Portugal

Seguro de saúde em Portugal: confira se vale a pena contratar

Os cuidados com a saúde fazem parte das principais preocupações de quem pretende se mudar de país. A dúvida se terá acesso ao serviço público de saúde ou se deve recorrer a um plano privado são recorrentes. Por isso, explicamos em detalhe o que é o seguro de saúde em Portugal e como funciona a assistência médica no país.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança na TransferWise, que funciona em toda a Europa.


A TransferWise não exige comprovação de rendimentos, você só precisa ter um endereço na Europa.

ABRIR CONTA »

Como funciona o seguro de saúde em Portugal?

Portugal possui uma cobertura universal de saúde e está disponível para todos os residentes portugueses. O Serviço Nacional de Saúde (SNS) é financiado pelo Governo e os serviços básicos, com exceção de odontologia, são administrados por centros de saúde locais, regionais e hospitais.

O Sistema Público – através do Serviço Nacional de Saúde, não é totalmente gratuito, mas tem um grande aporte do governo. Por isso, as taxas pagas por quem necessita de algum serviço são moderadas. O serviço de saúde em Portugal público é gratuito para crianças menores de 18 anos e pessoas acima de 65 anos.

Entretanto, assim como no Brasil, é possível aderir à proteção de saúde privada que é o seguro de saúde em Portugal.

Tipos de seguro de saúde em Portugal

Ter um seguro de saúde faz uma grande diferença caso aconteça um imprevisto durante sua estadia em Portugal. Atualmente, existem seguros que oferecem coberturas médicas e de viagem, como o extravio de mala. Saiba mais sobre esses tipos de assistência a seguir.

Seguro viagem

O seguro viagem, também denominado seguro saúde viagem é uma assistência de viagem indicada para os viajantes e residentes temporários com destino a Portugal. Esse tipo de serviço oferece cobertura médico-hospitalar, odontológica, fisioterapêutica e até farmacêutica. Também inclui atendimento para parto, doenças preexistentes e acidentes durante a prática de esportes.

Em casos de emergência, a seguradora é a responsável por encaminhar o usuário até o hospital mais próximo. O seguro viagem Portugal também deve cobrir todas as despesas médicas, desde que estejam dentro do valor da cobertura contratada. Outro diferencial desse seguro é que ele oferece cobertura para imprevistos de viagens como extravio de bagagem, traslado de corpo e cancelamento de voos.

Seguro de saúde em Portugal

O seguro de saúde em Portugal funciona como o plano de saúde brasileiro. Nesse caso, o usuário paga um valor mensal para ter acesso aos serviços hospitais e clínicas particulares no país. Eles também têm acesso a um atendimento médico rápido e de qualidade. Em geral, os planos básicos oferecem cobertura hospitalar, ambulatorial e odontológica.

O seguro de saúde particular é vendido pelas seguradoras portuguesas e a contratação é recomendada para quem pretende morar definitivamente no país. Os valores dos planos variam de acordo com a idade e cobertura contratada pelo usuário.

Além disso, a maioria funciona com coparticipação, ou seja, o segurado deve pagar pelos serviços de atendimento. O valor é mais baixo que uma consulta particular, mas mais alto que o atendimento público.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com toda segurança.

VER COTAÇÃO »

tipos de seguro de saúde em portugal

Como funciona o sistema de saúde em Portugal?

O sistema de saúde pública em Portugal é reconhecido pela qualidade de atendimento prestado. Cada indivíduo deve se cadastrar no centro de saúde que compete a zona em que mora, nesse processo ele recebe um número de utente e é designado um médico de família para acompanhá-lo.

O atendimento público não é gratuito, mas os valores de consultas são baixos, sendo que em algumas situação podem não ser cobrados.

Quando há atendimentos e medicação sem custo?

Atendimentos de urgência ou situações específicas também não têm custos. Gestantes, pessoas de baixa renda ou com histórico de doenças graves tem isenção a taxas moderadas.

Além disso, a medicação administrada durante um procedimento hospitalar é gratuita.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Serviço de saúde emergencial em Portugal

O atendimento de emergência em Portugal é gratuito, assim como no seguro de saúde em Portugal em diversas outras situações vitais; sem cobertura por reciprocidade, SNS ou planos de saúde particulares.

O número do serviço de emergência é o 112 e todo o atendimento é realizado por uma equipe altamente treinada.

Linha de saúde 24

O serviço linha de saúde 24 é um serviço do SNS que auxilia pessoas com situações que não são urgentes, sem que elas tenham que se deslocar ao hospital ou centro de saúde.

É um serviço 24h, gratuito, em que médicos e enfermeiros vão tentar ajudar cada paciente a resolver o seu problema. Caso eles detetem uma emergência, você será reencaminhado para o local indicado.

O seguro de saúde é obrigatório para entrar em Portugal?

Para entrar em Portugal e nos países signatários do Tratado de Schengen, os brasileiros precisam obrigatoriamente contratar um seguro de saúde internacional, que pertence à categoria de seguro viagem. A cobertura mínima exigida é de 30 mil euros para despesas médicas hospitalares e repatriação.

O seguro viagem é solicitado aos viajantes pela imigração durante o desembarque no país. Caso ele não seja apresentado, o viajante corre o risco de regressar ao país.

Confira nosso top 5 dos melhores seguros viagem em 2020.

Diferença entre seguro saúde e seguro viagem em Portugal

A principal diferença entre essas duas assistências é que o seguro de saúde em Portugal oferece acesso apenas ao sistema de saúde privado no país.

Por outro lado, o seguro viagem cobre as despesas com atendimento médico e odontológico em clínicas e hospitais privados, dentro da cobertura contratada pelo plano. Além disso, dispõe de coberturas de viagem úteis como:

  • Indenização por bagagem extraviada;
  • Repatriação sanitária;
  • Cancelamento de voos;
  • Perda ou roubo de documentos;
  • Traslado médico ou de corpo.

Confira aqui o que é o seguro médico Europa e as coberturas que ele oferece.

Qual vale mais a pena?

Entre o seguro viagem e o seguro de saúde em Portugal, prefira contratar o primeiro. Afinal, ele oferece uma cobertura ampla para imprevistos de saúde e outros que ocorram durante a estadia no país.

Ele também cobre a obrigatoriedade do Tratado de Schengen de contratar um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros. Outra vantagem desse tipo de assistência é que ele pode ser contratado por um valor acessível.

Porém, vale destacar que ele só é vantajoso se sua estadia tiver prazo de duração, caso você esteja se mudando indefinidamente, após o período de instalação no país, vale mais a pena contratar um seguro saúde.

Onde contratar?

No nosso comparador você pode contratar uma apólice de seguro viagem para Portugal pelo menor preço. Nele, estão disponíveis os planos das principais seguradoras com coberturas básicas e completas. Também oferecemos aos nossos leitores desconto de 5% para quem utilizar o nosso código promocional EURODICAS5.

Outra alternativa segura e econômica para contratar o seguro viagem é o portal Seguros Promo. Nele, você também encontra uma variedade de planos das seguradoras com preços baixos. A contratação pelo Seguros Promo é segura, fácil e você ainda tem acesso a um atendimento de qualidade.

E o PB4, substitui o seguro de saúde?

Em parte sim, o PB4 é um acordo que dá ao brasileiro acesso ao sistema de saúde pública portuguesa. Ou seja, caso você esteja se mudando para Portugal e não tenha a intenção de contratar um seguro saúde privado, o PB4 dá direto a se cadastrar como utente no sistema público português.

É importante destacar que o PB4 é um Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM) que garante aos brasileiros o direito de ser atendido no sistema público de saúde português.

Porém, o PB4 não deve substituir o seguro viagem, isso porque, a proteção pode ser muito útil durante a viagem. O seguro viagem protege contra imprevistos durante a viagem, imagine sua mala com todas as suas roupas e pertences ser extraviada e não ter dinheiro para repor tudo.

Além disso, o seguro viagem pode ser útil em emergências de saúde nos primeiros meses no país, afinal, com tantas questões para resolver, é natural que o registro no centro de saúde demore alguns dias para ocorrer.

Serviço de saúde emergencial em Portugal

E o seguro de saúde para residentes em Portugal, o que é?

O Sistema Nacional de Saúde (SNS) é o sistema público de saúde em Portugal e acessível para todos os residentes no país. Embora seja universal, o atendimento médico é gratuito apenas para crianças menores de 18 anos e idosos acima dos 65 anos.

A população fora desse grupo precisa pagar uma taxa moderada por cada consulta ou procedimento no sistema público. Em Portugal, também existe o sistema privado de saúde composto por clínicas e hospitais particulares.

Para ter acesso a eles, muitos residentes contratam o seguro de saúde em Portugal, que nada mais é do que uma assistência médica privada. Com esse plano, os usuários têm acesso ao atendimento ambulatorial, hospitalar e odontológico particular nas clínicas da rede da seguradora.

Veja abaixo mais detalhes de como funciona o seguro de saúde privado para residentes em Portugal.

Diferenças para os planos do Brasil

A principal diferença entre os planos de saúde do Brasil e Portugal é o sistema de pagamento. Os seguros portugueses funcionam, em sua maioria, na modalidade de coparticipação. Ou seja, o usuário além do valor mensal, também precisa pagar um valor das despesas de atendimento ou procedimento realizado.

Além disso, os seguros de saúde portugueses não costumam oferecer coberturas médicas específicas como:

  • Doenças pré-existentes;
  • Doenças psiquiátricas;
  • Acidentes de trabalho;
  • Cirurgia plástica e estética;
  • Inseminação artificial.

Preços médios

O custo do seguro de saúde em Portugal varia de acordo com a cobertura, idade do segurado, carência e número de dependentes.

Segundo o comparador do site da Defesa do Consumidor em Portugal, um plano básico com cobertura hospitalar e ambulatorial para uma pessoa de 25 anos custa cerca de € 55,00 por mês. Já, um plano completo com cobertura odontológica, farmacêutica, para parto e próteses custa € 65,47 por mês.

Por outro lado, uma pessoa com mais de 50 anos pagaria cerca de € 83,00 por mês por um plano básico e por mês em um plano completo.

Confira nossas dicas de qual seguro viagem contratar durante a sua estadia em Portugal.

Como contratar

A contratação do seguro saúde em Portugal é feita através das operadoras de planos de saúde no país. Para tanto, é preciso que o estrangeiro tenha um comprovante de residência fixo em Portugal.

Planejando se mudar para o país? Agora que você já conhece melhor o seguro saúde em Portugal, é hora de se preparar para a mudança. O Ebook Como Morar em Portugal é ideal para planejar passo a passo a mudança.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas.
Compartilhe

Andrea Côrtes

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.

Patricia Casaburi

Patricia é CEO da Global Citizen Solutions e possui um LLB da University of Law, no Reino Unido. A Global Citizen Solutions orienta famílias que decidiram morar e/ou investir na Europa, com foco em Portugal e Chipre. Serviços incluem aconselhamento e execução do processo migratório mais apropriado, auxilio na compra de imóveis e financiamento, residência fiscal, entre outros.

Artigos Relacionados

Fechar