Tudo sobre a Dinamarca: saiba por que esse país é tão incrível

Dinamarca  / 

País nórdico de paisagens deslumbrantes, castelos e palácios históricos, a Dinamarca é destino ainda pouco explorado pelos brasileiros. Embora seja pequena em extensão territorial, a Dinamarca é gigante em cultura, culinária e beleza natural. Atrações como Tivoli, a Pequena Sereia e Legoland fascinam os visitantes de todo o mundo há anos. Além disso, o país figura no top 3 dos mais felizes do mundo nos últimos anos de acordo com o Relatório Mundial da Felicidade, das Nações Unidas. Então, se você quer saber tudo sobre a Dinamarca, leia nosso artigo e fique conheça este país incrível.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Tudo sobre a Dinamarca: onde fica o país

O ponto de partida para saber tudo sobre a Dinamarca é descobrir onde está localizada. Também conhecido como o berço dos antigos vikings, é um dos países nórdicos situado no norte da Europa.

O país abrange a península da Jutlândia e 406 ilhas dos mares Bálticos e do Norte. Estima-se que mais de 75 delas sejam habitadas, mas não há números oficiais. As principais ilhas são Zelândia (Skjælland) – maior ilha do país, que está separada da Suécia apenas por um estreito cuja margem abriga a capital Copenhague-, Funen (Fyn) e Ilhas Periféricas, Vendsyssel-Thy, Lolland-Falster e Bornholm, enquanto as ilhas menores são referidas como Arquipélago Dinamarquês.

Além disso, esse país europeu ainda possui dois territórios autônomos, que estão geograficamente distantes: as ilhas Faroe e a Groenlândia. Os canais que ligam o mar Báltico ao mar do Norte, conhecidos como Estreitos Dinamarqueses, são controlados pelo país. A língua oficial é o dinamarquês.

Mapa e geografia da Dinamarca

A Dinamarca é o mais meridional dos países nórdicos. Faz fronteira com a Alemanha, ao sul, e a Suécia, ao leste, e ao norte e oeste é banhada pelo Mar do Norte. Seu território tem extensão de 43.094 km², ocupando o 133º lugar na lista de maiores países do mundo.


A Dinamarca é o mais meridional dos países nórdicos. Faz fronteira com a Alemanha, ao sul, e a Suécia, ao leste, e ao norte e oeste é banhada pelo Mar do Norte.

O país é plano e possui poucas elevações, tanto que os pontos mais altos estão a apenas 170 metros acima do nível do mar.

Após a reforma administrativa de 1 de Janeiro de 2007, o território da Dinamarca foi dividido em cinco regiões e o número de municípios foi reduzido para 98. As atuais divisões do país são:

  • Copenhague;
  • Dinamarca do Sul;
  • Zelândia;
  • Jutlândia Central;
  • Jutlândia do Norte.

Bandeira da Dinamarca e brasão

A bandeira é chamada de Dannebrog, que significa “bandeira dos dinamarqueses” ou “bandeira vermelha e branca”. A cor de fundo é vermelha, que simboliza coragem e bravura, enquanto a cruz é branca representando o cristianismo.

A lenda conta que ela caiu dos céus durante a Batalha de Reval, na Estônia, em 1219 e se tornou uma inspiração para várias outras bandeiras por sua forma e composição, principalmente as bandeiras de outros países nórdicos como Suécia, Noruega, Finlândia e Islândia.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

A história é mencionada na Crônica Dinamarquesa de Christiern Pedersen, no início dos anos 1520, e pelo monge franciscano Peder Olsen, em 1527.

tudo sobre a Dinamarca bandeira

História da Dinamarca

Apesar de ser considerado pequeno em território e população, esse país europeu desempenhou um importante papel na história do continente. A expansão dinamarquesa na era viking e durou entre o século IX até o século XI. Os guerreiros vikings de origem dinamarquesa, sueca e norueguesa conquistaram boa parte do continente durante esse período. Ativos principalmente nas Ilhas Britânicas e na Europa Ocidental, conquistaram temporariamente partes da Inglaterra, da Irlanda e da França, quando fundaram a Normandia.

Em vários momentos da história o país controlou também a Noruega, a Suécia e partes das Ilhas Virgens e da costa Báltica, onde hoje fica o norte da Alemanha. Em 1397, o país compreendia toda a Escandinávia e tinha a Islândia sob seu domínio.

Independência dos países conquistados

Após diversas guerras, a Suécia conseguiu abandonar a união em 1523. A segunda perda da Dinamarca ocorreu quase três séculos depois, quando o país foi obrigado a devolver a Noruega para os suecos. O atual tamanho do país se deve a renúncias e entregas forçadas de terras, além das batalhas perdidas – como a Segunda Guerra de Scheleswig, em 1864, quando o rei da Dinamarca precisou ceder os ducados de Scheleswig e Holstein a Prússia, episódio que marcou profundamente a identidade nacional do país.

Quer saber tudo sobre a Dinamarca? Então é importante ter em mente que durante o período da Segunda Guerra Mundial, os alemães ocuparam o território dinamarquês. Ao fim da guerra, em 1945, o país reconheceu a independência da Islândia e três anos depois concedeu o estatuto de autonomia às ilhas Faroe. Por outro lado, a Groenlândia só conquistou a sua autonomia em 1979.

Confira aqui mais curiosidades da Dinamarca e encante-se pelo país.

Monarquia e governo

Oficialmente chamada de Reino da Dinamarca, o país é uma monarquia constitucional governada por um sistema parlamentar e integra a União Europeia desde 1973.

O chefe de governo é o primeiro-ministro, enquanto o chefe de Estado é o monarca – atualmente, a rainha Margarida II.

Tudo sobre a capital dinamarquesa

Copenhague é a capital e também a maior cidade da Dinamarca. Com uma área de aproximadamente 88,25 km², a capital dinamarquesa é um dos municípios de maior relevância no país. Seus moradores são considerados as pessoas mais felizes do mundo, especialmente por causa da elevada qualidade de vida.

Culturalmente diversificada, ela é o destino escolhido por pessoas de todas as partes do mundo para morar. A maioria dos seus mais de 600 mil habitantes é de origem dinamarquesa, seguido de imigrantes de outros países como Marrocos, Paquistão, Polônia, Iraque, Alemanha, Suécia, Noruega e Itália.tudo sobre a dinamarca e a capital copenhague

Transporte público

Algo que pode ser bastante curioso ao conhecer tudo sobre a Dinamarca e até surpreendente para os brasileiros é a maneira como as pessoas se deslocam nas cidades.

Lá, os transportes públicos funcionam muito bem e você pode sempre contar com a bicicleta para te levar a algum lado. Isso mesmo, na Dinamarca, especialmente em Copenhague, muitas pessoas usam a bicicleta para se mover pela cidade. A cidade é plana e está preparada com pistas e semáforos para os ciclistas, o que ajuda muito. Então, ter carro é considerado um luxo muito grande!

A Dinamarca está na lista dos melhores países para trabalhar e morar, veja aqui.

Custo de vida

Segundo o site Numbeo, a Dinamarca é o sétimo país com maior custo de vida no mundo. Um dos fatores que evidencia isso é o alto preço do m² no país que custa cerca de 25.351 mil kr, o equivalente a R$ 15.534, segundo a cotação de setembro de 2019.

Em contrapartida, o salário na Dinamarca também é elevado. Em média, um profissional ganha cerca de 120 kr por hora. No entanto, essa remuneração varia de acordo com a ocupação, cidade e porte da empresa.

Mas é claro, o custo de vida no país oscila de acordo com o estilo de vida, consumo e outros fatores que influenciam no orçamento mensal. Listamos em seguida, as principais despesas que uma pessoa teria morando no país. Confira:

Despesas Custos
Apartamento c/1 quarto no centro  R$ 3.819,88
Supermercado  R$ 267,98
Passe mensal de transporte R$ 240,03
1 litro de gasolina R$ 6,53
Despesas com energia, água, aquecimento e lixo R$ 803,48
Internet 60MB R$ 146,95
Academia de ginástica R$ 145,93

Língua e cultura

O dinamarquês é o idioma oficial do Reino da Dinamarca e falado pela maioria dos habitantes do país. Contudo, se você acredita que sabe tudo sobre a Dinamarca, é interessante descobrir que existem outras línguas regionais minoritárias, a exemplo do feroês, que é característico das Ilhas Faroe.

Quanto à cultura, os dinamarqueses se orgulham das suas inúmeras tradições, história e do patrimônio intelectual conquistado ao longo dos anos. Além disso, a sociedade dinamarquesa tem alguns valores extremamente arraigados, sobretudo no que diz respeito a solidariedade, igualdade e confiança.

Conheça os países que falam inglês na Europa e aprimore o idioma.

Tudo sobre a moeda e economia da Dinamarca

Apesar de ser integrante da União Europeia, a Dinamarca não aderiu ao Euro como moeda oficial. Assim, a moeda adotada no país é a da coroa dinamarquesa, conhecida pela sigla DKK. Atualmente, um euro equivale a aproximadamente sete DKK.

Como a remuneração dos trabalhadores é feita de acordo com os valores estipulados pelos sindicatos, não existe salário mínimo instituído. A economia dinamarquesa distingue-se dos demais países europeus e do Brasil, por aspectos como:

  • Excelente nível econômico de grande parte da população;
  • Inflação baixa e controlada;
  • Baixa intervenção estatal na economia;
  • Contas públicas equilibradas;
  • Baixo índice de desemprego;
  • Mão de obra qualificada.

Um importante indicador do país é o PIB. Em crescimento constante desde 2010, em 2018, somou 298.277 milhões de euros.

Também pode ser interessante tudo sobre a Suécia, o país vizinho da Dinamarca.

Maiores cidades da Dinamarca

O território dinamarquês é dividido em cinco regiões, nas quais estão situadas as maiores cidades do país escandinavo. Eles têm populações que variam de meio milhão de pessoas a pouco mais de cem mil habitantes.

Contudo, independente da sua população, cada um desses municípios possui atrações turísticas que agradam a todos os visitantes. Além da capital Copenhagen, as maiores cidades dinamarquesas são:

  • Aarhus, Jutlândia Central;
  • Odense, Dinamarca do Sul;
  • Aalborg, norte da Dinamarca;
  • Frederiksberg, Região da Capital;
  • Esbjerg, Dinamarca do Sul.

Cidades com mais qualidade de vida

Certamente, quem vive na Dinamarca pode aproveitar a excelente qualidade de vida. Especialmente porque o país ganha destaque em áreas como educação, saúde, liberdade civil, governança, entre outras. Não é a toa que a Dinamarca ficou no 6º lugar no nosso ranking dos países da Europa com melhor qualidade de vida.

Contudo, existem algumas cidades que oferecem um padrão de vida ainda mais elevado. Veja abaixo quais são elas.

  • Copenhague;
  • Aarhus;
  • Odense;
  • Aalborg;
  • Herning.

Aprenda aqui como estudar na Dinamarca de graça.

Cidades mais caras

A Dinamarca é o 23º país mais rico do mundo e, como é possível perceber, para morar no país é preciso ter uma renda mensal alta. Principalmente, quando você vive na capital dinamarquesa ou em algumas das cidades mais caras do país.

Para saber tudo sobre a Dinamarca, confira abaixo o nosso top 5 das cidades mais caras do país:

  • Copenhagen – 19ª cidade mais cara do mundo para viver;
  • Odense – segunda cidade mais cara da Dinamarca;
  • Aalborg – 31ª cidade mais cara do mundo para viver;
  • Aarhus – 34ª cidade mais cara do mundo para viver;
  • Fredicia – quinta cidade mais cara da Dinamarca no quesito aluguel.

Veja nosso ranking com as cidades mais caras da Europa.

Agora que você já sabe tudo sobre a Dinamarca, que tal aproveitar para conhecer mais sobre os pontos turísticos do país?

Os principais pontos turísticos da Dinamarca

Impossível saber tudo sobre a Dinamarca sem conhecer alguns seus pontos turísticos mais famosos.

Você não pode ir para a Dinamarca e não conhecer pelo menos um castelo! Começando pelo de Egeskov, na cidade de Odense, um lugar cheio de história e considerado um dos maiores símbolos do país. A arquitetura, junto da paisagem ao redor, são os principais destaques, além das exposições no interior. Confira a seguir alguns dos atrativos imperdíveis do país.

Castelo de Frederiksborg

O Castelo de Frederiksborg, em Hilerod, também tem um bela paisagem ao redor, com um lago e fonte ricamente ornamentados, e é conhecido como uma das construções mais suntuosas da Europa – os detalhes internos são trabalhados em ouro!

Frederiksborg

Confira os pontos turísticos na Europa mais importantes.

Castelo de Kronborg

Os fãs de literatura e arquitetura vão se fascinar pelo Castelo de Kronborg, em Helsingor, onde se passa a história de Hamlet, de William Shakespeare. A construção é rica e considerada um dos símbolos renascentistas do norte europeu e abriga uma bela exposição de arte.

Copenhague

A cidade de Copenhague é uma das principais capitais da Europa, que vale a pena considerar como destino para morar ou visitar. Uma cidade cosmopolita, com uma forte presença da história.

Das atrações principais destacam-se:

Agora que você já sabe tudo sobre a Dinamarca é hora de começar a se planejar para conhecer o país. Lembre-se que para entrar no país, seja para morar ou para visitar, você é obrigado a apresentar um seguro viagem Europa ainda no aeroporto, porque o país faz parte do Tratado de Schengen. Leia nosso artigo, saiba tudo sobre esse seguro e veja como contratá-lo ao melhor preço. E boa viagem!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.