Mas afinal, qual moeda levar para a Europa? Essa é uma dúvida comum entre os turistas que estão viajando pela primeira vez pelo Velho Continente. Neste artigo, você vai descobrir quais as moedas aceitas nos países europeus e as melhores formas de levar dinheiro para a Europa. Confira.

Qual moeda levar para a Europa?

Avaliar o destino da sua viagem é essencial para descobrir qual moeda levar para a Europa. Se você for para algum dos países da Zona do Euro, o ideal é que você compre euros. No entanto, nem todos os países europeus estão incluídos nessa área.
Os países do Reino Unido, por exemplo, mantém como moeda oficial a libra. Os países do Leste Europeu como a Polônia, Hungria e República Tcheca também não adotam o euro como moeda oficial.
Confira aqui quais são os limites de quanto dinheiro levar para a Europa.

Países da Zona do Euro

A Zona do Euro, também conhecida como Área do Euro, refere-se aos 19 países da União Europeia que adotam o euro como moeda oficial. Atualmente, fazem parte desse acordo os seguintes países:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Chipre;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Irlanda;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Países Baixos;
  • Portugal.

Descubra neste artigo quantos euros você pode levar para Portugal.

Outras moedas nos principais países

Para não cometer erros sobre qual moeda levar para a Europa, é importante verificar com antecedência a moeda oficial do destino da sua viagem. Para ajudar você, elaboramos uma lista com as moedas dos principais destinos de viagem dos brasileiros fora da zona do Euro.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →

Vale a pena fazer a conversão da moeda ainda no Brasil?

Sim! É preciso ter em mente que cada casa de câmbio ou banco pode cobrar suas próprias tarifas em cima da operação. Por esse motivo, é difícil encontrar dois provedores que oferecem o mesmo preço para o câmbio.
Quando você converte a moeda ainda no Brasil, tem a oportunidade de comparar tarifas e taxas com antecedência e trocar o real por euro por um preço econômico. E são várias as alternativas para comprar euro no Brasil: casas de câmbio, banco e plataformas de transferências online.
Além disso, quando você leva reais para outro país, o câmbio pode não ser muito favorável. Como o real não é valorizado nos países da Europa, é provável que você perca dinheiro na conversão. Ademais, você corre o risco de não encontrar casas de câmbio que operem com a moeda brasileira.
Aproveite e descubra como fazer a cotação da libra esterlina e economizar no câmbio da moeda.

Qual a melhor maneira de converter a moeda?

A melhor maneira de converter o euro é através de plataformas online como a WiseRemessa Online (se você tiver uma conta no exterior). Nesses sites, o câmbio é mais barato, pois as tarifas bancárias são mais baixas e o câmbio utilizado é o comercial, o mais justo que existe no mercado.
Outra ferramenta útil para converter a moeda em espécie é o BeeCâmbio. Nesse comparador, você pode simular cotações e comparar os preços cobrados pelas principais casas de câmbio do país. Dessa forma, você evita gastos desnecessários e ainda economiza na hora de converter a moeda.
qual moeda levar para a Europa no cartão

Qual a melhor maneira de levar o dinheiro na Europa?

Agora que você sabe qual moeda levar para a Europa, o próximo passo é escolher qual o melhor método. Em geral, por segurança, é interessante levar duas formas de pagamento para a Europa, em quantias diferentes. Um bom exemplo é o dinheiro em espécie e o cartão pré-pago.
O dinheiro em espécie é uma forma barata, pois o IOF cobrado é de apenas 0,38%. Além disso, ele é aceito nos estabelecimentos comerciais e é uma boa forma para controlar os gastos. No entanto, o viajante precisa ter cuidado com roubos.
Embora o cartão pré-pago cobre uma taxa de IOF de 6,38% em cada compra, ainda é uma opção mais econômica que o cartão de crédito e débito. Isso acontece porque você pode travar a cotação do câmbio no dia da compra da moeda, evitando as flutuações e alto custo.
Outra vantagem é que você controla a quantia que irá usar durante a viagem e também pode fazer saques em caixas eletrônicos. Mas, se você costuma viajar com frequência pela Europa, vale a pena abrir uma conta bancária no exterior e enviar transferências online.

Transferir dinheiro para uma conta europeia para economizar

Transferir dinheiro para uma conta na Europa é outra alternativa prática e econômica para fazer o câmbio. O envio de transferências internacionais pode ser realizado pela internet através de plataformas online ou o internet banking do seu banco.
Embora seja um método barato de enviar dinheiro para a Europa, é preciso ficar atento aos custos cobrados pela remessa. Em geral, as transferências bancárias internacionais aplicam taxas de envio, SWIFT e taxa de câmbio acrescida com margem de lucro.
Por outro lado, plataformas como a Wise e a Remessa Online oferecem o serviço de transferência internacional por tarifas econômicas. A diferença é muito grande, mas para isso você vai precisar transferir para uma conta na Europa, sua ou de alguém da sua confiança.
Para saber mais, confira a seguir como abrir conta bancária na Europa e as melhores plataformas para enviar dinheiro.

Como abrir uma conta na Europa

Em termos de praticidade, abrir uma conta digital no exterior é a melhor alternativa. As fintechs permitem que os clientes abram a conta pelo aplicativo ou página na web do banco. Isso sem precisar sair de casa ou ir fisicamente para o país para efetuar as transações.
De modo geral, para abrir uma conta digital na Europa os clientes precisam ter mais de 18 anos e um comprovante de residência em um país europeu. O processo é bem simples e exige apenas dados como nome completo, número do passaporte, data de nascimento e e-mail.
Após abrir a conta, o cliente recebe o código IBAN, um número de identificação que deve ser utilizado nas transferências internacionais. Aqui no blog, você encontra artigos sobre os principais bancos digitais da Europa e como abrir conta bancária em cada um deles:

Como transferir o dinheiro?

Com uma conta bancária na Europa você pode enviar dinheiro para outro país com comodidade. Hoje em dia, existem plataformas online como a Remessa Online, Wise e PayPal que enviam transferências para vários países do mundo e com moedas diferentes. Veja abaixo mais informações sobre cada plataforma:

Wise

A Wise, antiga TransferWise, é outra plataforma segura e econômica para enviar transferências para a Europa. O provedor utiliza o câmbio comercial no momento da conversão e ainda cobra taxas de envio baratas com o IOF incluído. Se você tiver dúvida sobre qual moeda levar para a Europa, não tem problema, pois ela envia para mais de 35 moedas diferentes, incluindo o euro e a libra.
O cartão Wise pode ser usado como alternativa pré-paga, saiba como funciona e se é possível solicitá-lo do Brasil.

Remessa Online

A Remessa Online é uma plataforma brasileira para envio e recebimento de transferências internacionais. Em até um dia útil o valor da remessa é depositada na conta do beneficiário. Este serviço tem a vantagem de oferecer taxas de envio baratas e limites maiores de envio.

Paypal

O Paypal também é uma alternativa online e prática para enviar dinheiro para a Europa. Para fazer o envio, você precisa apenas criar uma conta no Paypal e informar os dados bancários e e-mail do beneficiário. O recebimento geralmente é feito em até 24 horas.

Sobrou moeda, o que fazer? Como trocar?

Durante uma viagem para a Europa é comum que o viajante não gaste toda a quantia comprada. Assim, ao chegar ao Brasil, surge a dúvida sobre o que fazer com as notas de euro ou libras que sobraram.
Uma boa opção para quem vai viajar para Europa em poucos meses é guardar o valor restante. Como o euro e a libra são moedas fortes, dificilmente elas irão ser desvalorizadas em pouco tempo. Entretanto, na maioria dos bancos, não é possível depositar euro em conta corrente.
Se a sua intenção não é guardar o dinheiro, a melhor alternativa é trocá-la em uma casa de câmbio, credenciada pelo BACEN. Nesse caso, você deve dirigir-se pessoalmente até uma casa de câmbio para fazer a troca.
levar euro em espécie para Europa

Dicas para viajar com dinheiro para Europa

A seguir listamos algumas dicas que podem ajudar quem vai viajar e precisa levar grandes quantidades de dinheiro.

Evite andar com muito dinheiro no bolso

Mesmo a você esteja indo para a Europa, tenha muita atenção com seus pertences, especialmente o dinheiro. Acontece que muita gente acha que, por serem países mais seguros, roubos e assaltos não acontecem, o que não é verdade.
Uma dica é: leve cartões (Visa Travel Money) carregados com dinheiro local. Claro que é bom ter dinheiro vivo também, porém evite andar com grandes quantias.

Evite trocar por notas de Euro de grande valor

Outra coisa fundamental é tentar pegar notas pequenas e de baixo valor nas casas de câmbio do Brasil. Por exemplo, é comum que ao trocar reais por euros, as notas sejam de 50€ e 100€, porém em muitos estabelecimentos comerciais da Europa, notas muito grandes não são bem recebidas.
Isso porque há uma dificuldade enorme de troco e os europeus olham para as notas maiores com alguma desconfiança, já que no dia a dia as mais utilizadas são as de 5€, 10€ e 20€.

Dica de segurança

Não deixe todos os seus pertences (passaporte, dinheiro, celular e etc.) juntos. Ande com uma mochila, mas leve o passaporte e o dinheiro em uma doleira onde o acesso seja mais complicado.
Evite viajar com muitos dispositivos eletrônicos caso eles não sejam extremamente necessários, já que serão preocupações a mais. Muitas pessoas viajam com celular, tablet, notebook para as férias, o que não é muito aconselhado.

Não abandone a mochila

Jamais abandone a sua mochila, pois além de a Europa estar em constante alerta por conta de ataques terroristas, deixar a sua mochila sem supervisão pode resultar em perdas e furtos. Especialmente em pontos turísticos, essas são as regiões mais visadas.
Então já sabe, mochila sempre com você, passaporte e dinheiro em uma doleira, jamais dentro da mochila “dando mole”.
Agora que já sabe qual moeda levar para a Europa, não deixe de ler sobre os 5 golpes mais comuns a turistas na Europa.