Tudo sobre a Dinamarca

Dinamarca  / 

País nórdico de paisagens deslumbrantes, castelos e palácios históricos e altos índices de qualidade de vida, a Dinamarca é um destino pouco visado pelos brasileiros na hora de viajar, mas que vale cada centavo.

O país nórdico foi considerado o mais feliz do mundo em três das quatro edições do Relatório Mundial da Felicidade, das Nações Unidas. Só perdeu em 2017 para a Noruega e as razões apontadas para esse título são os altos índices de qualidade de vida.

Por isso hoje, preparei um texto com tudo sobre a Dinamarca para você. Veja as dicas.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Tudo sobre a Dinamarca que você precisa saber

A Dinamarca é composta pela península Jutlândia e 406 ilhas; estima-se que mais de 75 delas sejam habitadas, mas não há números oficiais. As principais ilhas são Zelândia (maior ilha do país), Funen e Ilhas Periféricas, Vendsyssel-Thy, Lolland-Falster e Bornholm, enquanto as ilhas menores são referidas como Arquipélago Dinamarquês.

Além disso, pertencem ao país as regiões autônomas das Ilhas Faroé e da Groenlândia. Os canais que ligam o mar Báltico ao mar do Norte, conhecidos como Estreitos Dinamarqueses, são controlados pelo país. A língua oficial é o dinamarquês.

Você pode conhecer ver também melhores países para morar.

Bandeira da Dinamarca e brasão

Bandeira da Dinamarca
A bandeira é chamada de Dannebrog, que significa “bandeira dos dinamarqueses” ou “bandeira vermelha e branca”. A cor de fundo é vermelha, que simboliza coragem e bravura, enquanto a cruz é branca representando o cristianismo.

A lenda conta que ela caiu dos céus durante a Batalha de Reval, na Estônia, em 1219 e se tornou uma inspiração para várias outras bandeiras por sua forma e composição, principalmente as bandeiras nórdicas da Suécia, Noruega, Finlândia e Islândia.

A história é mencionada na Crônica Dinamarquesa de Christiern Pedersen, no início dos anos 1520, e pelo monge franciscano Peder Olsen, em 1527.

Quer estudar na Dinamarca de graça? Saiba como aqui.

Mapa da Dinamarca


A Dinamarca é o mais meridional dos países nórdicos. Faz fronteira com a Alemanha, ao sul, e a Suécia, ao leste, e ao norte e oeste é banhada pelo Mar do Norte. Seu território tem extensão de 43.094 km², ocupando o 133º lugar na lista de maiores países do mundo.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

O país é plano e possui poucas elevações, tanto que os pontos mais altos estão a apenas 170 metros acima do nível do mar. O mais meridional dos países nórdicos, localizado na Europa setentrional, tem como capital a cidade de Copenhague, maior cidade do Estado.

Monarquia e governo

Oficialmente chamada de Reino da Dinamarca, o país é uma monarquia constitucional governada por um sistema parlamentar e integra a União Europeia desde 1973.

O chefe de governo é o primeiro ministro, enquanto o chefe de Estado é o monarca – atualmente, a rainha Margarida II.

História da Dinamarca

Centro de Copenhague
Na questão de tudo sobre a Dinamarca, é importante saber que a Dinamarca já foi uma superpotência entre os séculos XIIV e XVII. Antes disso, entre os séculos VIII e X, os habitantes do país eram chamados de vikings e colonizaram, invadiram e negociaram com boa parte da Europa, ao ponto de descobrir a Islândia, no século IX, e chegarem a Vinland, hoje conhecida como Newfoundland, no Canadá.

Ilhas Britânicas

Os vikings eram ativos principalmente nas Ilhas Britânicas e na Europa Ocidental e conquistaram temporariamente partes da Inglaterra, da Irlanda e da França, quando fundaram a Normandia. Em vários momentos da história o país controlou também a Noruega, a Suécia e partes das Ilhas Virgens e da costa Báltica, onde hoje fica o norte da Alemanha.

Fim da União

A união com a Noruega acabou em 1814, quando essa se uniu à Suécia. A Dinamarca se tornou uma monarquia constitucional em 1849 após as revoluções europeias de 1948.

O atual tamanho e influência do país se deve aos 400 anos de renúncias e entregas forçadas de terras, além das batalhas perdidas – como a Segunda Guerra de Scheleswig, em 1864, quando o rei da Dinamarca precisou ceder os ducados de Scheleswig e Holstein à Prússia, episódio que marcou profundamente a identidade nacional do país.

Economia

A Dinamarca integra a União Europeia desde 1973, mas decidiu não aderir ao euro como moeda nacional; a moeda adotada no país é a coroa dinamarquesa (DKK), sendo que um euro equivale a mais ou menos sete DKK. Não existe um salário mínimo instituído, já que as remunerações são feita em acordo com sindicatos.

A Economia não é tudo sobre a Dinamarca, mas é um ponto em que o país nórdico se distingue do Brasil e de outros países Europeus.

Excelentes relações comerciais

As relações comerciais com outros países são a base da economia da Dinamarca, sendo que 1/3 do PIB é composto pelo valor de exportações e importações.

A maior parte das exportações (62%, segundo dados de 2016) é para países do próprio bloco, sendo o sócio mais importante é a Alemanha, que compõe além da Suécia e Grã Bretanha. Já 8% vai para os EUA e 6% à Noruega.

Ainda segundo dados de 2016, os principais setores da economia dinamarquesa são:

  • Administração pública, defesa, educação, saúde e serviços sociais: 22,3%;
  • Comércio e serviços de transporte, alojamento e restauração: 19,3%;
  • Indústria: 18,8%.

Também pode ser interessante tudo sobre a Suécia, o país vizinho da Dinamarca.

Os melhores pontos turísticos da Dinamarca

Impossível saber tudo sobre a Dinamarca sem conhecer alguns dos seus pontos turísticos mais famosos.

Certo?

Você não pode ir para a Dinamarca e não conhecer pelo menos um castelo! Começando pelo de Egeskov, na cidade de Odense, um lugar cheio de história e considerado um dos maiores símbolos do país. A arquitetura, junto da paisagem ao redor, são os principais destaques, além das exposições no interior.

Castelo de Frederiksborg

O Castelo de Frederiksborg, em Hilerod, também possui bela paisagem ao redor, com um lago e fonte ricamente ornamentados, e é conhecido como uma das construções mais suntuosas da Europa – os detalhes internos são trabalhados em ouro!

Confira pontos turísticos na Europa.

Castelo de Kronborg

Os fãs de literatura e arquitetura vão se fascinar pelo Castelo de Kronborg, em Helsingor, onde se passa a história de Hamlet, de William Shakespeare. A construção é rica e considerada um dos símbolos renascentistas do norte europeu e abriga uma bela exposição de arte.

Copenhague

A cidade de Copenhague é uma das principais capitais da Europa, que vale a pena considerar como destino para morar ou visitar. Uma cidade cosmopolita, com uma forte presença da história.

Das atrações principais destacam-se:

Transportes públicos na Dinamarca

Como se mover na Dinamarca
Algo que pode ser bastante curioso no quesito tudo sobre a Dinamarca e até surpreendente para os brasileiros é a maneira como as pessoas se movem na Dinamarca.

Lá, os transportes públicos funcionam muito muito bem e você pode sempre contar com a bicicleta para te levar a algum lado. Isso mesmo, na Dinamarca, especialmente em Copenhague, muitas pessoas usam a bicicleta para se mover pela cidade. A cidade é plana e está preparada com pistas e semáforos para os ciclistas, o que ajuda os ciclistas, certo?

Então, ter carro é considerado um luxo muito grande mesmo! O que não significa que os Dinamarqueses não tenham outros luxos, como eventos públicos, cidades eficientes, seguras, muito suporte social, entre outras coisas.

A Dinamarca está na lista dos melhores países para trabalhar e morar, veja aqui.

Em destaque na Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.