No início da vida na Alemanha, muitos brasileiros têm dúvidas sobre como funciona a saúde na Alemanha, qual o melhor plano a contratar e como economizar com consultas e tratamentos.

O sistema de saúde alemão é bem diferente do brasileiro. Aqui não tem SUS, por exemplo, mas sim uma rede de planos de saúde estatais e privados. No entanto, nenhum habitante pode ter o direito à saúde negado. Este artigo explicar tudo isso te ajudar a navegar o sistema de saúde alemão como um nativo.

Como funciona o sistema de saúde na Alemanha?

O sistema de saúde na Alemanha é um dos mais antigos do mundo, datando da década de 1880. Como já dissemos antes, não existe um Sistema Universal de Saúde na Alemanha, a exemplo do nosso SUS ou do National Health Service do Reuno Unido.

Por causa disso, é obrigatório por lei que toda pessoa que mora na Alemanha tenha um seguro saúde. Caso alguém não possa arcar com os custos do plano de saúde, o governo cobre estes custos por meio do seguro desemprego ou auxílio social.

Estrangeiros podem usar o sistema de saúde na Alemanha?

Como estrangeiro, você não terá permissão para entrar na Alemanha se não tiver seguro. Isto se aplica mesmo se você for um estudante estrangeiro, um cientista ou pesquisador, um trabalhador estrangeiro, um refugiado ou um requerente de asilo.

É por este motivo que quem deseja ficar mais de 90 dias no país, na hora de requerer o visto para Alemanha, é necessário já mostrar a comprovação de contratação de um seguro de saúde que atenda aos requisitos exigidos pelo país.

Mas encontrar qual o melhor para você não é tão simples, então vamos explicar abaixo como o sistema de saúde da Alemanha funciona. Este está organizado em duas grandes categorias: seguro de saúde público e privado.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Seguro Estatal de Saúde – GKV

O chamado Gesetzliche Krankenversicherung ou GKV atende a 90% dos habitantes da Alemanha e se baseia no princípio da solidariedade.

Assim, todas as pessoas seguradas por uma seguradora de saúde pública recebem a mesma assistência médica, independentemente da sua situação financeira.

Isto é conseguido através de um fundo comum baseado na renda, para o qual todos contribuem. O valor desta contribuição é de 14,6% da renda bruta e é estabelecido por lei, portanto, não importa qual a seguradora pública, você sempre pagará o mesmo.

Se você é funcionário e ganha menos de €64.350 por ano, você é obrigado a adquirir um plano saúde do governo assim que assinar o seu contrato para trabalhar na Alemanha.

Se você for empregado por uma empresa alemã, eles cobrem metade dos custos do plano de saúde público. O restante vem debitado no contracheque todos os meses.

Plano de saúde na Alemanha

As seguradoras públicas não precisam aceitar novos segurados se estes não cumprirem certos requisitos: se forem estudantes, freelancers (autônomos), ganharem mais de €64.350 por ano ou tiverem mais do que 35 anos.

Por isso muitos alemães decidem manter-se em uma seguradora pública enquanto podem. Conforme ficamos mais velhos, maior tende a ser a contribuição para um seguro privado, enquanto o seguro público sempre custará o mesmo, independente da idade.

Ao sair do plano público, às vezes é difícil voltar para ele mais tarde, por isso o quanto mais cedo pude se segurar via o sistema do governo, melhor.

Exemplos de seguros de saúde públicos na Alemanha

Os residentes que desejam obter seguro público têm cerca de 110 empresas diferentes para escolher. Os diferentes planos de seguro de saúde variam em termos de cobertura, custos e condições específicas.

Abaixo, citaremos as seguradoras mais usadas:

Plano de Saúde Privado – PKV

Já os Private Krankenversicherungen ou PKV são planos de saúde privados cujo valor depende da empresa contratada, da idade e dos serviços oferecidos.

Existem diversas opções para escolher e algumas oferecem planos especiais para estrangeiros, estudantes e quem vai passar menos tempo no país.

Você pode optar por sair do plano de seguro estatal e fazer um seguro de saúde privado se for:

  • Um funcionário que ganhe mais de €64.350 por ano;
  • Freelancer/autônomo ou artista;
  • Trabalhador em meio-período e ganhar menos de €450 por mês;
  • Um funcionário público;

Os empregadores na Alemanha também contribuem para as taxas de seguro de saúde privado até um máximo de €317,55 por mês.

Exemplos de seguros de saúde privados na Alemanha

Se você não for elegível para o seguro de saúde estatal, você pode optar por contratar um seguro de saúde privado de uma companhia de seguro de saúde. Na Alemanha, você encontrará uma gama de seguradoras locais e internacionais, inclusive:

No site oficial dos Planos de Saúde da Alemanha tem uma lista completa das empresas privadas alemãs de seguro saúde.

Seguro de cuidados de longo prazo

Todos os segurados pelo plano público, além de freelancers de certas profissões, como jornalistas e escritores, também são obrigados a pagar o Pflegepflichtversicherung, o seguro de serviço de cuidados de enfermagem.

Isto cobre uma parte dos custos de atender às necessidades pessoais como a alimentação e o banho daqueles que se tornam substancialmente incapacitados, seja por velhice ou invalidez.

Devido às grandes reformas do sistema de assistência de enfermagem em 2017/2019, houve um aumento adicional no custo. Este custo é de 3,05% (ou 3,3% se você não tiver filhos) do seu salário bruto (atingindo o máximo de aproximadamente €160 por mês), dos quais o seu empregador paga apenas até €74.

Qual seguro de saúde na Alemanha é melhor: estatal ou privado?

Essa pergunta é feita todos os dias, inclusive por alemães. A verdade é que depende das suas necessidades. Para facilitar a sua escolha, traremos alguns pontos de comparação a considerar.

Vantagens do seguro privado

Confira algumas das vantagens de utilizar o seguro de saúde na Alemanha privado.

Cobertura extensiva

O seguro privado na Alemanha custa mais caro, mas ao mesmo tempo, proporciona muito mais benefícios do que o seguro de saúde público.

As pessoas seguradas por um plano de seguro privado desfrutam de atendimento hospitalar ambulatorial, atendimentos dentários, intervenções cirúrgicas, etc.

Além disso, é mais fácil e mais rápido conseguir uma consulta se você tiver um plano de saúde privado. Muitos médicos marcam atendimento para os próximos dias neste caso, enquanto quem tem seguro público precisa esperar um pouco mais.

Médicos particulares

Os residentes na Alemanha segurados através de uma empresa privada podem procurar tratamento junto a médicos particulares que de outra forma não estão disponíveis para todos os pacientes e o tempo todo.

Normalmente médicos especialistas ou psicólogos tendem a atender apenas pacientes considerados privados.

Serviço médico mais flexível

Os serviços médicos oferecidos aos pacientes particulares são muito rápidos e eficientes. Isso porque as suas contribuições financeiras são maiores e muitas vezes eles cortam filas nos corredores dos hospitais.

Além disso, os pacientes particulares que precisam de uma intervenção cirúrgica podem pedir a um determinado médico para fazer a operação médica.

Cuidados odontológicos

O custo do atendimento odontológico na Alemanha é mais elevado do que no Brasil. Por isso muitos brasileiros na Alemanha deixam para ir ao dentista quando estão de férias na nossa pátria-mãe. Já alguns alemães viajam para a Polônia ou outros países vizinhos para ir ao dentista.

Normalmente, os planos de seguro de saúde privado incluem uma extensa cobertura dentária que vai além dos check-ups regulares oferecidos pelo seguro de saúde público na Alemanha.

Impostos

Parte dos custos do seguro médico privado é dedutível dos impostos.

Vantagens do seguro público

Agora, vamos às vantagens de utilizar o seguro de saúde na Alemanha que é estatal.

É baseado na renda

Como já mencionamos antes, o valor do seguro saúde estatal é regulado por lei, por isso não importa a sua idade, a contribuição sempre será a mesma.

Por esse motivo, o seguro de saúde público é melhor para quem ganha menos dinheiro. Em caso de desemprego, doença ou aposentadoria na Alemanha, o seguro público continuará acessível.

Custos com a idade avançada

Para idosos, em geral, o seguro público é recomendável. Os custos com o seguro privado a partir dos 60 anos pode chegar aos milhares de euros, especialmente se há condições preexistentes como problemas de saúde crônicos.

A questão aqui é que as seguradoras públicas raramente aceitam segurar quem chega no país já mais velho. Uma das únicas opções nesse caso é encontrar um emprego na Alemanha que te obrigue a entrar no sistema público.

Custos para jovens

Jovens entre 23 e 30 anos ou estudantes até o 14º semestre pagam mensalmente cerca de €90. Após os 30 anos, o valor mensal duplica.

Nestes casos, se o jovem não for começar a trabalhar como funcionário de uma empresa alemã, é possível que o seguro privado saia mais em conta.

Dependentes

Os seguros de saúde públicos cobrem filhos e cônjuges desempregados automaticamente e de graça.

Cônjuges que tenham um Minijob ou sejam freelancers que ganhem menos de 450€ por mês também receberão cobertura automática.

Quem tem filhos geralmente opta por esse seguro, pois o seguro privado tende a cobrar por pessoa, enquanto o valor do seguro público é calculado em cima do membro da família que ganha mais – caso um dos progenitores esteja desempregado.

Os dependentes têm cobertura garantida até os 18 anos de idade, quando eles precisam decidir se trocam de seguro.

Conheça o salário mínimo da Alemanha e quais profissões são mais bem pagas.

Papelada

O seguro de saúde privado geralmente envolve muita papelada, pois algumas consultas precisam ser pagam pelo próprio bolsa e serão depois reembolsadas. Isso envolve um vai e vem de cartas sem fim.

Já o seguro de saúde público é mais simples porque cada segurado – leia-se  cada membro da família – recebe o seu cartão com chip e foto, no caso dos adultos.

Os médicos e as seguradoras públicas se comunicam entre si e você muitas vezes nem saberá quanto custa cada consulta. Também não há mudança de preço ao longo dos anos.

No entanto, é preciso sempre comunicar a seguradora caso haja alteração no seu status, como separação, mudança de empregado para freelancer, nascimento de filhos e outras situações.

Em caso de desemprego, troca de emprego e outros, a comunicação é automática via empresa ou Arbeitsamt/Jobcenter.

Como fazer o plano de saúde na Alemanha?

Após o prazo como turista (máximo de 90 dias) ou ao regularizar a sua estadia para morar no país. Ao se registrar como trabalhador, por exemplo, (seja de tempo integral, Minijob ou freelancer), você receberá o Sozialversicherungsnummer, o número de seguro social alemão.

Quanto custa a saúde na Alemanha

Isso significa que você está pagando impostos e está contribuindo com o seguro nacional, tendo assim o direito à assistência médica administrada pelo Estado da mesma forma que os cidadãos alemães.

Basta pegar esse número e se dirigir à seguradora da sua escolha. Você pode manter a seguradora privada ou, sob certas condições, terá que escolher um plano de saúde público.

Feito o contrato, você receberá o Krankenversichertenkarte, o cartão do plano de saúde, que você deve levar consigo sempre que tiver uma consulta com médico ou dentista.

É preciso seguro saúde para turistas?

Sim, é obrigatório ter um seguro viagem Alemanha para entrar no país. Mas atenção, pois existem diferenças entre seguro viagem e seguro saúde.

Como a Alemanha faz parte do Tratado de Schengen, para entrar no país é obrigatório contratar um seguro viagem com cobertura mínima de €30 mil para as despesas médicas e hospitalares. O seguro viagem Europa custa em média entre R$10 e R$40 por dia de viagem e pode ser exigido na imigração, em qualquer aeroporto de entrada do continente europeu.

Quanto custa a saúde pública para quem mora na Alemanha?

O custo do seguro de saúde na Alemanha aumentou significativamente nos últimos anos, principalmente devido à expansão demográfica, ao envelhecimento da população e à inflação dos custos médicos.

Apesar disso, os custos com o seguro saúde público dependem da renda de cada um. Como dissemos antes, o valor é de 14,6%, calculado em cima do salário bruto, para planos públicos e o empregador cobre metade do valor.

Esta taxa de 14,6% cai por terra em algumas situações.

As pessoas que ganham mais de 64.350€ por mês têm que pagar o Höchstbeitrag, o valor máximo, que fica em torno de 800€ por mês.

Quem ganha menos de 12.460€ anualmente paga o Mindestbeitrag, uma quantia mínima de cerca de 145€ por mês. O mesmo caso vale para quem trabalha em regime de Minijob.

Para estudantes com até 30 anos de idade, o seguro de saúde público custa cerca de 100€ por mês. A partir dos 30 ou do 14° semestre de estudo, o seguro passa a custar o Mindestbeitrag.

Custo para freelancers/autônomos

Quem mais sofre com a questão do seguro saúde na Alemanha são os freelancers/autônomos, que precisam custear completamente o valor do plano de saúde, sem ter uma empresa para dividir o valor.

O cálculo é o mesmo para o caso de empregador, com 14,6% sendo o valor base. No entanto, o Mindestbeitrag para freelancer que ganhem menos de 12.460€ é maior, chegando a 180€.

No fim de cada ano fiscal, os freelancers precisam enviar o comprovante de impostos para a seguradora, onde o valor real devido será comparado ao valor estimado informado ao contratar o seguro. A diferença será cobrada ou devolvida com base neste comprovante.

Todos estes valores correspondem ao seguro público de saúde na Alemanha. Já o seguro privado pode variar bastante.

Conheça o visto de freelancer para a Alemanha.

Custos de consultas, tratamentos e exames

Existe uma diferença fundamental entre os seguros estatal e privado. Quem tem o seguro de saúde estatal apenas recebe a cobrança do que não é pago pelo seguro. E antes do tratamento o paciente tem que ser informado dos itens e valores que serão cobrados. Assim, os valores não fazem tanta diferença caso o seu seguro cubra os tratamentos.

Quem tem seguro de saúde privado vai receber a cobrança e depois será reembolsado pela seguradora. Nesse caso os valores dos serviços médicos são tabelados, mas são os valores mínimos. Então, esses valores são usados pelos médicos como uma base sobre a qual eles podem cobrar de 30% a 350% do valor da tabela.

O valor da consulta fica a critério do médico

Isso, até 3,5 vezes a mais do que o valor da tabela! Por quê? Ainda não encontrei ninguém que soubesse me dar um motivo além de: fica a critério do médico.

Assim como o valor fica a critério do médico, o seguro de saúde privado também pode estabelecer um limite máximo para cobrir os valores cobrados. Por isso, esteja atento a esses “detalhes” quando quiser contratar um seguro privado de saúde na Alemanha.

O preço do atendimento médico varia muito

Por isso é muito difícil dizer quanto custa uma consulta, porque cada detalhe do procedimento será cobrado. Se o profissional aferir a pressão, se usar o estetoscópio, se fizer uma avaliação abdominal, etc.

Tudo será cobrado e virá discriminado na conta, sendo que cada uma dessas coisas tem lá o seu valor na tabela. Entre os serviços discriminados na conta estão ainda: o atendimento da secretária para marcar a sua consulta e a emissão de receitas para compra de medicamentos.

A mesma coisa vale para uma diária no hospital. Eles colocam tudo na ponta do lápis. Até para ver televisão tem que pagar.

Os seguros cobrem os medicamentos

Eu vou encerrar essa história com a parte boa, o que eu acho mais interessante e vantajoso dos seguros de saúde na Alemanha, sejam eles estatais ou privados, cobrem os custos dos seus medicamentos. Vale destacar que apenas os medicamentos receitados pelos médicos e não sejam puramente de finalidade estética são custeados pela seguradora.

Qualquer medicamento que custe mais de 4 ou 5 euros será pago pelo seguro de saúde. Você deverá pagar uma taxa de mais ou menos 5 euros no momento da compra, independente do valor do medicamento.

A saúde é cara na Alemanha?

Em comparação com outros países da União Europeia, os custos com seguro saúde na Alemanha são caros. E pelo fato de não haver um sistema público gratuito, é inevitável ter que aprender a navegar no sistema de planos de saúde.

Para se ter uma ideia de outros países, a saúde pública de Portugal também é paga. Contudo, todos os residentes podem acessar o sistema de saúde pagando uma taxa moderadora, que atualmente é 4,50€ para clínico geral, 7€ para médicos especialistas nos centros de saúde. Já nos hospitais os valores são mais altos – entre 14€ e 18€.

Na França, o governo é responsável por arcar com a maior parcelas dos custos. Isso significa que para acessar a saúde na França, os residentes pagam cerca de 20 a 30% dos custos. Para ter uma ideia, a consulta médica sair por 25€.

Já o sistema de saúde pública na Espanha, é considerado uma referência mundial e utilizado por 90% da população. Por lá, todos os residentes podem acessar o sistema de forma gratuita desde que tenham cadastro na Seguridad Social.

Conheça também o cartão Europeu de saúde e como ele funciona na prática.

Como é a organização do sistema de saúde na Alemanha?

No caso dos atendimentos, o sistema de saúde na Alemanha começa com o Hausartzt, o médico de família. Estes profissionais são aqueles que atendem as pessoas primeiro em casos de emissão de atestados para apresentar ao empregador e casos leves de doença.

Caso eles julguem necessário, você receberá um Überweisung ou encaminhamento, que te permite consultar um especialista. Este passo é necessário algumas vezes, outras não. Depende de cada caso.

Se você precisar comprar remédios, é sempre mais barato comprar com receita médica. Os planos de saúde tendem a cobrir todos os remédios para crianças e grande parte do valor dos remédios para adultos.

Custo com remédio na Alemanha

Já as cirurgias – com exceção dos casos de urgência – dependem de um encaminhamento do especialista ao hospital ideal ou ao hospital mais próximo de você. Internações tendem a ser cobertas pelos planos privados, enquanto os planos públicos exigem um pagamento de cerca de 10€ por dia.

Depois de uma cirurgia, caso necessário o paciente será encaminhado para um Reha, que é uma instituição de reabilitação para cada tipo de cirurgia. Algumas são especializadas em pacientes com problemas cardíacos, outros para ortopedia e afim.

A estadia na Reha é geralmente coberta pelo plano e dura entre alguns dias ou semanas. O período é passado fazendo fisioterapia e exercícios, com aulas sobre alimentação e atendimento médico regular.

Já os mais velhos ou pessoas com deficiência recebem um Pflegegrad, ou grau de nível de cuidados necessários. Dependendo do grau, o seguro saúde paga para alguém da família cuidar da pessoa e contribui para a aposentadoria deste cuidador. É possível ainda visitar instituições para idosos de tempo integral ou parcial com todos os custos sendo cobertos pelo seguro saúde.

Como é tratada a saúde na Alemanha?

A maior diferença entre a saúde na Alemanha e no Brasil é que, no nosso país, nós focamos mais em cuidados preventivos. Enquanto na Alemanha os cuidados são reativos a alguma queixa.

Não é praxe realizar check-ups anuais na Alemanha e se você tiver interesse em um, será difícil fazer o médico entender que você quer um exame sem ter nenhum sintoma.

Ao mesmo tempo, se você tem sintomas leves de um resfriado, será uma luta para conseguir a receita para um remédio um pouco mais forte. Os brasileiros na Alemanha tendem a brincar que é mais fácil um médico receitar um chá do que um antibiótico. Isso é, claro, somente uma piada – com um fundo de verdade.

Além disso, no Brasil é mais fácil e mais rápido conseguir uma consulta. Na Alemanha os profissionais de saúde estão em falta em praticamente todos os setores. Psiquiatras são os mais difíceis de conseguir, dependendo da cidade.

No entanto, em casos específicos que exigem cirurgias altamente precisas, a saúde na Alemanha é uma das melhores do mundo. Os cirurgiões e centros de tratamento para o coração e cérebro, por exemplo, contém alguns dos melhores profissionais da Europa.

Acabei de chegar na Alemanha, como ter acesso ao sistema de saúde?

Se você chega na Alemanha para viver, você obrigatoriamente vem com um seguro saúde e este normalmente será um seguro privado indicada pelo DAAD, caso você tenha bolsa de estudo na Alemanha, ou pelo seu empregador, caso venha para trabalhar.

O seguro viagem pode ajudar nos primeiros meses

Caso não entre com um visto na Alemanha, significa que vai ser tratado como um turista. Nesse caso, como já expliquei, você deve contratar o seguro viagem que deverá ser apresentado na imigração. E ele pode ajudar nos primeiros meses no país até regularizar a sua situação para acessar o sistema estatal ou contratar o plano de saúde privado.

Utilize o nosso comparador de seguro viagem em parceria com o Seguros Promo para encontrar um plano e cobertura que caiba no seu bolso para os primeiros meses na Alemanha ou até mesmo para fazer turismo no país.