Dirigir em Portugal: principais diferenças em relação ao Brasil

Portugal  / 

Muitos brasileiros que pretendem viajar para a Europa, optam por alugar um carro e dirigir em Portugal. Se você está planejando visitar ou morar em Portugal e tem dúvidas sobre como é dirigir em Portugal, hoje vamos tirar todas suas dúvidas.

Pensando em se mudar para Portugal? Conheça o nosso Guia

Venha morar em Portugal sem complicações nem imprevistos com a orientação do nosso guia Como Morar em Portugal.


Num só lugar você vai encontrar o passo a passo para conseguir trabalho em Portugal, cidadania ou visto, saber os documentos obrigatórios, tudo sobre custo de vida, educação, as melhores cidades para morar e muito mais.

AMOSTRA GRÁTIS »

Brasileiros podem dirigir em Portugal?

Sim, os brasileiros que visitam Portugal podem dirigir com a Carteira de Motorista Brasileira por até 183 dias a contar da data de entrada no país. Já para quem vem para morar em Portugal é importante fazer a troca da CNH antes desse prazo de 6 meses.

Por essa razão, é importante que saiba como fazer a troca da carteira de motorista em Portugal.

Carteira de motorista internacional

Para dirigir em Portugal não é necessário ter a carteira de motorista internacional, pois a brasileira é válida. Descubra como funciona a permissão internacional para dirigir e em quais países é necessário.

Diferenças entre dirigir em Portugal e no Brasil

Existem muitas diferenças entre dirigir em Portugal e no Brasil. A começar pela qualidade das estradas. Confira abaixo a lista que preparamos:

1. Autoestradas e nacionais

No país europeu há sempre duas opções de estradas, a estrada privatizada, que é paga, e a nacional, de graça. As autoestradas são duplicadas (e às vezes com mais pistas) e possuem pedágios, chamados de portagens. O limite de velocidade nas autoestradas é de 120 km/h.

Já as estradas nacionais em Portugal passam por dentro das cidades e têm limite de 50 km/h. A qualidade é boa, mas elas são pistas simples, o que faz a viagem demorar bem mais.

2. SCUT

Além das portagens em que você pode optar por pagar na hora (em dinheiro ou cartão de débito/crédito), você pode comprar ou alugar o Via Verde, pois existem os indigestos Scuts. Eles são uma pegadinha em Portugal e fazem muita gente pagar multas altíssimas.

Os Scuts são pedágios eletrônicos, com estruturas de cobrança automática. Você não pode pagar na hora, apenas 72 horas após passar pelo local. O pagamento dos Scuts é feito em redes PayShop e nos Correios (CTT), informando a matrícula (placa) do carro. Se você esquece de pagar, ou não sabe, recebe multas altíssimas em casa.

Você pode acessar ao site da Ascendi, para ver um mapa de estradas e de pedágios pelo país.

3. Circulação pela direita

Quando você estiver dirigindo em Portugal, deve circular sempre pela direita nas autoestradas. A lei obriga a circulação de veículos sempre pela pista da direita, deixando as demais da esquerda livres. Você deve utilizar as pistas da esquerda apenas para ultrapassar.

4. Limite de velocidade

É importante saber que para dirigir em Portugal é preciso respeitar as velocidades mínimas e máximas permitidas. Nas estradas nacionais, não há velocidade mínima e a máxima é de 50 km/h (salvo indicação em contrário). Já nas autoestradas, a velocidade mínima é de 50 km/h (com placas informando a pista) e máxima de 120 km/h.

5. Polícia Rodoviária

Em Portugal não existem postos da Polícia Rodoviária. A fiscalização é feita através de câmeras e por carros da GNR (Guarda Nacional Republicana). Os policiais utilizam carros bem potentes e sem identificação. Então, tenha sempre cuidado e respeite os limites de velocidade, ou as multas podem ser bem salgadas.

6. Seguro obrigatório

Ao comprar um carro em Portugal, saiba que é necessário ter um seguro obrigatório. Os valores médios anuais são de 150€ e variam de acordo com o carro e idade do motorista. Seguros totais são bem raros de serem feitos em Portugal.

Cuidados extras para dirigir em Portugal

Em Portugal, os motoristas realmente param na faixa de pedestres (chamada passadeira em Portugal) para as pessoas atravessarem. Por isso, esteja sempre atento aos pedestres (chamados peões) e pare sempre na faixa. Em caso de atropelamento, o motorista vai a julgamento e pode ter que pagar multas altíssimas.

Dirigir em Portugal: a qualidade das estradas

Como são as estradas em Portugal?

As estradas em Portugal são excelentes e cruzam o país de norte a sul e leste a oeste. Ao todo são 721 km de distância para atravessar todo o país de norte a sul.

Veja também como fazer o planejamento para viajar de motorhome na Europa.

Como é o trânsito em Portugal?

De maneira geral, o trânsito de Portugal é bem pacífico. Há respeito entre os motoristas e o trânsito com engarrafamento acontece apenas nas grandes cidades (Lisboa e Porto).

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Nas demais cidades como Braga e Coimbra, por exemplo, o trânsito com filas acontece apenas nos horários de rush (chamados de horários de ponta em Portugal).

Acidentes de trânsito em Portugal

Se você se envolver em algum acidente de trânsito em Portugal, saiba que é obrigatório o uso de um colete refletor para os dois condutores. Além disso, não é necessário chamar a Polícia (caso não haja vítima).

Os condutores devem ter um documento do seguro dentro do carro e os dois motoristas devem preencher e assinar. Se a batida não tiver acordo, os motoristas precisam pagar para fazer o Boletim de Ocorrência e acionar a polícia.

Os custos com pedágios para dirigir em Portugal

Os pedágios em Portugal são bem altos. Por exemplo: para ir de Braga a Lisboa (ida e volta) o motorista gasta 51,10€ em pedágio. Já do Porto a Lisboa são 44,40€ (ida e volta). De Viana no Castelo (no norte) até Faro, no Algarve (sul do país) o valor do pedágio é de 97,10€ (ida e volta).

Por isso, se você vai fazer uma viagem sozinho, compensa mais financeiramente usar o transporte público em Portugal. Pegar um trem (comboio) ou ônibus (autocarro) para se locomover dentro do país. Mas se preferir alugar um carro em Portugal, poderá conhecer lugares mais afastados, praias e aldeias, por exemplo. Tudo depende do seu bolso e do orçamento de viagem.

Antes de planejar sua viagem, confira como são as estações do ano na Europa e programe suas férias.

O nome (e preços) dos combustíveis

Em Portugal o nome dos combustíveis são diferentes, confira:

Combustível Preço
Gasolina normal = gasolina simples. De 1,37€ a 1,41€
Gasolina aditivada = gasolina 98 De 1,44€ a 1,50€
Diesel comum = gasóleo simples De 1,21€ a 1,26€
Diesel aditivado = gasóleo especial De 1,26€ a 1,30€
Gás Natural = GNC 1,18€

Os valores foram consultados em outubro de 2019. Para conferir os preços dos combustíveis acesse o site do governo e compare os valores praticados.

Multas de trânsito em Portugal

As multas de trânsito em Portugal têm valores bem altos e variam de acordo com a potência do carro. Os valores das multas para quem dirige em Portugal iniciam em 60€ e vão até 2.500€.

Curiosidades sobre dirigir em Portugal

Uma curiosidade é que praticamente todos os portugueses gostam de deixar o carro na rua e não guardam na garagem. Um hábito bem estranho para nós brasileiros. Mesmo tendo garagem, eles deixam o carro na chuva, no sol e vento, isso por conta da segurança.

Em Portugal também quase não existem lombadas/quebra molas (físicas) e não há rodízio de carros como em São Paulo, por exemplo. Geralmente não existem frentistas nos postos de gasolina, por isso, você precisa abastecer sozinho e também lavar o carro sozinho nos postos de combustíveis.

Viajando com o tanque cheio

Outra curiosidade sobre Portugal é que os postos de gasolina são chamados de bombas. Além disso, prepare-se para viajar pelas autoestradas com o tanque cheio e a bexiga vazia! Os postos de serviços nas estradas ficam a 40 quilômetros de distância uns dos outros. Uma aventura, para quem não anda com o tanque sempre cheio.

Eu e meu marido, por exemplo, já tivemos que entrar em cidades para abastecer, porque o próximo posto estava longe demais, um sufoco, que graças ao GPS foi resolvido e deu tudo certo!

Conheça outros costumes de Portugal e as diferenças em relação ao Brasil.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.