Além de dar todas as informações atualizadas sobre a mudança para Portugal (e para outros países), nós também gostamos de contar as histórias de brasileiros que decidiram sair do Brasil e mudar para outro país.

Conhecer experiências nos dá força, encoraja o planejamento, mostra a realidade e nos prepara para o que está por vir. Dividindo essas histórias, nós também aprendemos e nos motivamos a ajudar você ainda mais, para que faça a sua mudança da melhor forma.

Hoje, vamos contar a história da Maria e da Carla (nomes alterados a pedido das entrevistadas). A Maria nos relatou por quais motivos ter a cidadania portuguesa facilitou a mudança dela para Portugal.

Duas amigas decididas a mudar para Portugal: assim começa o nosso relato

No início de 2019, as amigas Maria e Carla decidiram que queriam sair do Brasil para morar em Portugal. Cansadas da vida corrida e pouco segura, decidiram que queriam mudar para o país em busca de uma vida com mais tranquilidade e segurança – os principais motivos que fazem os brasileiros migrarem para o país.

Maria é neta de um português e sabia que podia solicitar o reconhecimento da cidadania portuguesa. Sabia também que isso podia facilitar muito a mudança e o começo da vida no país.

Já Carla não tinha a possibilidade de pedir a nacionalidade portuguesa. Portanto, no caso dela era preciso conseguir uma proposta para trabalhar em Portugal e poder solicitar o visto de trabalho.

Foi desse jeito que começou o planejamento para a mudança das duas. Maria foi em busca dos documentos para solicitar a cidadania portuguesa e ambas trataram de procurar trabalho em Portugal.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

A busca pela cidadania portuguesa

Sabendo do direito que tinha por ser neta de um cidadão português, Maria decidiu contratar uma assessoria especializada em cidadania portuguesa para ajudá-la antes e durante o processo.

Para ela, a decisão fez muita diferença porque teve um bom acompanhamento e a cidadania portuguesa foi reconhecida em pouco tempo.

Maria contou que ficou satisfeita com a escolha da assessoria e agora só está esperando a cidadania do filho, que deve ser finalizada em breve.

A procura por um emprego

As duas amigas são publicitárias, com bastante experiência de trabalho em conhecidas agências do país. Então, o que era preciso fazer? Encontrar um trabalho na área em Portugal. Era importante para Maria (que precisava trabalhar), mais importante ainda para Carla (que precisava obter um visto de trabalho).

Como sempre comentamos por aqui, encontrar um trabalho não costuma ser tão rápido, mesmo com um bom currículo e muita experiência. E com elas não foi diferente.

Demorou um pouco mais do que o esperado, mas depois de algumas entrevistas e outras tantas respostas negativas, veio a boa surpresa. Uma mesma agência queria contratar as duas profissionais!

Depois da felicidade inicial, veio o choque de realidade. O empregador perguntou: “Vocês têm disponibilidade de chegar aqui em Portugal quando?”.

Maria contou o que estava acontecendo exatamente neste momento do planejamento:

A minha cidadania já estava na fase final, para mim era uma questão de organizar a vida e ir! Para Carla, seria preciso solicitar o visto de trabalho. Pelo menos 90 dias – a contar do pedido, recepção, passagens e tudo mais.

A primeira dificuldade

A agência que as contrataria não podia esperar todo o trâmite de Carla ser finalizado e, por isso, ela acabou perdendo a vaga, já que em Portugal trabalhar com visto de turista não é permitido.

Felizmente, a Carla não quis tentar a sorte e vir a Portugal como turista para se legalizar depois – essa é uma ideia que nós, do Euro Dicas, nunca encorajamos. Sempre recomendamos o planejamento e a imigração legal.

Mesmo com o coração dividido pela ausência da amiga, que partilhou todo o plano de mudança com ela, Maria decidiu assumir a empreitada.

Organizou a mudança tão rápido quanto pode. Em apenas 45 dias, e em plena pandemia, Maria se mudou para Portugal com o filho.

Agora, ela já está em Portugal há um ano, feliz e diz que “deu tudo certo!”.

Amigas se reencontrando em Portugal

A visita de Carla

Passado o período de adaptação de Maria e do filho, depois da reabertura de Portugal para a entrada de turistas, Carla veio visitar a amiga.

Rever Maria e conhecer o país fez com que ela se animasse novamente para planejar uma mudança para o país. Ela amou Portugal. E como não amar?! Portugal é bom para morar e para visitar.

Ela decidiu que vai fazer um mestrado no país e já está se organizando para isso. Assim, ela vai solicitar o visto de estudante e vai poder morar e estudar em Portugal legalmente.

Valeu a pena pedir a cidadania portuguesa?

Maria disse que valeu muito a pena. E ela recomenda o mesmo para quem tiver a oportunidade de fazer o pedido.

A cidadania portuguesa caiu do céu pra mim. Por isso, eu recomendo mesmo. Quem tem a possibilidade de tirar uma cidadania europeia, que tire logo, porque facilita demais a vida de quem quer imigrar, para Portugal ou qualquer outro país europeu.

Se você deseja ter acompanhamento de um advogado para garantir maior segurança e agilidade na obtenção da nacionalidade portuguesa, nós recomendamos a Assessoria da Atlantic Bridge. São profissionais experientes e da nossa confiança para ajudar a orientar o seu processo. Entre em contato.

Depois de ler a história da Maria e da Carla, veja também o depoimento do Marcos, que contou como tem sido a experiência de mudar para Portugal com mais de 50 anos. Vale a pena!