Dia dos Namorados na Europa: quando e como é comemorado?

O Dia dos Namorados na Europa, também chamado de Dia de São Valentim ou Valentine’s Day, é celebrado em diversos países. Neste dia, não se comemora apenas o amor romântico, mas todas as formas de amar e qualquer relacionamento amoroso. Assim como no Brasil, são trocados cartões, presentes e os namorados saem para comemorar, mas existem algumas diferenças. Uma delas é a data em que é celebrado.

Descubra neste artigo quando é comemorado o Dia dos Namorados na Europa, como surgiu essa data e os costumes de diferentes países.

Quando é o Dia dos Namorados na Europa?

O Dia dos Namorados na Europa, ou Dia de São Valentim, é comemorado em 14 de fevereiro, diferente do Brasil que celebramos em 12 de junho. A origem desta data, que também é celebrada em países de outros continentes como Estados Unidos e Austrália, é anterior ao Dia dos Namorados do Brasil.

O Valentine’s Day passou a ser comemorado no século V e o primeiro dia declarado de homenagem ao santo que era conhecido como mártir dos namorados foi instituído em 14 de fevereiro de 496, pelo papa Gelásio.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Quais países comemoram o Dia dos Namorados na Europa?

Pesquisando sobre o assunto, não encontrei uma informação muito exata de quais países comemoram o Dia dos Namorados na Europa. Mas, achei informações sobre alguns que celebram em 14 de fevereiro, no dia de São Valentim, eles são: Itália, Inglaterra, França, Alemanha, Polônia, Finlândia, Irlanda, Portugal, Eslovênia, Escócia, Dinamarca, Áustria, Estônia e Romênia.

Como é comemorado o Dia dos Namorados na Europa

Se você souber de mais algum país que comemora nesta data, conta para a gente nos comentários.

Como é comemorado o Dia dos Namorados na Europa?

De forma geral, os europeus comemoram o Dia dos Namorados como nós brasileiros, presenteando e fazendo algum jantar especial. Mas, existem culturas diferentes em determinados países, inclusive alguns que não comemoram a data como apenas dia dos namorados. Conheça a seguir como é comemorado o Dia dos Namorados na Europa em diferentes países.

Itália

Na Itália, comemora-se o Dia dos Namorados de forma parecida com o Brasil. Os casais saem para jantar e se presenteiam, com a diferença de ser celebrado no dia 14 de fevereiro.

Um dos lugares mais famosos para comemorar o dia de São Valentim na Itália é em Verona, a cidade que inspirou a icônica história de Romeu e Julieta, escrita por Shakespeare. A cidade é decorada e possui programações especiais para a data.

França

Muitos dizem que a primeira comemoração de Valentine’s Day ocorreu na França, quando o Duque de Orleans enviava cartas para sua esposa da cadeia em 1415. A data é comemorada em todo o país, mas existe uma vila francesa chamada Valentine, que se tornou um destino romântico na ocasião e tem comemorações especiais entre 12 e 14 de fevereiro. As árvores da cidade são enfeitadas com cartões, pedidos de casamento e rosas.

Finlândia

Na Finlândia, os solteiros não têm problemas nessa data, porque o objetivo é festejar com os amigos. No país, a data é chamada de Dia dos Amigos, e não Dia dos Namorados. Ainda assim, as pessoas trocam flores, lembrancinhas ou cartões para celebrar.

Dinamarca

A comemoração do Dia dos Namorados na Dinamarca é recente e passou a ser realizada no início dos anos 90. Ao invés de rosas-vermelhas, os amantes trocam pães doces e flores brancas, que são chamadas de snowdrops (ou campânula-branca).

Outro costume do país é o gaekkebrev, que é uma carta recortada e fina com um poema ou rima assinada por pontos. Se a pessoa acertar quem enviou, ganha um ovo de chocolate. Se não, fica devendo um.

Campânula branca

Confira também como são as festas de Ano Novo na Europa.

Escócia

No Dia dos Namorados escocês existe um costume curioso. Os solteiros escrevem seus nomes em um pedaço de papel que é jogado dentro de um chapéu, um de mulheres e outro de homens. Depois, cada um pega um papel e são formados casais para se conhecerem. Normalmente, o homem é escolhido pela mulher que o tirou no sorteio.

Eslovênia

Na Eslovênia, a data marca o início do trabalho nos campos e o reviver das plantas. Uma das tradições é presentear a pessoa amada com bolachas de mel em formato de coração, que geralmente são decoradas com pássaros por conta do provérbio que diz: “São Valentino/Zdravko, o padroeiro da primavera, traz as chaves de raízes e os pássaros casam neste dia”.

Portugal

Em Portugal, existe o costume de troca de cartões no dia de São Valentim desde o século XIX. Atualmente, os restaurantes fazem jantares especiais e alguns casais dão uma escapada no fim de semana para comemorar se hospedando em hotéis românticos. O comércio também aproveita a data para oferecer experiências em casal como massagens a dois, dia no spa, entre outros.

Alemanha

Na Alemanha, os homens costumam presentear suas amadas com flores em 14 de fevereiro. Também existem algumas tradições do país como biscoitos em formato de coração de gengibre, que são vendidos no mercado na data. Normalmente, eles vêm com uma fita presa e as pessoas amarram o doce no ombro de seus namorados.

Espanha

Os casais espanhóis costumam trocar presentes no Dia dos Namorados e os homens enviam buquês de rosas para mulheres. Na Catalunha, é comemorado o Dia de São Jorge (La Diada de Sant Jordi) na data e é comum presentear com rosas ou livros.

Estônia

Assim como na Finlândia, o dia 14 de fevereiro é o Dia dos Amigos na Estônia. Seguindo o provérbio esloveno de que “São Valentim traz as chaves de raízes”, as pessoas plantam flores nesta data para iniciar uma vida nova.

Porque o Dia dos Namorados no Brasil não é em 14 de fevereiro?

Como já falamos, o Dia dos Namorados na Europa é comemorado em 14 de fevereiro, dia de São Valentim. Mas a ocasião não é comemorada nesta data no Brasil. A partir de 1948, os brasileiros começaram a celebrar o Dia dos Namorados em 12 de junho, que coincide com a véspera do Dia de Santo Antônio, considerado um santo casamenteiro. Mas este não foi o motivo real da escolha da data que, na verdade, teve motivações comerciais.

Aplicativo de namoro online

A escolha da data de comemoração do Dia dos Namorados foi ideia do publicitário João Dória, dono da agência Standart Propaganda. Ele foi contratado pela loja Exposição Clipper para aquecer as vendas no mês de junho, que sempre foram muito fracas. Pensando no sucesso do Dia das Mães, Dória estabeleceu outra data comemorativa pensando na troca de presentes: o Dia dos Namorados.

“Não é só com beijos que se prova o amor!” foi o slogan do primeiro Dia dos Namorados brasileiro. Outro slogan era: “Não se esqueçam: amor com amor se paga”. A propaganda foi eleita como a melhor do ano pela Associação Paulista de Propaganda.

Hoje em dia, o Dia dos Namorados já é a terceira melhor data para o comércio brasileiro, ficando atrás apenas do Natal e do Dia das Mães.

Por que o Valentine’s Day é o Dia dos Namorados na Europa?

Assim como citado acima, o dia 14 de fevereiro é o Dia de São Valentim, que acabou sendo associado ao amor romântico por lutar contra uma proibição de casamento no fim da idade média, quando o imperador Cláudio II proibiu a celebração por acreditar que homens solteiros combatiam melhor na guerra. Esta é a versão cristã da data, mas também existe uma história pagã relacionada a ela.

O dia 14 de fevereiro também era marcado pela comemoração da véspera da Lupercália, uma celebração da antiga Roma, que acontecia anualmente para homenagear Juno, deusa do casamento e da mulher e Pan, deus da natureza.

O evento celebrava a fertilidade e tinha o objetivo de marcar o começo da primavera. Na ocasião, os jovens sorteavam nomes de garotas misturados em uma caixa e os dois se transformavam em namorados durante a festa, podendo se casar depois.

Então, acredita-se que ambas as celebrações podem ter contribuído para a origem do Dia dos Namorados na Europa, apesar de a data ser marcada por uma festa cristã atualmente.

A história de São Valentim e a origem do Dia dos Namorados na Europa

São Valentim era um bispo que viveu na Idade Média, sob o comando do Imperador Cláudio II (268 a 270 d.C.). Nesta época, o imperador proibiu que fossem feitos casamentos em tempos de guerra, já que acreditava que os soldados solteiros combatiam melhor que os casados e não pensavam em voltar para suas esposas. O bispo foi contra essa decisão do imperador e lutou para continuar celebrando os casamentos.

Quando sua desobediência foi descoberta, Valentim foi preso e condenado à morte. Em seu tempo de prisão, enquanto aguardava a sentença final, o bispo recebia muitas cartas de jovens, que diziam continuarem acreditando no amor por sua causa. Neste período, Valentim se apaixonou pela filha de um carcereiro que era cega e devolveu a visão a ela de forma milagrosa. Em 14 de fevereiro, chegou o momento da sua morte e ele deixou um bilhete de adeus para sua amada, onde assinou: “Valentim, seu namorado”. Além de ter sido um ato simbólico, acredita-se que daí surgiu o costume moderno de enviar cartões para a pessoa amada nesta data.

Gostou? Continue acompanhando nossos artigos para saber tudo sobre a vida na Europa? Conheça também o nosso Ebook Sonho de Viver na Europa, com histórias de brasileiros que vieram morar no Velho Continente e contam tudo: dos perrengues aos prazeres de ser um brasileiro na Europa.

Mariele é brasileira, formada em Jornalismo e especialista em Marketing Digital. Nasceu em Minas Gerais, estudou em Portugal e hoje mora em São Paulo. Suas duas grandes paixões são: viajar e escrever. Já visitou 9 países e conhece especialmente Portugal e Itália. Todos os dias aguarda ansiosamente pela próxima viagem.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Erasmus Mundus: o que é e como funciona esse programa de intercâmbio

O Erasmus Mundus é um programa de intercâmbio que oferece bolsas para brasileiros. Veja como funciona, como se candidatar e dicas para ser aprovado.

Carta convite: veja o que é, para que serve e como fazer

Carta convite: o que é, para que serve, como fazê-lo, qual é o modelo, como e quando usá-la e detalhes a se atentar sobre o documento.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube