Aposentadoria na Inglaterra: quem tem direito e como funciona

Inglaterra  / 

Com o envelhecimento da população em diversos países, temas como aposentadoria e previdência ganham importância. No Brasil, as discussões dominam os noticiários. Imagine então na Europa, onde o processo está acelerado e a expectativa de vida continua a crescer. O Reino Unido realizou diversas mudanças nos últimos anos, então neste artigo vamos explicar como funciona hoje a aposentadoria na Inglaterra.

Viver em Portugal com a sua Aposentadoria?

Sabia que você pode levar o seu tempo de contribuição para se aposentar em Portugal?


Maximize o valor da sua aposentadoria tendo contribuições no Brasil e Portugal sendo orientado por especialistas.

SABER MAIS »

Aposentadoria na Inglaterra: qual o valor máximo a que a população tem direito?

A Aposentadoria na Inglaterra também é conhecida como Pensão Estadual. A pensão completa do Estado é de £168 por semana, calculada pelas contribuições registradas no número de Seguro Social do cidadão. A partir da reforma que fixou a data de 6 de abril de 2016 para algumas mudanças, definiu-se que o valor não pode ser menor que £151,25 por semana.

Receber uma quantia maior é possível, caso a pessoa acumule o benefício com outro concedido pelo estado. Outra opção é adiar o pedido de aposentadoria para ampliar o tempo de contribuição e aumentar a quantia que você recebe. Quem tem outros rendimentos, como uma previdência privada, também consegue ter um rendimento um pouco mais alto.

A média mensal do valor da aposentadoria na Inglaterra é considerada baixa, de £154 libras semanais para homens e £126 libras para as mulheres.

Os aumentos do pagamento são anuais e podem ser atrelados a um destes dois índices (é considerado o maior, no momento do cálculo): crescimento percentual médio dos salários na Grã-Bretanha ou o crescimento percentual dos preços no Reino Unido, no Índice de Preços ao Consumidor (IPC).

É suficiente para ter um bom padrão de vida?

O valor recebido pela aposentadoria na Inglaterra não costuma ser suficiente para levar uma vida confortável na velhice, com £672 por mês, no máximo. Para efeito de comparação, consultamos uma matéria da BBC que falava sobre o preço dos alugueis em média no Reino Unido. Vai depender do custo de vida de cada região, mas oscila entre £600 e £750 mensais, para um apartamento com um quarto.

Mas calma. A lei britânica obriga as empresas a fornecerem esquemas de pensão privada aos seus funcionários, para complementar a renda.

Aproveite e veja este artigo sobre a questão do emprego na Inglaterra.

Com que idade é possível pedir a aposentadoria na Inglaterra?

Homens e mulheres podem solicitar a Aposentadoria na Inglaterra com a mesma idade mínima, de 65 anos. A Previdência britânica tem sido rediscutida e passou por várias reformas. Graças às novas medidas, até o ano de 2039 a idade mínima para Aposentadoria na Inglaterra vai subir para 68 anos. A estimativa é que o governo economize aproximadamente 150 bilhões de reais com essa alteração.

Aqui no Euro Dicas, já foi publicado um artigo sobre se aposentar na Europa, contando como é a realidade de cada país. As regras têm sido bastante alteradas, mas em linhas gerais a idade mínima varia de 60 a 65 anos no continente, com a perspectiva de ser elevada a 67 anos em um futuro muito próximo. Atualmente, no Brasil, a regra é por tempo de contribuição: 35 anos para homens e 30 para as mulheres.

Como solicitar a aposentadoria na Inglaterra

  • A primeira forma é se qualificar para receber a aposentadoria máxima do governo;
  • A segunda maneira, que é complementar, é ativar o plano de pensão feito pelo cidadão ou pelo empregador, se tiver. Ele costuma ser realizado em instituições credenciadas que gerenciam fundos de pensão. Há um número cada vez maior de planos, diante da demanda atual e que tende a aumentar. Ao mesmo tempo, destacamos que também existem muitos golpes. É preciso ter atenção.

Vamos nos concentrar aqui no processo da aposentadoria na Inglaterra, solicitada ao governo. Veja os requisitos, além da idade, necessários para o pedido da chamada New State Pension, que é o novo regime vigente de Aposentadoria na Inglaterra desde 2016.

Requisitos

  • Ser homem nascido em ou após 6 de abril de 1951 ou mulher nascida em ou após 6 de abril de 1953 (quem atingiu a idade mínima de 65 anos antes de 6 de abril de 2016, receberá a aposentadoria sob as regras antigas);
  • Ter 35 anos qualificados para receber a nova Pensão do Estado. A quem tiver entre 10 e 35 anos de qualificação, será pago um valor proporcional ao tempo.

Nestes 10 anos, a pessoa deve ter se encaixado em um destes perfis:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »
  • Trabalhador que pagou contribuições para o Seguro Nacional;
  • Quem estava recebendo créditos do Seguro Nacional, por exemplo, se estava desempregado, doente, tornou-se pai ou responsável;
  • Quem estava pagando contribuições voluntárias ao Seguro Nacional, como um trabalhador autônomo, por exemplo;
  • Cidadão que viveu ou trabalhou no exterior.

Onde pedir a aposentadoria na Inglaterra

Um trabalhador não recebe o benefício se não reivindicá-lo. O mesmo acontece no caso da aposentadoria na Inglaterra. O que o governo faz é enviar uma carta, por volta de dois meses antes de atingir a idade da Pensão Estadual, informando o que fazer. O pedido pode ser realizado:

É possível receber o benefício e continuar trabalhando?

Sim. A lei permite trabalhar após a idade da aposentadoria na Inglaterra, mesmo reivindicando este benefício. Neste caso, não será mais preciso pagar o Seguro Nacional. Também é possível solicitar acordos de trabalho flexíveis, se for necessário.

aposentadoria na Inglaterra idosos

Veja neste artigo como é morar na Inglaterra.

Prós e contras de ter uma aposentadoria na Inglaterra

Desvantagens

  • Redução significativa no padrão de vida, pois a porcentagem do salário que o trabalhador passa a receber quando se aposenta na Inglaterra é de apenas 21,6% em média. Na França, é de 68% e no Brasil, 70%;
  • Perspectiva do aumento da idade mínima para pedir a aposentadoria na Inglaterra, de 65 para 68 anos em curto prazo;
  • O valor pago pelo governo não é suficiente para viver no país, então é preciso continuar a trabalhar para complementar a renda ou ter se planejado antes para pagar um plano privado;
  • Incertezas econômicas no país, que podem interferir no custo de vida e no aumento de impostos, diante do cenário da saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit).

Vantagens

Elas estão mais ligadas à qualidade de vida do país e a serviços públicos organizados, de modo geral. Por exemplo:

  • Acesso a excelentes serviços do governo, como o Sistema de Saúde Público (National Health System – NHS), que é o mais antigo do mundo e reconhecido como um dos melhores em termos de eficiência administrativa, acesso aos serviços e bons resultados. Veja como funciona o sistema de saúde da Inglaterra neste artigo;
  • Segurança nas cidades;
  • Poder morar em cidades menores, com excelente infraestrutura para idosos e muita tranquilidade – às vezes, com um custo de vida menor que nas metrópoles;
  • Transporte público de qualidade, com destaque para ônibus e metrôs nas grandes cidades. Para saber mais, veja este artigo sobre o transporte em Londres.

Seguro de viagem para a Inglaterra

Quem viaja para a Inglaterra a turismo não é obrigado a contratar um seguro viagem. Contudo, é recomendável adquirir um antes de viajar. Os turistas só têm direito a atendimento em casos de urgência ou acidentes, além de precisar pagar todas as despesas do hospital e os medicamentos.

O ideal, portanto, é contratar um seguro viagem que cubra gastos com médicos e outras despesas hospitalares. Utilize o nosso comparador de seguros viagem para encontrar planos com um bom custo-benefício ou faça a busca no site Seguros Promo. Nos dois, você ganha 5% de desconto se realizar o pagamento com boleto bancário, à vista.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.