Moeda da França: conheça mais sobre o euro e o câmbio

França  / 

A maioria das pessoas sabe que a moeda da França é o euro. Se você quer conhecer mais sobre ela e sobre o câmbio, saber como trocar dinheiro, o que é a Zona do Euro, descobrir algumas curiosidades sobre a moeda e ver dicas e conselhos sobre o assunto, fique conosco neste artigo, que vamos te explicar tudo!

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Qual é a moeda da França?

A moeda da França é o euro, assim como grande parte dos países da União Europeia (19 países), como: Alemanha, Bélgica, Espanha, Itália e Portugal.

A moeda foi introduzida nos mercados financeiros mundiais em 1999 e hoje é a segunda mais transacionada do mundo, estando atrás somente do dólar americano.

O euro possui moedas de:

  • 0,01
  • 0,02
  • 0,05
  • 0,10
  • 0,20
  • 0,50
  • 1,00
  • 2,00

Além disso, trabalha com cédulas de:

  • 5
  • 10
  • 20
  • 50
  • 100
  • 200
  • 500

Verifique também qual moeda levar para a Europa.

Entenda sobre o câmbio

Há dois tipos de euro controlados e comercializados pelo Banco Central do Brasil (BACEN): o Comercial e o Turismo.

Euro Comercial

Em síntese, o euro comercial é usado para controlar as grandes movimentações de importação e exportação de compra e venda de mercadorias por parte das empresas brasileiras. Além disso, é a cotação considerada nas ações do governo no exterior, como empréstimos (registrados no Banco Central) de brasileiros residentes em outros países.

Euro Turismo

O euro turismo é utilizado pelas pessoas físicas. Normalmente, você compra euro turismo quando viaja para o exterior, quando adquire algo fora do país ou realiza compras em sites internacionais.

A cotação do euro turismo é baseada no custo da moeda comercial mais o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), praticado pelo Governo, acrescido dos custos logísticos e operacionais que a transação da moeda exige para chegar até o destino. Por isso, é mais caro que o comercial.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Antes de realizar a troca da moeda da França, você pode fazer a cotação online, por meio de sites especializados, como o do Banco Central, e definir a data da cotação. Leia também o artigo que fizemos sobre conversor de moeda, conheça os 5 principais e aprenda a utilizá-los. A ferramenta facilitará sua vida na hora de trocar seu dinheiro.

Como trocar dinheiro

O site do Banco Central do Brasil (BACEN) disponibiliza o ranking do VET (Valor Efetivo Total), uma ferramenta interessante para verificar, não somente o preço do euro naquele dia, como também o custo total de uma operação de troca de moeda, avaliando a taxa de câmbio mais as tarifas e os tributos sobre a operação.

Na plataforma, você pode verificar se alguma instituição financeira próxima a você está praticando uma taxa mais razoável na troca do real (ou de outra moeda) pelo euro.

Então, basta telefonar para lá, tentar negociar (muitas vezes, dependendo do valor a ser trocado, são dados descontos) e ir até o local escolhido por você para realizar a transação.

É primordial que você realize a transação da moeda em uma casa de câmbio, uma agência bancária ou com algum agente que seja autorizado pelo Banco Central do Brasil a comercializar moedas estrangeiras – aeroportos, por exemplo, que, apesar de possuírem taxas mais elevadas, são confiáveis e cômodos para os clientes que precisam do dinheiro naquele momento.

Ainda tem dúvidas sobre o câmbio de moedas? Saiba tudo aqui.

Zona Euro

A Zona Euro é considerada a segunda maior economia do mundo. O nome “Zona do Euro” foi dado aos países que fazem parte da União Europeia e adotaram o euro como moeda oficial comum em circulação, com o objetivo de fortalecer a economia do bloco, facilitando e ampliando a negociação, bem como as relações comerciais entre os países.

Oficialmente, a Zona do Euro foi criada em 1999, com o surgimento do Banco Central Europeu. Porém, a circulação da moeda única teve início somente em janeiro de 2002.

Compõem a Zona do Euro os seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos e Portugal.

Conheça mais sobre a história e os países que fazem parte da Zona do Euro.

Curiosidades

Conheça, agora, algumas curiosidades sobre a moeda da França:

1. Antes do euro, a moeda da França era o franco francês. A substituição definitiva pelo euro ocorreu gradualmente e, em 2012, foi a última grande chance de os franceses trocarem por euros seus francos franceses;

2. O franco francês foi a moeda da França durante mais de sete séculos;

3. As cédulas de euro têm tamanhos diferentes, de acordo com seu valor: quanto maior o valor da nota, maior será a sua dimensão;

4. Há elementos que facilitam a verificação de uma nota de euro verdadeira ou falsa. Alguns deles são: holograma, filete de segurança e marca d’água;

5. A nova nota de 50€ visa evitar falsificações. A cédula possui duas características para driblar os criminosos: uma imagem transparente de uma deusa da mitologia grega em uma faixa metálica e a cor esmeralda dos números 5 e 0, alterada se alguém mover a cédula de um lado para o outro;

moeda da franca euro

6. O símbolo do euro (€) possui a letra grega “épsilon” como inspiração. A referência à Grécia mostra que a Europa se baseia nos conceitos gregos.

7. Ainda sobre o símbolo do euro (€), a letra “E” traz a inicial da Europa e as duas linhas sugerem a estabilidade da moeda da França e da maioria dos países europeus;

8. O único país da América do Sul que utiliza o euro como moeda oficial é a Guiana Francesa;

9. Os países da Zona do Euro lançam todos os anos uma moeda comemorativa, que homenageia alguma personalidade do país ou algum aspecto histórico-cultural;

10. A moeda da França é utilizada por mais 210 milhões de pessoas no mundo todo.

Leia também esse artigo que ensina qual é o melhor momento para comprar dólar e euro.

Dicas e conselhos

Caso você esteja com viagem programada para a Europa ou precise trocar real pela moeda da França, aí vão algumas dicas e conselhos que podem lhe ajudar nesse processo:

1. Dificilmente há como prever exatamente se o valor da moeda da França irá baixar. Por isso, é aconselhável que você esteja sempre acompanhando o preço do euro, por meio de sites especializados. Escrevemos um guia para comprar euro e também pode ser útil saber a cotação do euro;

2. Sempre que possível, negocie o valor da moeda junto à instituição financeira que realizará o câmbio. Dependendo do valor a ser trocado, é possível conseguir desconto na transação;

3. Evite trocar a moeda da França ou realizar transações de câmbio de qualquer moeda nos aeroportos. Por mais que haja comodidade, as taxas de câmbio nas agências locais são mais caras;

4. Evite levar dinheiro para trocar no destino. Raramente o real vai valer mais no destino da sua viagem. Por isso, opte por trocar seu dinheiro no Brasil mesmo;

5. Evite também trocar moedas por notas de euro de valor elevado (notas maiores que 50€), pois muitos estabelecimentos europeus não veem com bons olhos as notas maiores, não têm troco e elas não são tão usadas no dia a dia;

6. Se você tiver tempo e o euro estiver com uma cotação alta, evite trocar todo o dinheiro de uma só vez. O ideal é realizar o câmbio por etapas, pois um momento compensa o outro;

7. Para sua segurança, ande com uma mochila, portando seu passaporte e o dinheiro em uma doleira junto a você e onde o acesso seja mais complicado;

8. Faça o câmbio da moeda da França em instituições financeiras autorizadas pelo BACEN a comercializar euros. Você pode fazer a cotação no site do banco, verificar em qual local a taxa está melhor, entrar em contato e efetuar a troca. Lembre-se de que muitas vezes, “o barato sai caro” e você pode ter um grande prejuízo, caso se arrisque e não faça o câmbio em uma casa de câmbio, uma agência bancária ou com algum agente que seja autorizado pelo Banco Central do Brasil a comercializar moedas estrangeiras.

Você precisa enviar dinheiro para a França? Sugerimos utilizar a plataforma Remessa Online, que oferece excelentes taxas de conversão e é segura.

Tem mais alguma dica para trocar moeda da França? Compartilhe conosco!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.