Além de ser um país lindo e com excelente qualidade de vida, a Holanda também é referência quando falamos em educação. Com grandes universidades, escolas e ótimos cursos de inglês, pode ser uma boa opção para quem quer melhorar o currículo, ou até ter uma experiência internacional. Mas é claro que, para estudar na Holanda, é preciso se preparar tanto no que se refere ao ensino, quanto ao que envolve morar no país. Afinal, essa é uma decisão importante a ser tomada.
Para te ajudar nessa jornada, vamos apresentar neste artigo tudo que você precisa saber para estudar na Holanda.

Saiba como estudar na Holanda

A Holanda possui um sistema educacional reconhecido em todo mundo por sua excelência. Com uma didática focada no método “problem-based learning“, o estudante aprende a resolver problemas sozinho através da ênfase no auto estudo e autodisciplina. Se você sonha em estudar na Holanda, veja alguns passos a seguir.

Escolher um curso e instituição de ensino

A maior parte dos cursos universitários e técnicos são oferecidos em inglês e holandês. O ensino do país se destaca em diversas áreas como Arquitetura, Design, Logística, Gestão da Água e diferentes engenharias. Para ajudar a escolher a melhor opção para o seu caso, você pode:

  • Visitar o site da Nuffic Neso Brazil (representação oficial no Brasil para as questões referentes ao ensino superior holandês), no qual é possível encontrar um panorama completo e confiável, com informações atualizadas sobre o que as instituições holandesas de ensino superior oferecem;
  • Entrar em contato com a instituição de ensino que optar, para obter detalhes sobre os requisitos de admissão;
  • Enviar os documentos necessários para a instituição e aguardar a carta de aceite.

A escolha do curso vai depender do seu objetivo como estudante e profissional. Caso queira algo mais prático, invista em uma universidade de ciências aplicadas. Caso tenha mais interesse na carreira acadêmica, invista em instituições de pesquisa.

Ensino Médio e curso de inglês

Se você deseja fazer o Ensino Médio na Holanda, uma empresa de intercâmbio pode ajudar bastante no processo. Existem algumas agências nacionais confiáveis, nas quais você pode fazer cotações on-line.
Existem várias agências que auxiliam no processo de interncâmbio como a CI, a STB, e a EF Brasil. Aconselho que você também procure as agências de intercâmbio da sua cidade, para que possa tratar pessoalmente sobre o assunto.
Já se você quer estudar inglês, existem diversas opções de escolas e até as próprias universidades oferecem cursos de línguas. Neste caso, é interessante escolher primeiro a cidade que deseja morar para depois buscar as opções por lá.
Em Amsterdam, por exemplo, o British Language Training Center e o UVA Talen são instituições reconhecidas que recebem milhares de estrangeiros todos os anos. As agências de intercâmbio também podem ajudar com a busca por um curso de inglês na Holanda.

Verificar como se candidatar

Os processos de admissão nas instituições holandesas podem variar bastante. Por isso, você precisa primeiro escolher o curso que deseja fazer e depois entender qual instituição se encaixa melhor no seu perfil. Com a instituição escolhida, chegou a hora de pesquisar como funciona seu processo de admissão.
Como citei acima, o Nuffic Neso Brazil é a representação oficial no Brasil para as questões referentes ao ensino superior holandês e fornece informações sobre os programas de estudo ministrados em inglês na Holanda. Portanto, se você busca uma universidade, o órgão pode facilitar, orientar e informar gratuitamente interessados em estudar na Holanda.
Para o Ensino Médio e os cursos de inglês, não costumam haver processos de admissão, apenas fazer a entrega de documentação e em alguns casos, testes de proficiência. Vale buscar informações com a própria escola ou agência de intercâmbio escolhida.
Como estudar na Holanda

Verificar custos do curso e custo de vida na cidade

Mesmo estudando em uma universidade pública, você terá que pagar uma anuidade. O valor vai depender do programa, curso e instituição de ensino. Além de contar com este gasto, é muito importante considerar os custos de vida na Holanda.
Alimentação, aluguel, transporte, contas básicas da casa, internet e lazer são alguns dos custos que devem ser levados em conta no seu planejamento. É essencial pesquisar ao máximo e entender qual cidade poderá te oferecer um melhor custo benefício para estudar na Holanda.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Solicitar visto de estudante

Para brasileiros que permanecem por mais de 90 dias no país, é necessário providenciar um visto para Holanda.
No caso de quem vai estudar na Holanda, será um visto de estudante. Para conseguir o visto, você precisa ser aceito em uma universidade ou instituição de ensino, entre outros requisitos como ter recursos suficientes para sua estadia e obter ao menos 50% dos créditos necessários para cada ano acadêmico.
A aplicação deste visto custa 171€ e a própria instituição poderá entrar com o pedido caso seja você seja aceito.

Preparo financeiro e emocional

Morar em outro país exige um planejamento emocional e financeiro, mesmo que seja por um tempo determinado. Para planejar seu orçamento, pesquise sobre os custos de vida na cidade que vai morar e faça uma planilha com os valores, que você pode conferir na plataforma Numbeo.
Além do planejamento financeiro, é essencial se preparar emocionalmente. Se adaptar a uma nova cultura estando longe de sua família e amigos, pode não ser tão fácil.
Para isso, pesquise bastante antes de se mudar. Quanto mais informações tiver antes de embarcar, mais confiante vai ficar. Leia artigos, converse com pessoas que vivem na cidade que vai morar e procure dados sobre o local que vai estudar na Holanda.

Comprar passagem e embarcar para Holanda

Quando já estiver com tudo resolvido, chegou a hora de comprar sua passagem e embarcar para a Holanda. O momento de chegada e imigração pode assustar muitas pessoas, mas se você estiver com toda a documentação em mãos, não tem o que temer. Dentre os documentos, é importante estar com:

  • Passaporte válido por ao menos três meses depois da saída do país;
  • Visto de estudante para quem vai estudar na Holanda;
  • Comprovantes de meios suficientes para sua estadia, podendo ser apresentados por extrato bancário, fatura de cartão de crédito internacional ou comprovante de bolsa (caso seja o seu caso);
  • Seguro de viagem com cobertura mínima de 30 mil euros;
  • Comprovante de hospedagem, que podem ser reservas de hotéis ou aluguel de apartamentos. Caso for ficar na casa de alguém que seja residente legal, é recomendável estar com uma carta convite.

Melhores universidades da Holanda

De acordo com o Times Higher Education’s World University Rankings 2020, 13 universidades holandesas estão no ranking das 250 melhores do mundo. Elas estão localizadas em 12 diferentes cidades, sendo duas em Amsterdam.
Essas instituições oferecem mais de 40 programas de graduação e pós-graduação ministradas em inglês. Confira quais são a seguir:

  1. Wageningen University & Research;
  2. University of Amsterdam;
  3. Delft University of Technology;
  4. Leiden University;
  5. Erasmus University Rotterdam;
  6. University of Groningen;
  7. Utrecht University;
  8. Maastricht University;
  9. Radboud University Nijmegen;
  10. Vrije Universiteit Amsterdam;
  11. Eindhoven University of Technology;
  12. Tilburg University;
  13. University of Twente.

Cursos de destaque na Holanda

A qualidade do ensino das universidades holandesas está relacionada, entre outros fatores, ao sistema de ensino que já citei no começo do artigo, que é baseado em solução de problemas (Problem Based Learning – PBL). Em tal sistema, os alunos têm mais autonomia para buscar e construir seu próprio conhecimento.
Além disso, as turmas costumam ser pequenas na Holanda, o que ajuda no aprendizado, traz mais engajamento aos estudantes e maior proximidade com os professores. A excelência do ensino em geral é indiscutível na Holanda, mas existem algumas áreas que se sobressaem, especialmente as indústrias criativas. Conheça algumas delas a seguir.
melhores universidades da Holanda

Estudar moda na Holanda

A Holanda tem diversas marcas globais de moda, como C&A, Sandwich, JustB e G-Star, que refletem a internacionalização da moda holandesa. A própria família real holandesa é uma grande apoiadora das marcas nacionais, incluindo peças de vestuário em seu dia a dia para ajudar a popularizá-las através de sua visibilidade na mídia.

Onde estudar?

Duas faculdades se destacam na Holanda quando falamos de Moda ou de alguma de suas vertentes, como Moda & Branding, Moda & Tecnologia, Design de Moda e Negócios da Moda.
A primeira é a Universidade de Ciência Aplicada de Rotterdam, que possui uma academia chamada Willem de Kooning Academy. A instituição oferece graduação de Design de Moda, além da oportunidade de fazer um intercâmbio durante o curso em grandes capitais da Moda.
A segunda instituição é o Amsterdam Fashion Institute (AMFI), considerada a maior entidade de educação na área do país. A faculdade é integrante da Universidade de Ciências Aplicadas de Amsterdam.
Também existe uma opção mais recente, inaugurada em 2012, que é a Academia de Moda de Amsterdam (Amsterdam Fashion Academy). Foi criada para oferecer uma escola mais íntima, com salas pequenas e um ensino mais personalizado.

Estudar Arquitetura na Holanda

A Holanda combina o novo com o antigo de formas inigualáveis e os holandeses são considerados líderes em arquitetura. Se você sonha em estudar na Holanda e tem interesse na área, pode ser uma ótima opção.
O termo dutch design (design holandês) é muito usado para descrever o pensamento inovador e peculiar das criações dos holandeses, que combinam criatividade e tecnologia. Isso envolve diversos setores, desde carros até móveis e imóveis.

Onde estudar?

Um dos bacharelados de destaque em Arquitetura, Urbanismo e Ciências da Construção é oferecido pela Universidade de Tecnologia de Eindhoven, com duração de três anos e ministrado em inglês. O curso tem foco no desenvolvimento multidisciplinar e abrange prática e teoria nas áreas de Arquitetura, Planejamento Urbano, Gestão e Mercado de Bens Imóveis, Design Estrutural, entre outros.
Na Universidade de Leiden também se encontra um bacharelado em Estudos Urbanos, com duração de três anos. O curso aborda diversas questões de produção, inovação, criatividade, sustentabilidade e diversidade multicultural nos Estudos Urbanos.

Jogos Online

Segundo o governo holandês, a indústria de jogos online teve uma expansão impressionante, contribuindo com 300 milhões de euros à economia nacional anualmente, graças às mais de 500 companhias do setor atuantes no país. A partir deste cenário, as universidades holandesas criaram diversos cursos e disciplinas para atender a demanda do mercado.
Para quem deseja estudar na Holanda e tem interesse em jogos, pode ser uma ótima opção. Esta é uma área promissora em qualquer lugar do mundo e a indústria criativa só cresce e envolve diversos setores.
Além disso, a maior parte das graduações holandesas de jogos incluem um módulo obrigatório de estágio, garantindo uma oportunidade valiosa para os estudantes trabalharem com clientes e fazerem contatos no mercado.

Onde estudar?

A Universidade de Ciências Aplicadas de Breda, mais conhecida como NHTV Breda, oferece o bacharelado de Artes em Arquitetura e Design de Games Internacionais (IGAD). Nele há especialização em Programação, Artes Visuais, Design e Produção e Desenvolvimento de Game Indie. A instituição possui uma parceria com a Sony e faz parte do primeiro Programa de Parceria Acadêmica da PlayStation.
Também há a opção da Universidade de Ciências Aplicadas de Hanze, que oferece um bacharelado de Ciências em Design de Games focado em arte 2D e 3D, conceito de jogos, desenvolvimento e avaliação de games. O curso tem duração quatro anos e é ministrado em inglês. Após um primeiro ano mais teórico, os alunos têm aulas práticas de design aplicado de games, arte, desenvolvimento e muito mais.

Como se candidatar para estudar na Holanda?

Normalmente, o candidato precisa enviar seu histórico escolar e fazer uma prova de proficiência em inglês para participar do processo seletivo na Holanda. Dependendo do curso e instituição, pode haver uma entrevista ou prova específica. A concorrência depende do curso e instituição escolhida.

Passo a passo para a candidatura

Assim como funciona em qualquer país, existe um processo burocrático para ingressar em uma universidade na Holanda, que demanda investimento de dinheiro e tempo. Por isso, é aconselhável começar a se preparar um ano antes, seguindo os passos abaixo:

  • Faça uma pesquisa dos programas de estudos e instituições do seu interesse;
  • Encontre o curso que vai atender às suas expectativas;
  • Verifique quais são os pré-requisitos deste curso;
  • Acompanhe os prazos estabelecidos no processo de candidatura;
  • Entre em contato com a instituição de ensino para tirar qualquer dúvida;
  • Pesquise como funciona o processo de solicitação de visto;
  • Se você atende aos pré-requisitos da instituição e do governo holandês, se inscreva no curso no site da instituição.

Não parece mais simples quando listamos o passo a passo? E de fato não tem nenhum segredo. O importante é fazer uma pesquisa profunda, se planejar bem financeiramente e atender aos requisitos do curso escolhido para estudar na Holanda.

Documentos necessários

Para ingressar em algum curso holandês, principalmente de graduação, é necessário ter o diploma do Ensino Médio reconhecido ou com equivalência acadêmica. Já para cursar uma pós-graduação, é preciso apresentar certificado de conclusão do bacharelado ou equivalente.
Uma das opções é providenciar um diploma holandês. Basta realizar o reconhecimento com o governo e assim se torna mais fácil determinar a natureza das suas qualificações acadêmicas. Desta forma, as instituições reconhecem suas habilidades e aceitam de forma mais ágil.
Universidade de Maastricht na Holanda
As outras etapas do processo dependem de cada universidade, do nível de estudo e do curso escolhido. De forma geral, além dos diplomas, será necessário apresentar um documento de identificação e um comprovante de proficiência em inglês.
Para quem vai fazer pós-graduação, é preciso ter nota de ano menos 550 pontos no TOEFL (paper-based) e 213 no computer-based. Caso faça o IELTS, precisa tirar 6 ou mais. A graduação também pode exigir uma nota mínima, mas isso vai depender da universidade e da área do curso.
Para se inscrever, ainda é preciso apresentar seu currículo, uma carta de referência e uma declaração pessoal. Os documentos precisam ser traduzidos para inglês e certificados pela universidade brasileira ou apostila de Haia.

Quanto custa estudar na Holanda?

Nas universidades holandesas existe a tuition fee, que seria o mesmo que as mensalidades das faculdades particulares no Brasil. Os valores para europeus e não-europeus são bem diferentes e, infelizmente, para nós sai mais caro. Porém, independente do valor da tuition, você pode negociar com a universidade e pagar parcelado.
Veja a seguir, alguns valores de graduação e pós-graduação em universidades holandesas:

Instituição Grau de formação Média de valor
Wageningen University & Research Graduação 15.700€ por ano letivo
Mestrado 18.700€ por ano letivo
Doutorado 1000€ por mês
University of Amsterdam Graduação 2.143€ por mês
Mestrado 2.143€ por mês
MBA 39.900€ (todo o programa que pode durar 12 ou 24 meses)
Leiden University Graduação 13 mil € por ano letivo
Mestrado 22 mil € por ano letivo
Doutorado Apenas com bolsa de estudo

Como conseguir bolsa de estudos na Holanda?

As universidades holandesas oferecem diversas bolsas de estudo para estudantes internacionais em graduações e pós-graduações. Algumas opções são voltadas especialmente para brasileiros, como a Orange Tulip Scholarship (OTS), que é administrada pela Nuffic Neso Brazil.
Outras são oferecidas pelas próprias instituições para diversas nacionalidades, como na University of Twente Scholarship. Nos dois casos, o candidato terá que passar por um longo processo seletivo, providenciar diversos documentos e comprovar os requisitos para ter a bolsa.
Para começar, entenda como funciona o processo seletivo e descubra para quais cursos e universidades gostaria de se inscrever. Um dos recursos recomendáveis para quem quer começar essa jornada é participar dos workshops, feiras e oficinas realizados por todo Brasil pela Nuffic Neso e pelas próprias universidades holandesas. Nos eventos, você terá a oportunidade de conversar pessoalmente com os representantes, ter orientação e assistir palestras sobre o processo seletivo para bolsas de estudo.

Como conseguir um visto de estudante na Holanda?

Depois da matrícula, as próprias universidades holandesas dão entrada na solicitação de visto para estudante internacional que permite morar na Holanda. Para que isso seja possível, a instituição vai entrar em contato com o futuro aluno e solicitar determinados documentos como a cópia do passaporte e comprovante de renda, mantendo-o informado a respeito das próximas etapas.
Em seguida, a instituição informa o aluno que o seu visto (MVV) foi aprovado pelo serviço de imigração holandesa (IND). O estudante deve procurar o site da representação holandesa mais próxima para que possa agendar um horário e entregar os seguintes documentos:

  • Duas fotos recentes coloridas de acordo com o padrão holandês (3,5×4,5cm);
  • O formulário MVV preenchido;
  • A confirmação do aceite da universidade (por carta ou e-mail);
  • O passaporte que deve ter uma validade mínima de 180 dias a partir da data de chegada na Holanda.

Por conta da impressão digital, a entrega de documentos deve ser feita pessoalmente e no Brasil e é realizada nas cidades de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Custo de vida na Holanda

A Holanda não é um país barato para se viver e o custo de vida vai depender muito da cidade que morar. Em Amsterdam, alugar apartamento pode ser bem caro, enquanto em sua vizinha Rotterdam já são bem mais baratos. Como o principal meio de transporte é a bicicleta, provavelmente você já vai economizar com isso se locomovendo dentro das cidades e até entre cidades próximas.
Quem pretende estudar na Holanda, pode levar uma vida sem luxos, morar em república com outras pessoas e caso saiba como economizar, pode baixar bastante os custos. Confira a seguir, os custos médios de um estudante que divide apartamento com duas pessoas.

Custo para um estudante na Holanda

Despesa Valor médio
Apartamento de 3 quartos no centro da cidade 1.731,15 € = 577,05€ para cada estudante
Contas básicos da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2 165,39€ = 55,13€ para cada estudante
Supermercado 200€
Internet 39€
Academia 30€
Custo total aproximado por estudante 901€ mensais

Valores retirados do site colaborativo Numbeo e última consulta feita em setembro de 2020.
Lembrando que você ainda deve contar com as mensalidades da universidade, caso não tenha bolsa e reservar um pouquinho por mês para lazer.

Comprar passagem para Holanda

Uma passagem de ida e volta, saindo de São Paulo para Amsterdam, custa aproximadamente R$5.700 em alta temporada (julho e agosto) e R$ 5 mil nos outros meses que são baixa temporada.
Você pode usar o site comparador Kayak para encontrar os melhores preços de passagem.

Vale a pena estudar na Holanda?

Caso você queira enriquecer seu currículo profissional e ter a experiência de morar em outro país, com certeza vale a pena estudar na Holanda. O país é considerado um dos melhores do mundo para se viver, estudar e trabalhar, além de possibilitar conhecer pessoas de diversos lugares.
Morar e estudar na Holanda
Muitos fazem intercâmbio na Holanda e voltam para o Brasil com um grande diferencial em sua trajetória acadêmica e profissional. Enquanto outros veem os estudos como um caminho para morarem de forma definitiva no país.
Independente da sua intenção, o investimento em educação é sempre válido e pode trazer bons frutos no futuro. Além disso, morar um tempo fora do Brasil em engrandecedor para qualquer pessoa.

Perguntas frequentes sobre estudar na Holanda

A seguir respondemos algumas perguntas frequentes de quem pretende estudar na Holanda, confira:

Quais são as melhores faculdades de Amsterdam?

De acordo com o Times Higher Education’s World University Rankings 2020, duas das melhores universidades da Holanda e do mundo estão em Amsterdam:

Também se destacam duas universidades de cidades vizinhas:

Como estudar inglês na Holanda?

A primeira pergunta que você deve se fazer ao pensar em estudar inglês na Holanda é: que tipo de curso estou à procura? Um curso para estudante, profissional de negócios ou viajante? Existem cursos para todos os níveis de fluência, durações e idades, especialmente em Amsterdam.
Comece decidindo em qual cidade quer morar, que tipo de curso quer fazer, para depois começar sua busca.

Como estudar de graça na Holanda?

Como já citamos acima, existem diversas bolsas para estudar de graça na Holanda. Uma delas é voltada especialmente para brasileiros, a Orange Tulip Scholarships Brazil (OTS). O programa oferece mais de 80 bolsas para cursos ministrados em inglês. O prazo de inscrição pode variar de acordo com a instituição. Mas, normalmente, termina entre fevereiro e maio.
Outra opção é a Universidade de Twente, que oferece 50 bolsas de mestrado e aceita inscrições até maio. O apoio financeiro pode variar entre 3 mil e 25 mil euros, dependendo da análise socioeconômica do estudante. Essa quantia pode ser usada para arcar com as despesas de manutenção do país e com as mensalidades da faculdade.

Como é o Ensino Médio na Holanda?

O Ensino Médio na Holanda é voltado para jovens de 14 a 17 anos. As escolas holandesas se classificam em três categorias, com métodos de estudo diversos: MAVO, HAVO e VWO. Normalmente, os estudantes brasileiros são matriculados nas escolas HAVO, que possuem currículos mais abrangentes e preparam para as universidades.
As agências de intercâmbio ajudam a colocar o aluno em escolas públicas, buscando o currículo mais adequado para cada pessoa. O ano acadêmico se inicia em agosto e termina em junho. O estudante pode optar por estudar por um ano ou um semestre. No segundo caso, poderá começar em agosto ou janeiro, meses que iniciam cada semestre.

Quanto custa uma faculdade de medicina na Holanda?

Para estudantes e profissionais da área médica, a Holanda se destaca como um destino atraente, devido à sua excelência em pesquisa, pioneirismo e inovação.
Entre as melhores instituições que possuem curso de Medicina está a University of Groningen (BSc in Medicine – Global Health). O curso tem a duração de 3 anos e o valor pago pela anuidade é de 32 mil euros, ou seja, aproximadamente R$ 200 mil por ano (cotação de 17/09/2020).
É um valor bem elevado, principalmente em um momento em que o real está bastante desvalorizado. Porém, o curso também é caro no Brasil e, às vezes, pode sair o mesmo valor do que estudar em uma boa faculdade particular brasileira. Vale avaliar.

Seguro viagem para estudar na Holanda

E não esqueça: se planeja estudar na Holanda, saiba que o seguro viagem é fundamental. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.
Se preferir, pode também utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no Portal.