Intercâmbio na Holanda: quanto custa, bolsa de estudo e visto

Quando se pensa em educação, o país das tulipas está no topo mundial do ranking acadêmico. Fazer um intercâmbio na Holanda traz muitas vantagens para o currículo do estudante e também para a sua vida.

Tipos de intercâmbio na Holanda

As universidades são divididas em duas categorias: Universidades de Ciências Aplicadas (Hogeschool) e Universidades de Pesquisa (Universiteit).

Cada uma tem um foco diferente, e, inclusive, os anos de estudo variam também. Isso faz diferença no tipo de emprego que você vai querer depois. A educação científica é focada nas teorias, como pesquisas de mestrado, PhD, etc. Já a educação prática forma alunos em profissões específicas, assim como as graduações no Brasil.

Para algumas profissões, o ensino só pode ser feito em um dos níveis: medicina, por exemplo, tem que ser em uma universidade de pesquisa.

Universidades focadas em cada área

Na Holanda, as universidades geralmente são voltadas para determinadas áreas. Algumas se voltam para a área de humanas, e outras para a área tecnológica, biológica, etc. Por isso é importante conferir primeiro quais universidades ofertam o curso que você quer, para depois tomar a sua decisão.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

No site Nuffic Neso, a representação oficial no Brasil para as questões referentes ao ensino superior holandês, você pode encontrar todas as informações sobre intercâmbio na Holanda. Conheça a Nuffic Neso Brasil nesse artigo que escrevemos sobre eles.

Bolsas para intercâmbio na Holanda

Existem diversas possibilidades de fazer intercâmbio na Holanda com bolsa de estudo. Algumas cobrem só a “tuition fee” (a anuidade paga às universidades); outras dão ajuda de custo também. O melhor é pesquisar para encontrar a que melhor se adéqua à sua condição financeira.

Mas para quem tem o objetivo de fazer intercâmbio na Holanda, o primeiro passo é verificar diretamente com a sua instituição de ensino superior. Muitas faculdades brasileiras possuem convênios com outras instituições ao redor do mundo. Geralmente, essas parcerias cobrem o valor da “tuition fee“, que na Europa pode ser bem mais cara caso você não tenha cidadania europeia.

Porém, antes de iniciar uma pesquisa sobre bolsas de estudo, verifique se a sua instituição tem um programa de intercâmbio com uma instituição holandesa. Esta é a maneira mais fácil e barata de estudar na Holanda.

Confira algumas bolsas concedidas:

Orange Tulip Scholarship

O programa é voltado especialmente a estudantes brasileiros com excelência acadêmica, todas as bolsas são para cursos ministrados em inglês e de qualidade internacionalmente reconhecidos.

O Orange Tulip Scholarship Brazil consiste em bolsas (integrais ou parciais) sobre o valor da anuidade (tuition fee). Em alguns casos, cobre outros custos, como: custos com visto e seguro, por exemplo. O programa abrange cursos de bacharelado completo, último ano da graduação, MBA e mestrado completo, em diferentes áreas de estudo.

Para 2020, são mais de 80 bolsas de estudo exclusivas para brasileiros, em 27 institutos participantes. Os benefícios podem chegar a até 25 mil euros em anuidades mais a ajuda de custo.

Requisitos para se candidatar

  • Possuir somente cidadania brasileira;
  • Apresentar excelente desempenho acadêmico;
  • Ter obtido o grau necessário para cursar o programa desejado;
  • Não estar atualmente estudando ou trabalhando na Holanda;
  • Possuir fluência escrita e oral em inglês (certificado de proficiência será exigido);
  • Estar atualmente no processo de admissão ou já ter sido admitido em alguma(s) instituição (instituições) de ensino superior holandesa(s) participantes do programa.

Documentos exigidos

A documentação pode variar de acordo com a instituição escolhida, mas normalmente são exigidos:

  • Tradução juramentada para a língua inglesa do(s) diploma(s) e seu respectivo(s) histórico(s) escolar/acadêmico do grau anterior ao pretendido;
  • Exame de proficiência, com a pontuação obtida: TOEFL iBT (oficial, não o institucional) ou IELTS (acadêmico);
  • Curriculum Vitae recente em inglês;
  • Carta de motivação em inglês;
  • Cartas de referência;
  • Cópia autenticada do passaporte.

O estudante pode se candidatar a até 4 instituições. Para se candidatar, é necessário preencher o formulário de inscrição. As inscrições podem ser feitas até maio de 2020.

Holland Scholarship

É um programa de bolsas de estudo financiado pelo Ministério Holandês da Educação, Ciência e Cultura e pelas universidades holandesas de pesquisa e ciências aplicadas. Esta bolsa é destinada a estudantes de fora do Espaço Econômico Europeu (EEA).

O auxílio oferecido é de 5 mil euros em cursos de graduação ou mestrado e cobre os gastos referentes ao primeiro ano do curso, sem possibilidade de renovação.

Requisitos para se candidatar

  • Ser nativo de um país não membro da EEA;
  • Atender todas as exigências e requisitos de admissão da universidade da sua escolha;
  • Verificar diretamente com a universidade do seu interesse se ela participa do programa Study in Holland HS;
  • Não ter diploma emitido por uma universidade holandesa.

Documentos exigidos

O processo de candidatura depende da instituição e do curso escolhidos. Porém, alguns documentos exigidos são comuns, como:

  • Histórico acadêmico;
  • Carta de motivação;
  • Cartas de recomendação;
  • Certificado de proficiência em inglês.

Você pode se candidatar ao Holland Scholarship contactando diretamente a universidade holandesa da sua escolha:

O prazo final para se inscrever ao Holland Scholarship varia entre 1 de fevereiro e 1 de maio de 2020, de acordo com o curso escolhido.

Visto para intercâmbio na Holanda

Para fazer um intercâmbio na Holanda como brasileiro, é necessário o visto de estudante (MVV) e a permissão de residência (VVR). Mas todo o processo só pode ser feito depois que você já foi admitido na universidade.

Você vai precisar comprovar que possui condição financeira suficiente para se manter durante o período fora. Geralmente, a própria universidade auxilia no processo para a obtenção do visto, mas, na dúvida, o ideal é contatar o Consulado da Holanda no Brasil.

É importante reforçar, ainda, que o visto de estudante tem validade, e vai durar apenas pelo tempo que você estiver estudando.

Se você tiver cidadania europeia, não é necessário visto ou permissão de residência. É só pegar o passaporte vermelhinho e fazer as malas.

Como conseguir visto de intercâmbio na Holanda

Após escolher a universidade holandesa de seu interesse, se candidatar ao curso pretendido, realizar todos os procedimentos de inscrição e ser aceito pela instituição de ensino, você deve aplicar para o visto. No entanto, não é você quem vai fazer isso, e sim a própria universidade.

Depois da aprovação do visto pelo serviço de imigração holandês, você deve agendar um horário no consulado para entregar os documentos exigidos, assim como a carta da universidade e passaporte, que deve ter uma validade mínima de 180 dias a partir da data de chegada na Holanda.

A entrega dos documentos deve ser realizada pessoalmente e no Brasil isso só ocorre nas cidades de Brasília, São Paulo ou Rio de Janeiro.

Peça o visto com antecedência

O serviço de imigração holandês recomenda iniciar o procedimento de solicitação de visto o quanto antes, com até três meses antes da sua entrada no país, para o estudante ter tempo suficiente para coletar todos os documentos requisitados pela instituição de ensino.

Quanto custa o visto de intercâmbio na Holanda

O valor para solicitar o visto de estudo para intercâmbio na Holanda é 171€.

Custo de vida para intercambistas na Holanda

Holanda não é um país barato, mas o custo de vida depende muito da cidade onde você for morar. Em Amsterdam, claro, os imóveis vão custar mais caro para alugar. E, pelo fato de o transporte nacional oficial ser a bicicleta, você provavelmente vai economizar muito se locomovendo dentro das cidades – e até entre cidades próximas!

Para estudantes, se você levar uma vida sem luxos, morar em uma república com outras pessoas e souber como economizar, os custos podem ser bem mais baixos do que para quem vem com a família. Há também vários truques para conter gastos, como ir em supermercados mais baratos.

Confira os gastos médios de um estudante em Amsterdam e em uma cidade do interior da Holanda, contando que o estudante irá dividir um apartamento de 3 quartos com outras duas pessoas.

Saiba também quais são as melhores cidades da Holanda para morar.

Custo para um estudante em Amsterdam

Despesa Custo / estudante dividindo apartamento
Apartamento de 3 quartos no centro da cidade2.631,91€ = 877,30€ para cada estudante
Contas básicos da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2169,35€ = 56,45€ para cada estudante
Supermercado200€
Internet20€
Custo total aproximado por estudante1.153,75€ mensais

Confira quanto custa morar em Amsterdam.

Custo para um estudante no interior da Holanda (Haia)

Despesa Custo / estudante dividindo apartamento
Apartamento de 3 quartos no centro da cidade1.586,96€ = 528,99€ para cada estudante
Contas básicos da casa (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água e lixo) para um apartamento de 85m2170,71€ = 56,90€ para cada estudante
Supermercado200€
Internet20€
Custo total aproximado por estudante805,89€

Observação: os valores foram baseados na pesquisa realizada no site Numbeo, em novembro de 2019, e na nossa experiência, e não incluem os gastos com o intercâmbio na Holanda e sua documentação, como vistos, por exemplo.

Note que o custo de vida em Amsterdam se torna bem mais elevado do que em cidades do interior da Holanda, como Haia, por exemplo, por conta do valor do aluguel.

Veja também o artigo que escrevemos sobre o custo de vida na Holanda e conheça os gastos médios no país.

Melhores universidades para fazer intercâmbio na Holanda

A maioria dos estudantes procura as melhores universidades para fazer intercâmbio na Holanda. E a boa notícia é que no país elas não são difíceis de encontrar!

As universidades de pesquisa da Holanda sempre figuram nas listas de melhores do mundo. O QS Ranking, um dos mais conceituados, incluiu as universidades holandesas entre as 350 melhores do mundo, sendo que 8 estão no top 150.

Intercâmbio na Holanda Universidade

As universidades holandesas mais bem colocadas no QS Ranking são:

Vale a pena fazer intercâmbio na Holanda?

Sim. O intercâmbio na Holanda é uma oportunidade ímpar de realizar uma imersão cultural no modo de viver de seus moradores e de experimentar os contrastes das diferentes regiões dos Países Baixos. Confira os principais prós e contras:

Prós de fazer intercâmbio na Holanda

  • Ter maior liberdade;
  • Aprender uma nova cultura;
  • Conhecer pessoas e fazer amigos;
  • Fazer networking;
  • Aprimorar os idiomas (holandês e inglês);
  • Estudar em uma das melhores universidades do mundo;
  • Ter a possibilidade de viajar para diversos países europeus, gastando pouco.

Contras de fazer intercâmbio na Holanda

  • Distância da família;
  • Ter que se acostumar a falar e a estudar em inglês;
  • Baixas temperaturas;
  • Custo de vida elevado, principalmente em comparação ao Brasil.

Veja também nosso guia de como viajar para a Holanda.

Morar fora é sempre um aprendizado. Muito mais do que as disciplinas e estrutura que as universidades ofertam, você aprende sobre outras culturas, e outros pontos de vista. Vale sempre a pena, se você tiver a oportunidade, recomendo!

Ah, é sempre bom lembrar que para entrar na Holanda você vai precisar de um seguro viagem Amsterdam. É obrigatório! Faça a cotação do seu seguro no comparador de seguro viagem do Euro Dicas, em parceria com o Seguros Promo, e garanta o melhor preço!

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Paulista de 25 anos, decidiu fazer as malas e estudar na Holanda. Atualmente faz mestrado na Universidade de Leiden e procura explorar o país nas horas vagas. Escreve no seu blog The Nerdylands tudo sobre a vida de estudante na Holanda.

Artigos relacionados

Morar na Holanda: vistos, estudo, trabalho e custo de vida

Quer saber como morar na Holanda, um dos países com melhor qualidade de vida? Saiba tudo sobre documentação, custo de vida, como estudar e trabalhar.

Trabalho na Holanda para brasileiros: oportunidades e salários

Saiba como é o mercado de trabalho na holanda para brasileiros. Conheça os salários, como procurar emprego e documentos necessários.

Emprego na Holanda: como conseguir, salários e benefícios

Veja como procurar emprego na Holanda, qual idioma é necessário para conseguir uma oportunidade no país e outros requisitos.

Profissões mais bem pagas na Holanda e os seus salários

Descubra nesse artigo as 7 profissões mais bem pagas na Holanda, seus salários e o que faz cada profissional dentro da área.

Tudo sobre a Holanda: conheça tudo sobre o país das tulipas

Tudo sobre a Holanda: onde fica, hstória, capital, custo de vida, língua e cultura, moeda e economia, mapa, maiores cidades etc.

Sites de emprego na Holanda: veja a lista com os melhores

Quer trabalhar na Holanda? Então conheça os principais sites de emprego na Holanda, agências e dicas para você conseguir a sua vaga.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube