Ao planejar uma viagem ou mudança, nos preparamos para encarar novos desafios e aventuras, não é mesmo? Ao desembarcar na Inglaterra, muitas coisas passam pela nossa cabeça, já que as diferenças culturais entre o país e o Brasil são grandes. Mas quais são as coisas que todo brasileiro pensa ao chegar na Inglaterra?

Confira as coisas que todo brasileiro pensa ao chegar na Inglaterra

Ao chegar em um novo país, é comum termos diversas impressões sobre aquele lugar. Isso porque, mesmo que você tenha feito muitas pesquisas sobre o país, é normal que muitas coisas sejam apenas estereótipos e a realidade seja bem diferente.

Tudo isso não é diferente ao chegar na Inglaterra. O país tem uma cultura muito forte e os ingleses, especialmente os mais velhos, são apegados a tradições e bastante diferentes do Brasil, em alguns casos até o oposto. Enquanto um brasileiro conversa, abraça e até beija um desconhecido em um bar, na Inglaterra dificilmente você verá uma cena assim entre dois ingleses.

Mas então, o que os brasileiros pensam ao chegar na Inglaterra? Veja abaixo alguns pensamentos muito comuns.

1. Os ingleses são pontuais

Uma cultura comum no Brasil é o atraso. Algumas pessoas afirmam que atrasar de 10 a 15 minutos é elegante. Porém, ao chegar na Inglaterra, os brasileiros pensam como os ingleses são pontuais, principalmente quando se trata de reuniões de negócios, que o atraso é considerado rude e falta de respeito.

Se você for atrasar para se encontrar com algum inglês, eles esperam que você avise do atraso, não os deixe esperando sem notícias. Se você estiver procurando emprego na Inglaterra e for para uma entrevista, jamais atrase. Procure chegar com 10 minutos de antecedência.

Por outro lado, ao ser convidado para um jantar na casa de uma família, você pode atrasar por até 20 minutos.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

2. Tem muitos Pubs (que não são bares)

Na Inglaterra tem muitos pubs, aliás, uma das maiores tradições inglesas. Dificilmente você andará muitos quilômetros para encontrar um. Além disso, a maioria dos pubs não tem garçons e você deve ir ao bar, pedir uma bebida e sua refeição e informar o número da mesa.

Outro fato interessante é que alguns pubs não servem comida depois das 15h, então geralmente são uma opção melhor para o almoço do que para o jantar. Eles também costumam fechar entre 23h e meia-noite.

Um equívoco que acontece muito entre os brasileiros que vão à Inglaterra é achar que os pubs são bares, que são muito comuns no Brasil. Os pubs também são locais de encontro, zonas de conversa e até restaurantes. Os pubs são, em geral, onde as pessoas vão para encontrar seus amigos e até bebem álcool, mas esse nem sempre é o objetivo principal.

Não é incomum que algumas pessoas peçam refrigerantes, chá ou café, ao invés de cerveja. Mesmo que você não beba álcool, pode ir a um pub, tomar um suco ou um refrigerante e relaxar.

3. Eles bebem muito chá

Quem nunca ouviu falar no famoso chá das 17h? Enquanto no Brasil o café é uma bebida muito comum, os ingleses são viciados em chá. Um inglês bebe mais chá do que qualquer pessoa de qualquer outra nação.

De acordo com a Organização de Chás e Infusões, em média, uma pessoa no país consome cerca de 900 xícaras de chá por ano. Ou seja, os britânicos consomem 60 bilhões de xícaras por ano.

ingleses bebem muito chá

Sendo assim, no país existem uma infinidade de tipos de chás que agradam a todos os gostos e atendem bem a diferentes ocasiões.

Claro, vivendo na Inglaterra desde 2018, nota-se que a cultura do café ganhou força no país, com centenas de opções de cafeterias espalhadas por todas as cidades. Ao andar pelas ruas, sentar em um parque ou usar o metrô, você certamente verá pessoas com um copo de café na mão.

4. O inglês britânico não é um só

Quando começamos a estudar inglês no Brasil, é comum os professores explicarem a diferença entre o “inglês americano” e o famoso “inglês britânico”.

A verdade é que ao chegar na Inglaterra, pode se notar que há uma variedade de sotaques em todo o país. A forma de falar muda com tanta frequência que dentro de alguns quilômetros, você pode encontrar um sotaque diferente. Muitas vezes, até os próprios ingleses não entendem o sotaque de uma pessoa de outra região.

Tudo isso sem contar os dialetos que podem ter até formações de frases diferentes.

5. Não há anúncios na rede de TV BBC

Ao assistir a um programa de TV no Brasil, já estamos acostumados com os intervalos comerciais, quando passam diversos anúncios de empresas diferentes. Aliás, esse é um comércio muito grande e as empresas pagam altos valores por esses espaços.

Mas, ao chegar na Inglaterra, os brasileiros podem estranhar porque os programas dos canais de televisão da BBC, principal canal do país, não veiculam anúncios porque são um operador público de radiodifusão e são pagos pelos cidadãos.

Saiba como é morar na Inglaterra com filhos, os desafios, vantagens e a rotina.

6. O Big Ben não é o famoso relógio

Ao contrário da crença popular de que o Big Ben se refere ao relógio mundialmente famoso, na verdade, esse é o nome do sino de treze toneladas que está acima dele. A própria torre, que fica em Londres, é conhecida como Torre de Santo Estêvão.
coisas que todo brasileiro pensa ao chegar na Inglaterra sobre o big ben

7. Reuniões de negócios são formais e com assuntos bem definidos

No Brasil é comum mesmo em uma reunião de negócios a conversa se estender a assuntos aleatórios e, até mesmo, pessoais. No entanto, ao participar desse tipo de encontro na Inglaterra, os brasileiros percebem que haverá uma breve conversa antes de entrar no assunto em questão, mas as reuniões têm sempre um objetivo definido.

São esses assuntos que pautam a conversa e dificilmente ela irá tomar novos rumos. Além disso, quando chegam em um lugar, os ingleses costumam apertar a mão de todos os presentes, até mesmo crianças. Em reuniões sociais ou de negócios, é educado também apertar a mão ao sair, também de todos os presentes.

8. O sistema de saúde é muito eficiente, mas não universal

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) é o maior serviço de saúde com financiamento público do mundo. Ele oferece cobertura de saúde gratuita para seus cidadãos, incluindo hospitais, médicos e cuidados de saúde mental.

A maioria dos serviços do NHS são gratuitos, com exceção de:

  • Prescrições;
  • Optometria;
  • Dentista.

O NHS é um sistema muito eficiente e é exemplo e inspiração para outros países, incluindo o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil.

Por outro lado, apesar de ter uma eficiência inquestionável, o NHS não é universal. Como dissemos, o SUS brasileiro foi inspirado no NHS, no entanto, o atendimento no SUS é “gratuito e universal” e do NHS apenas gratuito. Mas o que isso significa?

Brasileiros e o sistema de saúde inglês

No Brasil, qualquer pessoa, seja ela brasileira ou não, se for em uma unidade de atendimento do SUS será atendida gratuitamente, sem nenhuma taxa, independente de sua renda ou nacionalidade. Por isso, muitos brasileiros acreditam que chegando na Inglaterra terão acesso a esse serviço gratuitamente, como acontece por aqui.

No entanto, o NHS é gratuito apenas para cidadãos do Reino Unido ou com residência permanente no país. Outras pessoas e turistas precisam pagar uma taxa para usar o serviço. É por isso que o seguro viagem é muito indicado para quem vai visitar o país.

Uma das grandes vantagens do NHS, no entanto, é que pessoas com renda mensal mais baixa, e que recebem benefícios do governo, têm acesso aos medicamentos de graça. Além disso, idosos com mais de 60 anos, menores de 16 anos ou jovens entre 16 e 18 em educação tempo integral também são isentos de pagamento.

9. Os ingleses se desculpam o tempo todo

Ao chegar na Inglaterra, uma curiosidade que os brasileiros percebem logo de cara é o costume comum no país de os cidadãos falarem “sorry” o tempo todo, muitas vezes no começo e no fim da frase. Seja para pedir licença, pedir algo ou até responder uma pergunta.

Isso não significa que estão realmente se desculpando por algo, mas apenas que estão muito acostumados a falar a palavra, muito por conta da educação tradicional no país.

10. Os ônibus realmente são pontuais

Os brasileiros estão acostumados a esperar muito tempo por um ônibus. Já ao chegar na Inglaterra, nos deparamos com ônibus eficientes e que chegam na hora certa. Aliás, o sistema de transporte como um todo é muito eficiente.

O famoso ônibus de dois andares também tem a fama de ser pontual. Na maioria dos pontos, tem um letreiro eletrônico informando em quanto tempo cada ônibus estará lá. Eles chegam na hora certa, dificilmente ocorrem atrasos. Dessa forma, também fica fácil de saber quando você chegará ao seu destino.

transporte público inglês

Também, os pontos de ônibus são organizados por letras, então você precisa descobrir se vai pegar o ônibus no ponto A, B, C e assim por diante.

11. Furar orelha de um bebê é considerado cruel

Acreditem ou não, na Inglaterra ainda é considerado cruel furar a orelha de uma criança. Por isso, mesmo no século XXI, muitas meninas só colocam brinco depois de uma certa idade.

Aliás, eu já ouvi de uma pessoa conhecida que para muitas famílias britânicas, especialmente as mais tradicionais, furar a orelha de uma criança é considerado um costume de pessoas de classe mais baixa.

Conheça as principais comidas típicas da Inglaterra, muito além do fish&chips.

12. Lembre-se de usar calçados e corta-vento na praia

Para quem estava acostumada com as belas praias brasileiras ou o litoral paradisíaco na Ásia, uma grande parte das praias inglesas não são nada atrativas. Para começar, a água é extremamente gelada, pouco convidativa para um banho. Sem contar que praticamente não existe areia. Isso mesmo.

As praias são cobertas de pedras e aprendi do pior jeito que deveria ter levado um chinelo para andar na beira-mar. Quem já visitou Brighton sabe do que eu estou falando. E claro, lembrem-se de usar um corta-vento para se proteger da brisa gelada, mesmo no verão.

E diferente do que vemos no Brasil, as praias mais populares, conhecidas como seaside resorts, são repletas de atrações bastante populares como parques de diversão, lojas de jogos e o famoso fish&chips.

13. Os britânicos são muito educados e cordiais

O brasileiro é um povo alegre e caloroso, por isso, por aqui existe um estereótipo muito comum que os ingleses são frios e até grosseiros. Na verdade, apesar de reservados, eles são muito amigáveis ​​e prestativos com os estrangeiros. Se você tiver qualquer dúvida e perguntar a um inglês, eles irão te responder com cordialidade e tentarão ajudar.

No entanto, os britânicos não dão tapinhas nas costas ou muitos toques nas pessoas, como nós brasileiros somos acostumados. Além disso, geralmente não mostram afeto em público e abraços, beijos e toques são reservados para familiares e amigos muito próximos.

Os brasileiros na Inglaterra

Com tantas diferenças em relação ao Brasil, a Inglaterra é um país único e incrível. Se você está pensando em visitar a terra da Rainha, comece a planejar sua viagem e prepare-se para se surpreender. E agora que você já sabe as coisas que todo brasileiro pensa ao chegar na Inglaterra, se você está pensando em morar no país, veja neste artigo como é a vida dos brasileiros no país.

Tem alguma coisa que todo brasileiro pensa ao chegar na Inglaterra que não está nesta lista? Se você já esteva no país, conta para a gente o que você pensou quando chegou!