Uma dúvida comum de muitos brasileiros com mais de 60 anos que migram para Portugal é se conseguem trabalhar no país. Existem alguns pontos que precisam ser esclarecidos, como o tipo de visto e as limitações, mas explicamos como são os empregos para aposentados em Portugal, áreas com mais ofertas e como buscar uma oportunidade.

Há empregos para aposentados ou 60+ em Portugal?

Sim, existem ofertas de emprego em Portugal voltadas para o público com mais de 60 anos. Para encontrar essas vagas, basta buscar no Google por empregos para reformados – termo usado em Portugal para aposentados.
Nessas buscam aparecem oportunidades de trabalho específicas para o público sênior que busca uma colocação no mercado de trabalho. Mas claro, nem sempre a vaga precisa especificar que o trabalho se destina a pessoas de determinada idade, em alguns casos se você tem experiência na área e está qualificado para o cargo, vale a pena tentar.

Como Morar em Portugal Aposentado?

Confira o nosso Ebook “Aposentadoria em Portugal” com o passo a passo para se mudar legalmente para Portugal como aposentado. Tire suas dúvidas e planeje sua mudança com toda a tranquilidade!

Dados de empregabilidade do público sênior

Portugal tem uma das mais altas taxas de idosos acima de 65 anos que ainda estão no mercado de trabalho. Segundo levantamento do Expresso, 11,3% da população com mais de 65 anos ainda está no mercado de trabalho. O valor corresponde a um dos mais elevados da Europa, mas tem tido queda nos últimos anos graças ao aumento das pensões de aposentadoria.

Os aposentados portugueses costumam continuar trabalhando?

Apesar da expectativa de vida elevada em Portugal, é pouco comum que os idosos continuem ativos no mercado de trabalho. Como mostrado, apenas 11% das pessoas com mais de 65 anos se mantêm no mercado de trabalho. Em um país em que quase um quarto da população é idosa, a porcentagem que se mantêm trabalhando é baixa.
Em atividades como caixas de supermercado e motoristas, nas quais é comum encontrar idosos trabalhando no Brasil, em Portugal não é tão comum. Claro que existem, mas em menor proporção.
idosos no mercado de trabalho
Descubra os motivos pelos quais os aposentados brasileiros escolhem Portugal para viver.

Posso morar em Portugal como aposentado e trabalhar?

Sim. Se você se mudar para Portugal com o visto D7, conhecido como visto de aposentado, pode trabalhar, uma vez que a lei não coloca nenhum tipo de objeção a respeito. Porém,  visto só é concedido para quem comprova rendimento no Brasil, suficientes para arcar com as despesas em Portugal. Por isso, exercer uma atividade de trabalho é mais no sentido de hobby ou para ter um dinheiro extra.
Se possuir cidadania portuguesa ou europeia, também não existe nenhum impedimento para exercer atividade profissional. Desta forma, antes de decidir pelo tipo de visto, vale considerar os objetivos no país, por exemplo, se você pretende trabalhar, o ideal é conseguir um emprego antes de se mudar e solicitar o visto de trabalho, assim, não há impeditivo e não terá que comprovar a renda que o visto D7 exige.

Setores que mais empregam aposentados

Muitas vezes, é como trabalhador independente que os idosos conseguem se manter ativos no mercado de trabalho.

Aplicativos de transporte

É bastante comum encontrar aposentados trabalhando como motoristas de aplicativos, seja pela Uber ou Bolt (app muito usado em Portugal), os idosos encontram na atividade de dirigir uma maneira de complementar a renda.
Porém, não se esqueça que enquanto imigrante, esse é um trabalho que renderá muitos custos, desde a carta de condução portuguesa, até o aluguel mensal de carro, então é bom estudar bem o mercado.

Turismo

O turismo também é um mercado que costuma ter ofertas de empregos para aposentados em Portugal. Seja em hotéis ou resorts, no atendimento, na limpeza ou em várias outras áreas, o setor pode ter ofertas boas, especialmente durante a alta temporada, quando os quadros são reforçados. A atividade de concierge também emprega muitos idosos, mas é preciso conhecer bem a cidade.

Comércio

O comércio em Portugal é um setor com potencial de empregabilidade para idosos. Diferente do Brasil, em que muitas regiões não tem área comercial, em Portugal é comum que existam várias zonas de comércio pela cidade, atendendo as várias regiões. Assim, conseguir um trabalho em um pequeno comércio pode ser uma possibilidade de conseguir se manter como aposentado.
Você tem uma ampla experiência em alguma área? Anos de carreira e muito conhecimento em algum setor? Então essa também pode ser uma possibilidade. Em alguns áreas pode ser preciso validar diploma, ou se inscrever na ordem local, mas não descarte essa possibilidade.
Estude como é o mercado na sua área em Portugal e como seria sua recolocação no mercado, conseguir um emprego em algo que você tem muita experiência pode ser mais fácil do que se aventurar em algo completamente novo.

Projeto 55+

O projeto 55+ é uma plataforma que ajuda pessoas com mais de 55 anos a conseguir uma fonte de renda. Não é uma plataforma de emprego, está voltada especialmente para o trabalho independente de pessoas que tem alguma habilidade.
Pessoas com mais de 55 anos podem se cadastrar, escolher suas habilidades que vão desde chef de cozinha até jardinagem, passando por pet sitting e aulas de música. Assim, é possível contratar os serviços desses profissionais pela plataforma.
O principal objetivo do projeto é prevenir a solidão e manter os idosos ativos, não necessariamente é gerar renda, essa é apenas uma consequência. O projeto está disponível apenas em Lisboa e os profissionais, ao se inscrever devem passar pela validação dos serviços para comprovar que estão aptos a realizar a atividade.
emprego sênior em Portugal
Saiba quais as melhores cidades para aposentados em Portugal.

É fácil conseguir vaga em Portugal para o público 60+?

Não. Assim como na maior parte dos países, conseguir emprego após os 60 anos pode ser uma missão bem difícil. A perspectiva pode ser ainda mais difícil ao considerar o cenário de um imigrante, que naturalmente pode ter mais dificuldade para encontrar trabalho.
Não quer dizer que seja impossível, mas pode sim ser difícil. Tudo vai depender do currículo, da área na qual tem experiência e do tipo de trabalho que está disposto a ter em Portugal. Contar com o auxílio profissional também pode ajudar, se você trabalha no Brasil, pode buscar ajuda de um outplacement para brasileiros em Portugal.
Vale considerar que, ainda, que muitas ofertas de empregos para aposentados em Portugal são de meio período. Ou seja, é uma maneira de trabalhar sem sobrecarga, mas que, financeiramente pode não ser viável, uma vez que os salários já são baixos para quem trabalha o dia todo.
Se você pretende começar uma nova etapa da vida em Portugal depois de se aposentar, é importante ir se planejando com muita antecedência, especialmente se para o sucesso dessa nova fase você precisa conseguir um emprego. Comece a fazer pesquisas na sua área, tente encontrar algo ainda estando no Brasil e tenha uma boa reserva financeira para realizar esse sonho. Se planejar e prever possíveis problemas é essencial para estar preparado.
Para ajudar nesse processo, lançamos o e-book Como Morar em Portugal Aposentado, que reúne tudo que você precisa saber para planejar a mudança para o país, desde os tipos de vistos mais indicados, escolha da cidade, até a adaptação ao país.