Seguro Viagem

Seguro médico Europa: o que é, coberturas e vantagens

Passagens compradas, roteiro preparado e várias outras providências são importantes para a viagem dar certo. E o Seguro médico Europa é um dos itens que também não podem faltar. É preciso sempre levar em conta que podemos ficar doentes de repente, sofrer um acidente e precisar da assistência do seguro. Quando falamos de Seguro médico Europa, vale destacar que ele não apenas é recomendado, como se torna obrigatório nos 26 países do continente que assinaram o Tratado de Schengen. Em resumo, se este documento for pedido na chegada pelo agente de imigração e você não possuir o Seguro médico Europa, corre o risco de não entrar no país. Uma situação grave que pode ser facilmente evitada. Portanto, não se preocupe, pois neste artigo você vai ficar bem informado sobre este detalhe e todos os outros de que você precisa para viajar tranquilo. Confira.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança na TransferWise, que funciona em toda a Europa.


A TransferWise não exige comprovação de rendimentos, você só precisa ter um endereço na Europa.

ABRIR CONTA »

O que é o Seguro médico Europa?

Ele pode ser comparado a um plano de saúde individual, válido apenas durante o período de viagem. Com o Seguro médico Europa, facilita-se o acesso ao atendimento em clínicas, hospitais e até no próprio hotel em caso de alguma emergência de saúde, como doenças e acidentes. Não pode ser utilizado, portanto, para uma consulta médica eletiva, agendada e sem qualquer urgência. Conheça o CDAM, que pode garantir assistência médica gratuita aos brasileiros em alguns países da Europa. Veja também como funciona o cartão europeu de saúde.

Qual a diferença entre assistência viagem e seguro de viagem?

Esta é uma dúvida muito frequente e simples de responder. Até 2016, no seguro de viagem, a pessoa pagava primeiro as despesas médicas e solicitava o reembolso no retorno ao país. Já para quem possuía a assistência viagem, por sua vez, bastava entrar em contato com a seguradora no momento da emergência e ela mesma pagava a conta do atendimento médico.

O que mudou de fato

Em 2016, entrou em vigor uma nova resolução da Susep (Superintendência de Seguros Privados). Neste entendimento, o termo assistência viagem deixava praticamente de existir e tudo passava a ser denominado seguro viagem. Com isso, o viajante passou a ter poder de escolha durante uma emergência, com duas opções básicas. Ele poderia acionar a seguradora para ser atendido em uma rede conveniada; ou se dirigiria ao local de sua preferência, pagava as despesas do próprio bolso e seria reembolsado após retornar da viagem. A Susep, que regulamenta o setor, estabeleceu regras para a comercialização de seguro viagem. Os planos oferecidos por todas as seguradoras autorizadas devem oferecer pelo menos um destes itens obrigatórios:

  • Cobertura de despesas médicas, hospitalares e odontológicas;
  • Traslado de corpo;
  • Regresso sanitário;
  • Traslado médico;
  • Morte em viagem;
  • Morte acidental em viagem;
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem.

A boa notícia é que a grande maioria de planos do Seguro médico Europa e outros seguros de viagem passaram a incluir todos estes itens e vários outros serviços que se tornaram essenciais. Saiba mais sobre o que é seguro viagem e as outras coberturas incluídas.

O que mais o Seguro médico Europa cobre?

Na prática, o Seguro médico Europa também passou a funcionar como seguro viagem. Significa que, além de cobrir consultas, exames e internações de emergência, inclui uma série de serviços muito úteis. Entre eles, o reembolso de medicamentos receitados no atendimento de emergência, traslado até o hospital se necessário, indenização e assistência em caso de extravio de bagagem, cancelamento de voo, auxílio jurídico, extensão da hospedagem por motivos médicos. E até mesmo repatriação de corpo e indenização por morte acidental, no caso de falecimento no exterior. Portanto, o Seguro médico Europa é completo, sendo muito mais do que um seguro de saúde.

Conheça nosso ranking do melhor seguro viagem.

Em que países o Seguro médico Europa é obrigatório?

Lembra que no início do texto comentamos sobre o Tratado de Schengen? Pois bem, este acordo entre 26 países europeus levou à abertura de fronteiras e livre circulação de pessoas entre os estados-membros. É graças a ele que o turista não tem mais a necessidade de apresentar o passaporte a cada fronteira, quando vai de um país a outro dentro do Espaço Schengen. Ao mesmo tempo, foi estabelecida a obrigatoriedade do Seguro médico Europa para os turistas, que precisa ter um valor mínimo de reembolso de despesas médicas de 30 mil euros. As exceções são para brasileiros com dupla cidadania europeia ou residentes legais em um dos países do Tratado de Schengen. Listamos a seguir onde o Seguro médico Europa é exigido atualmente:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Chipre;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Islândia;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Liechtenstein;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Noruega;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • República Tcheca;
  • Suécia;
  • Suíça.

Quanto custa o atendimento médico na Europa?

Para não restar nenhuma dúvida sobre a importância do Seguro viagem Europa, fizemos uma relação dos valores médios de procedimentos de saúde. Em locais como Reino Unido e Suíça, os valores são altíssimos. Já em Portugal e Espanha, são mais acessíveis, mas ainda caros para um brasileiro.

Dentista 200€
Atendimento em domicílio 350€
Ressonância Magnética de 130€ a 788€
Tomografia computadorizada do abdomen de 85€ a 860€
Colonoscopia de 589€ a 3.059€
Apendicectomia (apêndice) de 2.003€ a 8.009€
Diária de hospital de 424€ a 4.781€
Atendimento de urgência considerada leve, como otite (inflamação de ouvido) ou resfriado 2 mil €
Urgência mediana, como fratura de osso ou cirurgia pouco complexa 12 mil €
Urgência alta, como acidente com necessidade de terapia intensiva 4 mil € por dia
Parto normal de 1.950 € a 7.751€
Repatriação sanitária complexa 25 mil €
Repatriação por morte 7 mil €

No artigo sobre saúde na Europa, você encontra ainda mais detalhes e as variações – que são grandes – entre os países.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com toda segurança.

VER COTAÇÃO »

Quanto custa o Seguro médico Europa?

Varia bastante, de acordo com a duração da viagem, a seguradora que irá escolher, a quantidade de itens cobertos e os valores de reembolso de cada um deles. Em alguns casos, pode haver acréscimo de preço para determinadas faixas de idade, principalmente acima de 70 anos. Planos com coberturas estendidas para esportes radicais também podem custar um pouco mais caro. Para você ter uma ideia melhor, fizemos uma cotação de planos com várias faixas de preço para 10 dias de viagem à Europa, por pessoa. Para encontrar valores tão bons, utilizamos nosso comparador de seguros viagem, uma parceria com o Portal Seguros Promo:

  Travel Ace TA 40 Especial – Internacional Intermac 60 Prata Assist Card AC 150 + Telemedicina Assist Trip AT 250 Inter
Despesas médicas USD40 mil USD60 mil USD150 mil USD250 mil
Reembolso de gastos por atraso de voo USD350 (12 horas) USD100 (6 horas) USD200
Indenização por bagagem extraviada USD1.200 complementar USD1 mil suplementar USD1.200 complementar USD1.500 complementar
Valor R$99,70 R$176,90 R$229,10 R$1.208,10

*Pesquisa realizada em novembro de 2019. Seguro saúde Europa

6 benefícios do Seguro médico Europa

Como você notou, a cobertura mais completa – que alia o suporte em emergências de saúde a serviços que minimizam imprevistos de viagem – é, em si, o maior benefício do Seguro médico Europa. Mas há muito mais:

Coberturas personalizadas para o viajante

Ao contratar um Seguro médico Europa, você poderá escolher entre vários planos que atendam a necessidades específicas, se houver. Esse benefício interessa especialmente a gestantes, idosos e pessoas com doença preexistente (diabetes ou condições cardíacas, por exemplo). E também pode se adaptar de acordo com atividades que serão realizadas na viagem, como seguro viagem esportes radicais ou o seguro viagem estudante para quem pretende fazer intercâmbio.

Atendimento em português

Quando precisar acionar o Seguro médico Europa, seja por um problema de saúde ou contratempo na viagem, saiba que a maioria das empresas disponibiliza atendimento em português. E isso é uma garantia a mais de tranquilidade, pois eles conseguirão explicar onde fica o hospital mais próximo ou os trâmites para recuperar sua mala extraviada, entre outras instruções. Para ajudar, indicamos este artigo com dicas de inglês para viagem.

Reembolso de despesas não previstas

Gastos com medicamentos receitados, despesas com alimentação devido a um voo muito atrasado e até as altíssimas faturas depois de um procedimento hospitalar ou odontológico (caríssimos na Europa) são pagos pelo seguro. Sempre, é claro, dentro do limite do valor contratado na apólice. Isso garante que o seu orçamento de viagem ficará dentro do planejado – ninguém prevê dinheiro para médicos e este tipo de situação, afinal. Saiba como funciona o seguro viagem e o pedido de reembolso.

Acesso ao médico

Para quem não tem Seguro médico Europa, nem sempre há garantia de atendimento rápido ou que o turista será aceito pelo hospital. Para não ser pego de surpresa em um momento crítico, vale contar com um bom plano que poderá encaminhar você o mais rápido possível a um profissional de saúde – ou até envia o médico ao hotel, dependendo do caso.

Traslado de corpo e repatriação sanitária

Infelizmente, ninguém quer pensar sobre estes assuntos, mas doenças graves e até morte do viajante são possíveis. Caso isso aconteça, além da dor e tristeza de uma morte repentina, os familiares ainda poderão ficar com uma dívida altíssima para transportar os restos mortais da Europa para o Brasil. É uma despesa alta, que pode ficar em torno de 40 mil euros, mas que é oferecida a quem tem o Seguro médico Europa.

Proteção para suas malas

Há muitos problemas que podem acontecer com sua mala, como extravio de bagagem, atraso ou malas danificadas. Em todas essas situações, o Seguro médico Europa também pode ajudar a resolver. Basta ligar para a central de atendimento e eles irão orientar sobre os próximos passos. E necessário, eles disponibilizam um valor em dinheiro para despesas de urgência, especialmente com itens de higiene pessoal e vestuário, dentro dos limites estabelecidos na apólice.

Onde cotar?

Você encontra diversas opções de Seguro médico Europa utilizando nosso comparador de seguros viagem ou o site parceiro Seguros Promo. Basta inserir o destino, datas de ida e volta e alguns dados pessoais – que servem para receber alguns descontos e atendimento personalizado. Aproveite!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas.
Compartilhe

Luciana Andrade

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Artigos Relacionados

Fechar