Como trabalhar na Suécia, veja se precisa de visto

Como trabalhar na Suécia

Suécia  / 

Muito se fala da Suécia e da qualidade de vida que temos por aqui. E quem não quer morar em um país assim, certo?

Pois saiba que uma das formas de conseguir morar aqui legalmente é com um visto de trabalho, e é por isso que hoje eu trago um mini-guia completo para você que quer morar e trabalhar por aqui!

Salário mínimo na Suécia

Na Suécia não existe salário mínimo como existe no Brasil. É claro que aqui existem valores mínimos que devem ser pagos aos trabalhadores. Mas no geral todo o sistema que envolve salário é bem diferente do sistema brasileiro.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Não precisa se assustar porque ele é mais simples do que parece ser!

Se você quer saber tudo sobre a Suécia (custo de vida, língua, moeda, saúde, etc.), veja o que eu já escrevi sobre o assunto.

O salário mínimo para trabalhar na Suécia é negociado

Aqui na Suécia o valor dos salários costumam ser determinados através de acordos feitos entre o empregador e o empregado, ou entre o sindicato do empregado e o empregador, e assim vai.

Existem várias formas de negociar um salário, seja direto com o empregador ou através do tal sindicato (a maioria dos trabalhadores na Suécia faz parte de algum).

Saiba mais sobre salário na Suécia.

Então qual é o valor médio dos salários?

De acordo com o site oficial da Suécia a média salarial por aqui é de 32.800kr/mês (mais ou meos R$12.500/mês), isso antes do imposto sobre a renda ser descontado , e ele gira em torno de 30%.

Fatores influenciam valor do salário

É claro que o valor de um salário vai ter grande influência de vários fatores, como por exemplo carga horária, experiência, habilidades, idade, tempo de casa e (infelizmente) gênero. Sim, até aqui na Suécia ainda existe diferença salarial entre homens e mulheres que exercem o mesmo cargo e que tem a mesma carga horária.

Qual a média dos salários de acordo com a área?

Abaixo você pode conferir a média salarial de algumas profissões aqui na Suécia de acordo com o site Lönestatistik antes dos impostos serem descontados.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Os valores apresentados correspondem ao medellön (salário médio) que é calculado da seguinte forma: todos os salários de uma profissão são calculados/adicionados e o resultado desta soma é dividido pelo número total de referências que o site recebe de cada trabalhador.

Atenção: os valores correspondem ao salário bruto, ou seja, o valor do salário antes que os impostos sejam descontados.

Confira algumas profissões na Suécia

Salários de Profissões na Suécia

Nota: Os valores em real são aproximados.

Ocupação Salário em Coroa Salário em Real
Consultor de TI 34.182 kr/mês R$13.500/mês
Farmacêutico 34.284 kr/mês R$13.500/mês
Engenheiro civil 38.172 kr/mês R$13.500/mês
Enfermeiro 25.661 kr/mês R$15.100/mês
Dentista 40.399 kr/mês R$16.000/mês
Médico 52.328 kr/mês R$ 20.800/mês
Policial 27.629 kr/mês R$11.000/mês
Eletricista 25.257 kr/mês R$10.000/mês
Motorista de ônibus 22.724 kr/mês R$9.000/mês
Webdesigner 25.687 kr/mês R$10.000/mês

Você pode descobrir qual é o salário médio da sua profissão aqui na Suécia. O site está em sueco mas é possível usar o Google Tradutor caso você precise.

Visto de trabalho na Suécia

Como trabalhar na Suécia

De acordo com o site oficial do departamento de imigração da Suécia (Migrationsverket) você não precisa de um visto de trabalho se você:

  • Já tem um visto para poder morar no país;
  • Tem visto de estudante internacional em alguma instituição de ensino superior na Suécia (confira mais detalhes sobre isso daqui a pouco);
  • Tem um visto especial destinado a pesquisadores;
  • Tem visto de asilo;
  • Tem cidadania em algum outro país da União Europeia (muita calma nessa hora porque existem um “pequeno grande detalhe” que eu irei te explicar no final deste texto).

Se você não se encaixa em nenhum dos casos acima você vai precisar de um visto antes de vir trabalhar aqui na Suécia.

Porém o visto fornecido para quem trabalha como au pair, artista, colhedor de berries, pesquisador, atletas ou se você tem direito ao Cartão azul UE (vou falar mais sobre ele daqui a pouco) é diferente.

Conheça os tipos de visto para a Suécia.

É necessário ter uma oferta de emprego

Se você precisa de um visto de trabalho para poder trabalhar na Suécia você deverá ter uma oferta de emprego no país para poder aplicar para o visto.

O site do departamento de imigracão da Suécia deixa claro que você não poderá entrar no país e trabalhar antes do seu visto ser aprovado e que não não existe a possibilidade de uma permissão especial para quem quer vir para cá apenas para procurar trabalho em solo sueco.

oferta de emprego para trabalhar na Suécia

Como pedir visto para trabalhar na Suécia já no país

Se você já recebeu uma proposta de emprego e veio para a Suécia visitar o seu futuro local de trabalho,
em uma empresa ou com um cliente, em alguns casos é possível aplicar para o visto de trabalho já no país, mas apenas em casos onde a mão de obra seja extremamente escassa e se o trabalho da empresa ou cliente que irá te empregar seja afetado negativamente caso você não comece a trabalhar imediatamente.

Documentos para trabalhar na Suécia

Se você recebeu uma oferta para vir trabalhar na Suécia (primeiro, meus parabéns!) você obviamente precisará de alguns documentos. Confira a lista completa (em inglês).

Mas já adianto que quem deverá dar entrada para conseguir o seu visto de trabalho será a empresa ou cliente que está te contratando na aqui na Suécia.

Como procurar emprego na Suécia sem estar no país

Como você acabou de ler, infelizmente não existe a possibilidade de uma permissão para você poder vir procurar emprego aqui na Suécia.

Mas nem tudo está perdido porque a internet está aqui para te ajudar! Aqui está uma lista de sites de emprego na Suécia:

Trabalhar na Suécia como estudante

Se você tem um visto para estudar como estudante internacional em alguma instituição de ensino superior aqui na Suécia você pode trabalhar enquanto estuda, e por isso aqui vai uma dica de ouro: não tenha vergonha de perdir ajuda da universidade onde você irá estudar.

Procure o international office da sua instituição e diga que você gostaria de um trabalho de meio período, assim eles poderão te ajudar a conseguir um emprego aqui na Suécia enquanto você estuda.

E depois de concluir o curso?

Após o fim do seu período como estudante internacional aqui na Suécia você poderá pedir a extensão do seu visto por até seis meses para poder procurar trabalho ou começar a trabalhar em uma empresa sueca, e nesse caso, dependendo do emprego, você poderá aplicar para um visto de trabalho já estando aqui na Suécia. Confira mais detalhes clicando aqui (em inglês).

Dica: se você quer vir estudar na Suécia vale a pena participar da feira de universidades suecas que percorre o Brasil todos os anos.

O que é o Cartão azul UE

De acordo com o site oficial da União Europeia, “o Plano Cartão Azul da UE pretende tornar a Europa num destino mais atraente para pessoas de educação superior que não sejam naturais da União Europeia. Todos os estados membros da UE, à exceção do Reino Unido, Dinamarca e Irlanda, participam no plano Cartão Azul da UE.

Saiba mais detalhes sobre o Cartão Azul, quem pode solicitar este cartão e como solicitar.

Trabalhar como Au Pair na Suécia

Um dos tipos de visto de trabalho mais comuns aqui na Suécia entre as pessoas mais jovens é o de au pair.

Para resumir, quem trabalha nessa área cuida de crianças e faz algum trabalho doméstico ligado à criança em troca de um lugar para morar enquanto estuda sueco e aprende sobre a cultura do país. As especificações sobre o que a pessoa deverá fazer é decidido entre ela e a família que irá contratar o serviço, e geralmente o “salário” é na verdade uma ajuda de custo (portanto não se iluda).

Quem pode ser Au Pair na Suécia?

Homens e mulheres podem aplicar para esse tipo de visto desde que tenham entre 18 e 30 anos, provem que estudarão a língua sueca enquanto estiver no país, provem que foi contratado(a) por uma família que mora na Suécia e que não fará trabalhos domésticos por mais de 25 horas por semana. Importante: o visto de Au Pair não dá direito a trazer familiares para o país.

Saiba mais sobre como ser au pair na Suécia (site em inglês).

Dicas para conseguir um emprego na Suécia

Aprenda sueco

Se você quer aumentar as suas chances de conseguir um emprego na Suécia você precisa começar a estudar sueco agora.

E sim. A maioria dos suecos fala inglês, com diferentes níveis de fluência, claro, mas a língua nacional é a língua sueca, e ao menos que o seu currículo seja tão bom ao ponto de você ser recrutado mesmo sem saber falar sueco, você dificilmente vai conseguir um emprego sem falar o idioma (já morando no país ou não e mesmo que o emprego seja para um cargo simples, os chamados “subempregos”).

Entre em contato com empresas suecas

Não tenha medo de demonstrar seu interesse em trabalhar em certas empresas (mas faça isso com bom senso, claro).

Confira o site de cada uma para ver se eles listam alguma vaga por lá e/ou consulte os sites que eu deixei ali em cima, pesquise sobre a empresa (história, missão, etc), monte um belo currículo e uma boa carta de apresentação e entre em contato com o RH das tais empresas.

Mesmo que não exista nenhuma vaga no momento, se você for muito bom no que faz você pode acabar conseguindo um emprego mesmo assim, ou pelo menos a empresa poderá lembrar de você quando surgir uma vaga no futuro.

Faca parte de sindicatos

Ok, esta dica é válida mais para quem já mora no país, porém vale a pena você pelo menos conferir o site de sincidatos suecos. Aqui estão três dos maiores:

Trabalhe em empresas suecas no Brasil

Pesquise quais empresas suecas da sua área atuam no Brasil e tente conseguir uma vaga lá. Eu conheço vários casos de pessoas que vieram trabalhar na Suécia porque já trabalhavam em uma empresa sueca no Brasil e por algum motivo foram transferidas para cá.

Trabalhar na Suécia e imigrar com a família

Geralmente quem recebe um visto para poder trabalhar aqui na Suécia pode trazer alguns membros da família quando se mudar para cá.

É possível trazer a(o) esposa(o), parceiro(a) de união estável e filhos de até 21 anos que não sejam casados. Em alguns casos filhos maiores de 21 anos também podem receber a permissão para morar no país desde que sejam financeiramente dependente da pessoa que está vindo trabalhar na Suécia.

Trabalhar na Suécia com um passaporte europeu

Se você tem um passaporte de algum dos países da União Europeia você tem direito de trabalhar na Suécia e pode começar a trabalhar assim que chegar no país caso encontre um emprego, porém para poder se registrar como residente na Suécia e tirar o seu “CPF sueco” (personnummer) você precisará provar para a Receita Federal sueca (Skatteverket) que você já tem ou terá um emprego.

Esse “CPF sueco” vai ser necessário para fazer praticamente tudo no país: abrir conta no banco, comprar imóveis, etc. Isso tudo parece muito óbvio, certo? Mas é exatamente essa parte que confunde muita gente.

Atenção às exigências do país

Como cidadão europeu você tem o tal direito de permanecer na Suécia, seja para trabalhar, estudar ou apenas morar, porém o que pega muita gente de surpresa é justamente a exigência que a Receita Federal sueca faz: para poder se registrar lá você vai precisar provar que já tem ou terá um emprego certo.

Mesmo tendo o direito de permanecer no país, para conseguir o número que vai te permitir viver sua vida normalmente por aqui (o tal CPF sueco) você precisará provar que tem ou terá o tal emprego (me perdoem a repetição, mas neste caso ela é necessária).

O que isso quer dizer na prática, afinal?

Bom, isso quer dizer que não basta só ter um passaporte europeu para conseguir ter “uma vida normal” aqui na Suécia (que depende completamente do CPF sueco), justamente pela exigência da receita federal sueca na hora de você se registrar (eu sei que repeti a mesma coisa mais uma vez, mas quero tentar esclarecer a confusão que as pessoas fazem de vez em quando).

Na Suécia passaporte europeu não basta para trabalhar legalmente

E é o que eu sempre falo. Só ter o passaporte europeu não é o suficiente, aqui na Suécia.

Você tem o direito de permanecer no país, mas você também tem que ter um motivo para estar se mudando para cá mesmo sendo cidadão europeu.

Esse tal motivo pode ser um emprego, estudos (no ensino superior) ou um relacionamento com um(a) sueco(a) ou com alguém que tenha visto de moradia permanente no país.

Mais informações para trabalhar na Suécia com passaporte europeu

Obtenha mais informações sobre trabalhar na Suécia nos sites da Receita Federal sueca (Skatteverket) e no Departamento de Imigração da Suécia (Migrationsverket).

E destas formas, você conseguirá trabalhar na Suécia.

Você trabalha ou já trabalhou na Suécia ou em alguma empresa sueca no Brasil ou em algum outro país? Que tal deixar um comentário e contar a sua experiência?

Taís é natural do Espírito Santo e mora na Suécia há mais de 6 anos. Criou o Aqui no Exterior, um canal no YouTube, página no Facebook e perfil no Instagram onde ela mostra tudo sobre a vida no exterior, sobre viagens, sobre intercâmbio e tudo que tem a ver com esses temas.