Conseguir a aposentadoria na Inglaterra está nos planos de muitos brasileiros que sonham em viver no país. Para ajudar você a conquistar esse objetivo, neste artigo explicamos como o sistema de aposentadoria inglês funciona, requisitos exigidos, como solicitar e muito mais.

Mas antes, respondemos a três perguntas sobre o assunto. Acompanhe!

Perguntas Respostas
Qual o valor da aposentadoria no Reino Unido? O valor integral da aposentadoria na Inglaterra é de £203,85 por semana.
Como funciona a pensão na Inglaterra? A State Pension funciona com base no sistema de contribuições para o National Insurance e idade do contribuinte.
Com quantos anos pode se aposentar na Inglaterra? Atualmente, a idade mínima para se aposentar na Inglaterra é de 66 anos para homens e mulheres.

Como funciona a aposentadoria na Inglaterra?

A aposentadoria na Inglaterra, conhecida como State Pension, funciona com base no sistema de contribuições para o National Insurance. Ao alcançar a idade mínima para aposentadoria, homens e mulheres com um histórico de pelo menos 10 anos de contribuição podem solicitar o benefício.

O valor é calculado com base no histórico de contribuições no National Insurance. Assim, quanto mais tempo de contribuição você tiver, maior será o valor da sua aposentadoria.

Além da State Pension, muitos ingleses contratam planos de previdência privada, como as Personal Pensions ou Occupational Pensions para complementar sua renda na aposentadoria. Por serem contributivos, eles exigem que o indivíduo faça aplicações regularmente durante a vida para formar um fundo de aposentadoria.

Idosa solicitando aposentadoria na Inglaterra pelo site do governo.
Os ingleses podem solicitar aposentadoria pelo State Pension ou atrvés de planos de previdência privada.

Vale lembrar que o sistema de aposentadoria na Inglaterra está sujeito a mudanças ao longo do tempo, incluindo ajustes nas idades de aposentadoria e nos benefícios disponíveis. Por isso, é importante ficar atualizado sobre essas regras ao planejar a aposentadoria na Inglaterra.

Com que idade se aposenta na Inglaterra?

Atualmente, a idade mínima para se aposentar na Inglaterra é de 66 anos para homens e mulheres. No entanto, a estimativa é que ela comece a aumentar gradualmente para 67 anos a partir de 6 de maio de 2026 até 2028, para aqueles nascidos em ou após abril de 1960.

É importante lembrar que a idade para solicitar a aposentadoria na Inglaterra é revisada regularmente. Para se aposentar com base na nova Pensão do Estado, os requerentes devem ter nascido em:

  • Homens nascidos em ou depois de 6 de abril de 1951;
  • Mulheres nascidas em ou depois de 6 de abril de 1953.

Caso tenha nascido antes, essas regras não se aplicam. Ao invés disso, o requerente deverá solicitar a pensão básica do Estado ou a pensão adicional.

Qual o valor da aposentadoria na Inglaterra?

O valor integral da aposentadoria é de £203,85 por semana. No entanto, essa quantia pode variar dependendo do registro do requerente no Seguro Nacional e de aspectos como:

  • Se foi contratado antes de 2016;
  • Número de anos de qualificação para o Seguro Nacional;
  • Pagamento da Pensão Adicional do Estado antes de 2016.

Além disso, os aumentos dos pagamentos da aposentadoria ocorrem anualmente. Para tanto, podem ser considerados um destes índices, o que for mais alto:

  • Ganhos: o crescimento percentual médio dos salários na Grã-Bretanha;
  • Preços: o crescimento percentual dos preços no Reino Unido medido pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC);
  • Taxa de 2,5%.

Qual o valor máximo a que a população tem direito?

O valor máximo que o governo do Reino Unido paga aos aposentados é de £203,85 por semana. Mas muitas pessoas não conseguem atingir esse teto e recorrem a estratégias para aumentar o valor do benefício.

Atrasar o pedido de aposentadoria para acumular mais tempo de contribuição é uma das principais formas de aumentar o valor recebido. Também é possível obter créditos no Seguro Nacional ou fazer contribuições voluntárias para preencher lacunas no seu registro.

Investir em uma Pensão Pessoal ou Pensão de Trabalho é outra alternativa interessante para aumentar o valor da aposentadoria. Mas antes de adotar qualquer medida, vale a pena consultar um profissional especializado.

Como solicitar a aposentadoria na Inglaterra?

A principal forma de solicitar a aposentadoria na Inglaterra é se qualificar para receber a nova Pensão do Estado, mas você também pode recorrer à maneira complementar ao ativar o plano de pensão. Para isso, o contribuinte precisa cumprir alguns requisitos básicos como:

  • Atingir a idade mínima para aposentadoria;
  • Ter no mínimo 10 anos de qualificação em seu registro de Seguro Nacional.

Os cidadãos que tiverem entre 10 e 35 anos de contribuição recebem o valor proporcional ao tempo trabalhado. Além disso, precisam se encaixar em um dos seguintes perfis de qualificação abaixo:

  • Trabalhador que contribuiu para o Seguro Nacional;
  • Cidadãos que receberam créditos do Seguro Nacional;
  • Trabalhador que pagava contribuições voluntárias para o Seguro Nacional;
  • Cidadãos que viveram ou trabalharam no exterior;
  • Cidadãos que pagaram Seguro Nacional com taxa reduzida para mulheres casadas.

Após cumprir os requisitos acima, o cidadão está apto para receber a aposentadoria na Inglaterra e pode dar início ao processo de solicitação entrando em contato com o Serviço de Pensão.

Como um brasileiro pode aposentar na Inglaterra?

Ter cidadania inglesa é um dos pré-requisitos para se aposentar como brasileiro na Inglaterra. Ela pode ser obtida através da descendência de ingleses ou do trabalho no país, com a possibilidade de solicitar a naturalização após seis anos de residência.

Ao se tornar um cidadão britânico, você terá que pagar os impostos à HMRC (autoridade fiscal inglesa) e contribuir para o sistema de previdência social do Reino Unido. Assim, quando tiver idade e tempo de contribuição suficientes, poderá solicitar a aposentadoria.

A brasileira Nícia Costa chegou à Inglaterra em 1975 e, apesar de ter vivido em diversos países, permaneceu tempo suficiente no Reino Unido para conseguir se aposentar no país. Além disso, ela constituiu sua família na Inglaterra, o que contribuiu para a permanência no país.

O processo de aposentadoria foi fácil. Uns dois meses antes de me aposentar recebi uma carta do governo com as instruções do que seu deveria fazer. E logo foi resolvido, diz Nícia.

Existe visto para aposentado na Inglaterra?

Não.

O Reino Unido cancelou o programa de visto de aposentadoria. Isso significa que os estrangeiros aposentados que desejam permanecer na Inglaterra por um período superior a 6 meses devem solicitar outro tipo de visto, como:

Se você tiver dúvidas sobre qual o melhor visto para o seu caso, fale com a LondonHelp4U. A empresa tem mais de 20 anos de experiência na solicitação de vistos para o país e vai auxiliar você em todas as etapas. Da escolha do visto mais adequado e organização de documentos até o procedimento de obtenção.

Documentos e requisitos para aposentar na Inglaterra

Assim como adiantamos no tópico anterior, é preciso atingir a idade mínima e ter no mínimo 10 anos de contribuição no seu registro de Seguro Nacional para conseguir a aposentadoria na Inglaterra.

Após cumprir esses requisitos básicos, é necessário preencher o formulário de solicitação de aposentadoria e apresentar os seguintes documentos e informações básicas:

  • Número de Seguro Nacional (National Insurance Number – NI Number);
  • Nome completo;
  • Endereço de residência;
  • Número de telefone;
  • Certidão de nascimento (original ou cópia autenticada);
  • Endereços que você teve no Reino Unido e as datas em que morou em cada um;
  • Empregos que você teve no Reino Unido;
  • Estado civil atual ou situação de parceria civil;
  • Informações do marido, esposa ou parceiro civil (nome, endereço e número do Seguro Nacional);
  • Certidão de casamento ou certidão de parceria civil.

Onde pedir a aposentadoria na Inglaterra?

Após atingir a idade da Pensão do Estado e cumprir os requisitos estipulados pelo governo, os contribuintes podem solicitar a aposentadoria pelos seguintes canais:

Os ingleses que residirem no exterior, e cumprirem com os requisitos da aposentadoria, devem realizar o processo de maneira diferente. Para isso, devem acessar as instruções para reivindicar a Pensão do Estado.

Quer entender melhor como solicitar a aposentadoria na Inglaterra? Assista abaixo o vídeo do canal do Otávio Salum com os procedimentos da aposentadoria britânica.

É importante destacar que os trabalhadores só podem receber a aposentadoria se a reivindicarem junto aos órgãos competentes. O governo da Inglaterra apenas envia uma notificação por correio, informando ao contribuinte sobre o processo de solicitação da aposentadoria.

Quanto é preciso para viver a aposentadoria na Inglaterra?

A Associação de Pensões e Poupança Vitalícia sugere que, para pagar por um estilo de vida “mínimo” na aposentadoria, seria necessário um rendimento anual de pelo menos £12.800 para uma pessoa solteira e £19.900 para um casal.

Na tabela abaixo apresentamos algumas despesas básicas que um casal de aposentados tem ao viver em diferentes cidades da Inglaterra. Confira:

Despesa Londres Leeds Liverpool
Aluguel – apartamento de um quarto no centro da cidade £ 2.227,45 £ 919,17 £ 837,50
Despesas básicas (água, energia, aquecimento, etc.) £ 287,64 £ 213,25 £ 319
Supermercado £ 450 £ 350 £ 350
Refeição para 2 pessoas em restaurante médio (três pratos) £ 80 £ 60 £ 60
2 ingressos para o cinema (lançamento internacional) £ 30 £ 18 £ 20
Total £ 2.625,09 £ 1.560,42 £ 1.586,50

*Os custos com supermercado podem variar dependendo da localização, estilo de vida e até do local onde as compras são feitas. Por conta disso, utilizamos uma estimativa das despesas com alimentação.

Conforme os dados apresentados na tabela, podemos perceber que um casal de aposentados que recebe a aposentadoria integral de £203,85 por semana dificilmente conseguiria manter um estilo de vida na capital inglesa.

Os seus rendimentos mensais, cerca de £ 1.630,80, só seriam suficientes para viver de maneira minimamente cômoda em cidades menores, como Leeds e Liverpool.

O valor é suficiente para morar na Inglaterra?

Não.

Como explicado acima, o valor da aposentadoria de £203,85 por semana ou £10,591,20 por ano é considerado relativamente baixo para cobrir todos os custos de moradia na Inglaterra, especialmente em áreas como Londres, onde o custo de vida é mais alto.

Aliás, apesar da aposentadoria ter aumentado muito nos últimos anos, a Associação de Pensões e Economias Vitalícias considera que esse valor não é suficiente para um aposentado ter um estilo de vida “mínimo”.

De acordo com a instituição, o ideal seria que uma pessoa recebesse pelo menos £12,800 por ano para viver minimamente cômoda no país. Isso significa ter pouquíssimos luxos, fazer toda a manutenção da casa por conta própria, comer fora apenas uma vez por mês e não ter dinheiro para manter um carro.

Mulher lendo lista de compras no supermercado.
O custo de vida na Inglaterra é alto para quem recebe o valor da aposentadoria mínima do Estado

Para que você tenha uma ideia melhor do valor anual ideal da aposentadoria na Inglaterra, trouxemos uma pesquisa realizada pelos pesquisadores da Universidade de Loughborough e da PLSA (Associação de Pensões e Poupança Vitalícia).

Nela, foram estipulados alguns padrões de renda para uma aposentadoria econômica, moderada e confortável. Confira:

Estilo de vida Aposentadoria anual solteiro Aposentadoria anual casal
Econômico £ 12.800 £ 19.900
Moderado £ 23.300 £ 34.000
Confortável £ 37.300 £ 54.500

Exemplo do poder de compra

Para saber se o valor da aposentadoria é suficiente para morar na Inglaterra, você também precisa conhecer o poder de compra no país. Por isso, comparamos os custos de despesas básicas como aluguel, alimentação e lazer de Londres com São Paulo. Acompanhe:

Despesa Londres São Paulo
Aluguel – apartamento de um quarto no centro da cidade £ 2,227,45 R$ 2,988,10
Despesas básicas (água, energia, aquecimento, etc.) £ 287,64 R$ 335,46
Transporte (passe mensal) £ 200 R$ 240
Supermercado £ 350 R$ 800
Refeição para 2 pessoas em restaurante médio (três pratos) £ 80 R$ 250
Ingresso para o cinema (lançamento internacional) £ 15 R$ 40

Atenção! É importante não fazer a conversão da moeda, já que como aposentado na Inglaterra você receberia em libra esterlina; e receberia em real no Brasil.

Quero me aposentar na Inglaterra, o que preciso fazer?

Conseguir a aposentadoria na Inglaterra é um processo que exige muita pesquisa e planejamento. Por isso, reunimos neste tópico algumas dicas que podem ajudar você a alcançar o seu objetivo de forma mais tranquila e organizada. Confira:

1. Pesquise bem as características e custo de vida do país

Agora que você sabe como funciona a aposentadoria na Inglaterra e quais são os requisitos necessários para se aposentar, é hora de pensar em como será a sua vida no país. Além de estudar sobre a cultura inglesa, verifique se terá rendimentos suficientes para manter o seu estilo de vida.

Para isso, utilize ferramentas como o Numbeo para pesquisar sobre o custo de vida no país e na cidade onde pretende morar. Dessa forma, você terá uma noção clara de quanto terá que reservar para cobrir suas despesas básicas e poderá organizar melhor as suas finanças.

2. Reúna a documentação necessária para o visto

Embora não exista mais o visto para aposentados no Reino Unido, ainda é possível solicitar o visto de trabalho, estudo ou de família para permanecer no país por um período superior a seis meses.

Ao acessar o site do governo britânico, você pode conferir todas as opções de visto disponíveis e escolher a que melhor atende ao seu perfil, objetivos e necessidades. Em seguida, reúna a documentação necessária que geralmente costuma incluir:

  • Passaporte válido;
  • Prova de conhecimento em inglês;
  • Comprovante de que possui economias suficientes para se sustentar no país;
  • Certificado de antecedentes criminais, entre outros.

3. Tenha uma boa reserva financeira para imprevistos

O custo de vida na Inglaterra, especialmente em grandes cidades como Londres, costuma ser bastante elevado. Portanto, é importante além da quantia exigida na solicitação do visto, que você se organize para ter uma boa reserva financeira.

Essa reserva adicional pode ajudar você a lidar com despesas inesperadas, como emergências médicas, reparos na casa ou qualquer outra situação que possa surgir. Por exemplo, em alguns casos, pode ser preciso pagar o aluguel adiantado ao menos 6 meses, o que vai demandar uma quantia maior de dinheiro guardado.

Além disso, essa quantia extra oferece mais segurança, tranquilidade e conforto durante a aposentadoria na Inglaterra.

4. Garanta que os aspectos fiscais ficarão em ordem

Garantir que os aspectos fiscais estejam em ordem é fundamental no planejamento da aposentadoria na Inglaterra. Afinal, você precisa entregar declarações ao deixar o país e conhecer a tributação.

Para evitar transtornos e garantir que tudo esteja em conformidade com as leis fiscais, o ideal é buscar orientação de um profissional especializado. Nós indicamos os serviços da Personal Tax. A empresa tem mais de uma década de experiência em consultoria tributária para expatriados e pessoas físicas.

Nela, você encontra todo o suporte para fazer a gestão e planejamento tributário da sua aposentadoria na Inglaterra.

5. Saia do Brasil com uma conta internacional

Abrir uma conta internacional é crucial para quem planeja sair do Brasil e aproveitar a aposentadoria na Inglaterra. Através dela, você pode enviar e receber transferências, efetuar pagamentos, fazer saques de maneira simples e prática.

A conta multimoeda da Wise é uma boa opção para quem busca uma conta internacional confiável e econômica. A empresa oferece suporte para 50 moedas e dados bancários de 9 moedas diferentes, incluindo a Libra Esterlina.

Ao abrir uma conta na Wise, você poderá enviar e receber transferências como um local na Inglaterra, obter um cartão de débito internacional e ainda fazer o câmbio de moedas com taxas mais baixas e transparentes.

6. Contrate seguro viagem

A Inglaterra não exige seguro viagem para os estrangeiros que visitam o país. Mas a contratação de uma apólice é altamente recomendada ao menos para o primeiro mês da sua estadia em território inglês, sobretudo se você está melhor idade e faz parte do grupo de risco.

Com o seguro viagem, você recebe todo o suporte necessário em caso de emergência e não precisa se preocupar com os altos custos da assistência médica e hospitalar. Além disso, pode acionar o suporte em caso de problemas durante o voo, extravio de bagagem, entre outros.

Para contratar o seguro viagem com melhor custo-benefício, utilize o comparador Seguros Promo. Ele permite que você pesquise, compare e contrate planos de diversas seguradoras em poucos instantes.

Vale a pena se aposentar na Inglaterra?

Sim, vale a pena se aposentar na Inglaterra!

Apesar do custo de vida elevado, o país conta com um sistema de saúde público eficiente e oferece uma boa qualidade de vida à população. Os aposentados também podem cobrir suas despesas básicas mensais com o valor do benefício, sobretudo em cidades pequenas da Inglaterra.

A isenção de alguns impostos, o direito a viagens gratuitas pelo país e o acesso a outros subsídios para beneficiários com deficiência são outros aspectos que motivam os estrangeiros a pedirem a aposentadoria na Inglaterra. Além disso, o processo de solicitação é considerado simples e pouco burocrático.

Agora que você conhece melhor o modelo de aposentadoria na Inglaterra, é hora de começar a se planejar para mudar para o país. O Ebook O Sonho de Viver na Europa reúne histórias de brasileiros que se mudaram para o país, com dicas do que deu certo e o que não fazer no processo de mudança.