Uma das principais dúvidas de quem vai viajar para fora do Brasil é: como levar dinheiro para o exterior? Existem diversas formas, e você verá as principais neste artigo. Além disso, você poderá conferir como fazer remessa para o exterior e qual é a forma mais vantajosa. Ao final do conteúdo, vamos mostrar, também, como levar dinheiro ao mudar de país.

Como levar dinheiro para o exterior?

As principais formas de levar dinheiro para o exterior são:

  • Levar dinheiro em espécie, comprando a moeda em uma casa de câmbio ou em um banco, por exemplo;
  • Levar dinheiro no cartão de crédito;
  • Levar dinheiro no cartão pré-pago;
  • Fazer transferência para uma conta no exterior, entre outras.

Segurança

Apesar de existirem diferentes maneiras de como levar dinheiro para o exterior, é importante sempre estar atento à segurança. Isso significa que se deve evitar o mercado paralelo, pois, apesar de parecer vantajoso em um primeiro momento, é ilegal e você pode perder dinheiro e se prejudicar.

Além disso, é importante estar atento, também, ao possível risco de ser roubado ou furtado ao viajar com muito dinheiro em espécie para outro país.

Por isso, quando o assunto é segurança, a utilização de cartões de crédito, cartões pré-pagos ou enviar dinheiro para a sua conta ou de um amigo ou familiar de extrema confiança no exterior, para poder ter capital disponível durante a sua viagem, podem ser opções mais seguras e viáveis.

Assim, você só precisa levar dinheiro em espécie para os gastos básicos e necessários do dia a dia, como lanches, transportes, gorjetas etc.

Câmbio

O câmbio utilizado na transação do dinheiro também é de suma importância na hora de viajar para o exterior. Isso porque o real ainda é uma moeda bastante desvalorizada em relação ao euro e ao dólar devido à crise mundial e às instabilidades políticas e econômicas no Brasil.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Sendo assim, esperar, se possível, o melhor momento para conseguir uma melhor taxa de câmbio e trocar a moeda por etapas são boas dicas para o seu dinheiro render mais no exterior.

É recomendado que você busque opções de serviços que operem com o câmbio comercial, sem margem de lucro pela empresa. Assim, você paga um valor mais baixo e justo pela moeda.

O câmbio comercial é utilizado por algumas fintechs, como a Wise, por exemplo, que tem taxas transparentes e, geralmente, as mais baixas do mercado. Já o câmbio turismo é cobrado por bancos, casas de câmbio, no seu cartão de crédito etc.

Impostos e taxas

Você deve avaliar, também, as taxas de serviço, que são praticadas pelas opções para você levar dinheiro para o exterior.

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é um imposto cobrado pelo Governo Federal para todas as transferências internacionais. Ele pode ser de 0,38%, 1,1% ou de 6,38% do valor enviado, dependendo da instituição escolhida por você para realizar o serviço:

  • Transferências internacionais: 0,38% (se para uma conta de titularidade diferente, como amigo, familiar ou universidade, por exemplo) ou 1,1% (se a transferência for feita para uma conta de sua titularidade no exterior);
  • Compra de moeda estrangeira em espécie, em banco ou em casa de câmbio: 1,1%;
  • Cartão de crédito: 6,38%;
  • Cartão pré-pago:  de 1,1% a 6,38%.

Além disso, cada instituição pratica as suas taxas de serviço; elas não são fixas. Bancos e casas de câmbio cobram uma taxa para converter a moeda. Mas fintechs de envio de dinheiro para o exterior costumam trabalhar com uma taxa fixa mais baixa e, também por isso, são mais vantajosas.

Levar dinheiro para o exterior em espécie

Apesar de já ter sido aprovado pelo Senado o aumento do limite para USD 10 mil para levar dinheiro para o exterior, a proposta só entra em vigor em 29 de dezembro de 2022.

Dessa forma, hoje, de acordo com o Conselho Monetário Nacional e com a Receita Federal, você pode viajar para o exterior com até R$ 10 mil – ou moeda equivalente – sem a necessidade de declarar os valores. Valores superiores a esse precisam ser declarados à Receita.

Como levar dinheiro para exterior câmbio e fazer câmbio

O dinheiro em espécie é aceito em todos os lugares, como transportes, restaurantes, lojas de shoppings, hotéis, entre outros. No entanto, o limite pode não ser o suficiente para algumas pessoas, principalmente para aquelas que pretendem morar no exterior, e há risco de a quantia ser roubada, furtada, ou, até mesmo, perdida durante a viagem.

Por isso, guarde os valores em um local seguro e ande somente com o necessário para passar o dia e, o restante, espalhe entre a sua bagagem. Assim, fica mais difícil de você ficar sem todo o dinheiro que levou, se acontecer um assalto, por exemplo.

Levar dinheiro no cartão de crédito

Levar dinheiro para o exterior no cartão de crédito é uma opção mais segura e prática do que levar o valor em espécie. No entanto, você deve pagar o valor da anuidade do seu cartão, além do IOF de 6,38% do valor gasto, que é mais alto do que no caso de dinheiro em espécie ou remessa para o exterior com as fintechs, que veremos mais à frente.

Outra desvantagem de usar cartão de crédito no exterior é que você paga o câmbio turismo e só sabe o valor gasto quando chega a sua fatura.

Levar dinheiro no cartão pré-pago

Assim como usar cartão de crédito no exterior, usar cartão pré-pago também é uma opção segura.

O cartão Wise é uma excelente opção para quem quer viajar com um cartão e já ter um planejamento de gasto preestabelecido. É um cartão internacional, pré-pago e com a bandeira Mastercard, que pode ser solicitado pelas pessoas que têm conta na Wise. Com ele, você pode fazer saques, pagamentos em estabelecimentos e pagamentos online.

Além disso, você pode fazer recargas e pagamentos com mais de 50 moedas diferentes, ajudando você a economizar bastante com as taxas. Isso porque uma das principais vantagens do cartão Wise está relacionada à cobrança de IOF. Enquanto os cartões de débito tradicionais aplicam o IOF de 6,38% ao serem usados em outros países, a Wise cobra uma alíquota de 1,1%.

Entre no site da Wise e peça o seu, é de graça.

Como fazer remessa para o exterior?

Para ter segurança e economizar no exterior, vale a pena efetuar uma transferência internacional para a sua conta ou para a conta de uma pessoa de sua confiança. Então, se você quer saber como levar dinheiro para o exterior, essa é a opção mais barata.

Entre as plataformas que oferecem esse serviço, o Euro Dicas recomenda a Wise, por oferecer mais vantagens aos seus usuários, como câmbio comercial e taxas menores no envio do dinheiro, geralmente as mais baixas do mercado.

Passo a passo da remessa

Confira, a seguir, o passo a passo de como enviar dinheiro para o exterior pela Wise.

  1. Acesse o site da Wise e clique em “Crie sua conta”;
  2. Selecione o tipo de conta que deseja: pessoal ou comercial;
  3. Cadastre-se na plataforma, preenchendo os seus dados pessoais, o seu e-mail e criando uma senha. Se você já for cadastrado, entre no site e efetue o seu login;
  4. Clique em “Enviar dinheiro”, escolha a moeda que pretende enviar e a moeda que o beneficiário vai receber no exterior;
  5. Informe a quantia a ser enviada, verifique as taxas e os valores a serem recebidos no destino a enviar. Se estiver tudo ok, clique em continuar;
  6. Insira os dados do beneficiário e, em seguida, clique em “Continuar”. Caso o beneficiário do dinheiro seja você mesmo, clique “Pessoal” e preencha os seus dados;
  7. Escolha o método de pagamento;
  8. Efetue o pagamento e aguarde o dinheiro cair na conta de destino informada.

Qual é a modalidade mais vantajosa?

Para saber qual é o método mais vantajoso para levar dinheiro para o exterior, confira, na tabela adiante, uma comparação entre as modalidades de serviços.

Cartão de crédito Cartão Wise Dinheiro em espécie Wise
Segurança Alta Alta Média Alta
Câmbio Turismo Comercial Turismo Comercial
IOF 6,38% 1,1% 1,1%
  • 0,38% para conta de titularidades diferentes
  • 1,1% para conta de mesma titularidade
Taxa de serviço Anuidade do cartão (varia de acordo com o banco e com a bandeira do seu cartão) + cobrança por saque em autoatendimento no exterior (varia de banco para banco) Valor inicial gratuito e, após o equivalente a R$ 1.400, uma tarifa de 1,75% da quantia sacada mais um valor fixo de R$ 6,50 Alta, que varia conforme o banco ou a casa de câmbio escolhida A partir de 0,35%

Então, qual é a melhor opção para levar dinheiro para o exterior?

A melhor maneira para levar dinheiro para o exterior é realizar remessas internacionais para uma conta em outro país, para ter disponibilidade financeira no exterior.

Assim, você economiza com o câmbio (paga o câmbio comercial, que é mais barato do que o turismo), com as taxas (com as plataformas online, como a Wise, as taxas são baixas e transparentes) e com o IOF, que é mais barato do que ao usar cartão de crédito no exterior, por exemplo.

Como falamos, entre as plataformas, a mais recomendada é a Wise, por oferecer mais vantagens aos seus usuários.

Logicamente, será necessário que você leve uma quantia em espécie, para pequenos gastos no dia a dia, como falamos, com transportes, lanches, ou, até mesmo, passeios. Neste caso, é mais recomendado comprar dinheiro em espécie em casas de câmbio, pois geralmente oferecem taxas menores do que as dos bancos.

Como levar dinheiro ao mudar de país?

É essencial fazer um bom planejamento financeiro para guardar dinheiro para mudar de país. Mas, como levar os valores para o exterior?

É necessário avaliar a forma mais econômica e segura para realizar o procedimento, pois os valores são mais elevados do que o necessário para somente uma viagem de férias para outro país.

Dessa forma, uma dica é você realizar a troca do dinheiro para as necessidades do dia a dia (gastos menores) e para as primeiras semanas em uma casa de câmbio no Brasil e ir enviando, aos poucos, o restante do dinheiro, na conta Wise. Assim, você economiza com as taxas e o seu dinheiro rende mais!