Países da Europa com melhor qualidade de vida: top 7

Pelo quinto ano consecutivo, o US News & World Report divulgou um ranking dos melhores países do mundo para viver. Em 2020, o US News classificou 73 países baseado em percepções globais. A pesquisa, realizada em parceria com a BAV Group e a Wharton School da Universidade da Pensilvânia, entrevistou mais de 20 mil pessoas em todo o mundo, avaliando países com 65 métricas. Neste artigo, nosso objetivo é falar sobre os países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. Para isso, selecionamos os sete primeiros a aparecer no ranking feito pela US News.
Conheça a seguir os 7 países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020 e os critérios usados na pesquisa que os elegeu.

Os 7 países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020

Anualmente, o US News & World Report faz uma pesquisa nos países para verificar a educação, saúde, PIB, e outros aspectos, determinando, entre eles, a qualidade de vida dos países. Através dessa pesquisa, podemos conhecer quais são os países da Europa com melhor qualidade de vida.
A qualidade de vida é medida por meio de indicadores como: poder de compra, esperança média de vida, saúde, educação, igualdade de gênero, segurança e qualidade financeira. Confira a seguir os países com melhor qualidade de vida na Europa.

1. Suíça

A Suíça ficou com o primeiro lugar global da pesquisa, sendo o primeiro dos 7 países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. O país não alcançou o primeiro lugar em nenhuma das dimensões individuais medidas na pesquisa. Porém, teve alta classificação em segurança, igualdade de gênero, limpeza, igualdade de renda, empreendedorismo, entre outros.
A subclassificação mais alta da Suíça foi em “aberto para empresas”, ficando em segundo lugar geral. O Fórum Econômico Mundial, realizado no começo do ano em Davos, reforça essa percepção positiva do país.
A Suíça tem 8,5 milhões de habitantes e suas cidades se encaixam em todas as listas positivas feitas no mundo como as mais bonitas, as mais limpas, as mais seguras, as com maiores salários, as melhores para criar filhos, etc. Desta forma, morar na Suíça se torna muito atrativo para quem pensa em viver na Europa.
Os cidadãos brasileiros não precisam de visto para fazer turismo na Suíça, contanto que permaneçam no país por no máximo 90 dias para visitas, negócios, estudo, tratamento médico ou participação em congressos e eventos. Porém, quem pretende morar no país precisa ter um contrato de trabalho ou um estudo para conseguir o visto.

2. Alemanha

A Alemanha é sem dúvidas uma das maiores potências econômicas do mundo e no ranking da US News ela ficou com o quarto lugar global, sendo o segundo dos 7 países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020.
A força de trabalho qualificada e rica, prósperos setores de telecomunicações, saúde e turismo, foram alguns dos fatores que elegeram o país. Além disso, a Alemanha é líder em importações e exportações, assim como berço de muitas figuras culturais importantes na história. Sua subclassificação mais alta na pesquisa foi a de empreendedorismo, ficando em primeiro lugar entre os 73 países.
A Alemanha atrai muitos brasileiros por ser um país onde tudo funciona bem e onde há modernidade e qualidade de vida. Assim como outros países europeus, os brasileiros podem ficar até 90 dias na Alemanha sem visto. Para um período maior, é necessário fazer um pedido de visto que pode ser realizado após a entrada no país, diretamente no Departamento de Estrangeiros competente da cidade.
qualidade de vida Alemanha
Depois disso, é preciso fazer um registro no Departamento de Imigração (Ausländeramt/Ausländerbehörde/Ausländerbüro) e pedir o visto que se encaixa no seu perfil, que pode ser: estudo superior, intercâmbio escolar, curso de idioma, reunião familiar, celebração de casamento e permanência de longa duração subsequente. Com o visto, ainda é necessário pedir uma permissão de residência (Aufenthaltstitel) para o tempo em que pretende morar na Alemanha.

3. Inglaterra

A Inglaterra ficou com o sexto lugar global da pesquisa e é o terceiro dos países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. Serviço social, sistema público de saúde eficiente e ensino público de qualidade são alguns dos fatores que elencaram a Inglaterra.
Além disso, o país possui grandes setores bancários e turísticos, sendo Londres, sua capital, é um dos principais centros financeiros do mundo. O país ainda fez grandes contribuições para as artes e ciências. A subcategoria melhor avaliada da Inglaterra na pesquisa foi empreendedorismo, ficando com o quarto lugar global.
O país que é conhecido por sua vida cosmopolita, por ser a terra da família real e de grandes ícones da música, como The Beatles, atrai muitos brasileiros para passear ou morar. Se você pensa em morar na Inglaterra, será necessário solicitar o visto, a não ser que tenha a cidadania britânica.
O procedimento de pedido de visto deve ser feito ainda no Brasil e com ao menos três meses de antecedência da viagem. Caso tenha dúvidas entre no site do Governo Britânico e preencha as informações necessárias que a própria página vai te direcionar para o visto que você deve aplicar.

Sonho de Morar na Europa?

Confira nosso livro Sonho de Morar na Europa com as jornadas de vários brasileiros que vivem atualmente na Europa e conheça todos os passos para chegar no Velho Continente e realizar o seu sonho!

4. Suécia

A Suécia ficou com o oitavo lugar global na pesquisa e é o quarto entre os países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. Comprometido com sustentabilidade, direitos humanos, serviços públicos, distribuição de riquezas, assistência médica gratuita e educação universitária, o país ficou com o primeiro lugar na subcategoria Cidadania, entre os 73 países.
A Suécia é um belo país, com paisagens de tirar o fôlego, cidades incríveis e uma população extremamente educada. Trata-se de um país voltado para a inovação, que deu ao mundo nada menos que o Prêmio Nobel, as embalagens Tetra Pak, os carros Volvo, os móveis da IKEA, entre várias outras coisas.
Para quem vai viajar para a Suécia por até 90 dias não é necessário visto, mas, se você pensa em morar no país, precisará solicitar o visto. Os vistos mais comuns são de trabalho, de vínculo familiar, asilo e estudante.

5. Holanda

A Holanda ficou com o nono lugar global da pesquisa e é o quinto dos 7 países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. Conhecida por ter uma sociedade tolerante, foi o primeiro país a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Possui a maior concentração de museus do mundo e 32 mil quilômetros de ciclovias, que incentivam uma vida mais ativa. Por estes e outros motivos, a subcategoria melhor avaliada da Holanda foi a de Cidadania, ficando em quarto lugar no ranking global.
Os holandeses pagam 52% de imposto sobre seus salários e não reclamam por isso, pois têm qualidade de vida. Os transportes públicos funcionam bem, os salários são bons, o país é seguro, a educação é boa e a taxa de desemprego é mínima, além de terem poder de compra.
melhor qualidade de vida Holanda
O visto para morar na Holanda não está entre os mais simples de conseguir. Quem vai passar mais de 90 dias no país, precisa de um cartão de residência, que é obtido junto ao Serviço de Imigração e Naturalização (IND). Caso você tenha cidadania europeia, basta se cadastrar na prefeitura. Se este não for o seu caso, terá que entrar com pedido de visto de trabalho, estudo, companheiro ou intercâmbio cultural.

6. Noruega

A Noruega ficou em décimo lugar no ranking global da pesquisa e é o sexto dos 7 países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. A nação é próspera, uma das principais exportadoras de petróleo do mundo, seu ensino superior é, geralmente, gratuito e possui rica tradição literária. Sua subcategoria melhor avaliada na pesquisa foi Cidadania, ficando em terceiro entre os 73 países.
O país é um dos mais desenvolvidos do mundo, com excelente qualidade de vida e considerado um dos melhores lugares para viver. Além disso, a Noruega também é classificada como um excelente país para trabalhar na Europa, se destacando por políticas de licença-maternidade e igualdade de gênero. O índice de desemprego é baixo e os salários são bons, principalmente para aqueles que têm nível superior.
Muitos querem largar tudo no seu país para tentar a vida na Europa, e morar na Noruega pode ser uma boa opção. Ela é o destino ideal para quem procura um país desenvolvido e com qualidade de vida. O Portal Consular estima que a comunidade brasileira na Noruega já é composta por 6.500 cidadãos.
Os imigrantes adultos têm direito e dever de completar no mínimo 300 horas de formação da língua norueguesa. O objetivo é aumentar as chances do imigrante se integrar no trabalho e sociedade. Se você pensa em morar no país e não possui cidadania europeia, será necessário solicitar um visto através da Embaixada Norueguesa no Brasil  Entre os vistos concedidos estão: familiar; Au Pair; estudante; refugiados; profissionais.

7. França

A França ficou com o 12° lugar global da pesquisa e é o sétimo país da Europa com melhor qualidade de vida em 2020. Influência cultural generalizada, nação rica, alta renda, grande setor de turismo e uma das maiores economias do mundo foram alguns dos fatores que garantiram a colocação da França. Sua subcategoria melhor avaliada foi a de Influência Cultural.
A França é o país mais visitado do mundo e, apenas em 2019, recebeu aproximadamente 90 milhões de turistas. Atraídos pela qualidade de vida, belos lugares, ofertas de emprego e gastronomia mundialmente conhecida, muitos brasileiros desejam viver no país. De acordo com o Itamaraty, mais de 70 mil brasileiros residem na França.
Viver na França
Se você não tem cidadania europeia e pensa em morar na França, vai precisar de um visto e é necessário retirá-lo enquanto ainda está no Brasil. Existem algumas categorias de visto mais comuns para quem quer morar na França, elas são: de trabalho, estudantes, aposentados, pesquisadores, religiosos, casamento e visitantes.

Como foi feita a pesquisa que elegeu os países da Europa com melhor qualidade de vida em 2020?

Os pesquisadores convidaram mais de 20 mil pessoas para analisarem 73 países a partir de indicadores como relação com direitos humanos, nível de educação da população, clima, renda per capita, qualidade do sistema público de saúde, entre outros. Os participantes consideraram o quanto cada nação se relacionava com 65 atributos diferentes, dando a maior ou menor nota em cada categoria.
Os atributos foram reunidos em nove subrankings principais:

  • Aventura: se o país é amigável e divertido;
  • Cidadania: relação com direitos humanos, igualdade de gênero, meio ambiente etc;
  • Influência cultural: se o país é culturalmente significativo e influente;
  • Empreendedorismo: ligação com o restante do mundo, nível de educação, força de trabalho qualificada;
  • Herança: se possui uma história rica e atrações culturais;
  • Abertura para negócios: práticas transparentes do governo, impostos, burocracia;
  • Poder: liderança, influência econômica e política, alianças internacionais;
  • Qualidade de vida: bom mercado de trabalho, estabilidade econômica, bom nível das redes públicas de saúde e educação, segurança;
  • Expectativa de crescimento econômico aliado ao poder de compra.

O peso desses subrankings na lista global dos melhor países foi calculado a partir dos dados do produto interno bruto (PIB) em paridade de poder compra (PPC), divulgados pelo Fundo Monetário Internacional em 2017, categorias menores que tivessem melhor relação com esse medidor de riqueza ganharam um peso maior.
Confira o mapa da Europa e saiba onde estão localizados cada um dos países com melhor qualidade de vida do continente.

Como é viver em um dos países com melhor qualidade de vida na Europa?

Você já se imaginou vivendo em um país com boa qualidade de vida? Morar em um país com uma boa qualidade de vida é saber que os impostos que você paga estão sendo bem gastos. É poder sair de casa sem se preocupar com a sua segurança, saber que os seus filhos estão recebendo uma educação de qualidade nas escolas públicas.
É saber que se você precisar de atendimento médico, você será atendido da melhor forma possível. Tudo isso e muito mais. E todos nós merecemos isso. Merecemos qualidade de vida, segurança e conforto, mas, infelizmente, alguns países possuem mais estrutura que outros para que a população possa viver dessa maneira.

Lembre-se do seguro viagem

Para visitar os países europeus, você vai precisar de um seguro viagem.
Quer economizar na contratação do seu seguro viagem? Então utilize o nosso comparador de seguros. Essa plataforma foi desenvolvida pela Equipe Euro Dicas para apresentar os planos mais adequados ao seu destino e ao seu bolso.
Basta informar a sua data de ida e de volta, destino, nome e contatos e nós iremos ajudar você a selecionar o melhor seguro para sua viagem.
Se preferir, pode também fazer a cotação no Seguros Promo, site comparador que nós confiamos e recomendamos aos nossos leitores.

Mariele é brasileira, formada em Jornalismo e especialista em Marketing Digital. Nasceu em Minas Gerais, estudou em Portugal e hoje mora em São Paulo. Suas duas grandes paixões são: viajar e escrever. Já visitou 9 países e conhece especialmente Portugal e Itália. Todos os dias aguarda ansiosamente pela próxima viagem.

Julia é brasileira, formada em Turismo, morou 6 anos em Portugal e hoje mora em Budapeste. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Conseguir emprego no exterior ainda no Brasil: dicas úteis

Conseguir emprego no exterior não é uma tarefa fácil, mas temos dicas para fazer um bom currículo, onde procurar vagas e os melhores países para trabalhar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube