja pesquisando se é melhor comprar euro no Brasil ou na Europa e seja cliente do Itaú, o banco também dispõe de venda de moeda pelo aplicativo. Basta selecionar “câmbio”, realizar a compra, e escolher o ponto de retirada em até 5 dias úteis.

3. Comprar euro nas casas de câmbio do Brasil

Mesmo com o câmbio do dia sendo o mesmo para todo o país, os valores podem variar de acordo com a casa de câmbio e com o montante que você terá para trocar. Por isso, uma dica é verificar os sites das operadoras, ligar ou ir pessoalmente para negociar as taxas.

Duas das casas de câmbio mais conhecidas em território brasileiro, Confidence e a Cotação, dão informações dos seus valores nos sites oficiais, onde é possível fazer uma simulação do montante a ser trocado em reais para euros.

As negociações podem ser feitas também via WhatsApp. Elas possuem lojas em todo o país e você pode verificar se existe alguma filial na sua cidade.

Comprar euro no Brasil ou na Europa calculadora

Saiba por que o euro não para de subir nesse artigo completo.

Comprar euro no Brasil ou na Europa: em que casos é melhor comprar na Europa?

A indicação de comprar as moedas direto no destino é mais válida para os casos das chamadas “moedas fracas”. Algumas delas, como os pesos, soles, florins, kunas e liras, podem não ser fáceis de encontrar no Brasil.

Como são utilizadas apenas nos países de origem, acabam valendo mais a pena a troca diretamente no local. Isso vale para países como, por exemplo, República Tcheca, Turquia e Croácia que, mesmo estando na Europa, não utilizam o euro.

Em contrapartida, o ideal ainda é levar euro para esses locais. Se não quiser viajar sem nada no bolso, troque ou saque no próprio aeroporto. Fora de destinos na América do Sul, como Buenos Aires e Santiago, não leve reais. A sugestão é sempre levar a moeda forte do lugar. No caso da Europa, o euro.

Como comprar euro na Europa?

Como já falamos, nossa sugestão é sempre dar preferência para a compra física da moeda antes de viajar, no Brasil. Porém, se você precisar comprar na Europa, duas formas funcionam bem também: através de transferência, seja bancária, seja de créditos para o seu cartão pré-pago internacional.

Isso acontece porque o valor que irá sair e a taxa que você irá conseguir será a mesma que teria se estivesse em território brasileiro. O processo é barato, seguro, rápido e prático em, em ambos os casos, pode ser feito pela internet.

Veja a diferença entre eles:

Comprar euro na Europa com cartão pré-pago

Tanto faz se você utilizar o cartão pré-pago para comprar euro no Brasil ou na Europa. A solicitação, no entanto, precisa ser feita antes de viajar a alguma empresa que oferece o serviço. Você precisará pagar a taxa de emissão e fazer o primeiro carregamento, por transferência bancária ou pagamento com boleto bancário.

A vantagem é que o valor do câmbio carregado no cartão fica travado. Ou seja: o que vale é o câmbio do dia da transferência, sem variar ao longo da viagem. Você pode comprar euro no Brasil ou na Europa, pois o carregamento pode ser feito de qualquer lugar, pela internet.

Comprar euro na Europa: sites de remessa de dinheiro

Atualmente, é possível encontrar várias plataformas que realizam transferências internacionais. As taxas costumam ser menores e o serviço é rápido. Conforme sugerimos mais acima, em transferências bancárias, nós do Euro Dicas costumamos usar a TransferWise, Remessa Online ou a Western Union, todas são confiáveis.

Custos para comprar euro no Brasil ou na Europa

É importante você entender que a taxa de câmbio flutua (e muito), como vimos, por diversos fatores, principalmente ligados à economia brasileira, deixando o real fraco em relação a outras moedas pelo mundo, especialmente a libra esterlina, o euro e o dólar.

Então, devemos ter consciência de sempre vamos perder dinheiro ao comprar moeda estrangeira em bancos ou em casas de câmbio, pois há impostos altos e o euro é uma moeda forte, como também vimos, bem mais do que o real.

Mas ao comprar euro no Brasil ou na Europa, é preciso estar atento às taxas cobradas pelas instituições. O mercado financeiro utiliza o euro comercial para realizar transações de comércio exterior e movimentações financeiras realizadas por empresas como importações e exportações.

Mas as casas de câmbio e os bancos utilizam o euro turismo nas operações de compra e venda de euros quando você vai viajar. Essa diferença pode ser muita, principalmente se você precisar trocar valores elevados. Se você não compreende bem a diferença entre o euro comercial e turismo, leia esse artigo e entenda.

Comprar euro no Brasil ou na Europa: taxa de câmbio

A taxa de câmbio é a relação entre o real e o euro. E quando o assunto é o câmbio da moeda, devemos nos basear no valor do euro turismo, que tem um preço mais alto, embutido na taxa de câmbio.

Imposto sobre Operações Financeiras – IOF

Sempre presente nas operações de câmbio, de crédito, de seguros ou em operações de títulos ou valores mobiliários, o IOF é o tributo federal que varia entre 0,38% e 6,38%.

A taxa de 0,38% é incidida sobre o valor de todas as remessas internacionais para contas de terceiros. Já a taxa de 1,1% incide sobre o valor das compras de moeda em espécie (no caso de casas de câmbio, por exemplo) e transferência internacional para uma conta da mesma titularidade.

O percentual mais elevado, de 6,38%, incide sobre o valor das transações efetuadas no exterior com cartões de débito, de crédito ou com cartões pré-pagos internacionais.

Este é um dos motivos pelos quais vale mais a pena transferir seu dinheiro para uma conta no exterior em vez de trocá-lo por euro. A taxa aplicada sobre quase todas as remessas internacionais feitas pela Remessa Online, por exemplo, é de 0,38%, a menor.

Tarifa de comissão

Cada instituição estipula sua tarifa de comissão para fazer o câmbio da moeda. Como ela não é obrigatória, varia de uma instituição para outra.

Taxa de entrega

Muitas pessoas optam por receber o dinheiro do câmbio em sua residência. Apesar de ser um serviço cômodo e mais seguro,  é preciso saber o valor que será cobrado pelo serviço, que também varia de instituição para instituição.

Boas práticas para comprar euro no Brasil ou na Europa

Diversos cuidados devem ser tomados ao comprar euro no Brasil ou na Europa. Confira alguns dos principais e esteja sempre atento.

1. Acompanhe noticiários políticos e a economia do país, além da cotação da moeda

Fique de olho nas notícias, levando sempre em consideração os acontecimentos políticos e econômicos, pois eles exercem enorme pressão no mercado financeiro e você pode “perder” muito dinheiro no momento de comprar euro.

Se está com viagem marcada para a Europa ou está programando, não deixe também de verificar, na internet mesmo, a cotação da moeda, que pode variar bastante de um dia para o outro devido a algum acontecimento, como, por exemplo, votação da reforma da previdência. A pesquisa é fundamental!

2. Evite o mercado paralelo

Realize sempre a troca da moeda em uma instituição credenciada pelo Banco Central do Brasil a operar com o mercado cambial.

Obviamente, existem taxas cobradas por bancos e casas de câmbio, mas, infelizmente, os impostos e taxas cobradas por essas instituições servem como garantia, uma vez que fazendo uma transação no mercado paralelo, você está desprotegido.

Veja o que escrevemos sobre enviar dinheiro para o exterior de forma segura.

3. Pesquise com antecedência

Eu sempre busco com, pelo menos, 2 meses de antecedência da viagem. Se o valor do euro tiver variando muito, vou comprando aos poucos. Assim, pode ter um dia que eu pague um câmbio muito alto, mas vai balancear com o dia que ele estiver mais barato.

4. Faça um orçamento de quanto você quer trocar

Planejar quanto você precisa em euros para saber quanto vai precisar em reais é um dos primeiros passos para não gastar mais do que o necessário. Se você tiver um montante fixo de quanto pode trocar, verificar diariamente a cotação é sempre a melhor maneira de conseguir um bom preço.

5. Esteja atento aos limites de valores

Cada pessoa física pode levar até R$ 10 mil (ou o equivalente em moeda estrangeira) em espécie sem precisar declarar o valor à Receita Federal. Caso queira levar mais dinheiro em sua viagem, deve fazer uma declaração à Receita Federal.

Se você está planejando uma viagem para o velho continente, saiba quanto dinheiro você deve levar para a Europa.

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Artigos relacionados

Cotação do Euro hoje: veja o valor em tempo real e como comprar

Confira qual a cotação do euro hoje, como calcular a cotação de forma simples e também algumas dicas para economizar na hora de comprar a moeda.

Por que o euro não para de subir? Temos as respostas

Entenda por que o euro não para de subir e está atingindo valores recordes, as consequências disso e conheça as melhores formas de transacionar euros.

Como comprar euro mais barato: dicas para economizar

Quer saber como comprar euro mais barato? Então confira nosso artigo com dicas simples e economize na hora de fazer o câmbio da moeda. Saiba mais.

Conversor de moeda: conheça os 5 principais e aprenda a utilizá-los

Quer converter dinheiro e não sabe qual conversor de moeda usar? Mostramos quais são os 5 principais e ensinamos como utilizá-los.

Taxa de câmbio: o que você precisa saber

Conhecer a taxa de câmbio é essencial para não perder dinheiro, quando precisar de trocar ou enviar reais para fora. Veja o que é, como calcular e dicas.

Cartão pré-pago internacional vale a pena? Veja prós e contras

Você já ouviu falar do cartão pré-pago internacional, mas não sabe como funciona? A gente explica as vantagens e desvantagens e onde adquirir o seu cartão.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube