Pedágios em Portugal: 6 exemplos de percursos e dicas de pagamento

Portugal  / 

Se você vai viajar para Portugal ou mora no país europeu e tem vontade de conhecê-lo de carro, é importante saber, entre outras coisas, que é preciso pagar “portagens” nas autoestradas. “Portagens” é como são chamados os pedágios em Portugal.

Caso você não queira perder muito tempo, desviando seu caminho pelas estradas nacionais (onde não há cobranças de pedágios, mas você passa por dentro das cidades) e queira chegar mais rápido ao seu destino, o melhor trajeto é mesmo pelas autoestradas. Por lá, é possível atravessar o país de norte a sul. Porém, é preciso efetuar o pagamento de taxas.

Mas onde e quanto se paga? Quais são os preços médios de acordo com as distâncias, tipologias de carros e seus respectivos custos associados? E o que é Via Verde? O que significam as SCUTS?

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Neste artigo, procuramos esclarecer dúvidas que você possa ter na hora de se deslocar de carro pelo país. Confira!

Pedágios em Portugal: onde e quanto se paga

As autoestradas em Portugal são perfeitas para dirigir e o trânsito também é favorável. Por isso, vamos ver onde e quanto se paga de pedágios em Portugal.

Pedágios em Portugal: onde?

Caso você não possua Via Verde (assunto que veremos adiante), deverá retirar seu ticket nas estradas com cabines de pedágios, guardá-lo até o guichê de saída da autoestrada e pagar o valor do pedágio referente ao trecho que percorreu.

Já nos pórticos eletrônicos que não possuem guichê para pagamento, é feito um controle dos pedágios por meio da placa do veículo (caso este não possua Via Verde). Neste caso, você precisará ir até uma loja dos Correios (CTT) em até cinco dias úteis após a data em que a cobrança do pedágio foi feita e efetuar o pagamento.

Sempre que possível, opte pelas estradas principais, aquelas sinalizadas pela letra A. As estradas sinalizadas pelas letras B e C são vias locais. E você cairá nelas, caso seu GPS esteja configurado para evitar os pedágios. Porém, o trajeto, geralmente, é bem mais longo.

Pedágios em Portugal: quanto se paga?

A cobrança dos pedágios pode ser feita de duas formas:

  • Pórticos, feitos de modo eletrônico;
  • Cabines de portagens (pedágios), que possuem guichês para fazer o pagamento diretamente ou pista expressa para aderentes do Via Verde.

Os pedágios são cobrados dependendo do trecho a ser percorrido. Os preços variam de acordo com a via. Vamos ver algumas simulações.

pedagios em portugal ponte

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Exemplo 1: de Porto a Lisboa, com veículo urbano com gasolina

Para ir de Porto a Lisboa, por exemplo, pela A1, um motorista percorre 323 km, num tempo estimado de 3h38 e gasta em torno de 22,05€ com pedágios. Seu gasto com combustível é de cerca de 31,58€, de acordo com o valor médio da gasolina, tendo, portanto, um gasto total de cerca de 53,63€.

Exemplo 2: de Lisboa a Faro, com veículo urbano com gasolina

Para ir de Lisboa a Faro, por exemplo, via A2, um motorista leva em torno de 2h56 para chegar ao destino (Faro) e percorre uma distância de 279 km. Seus gastos totais com combustível e pedágio são de 48,14€, sendo 25,94€ de combustível e 22,20€ de pedágio.

Exemplo 3: de Viana do Castelo a Matosinhos (no Porto), com veículo urbano com diesel

O tempo estimado para ir de carro de Viana do Castelo até Matosinhos é de 46 minutos, via A28. A distância a ser percorrida pelo motorista é de 68,4 km e seu gasto total vai ser em torno de 8,33€, incluindo o combustível e pedágio – 4,58€ e 3,75€, respectivamente.

Exemplo 4: de Cascais a Lisboa, com veículo urbano com GPL – gás de petróleo liquefeito

Um motorista leva, normalmente, em torno de 34 minutos para ir de Cascais até Lisboa, percorrendo uma distância de 29,8 km, via A5. Sua estimativa de custo total, incluindo combustível mais o pedágio é de 3,03€: 1,68€ de combustível 1,35€ de pedágio.

Exemplo 5: de Vila do Conde (no Porto), a Sintra, com veículo compacto com gasolina

O tempo estimado de viagem é de 3h42 e a distância a ser percorrida é de 358 km, utilizando a via A1. O custo total de combustível (41,13€) mais pedágio (26,80€) para esse trecho é de 67,93€.

Exemplo 6: de Lisboa a Porto, com veículo de luxo elétrico

O tempo estimado de viagem de Lisboa a Porto é de 3h25min, via A1. A distância a ser percorrida é de 312 km e o custo total calculado para esse percurso com veículo elétrico de luxo é de 31,21€, contando o valor do combustível (9,16€) e o valor do pedágio (22,05€).

Observação: as simulações feitas em setembro de 2018, de acordo com os valores dos pedágios para o percurso (somente ida) e com o valor médio do combustível no período.

Deseja viajar a partir de Lisboa? Saiba como, para onde e por quanto.

Saiba mais sobre como calcular o combustível e os pedágios em Portugal

pedagios em portugal calcular

Calculamos, aqui, alguns trajetos para que você tenha ideia dos valores praticados ao dirigir em Portugal. Se você deseja simular quanto você vai gastar indo de um destino a outro de carro, os sites Portal de Estradas e Via Michelin podem te ajudar bastante nessa busca.

É possível fazer a simulação personalizada, de acordo com o modelo do seu carro e do tipo de combustível utilizado. Assim, você tem uma noção mais exata do valor que gastará no percurso.

Agora, se você está viajando sozinho, deseja economizar e não pretende conhecer locais afastados, como aldeias e praias distantes que ficam mais acessíveis de carro, o ideal é utilizar o transporte público em Portugal para se locomover dentro do país. É importante que você pense direitinho na opção que lhe trará melhor custo X benefício.

Via Verde

A Via Verde é um identificador que é inserido no para-brisa do veículo, com a finalidade de evitar as filas do pedágio e dar mais comodidade ao motorista, tendo em vista que ele não precisa ter dinheiro à mão para pagar todos os pedágios.

A Via Verde disponibiliza de um sistema automático, no qual a cobrança dos pedágios é feita diretamente no seu cartão de crédito. No site da Via Verde, é possível ver mais informações sobre como funciona e como aderir ao serviço.

Para facilitar a sua vida como turista, indicamos que, ao alugar um carro em Portugal, você peça para incluir o serviço da Via Verde.

SCUT

A sigla britânica SCUT significa Portagens Sem Cobrança aos Utilizadores ou Portagens Sem Custos para o Utilizador. É um modelo de financiamento de autoestradas e vias rápidas, adotado em Portugal.

As SCUTs, que foram introduzidas em 1997 e vigoraram até 2011, nada mais são do que as atuais portagens eletrônicas.

O pagamento dos SCUTs é feito em redes PayShop e nos Correios (CTT); basta informar a placa do carro. A multa que você recebe na sua casa se você se esquecer de pagar esse pedágio é bem alta. Portanto, é bom ficar sempre atento a todos os pedágios em Portugal!

Se você gosta de viajar de carro, veja como fazer uma road trip na Europa!

Em destaque na Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.