Empreender em tecnologia em Portugal exige inovação, agilidade e visão estratégica. Identificar oportunidades, buscar investimentos e focar na experiência do usuário é essencial. Resiliência diante de desafios e transformação de erros em aprendizado também são fundamentais.

Nesta coluna, aprofundo sobre como empreender em tecnologia em Portugal pode ser uma boa opção para os brasileiros.

Empreender na área de tecnologia em Portugal

Quando falamos em empreender em tecnologia, sempre nos vem à cabeça a construção de algum software ou – com a recente onda das chamadas startups – fazer um aplicativo. Posso garantir a você que é bem mais amplo que isso.

Empreender em tecnologia, além de ampliar ainda mais estes horizontes, traz à tona outras possibilidades – como as dos nômades digitais que falaremos mais a frente. O segmento tem oferecido uma enorme gama de novas profissões. Há ainda as demandas por soluções digitais e tecnológicas que batem à porta do mercado para que novas empresas resolvam os novos problemas do mundo atual.

A tecnologia está em todos os setores

Poucas áreas do conhecimento ampliaram tanto sua influência em nossas vidas quanto a tecnologia da informação e suas variantes. Quando pensamos em robótica, como exemplo, a aplicação destas soluções, antes restrita a uma ou outra área da indústria, hoje pode ser percebida em cadeias inteiras.

Você pode empreender em tecnologia em Portugal. Em nossa experiência, este é um dos segmentos mais promissores para empresas brasileiras, mas cabem algumas reflexões que faremos com você ao longo desta coluna.

O mercado de tecnologia em Portugal é diferente do Brasil?

Sim, é diferente. No Brasil, temos absolutamente de tudo. Somos fortes em empresas de desenvolvimento de sistemas, inclusive uma das maiores do mundo nasceu aqui, a famosa Totvs.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal legalmente e com segurança?

Recomendamos a assessoria da Madeira da Costa, uma sociedade de advogados experientes para auxiliar na sua solicitação de vistos, autorização de residência, cidadania e outros trâmites. É da nossa confiança.

ENTRAR EM CONTATO →

Também temos grandes empresas do segmento de segurança e cyber segurança, e ainda temos empresas com porte considerável do setor de recrutamento e seleção, digital marketing e muitos outros setores.

Temos algumas similaridades e Portugal tem carências em que uma empresa do Brasil pode atuar, ganhando mercado e validando suas teses no país. Em Portugal, a chamada relação B2B é muito interessante.

É um mercado importante para conquistar os primeiros clientes na Europa e construir um desdobramento para o restante do continente. Mas você tem que estar atento, caso seu mercado seja B2C. Este é um ponto de alerta. Com pouco mais de dez milhões de habitantes e bem envelhecido, este pode não ser um mercado atraente para seu negócio.

Empresas com multinacionalidade

Um dado muito relevante das empresas de tecnologia em Portugal (que é bastante diferente do Brasil) é a quantidade de nacionalidades presentes nas empresas deste setor.

Portugal é um país que atrai com grande intensidade profissionais do mundo todo. Desta maneira, torna-se muito comum que, em uma empresa de tecnologia com cinco ou dez colaboradores, 40% a 60% serem de pessoas de outros países.

De europeus mesmo a cidadãos do mundo todo. Portugal é um centro de atração para quem deseja empreender ou trabalhar com este segmento. Qualidade de vida e ativos gastronômicos e turísticos estão no topo dos motivos.

Não podemos esquecer, porém, que boas universidades existem em Portugal, sendo algumas delas pertencentes ao grupo de melhores da Europa, no que toca à qualidade e relevância.

Dito estes pontos, podemos dizer que, apesar de algumas diferenças, Portugal possui mais similaridade do que divergências com o Brasil. Empreender em tecnologia em Portugal acaba sendo tão exigente quanto na América do Norte ou na Inglaterra.

A importância de falar inglês

Você já deve ter ouvido falar da importância de dominar a língua inglesa para ter maior sucesso profissional. Talvez, justamente por que Portugal tem como idioma principal o português, a visão de que não dominar o inglês para empreender em Portugal pode ser uma opção.

Sinceramente, não quero ser alguém que coloque problemas em sua frente, pelo contrário, estamos aqui no Euro Dicas para abrir portas a você. Mas não posso também iludi-lo. Quero dizer assim que o inglês será essencial também em Portugal para que você obtenha tranquilidade para trabalhar no mercado de tecnologia neste país.

falar inglês em Portugal
Seja para investir ou para trabalhar com tecnologia em Portugal, o idioma inglês será um ponto importante.

A título de informação, 75% da população de Portugal fala fluentemente o inglês. Além de mais de 50% da população dominar um terceiro idioma. Como disse, um ponto que é comum das empresas de tecnologia de Portugal é a presença intensa de pessoas de diversas nacionalidades.

A língua que acaba dominando reuniões, interações com o time ou negociação de propostas é o inglês. Em muitos casos, no ambiente das empresas de tecnologia, o começo de uma conversa se dá em inglês. Essa não é uma exceção é muito comum, pois neste universo é o inglês a linha mãe e a forma de conexão entre os diversos países.

Setores em que o mercado brasileiro pode ser útil ao português

As empresas brasileiras de tecnologia podem auxiliar em muitas demandas que hoje Portugal compra soluções de outros mercados.

Talvez o exemplo mais específico seja o marketing digital. Muito maduro no Brasil, este segmento detém grandes empresas de tecnologia como é o caso da Resultados Digitais que tanto poderia impulsionar o mercado de Portugal, como levar novas abordagens a diversos setores do uso do marketing digital.

Outro segmento da tecnologia que o Brasil exporta muitas soluções é o de segurança da informação. Temos expertise tanto na proteção, quanto na recuperação de dados quando eles são objeto de invasões e roubos.

Se você tem atuação no mercado de tecnologia, vale a pena considerar fazer um estudo de mercado para analisar se seu produto ou serviço tem adesão ao mercado de Portugal.

Melhores cidades para empreender em tecnologia em Portugal

Este é um ponto relevante quando o assunto são empresas de tecnologia. Os polos para empresas de tecnologia em Portugal estão nas cidades de Lisboa e Porto. Porém, outras cidades neste caminho ou entorno também devem ser observadas por você.

Um bom exemplo da estrutura de Portugal, quando o assunto são os programas de aceleração ou de incubação, é Leiria. Assim como a cidade de Leiria tem seu programa que oferece recursos, espaço e mentorias para empresas de tecnologia, outras cidades como Coimbra, Aveiro e Évora também dispõem de propostas similares.

Analise o seu caso concreto

Você deve analisar o que é melhor para sua empresa com base na sua maturidade e do seu negócio diante do que os programas oferecem. A grande maioria das cidades irá exigir que você também se instale fisicamente nelas.

Se você depende do mercado consumidor local, talvez a maioria destas pequenas cidades não seja bem o que você procura. Mas se precisar de apoio e seu mercado estiver no mundo todo por ser mais digital, vale a pena analisar.

Programa StartUP Visa

Importante ainda destacar que o StartUP Visa é outro caminho para você conseguir apoio das incubadoras locais e a autorização de residência. Para isso, você precisa submeter seu projeto no portal do programa, que é coordenado pelo IAPMEI (Agência para a Competitividade e Inovação) e aguardar a análise e os trâmites.

Veja que percorri diversos caminhos. Porém, ainda tem o caso das empresas de maior porte que podem já ter recursos para sua implantação, mas precisam mesmo de uma estratégia de mercado e acesso a ele. Neste caso, agende um momento conosco. Com certeza, podemos desenhar a melhor forma de você conseguir alcançar seus objetivos.

Eu falo mais informações sobre este programa e sobre investimentos no vídeo que gravei especialmente para essa coluna. Confira abaixo:

Em resumo, a cidade que você irá se instalar depende de dois fatores:

  1. Sua definição de mercado consumidor alvo;
  2. Sua estrutura quanto ao acesso à mão de obra.

Cidades muito pequenas podem não ter o que você precisa, por isso as empresas de tecnologia acabam se concentrando em Lisboa. Atualmente, em 2024, a cidade detém mais de 60% de todas as empresas de tecnologia de Portugal. Não é trivial, portanto, analisar bem onde será sua sede e você concentrará seus esforços.

Nômades digitais: Portugal é um dos países mais procurados por eles

Por definição, um nômade digital é uma pessoa que utiliza a tecnologia para trabalhar de maneira remota, permitindo-lhe ter um estilo de vida mais flexível e independente em termos de localização.

Esses profissionais muitas vezes não estão vinculados a um escritório físico tradicional e podem realizar suas atividades profissionais de qualquer lugar do mundo, contanto que tenham acesso à internet.

Os nômades digitais geralmente fazem uso intensivo de ferramentas online, como videoconferências, colaboração em nuvem, e-mails, e outras tecnologias que possibilitam a comunicação e a realização de tarefas à distância. Eles podem trabalhar como:

  • Freelancers;
  • Empreendedores;
  • Profissionais autônomos;
  • Funcionários remotos de empresas.

Esse estilo de vida oferece a liberdade de escolher onde viver, permitindo que os nômades digitais explorem diferentes lugares, culturas e experiências enquanto mantêm suas carreiras profissionais.

Esse termo tornou-se mais comum com o aumento da conectividade global e o avanço das tecnologias de comunicação.

nômade digital chegando em Portugal
Por oferecer muitas vantagens, o número de trabalhadores remotos que escolhem Portugal têm aumentado nos últimos anos.

São vários os fatores que têm contribuído para a escolha de Portugal como destino para nômades digitais. É importante você saber quais são eles, justamente por que eles tanto podem representar boa parte da sua força de trabalho, bem como alavancarem dentro da sua empresa no Brasil políticas para a retenção de colaboradores com um plano de carreira para morar em Portugal.

Veja quais fatores têm colocado Portugal como um dos destinos mais procurados pelos nômades digitais viverem:

  • Custo de vida: Portugal tem um custo de vida relativamente mais baixo em comparação com outros países europeus. Isso inclui despesas com alimentação, moradia e transporte, o que pode ser atrativo para nômades digitais que buscam um estilo de vida mais acessível;
  • Qualidade de vida: o país é conhecido por sua qualidade de vida. Possui um clima ameno, rica herança cultural, belas paisagens e uma população acolhedora, o que pode ser atrativo para quem busca uma vida equilibrada entre trabalho e lazer;
  • Comunidade de nômades digitais: a presença de uma comunidade ativa de nômades digitais pode ser crucial. A existência de espaços de coworking, eventos e redes sociais que conectam profissionais remotos pode proporcionar um ambiente de apoio e networking;
  • Infraestrutura digital: Portugal tem investido em infraestrutura digital, proporcionando uma boa conectividade à internet em diversas regiões do país. Isso é essencial para nômades digitais que dependem fortemente de uma conexão confiável para o trabalho remoto;
  • Programas de residência: alguns países têm implementado programas específicos para atrair nômades digitais. Portugal, por exemplo, lançou seu visto para nômades digitais, facilitando a residência temporária de profissionais remotos no país;
  • Proximidade com outros destinos europeus: a localização geográfica de Portugal é estratégica para viajantes que desejam explorar outros países da Europa. A proximidade facilita viagens e permite que os nômades digitais experimentem diferentes culturas sem grandes deslocamentos.

Todos esses fatores, combinados, têm feito de Portugal uma escolha popular entre nômades digitais que buscam uma combinação de estilo de vida atraente, custo de vida acessível e oportunidades profissionais.

Oportunidades de investimento no setor de tecnologia em Portugal

O segmento de tecnologia sempre está entre os mais procurados pelos investidores para diversificar suas posições ou mesmo por estarem em busca de empresas com bom poder de retorno.

Portugal oferece opções interessantes de investimento tanto para quem procura empresas para investir, como para as empresas do setor que desejam buscar investimentos.

Para quem deseja investimento para sua empresa de tecnologia, cabe lembrar que a maioria dos investidores procura quem já está efetivamente operando em Portugal. O mesmo vale para muitas das linhas existentes. Caso você não esteja instalado em Portugal, fica complicado obter recursos.

A Portugal Ventures, maior fundo de investimento de Portugal, que embora seja público, atua com recursos privados, é um bom exemplo de fundos existentes em Portugal. Vale a pena ficar atento, pois eles abrem linhas de investimento com muita frequência.

Para quem deseja investir, convido você a conhecer o fundo de investimento Core Angels Atlantic. Basicamente formado por investidores do mundo todo, investem em startups brasileiras com produtos e serviços para o mundo. Se investir é seu desejo, veja como funciona, pois pode interessar a você.

Empreender em tecnologia em Portugal: seu momento é agora!

Qual o momento para você iniciar sua jornada em empreender no segmento de tecnologia em Portugal? Eu não tenho dúvida, é agora! Não subestime os desafios, portanto, estude seu mercado, estruture um plano de negócios e coloque foco.

Internacionalizar seu negócio não é obter clientes novos, este é apenas um passo e não quer dizer que seja o primeiro. Validar a aderência do seu produto ou serviço é o passo essencial neste início. Quer saber como? Marque um momento conosco e falaremos sobre isso.

Forte abraço e até a próxima coluna.