Cotação da Libra Esterlina: como cotar e economizar na compra da moeda

Câmbio de moedas  / 

Diferente de quase toda a Europa, a moeda oficial no Reino Unido não é o Euro. Por isso, atente-se: ao viajar para lá você precisa fazer a cotação da libra esterlina.  Ela é sempre um pouco mais alta do que o Euro, assim, planeje-se para evitar passar por apuros em sua viagem.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Se você está se programando para viajar ou morar no país da rainha é bom pesquisar muito. Para te ajudar, hoje vamos falar sobre a cotação da Libra Esterlina e todos os detalhes que envolvem a moeda da Inglaterra, sempre tão forte (e cara) em relação a outras como o real, o Dólar e até o Euro.

Como fazer a cotação Libra Esterlina

A libra esterlina é uma das moedas mais importantes do mundo, mas não existe segredo nenhum para realizar sua cotação. O valor da libra, em reais, é divulgado diariamente por bancos, casas de câmbio, corretoras ou sites especializados. Dependendo do montante que pretende adquirir, é possível negociar os valores com o profissional que está lhe atendendo.

Em alguns sites, é possível fazer o bloqueio da cotação do dia, mas isso vai depender da quantidade e da negociação feita entre as partes, no caso você e a empresa ou instituição financeira.

Libras Esterlinas

Outro conselho importante é realizar a cotação durante alguns dias para ter um câmbio mais vantajoso.
Confira abaixo alguns dos sites mais confiáveis para fazer o câmbio e a cotação da libra esterlina:

Quanto custa a Libra Esterlina

A quarta moeda mais valorizada do mundo é a moeda da Inglaterra. Atualmente 1 Libra Esterlina custa

R$ 4.58

Ficando atrás somente de moedas como: o Dinar do Kwait (1 KWD = US$ 2,74), Dinar do Bahrein (1 BHD = US$ 2,21) e o Rial de Omã (1 OMR = US$ 2,17). Essas moedas são do Oriente Médio e são muito valorizadas por conta das negociações de exportação de petróleo e gás.

Na cotação de setembro de 2019, em relação ao dólar americano, £1 vale US$ 1,20 e se compararmos ao Euro, a libra esterlina vale 1,10€.

Cuidado com as taxas bancárias

Quando você realiza o câmbio ou troca de uma moeda, deve ter em mente que existem taxas e impostos na negociação. Então, sempre calcule utilizando o valor da moeda em reais e, também, calcule entre 5% e 10% de aumento. Claro que, dependendo do valor total que você pretende cambiar é possível barganhar descontos nas taxas em bancos ou casas de câmbio.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Pence e Penny

Agora se você vai realizar a operação em sites da internet, um ponto muito positivo é que as taxas nesses sites já são bem mais baixas que bancos e casas de câmbio. O site ideal para fazer isso é em sites de envio de dinheiro como a Remessa Online ou a TransferWise, por exemplo.

Moeda oficial de quais países

A moeda de um país faz parte das características mais importantes dele. Pois, a moeda é a maneira escolhida para representar seu valor no mercado econômico mundial e a força da moeda é muito importante econômica e politicamente falando.

A libra esterlina é uma das moedas mais fortes da atualidade e um símbolo do Reino Unido. Os países que a utilizam oficialmente são:

  • Inglaterra;
  • Escócia;
  • País de Gales;
  • Irlanda do Norte.

Além destes, a libra esterlina está presente nos países ultramarinos como:

  • Ilhas Cayman;
  • Bermudas;
  • Ilhas Malvinas;
  • Gibraltar;
  • Anguilla;
  • Ilhas Virgens Britânicas;
  • Ilhas Pitcairn;
  • Geórgia do Sul;
  • Santa Helena;
  • Monte Serrat.

Como e onde comprar Libra Esterlina

Para comprar a Libra, é importante ter atenção aos acontecimentos políticos e econômicos. Sim, por mais que você não tenha muita afinidade com as questões de economia e política do Brasil, quando você for adquirir moeda estrangeira, qualquer decisão (positiva ou negativa) pode ter um impacto significativo na sua vida.

Se, por exemplo, o governo brasileiro apresentar alguma informação que deixe os investidores internacionais desconfiados, você pode perder muito dinheiro no momento da compra das Libras Esterlinas.

Casa de câmbio, banco ou serviços online

Após ter atenção sobre a cotação Libra Esterlina, você deve se dirigir a uma casa de câmbio, ao seu banco ou até mesmo a um site (TransferWise, Remessa Online, Western Union, etc.) e começar a pesquisar sobre como comprar Libra Esterlina.

Cada empresa ou instituição financeira possui regras específicas em relação às taxas e a quantidade de moeda estrangeira que você pode adquirir, por isso, recolha o máximo de informação possível para evitar surpresas desagradáveis na hora da compra.

Se você tiver a intenção de morar no Reino Unido, possivelmente precisará enviar dinheiro com frequência para o novo país, então recomendo ler algumas dicas de como enviar dinheiro com taxas baixas.

Comprar Libra no banco

Se você optar por comprar Libra no seu banco, converse com seu gerente e peça informações sobre as taxas (inclusive as “ocultas”). Isso porque, em alguns casos, a falta de informação desses profissionais pode fazer a diferença na quantidade de dinheiro que você “perde” ou “ganha” na transação. E acredite, qualquer informação equivocada pode custar muito.

Um exemplo é em relação ao IOF, onde a taxa pode variar de 0,38% a 6,38% dependendo da operação que você optar por fazer. Então, tenha muita atenção quando você for comprar Libra.

Compre aos poucos

Como já dito anteriormente, você deve fazer cotação da libra esterlina (e de qualquer outra moeda) por alguns dias antes de ter a decisão de compra. Então, se você for fazer a cotação e decidir comprar a moeda, não compre tudo de uma vez, exceto em situações de emergência.

Acompanhe o valor e realize cotações diariamente. Assim, você pode economizar muito mais. As oscilações da moeda podem ocorrer de um dia para o outro, e esse é o momento ideal para realizar a troca.

Quais as diferenças entre a libra e o euro?

O Reino Unido juntou-se à União Europeia em 1973. Porém, durante o processo de entrada, negociou uma cláusula para que não precisar adotar o euro como moeda. Assim, o Reino Unido continuaria com a sua independência financeira e a tradição de mais de 500 anos da moeda oficial. Pois, a libra esterlina, além de ser uma das mais importantes moedas, é também uma das mais antigas do mundo, criada em 1561.

Além da independência financeira, outro ponto que pesou muito na hora de recusar a adoção do euro foi o fato de a maioria dos britânicos considerar a adoção do euro uma perda de soberania, em um país muito forte culturalmente falando.

Libra e Euro

A diferença mais visível entre as moedas são o seu símbolo monetário. Sendo a libra representada por £ e o euro por €. Já a respeito da emissão das notas, enquanto o euro tem suas notas emitidas apenas pelo Banco Central Europeu (em Frankfurt, na Alemanha), a libra esterlina pode ser emitida no Banco da Escócia e no Banco da Inglaterra.

Atualmente, o Reino Unido enfrenta o processo do Brexit, a saída da União Europeia, e irá manter a Libra como moeda oficial.

Notas e moedas da Libra Esterlina

Antes de comprar você precisa entender como funciona a moeda. No Reino Unido, você não vai utilizar as palavras “centavos” ou “cents“. As moedas lá são chamadas de Penny, que são as de menor valor e as Pence para as de maior valor. Ou seja, se algo custa 0,20 você diz que custa twenty pence e escreve 20p. Já as notas são chamadas de libras mesmo.

O sistema tem seis notas:

  •  5£;
  • 10£;
  • 20£;
  • 50£;
  • 1£ (presente apenas na Escócia);
  • 100£ (presente apenas na Escócia e Irlanda);

E nove moedas:

  • 1 p;
  • 2 p;
  • 5 p;
  • 10 p;
  • 20 p;
  • 50 p;
  • 1£;
  • 2£;
  • 5£.

Por que a Libra Esterlina vale tanto?

A Libra Esterlina é uma moeda muito valorizada por diversos motivos, porém o principal deles é que a economia do Reino Unido é considerada muito estável, com baixos índices de inflação e tida pelos investidores internacionais como segura e extremamente confiável.

Isso tem reflexo direto no valor da cotação Libra Esterlina, porém quando os cidadãos do Reino Unido votaram e optaram pela saída do país da União Europeia, a moeda inglesa teve uma desvalorização histórica, o que confirma que todas as moedas do mundo variam conforme as questões políticas e econômicas de cada nação.

Se está de malas prontas para visitar o Reino Unido, saiba que o seguro viagem é essencial. Recomendamos que utilize o nosso comparador de seguro viagem. Com ele você compara diversos planos e coberturas e escolhe um que caiba no seu bolso e no seu orçamento.

Veja também que moeda levar para Europa, de acordo com seu destino.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Alexandre Nogueira é brasileiro, jornalista e especialista em comunicação esportiva. Possui ainda pós-graduação em Jornalismo Esportivo e especialização em marketing digital. Tem prazer em dar dicas de roteiros turísticos europeus e recomendar os melhores passeios. Ama jornalismo, cinema, viajar, escrever, o futebol e o Santos, não necessariamente nessa ordem.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.