Um dos setores que mais cresceu nos últimos anos, o mercado imobiliário em Portugal esteve em constante ascensão, atraindo investimentos sobretudo estrangeiros. Com a pandemia de coronavírus, assim como a economia do país, o setor também sofre algumas oscilações e o futuro ainda é incerto, uma vez que algumas áreas estão diretamente ligadas ao turismo, por exemplo.
Entenda as mudanças que o mercado imobiliário português vem passando, quais os impactos da pandemia, perspectivas para o futuro e se ainda vale a pena investir no segmento.

Como está o mercado imobiliário em Portugal?

O mercado imobiliário em Portugal está em um período de transição. Após anos de crescimento, tanto nos preços quanto no número de transações, o país passa por mudanças significativas que afetam diretamente o setor imobiliário. A crise em decorrência da pandemia de coronavírus mudou as preferências de quem investe no setor, especialmente com o objetivo de residir.
Apesar da redução na quantidade de vendas e, consequentemente, no volume de transações, o setor imobiliário não apresenta grandes perdas, como outros. Além disso, os preços de compra e venda se mantêm estáveis.
A economia de Portugal ainda terá grandes desafios, especialmente porque foi aprovado no Parlamento Português um novo lockdown em janeiro de 2021. Ou, ainda, se até o verão de 2021 as principais atividades econômicas do país, como o turismo e o comércio, não forem retomados.

Impacto da Covid-19 no mercado imobiliário em Portugal

A pandemia afetou fortemente o turismo, sendo essa uma das principais atividades econômicas do país, um dos principais impactos da Covid-19 foi a queda na procura por alojamento local, os imóveis destinados a turistas. Dessa forma, muitos locatários que antes destinavam seus imóveis ao alojamento de turistas colocaram os imóveis no mercado residencial, aumentando assim a oferta.
mercado imobiliario portugues
De imediato o impacto no valor do aluguel foi sentido com uma leve queda nos preços. Porém, é possível que apenas em 2021 sinta-se de fato uma queda no valor dos aluguéis, isso vai depender especialmente se haverá ou não uma recuperação do setor turístico. Caso não aconteça, a oferta de imóveis para aluguel pode aumentar e, consequentemente, os preços podem baixar.
Entre os compradores que buscam uma residência própria, observou-se o aumento da procura por lotes para construção. Esse aumento foi observado em várias regiões de Portugal, mas sobretudo, fora dos grandes centros uma vez que apresentam pouca oferta. Assim, contribui com o mercado da construção civil, que pouco se abalou com a pandemia.
Pretende investir em Portugal? Saiba como abrir empresa no país, como é o mercado e as perspectivas de investimento.

O futuro do mercado imobiliário em Portugal

Apesar dos sinais de estabilidade do mercado imobiliário em Portugal, a tendência apontada pelos especialistas é de queda nos preços em 2021, tanto para venda, quanto para aluguel.
No que se refere a compra, a queda no valor dos imóveis pode ser estimulada por um aumento da oferta. Assim como a redução dos estímulos do governo para manter o setor. Por outro lado, se houver alteração nos juros, atualmente baixos, que vem segurado o setor, também pode haver um aumento na oferta.
Já no que se refere a queda dos preços de aluguel, um dos principais fatores que deve pesar é o aumento de oferta de imóveis, especialmente, caso o setor turístico não dê sinais de recuperação.

Impacto das restrições ao Golden Visa para o mercado imobiliário em Portugal

As restrições do Golden Visa no mercado imobiliário poderão ser sentidas quando entrar em vigor. O Governo anunciou que o Programa Golden Visa ficará limitado a partir de 1 de julho de 2021, e as limitações serão implantadas em fases, até o fim de 2022.
É natural que essa restrição afete o mercado imobiliário em Portugal porque os investimentos estrangeiros no país representam cerca de 75% no mercado e com o fim do benefício em Lisboa e no Porto, pode haver uma queda na procura.
Assim como pode representar um aumento de preço nas zonas afastadas das cidades. Esse aumento pode ser pressionado pela crescente busca por residências fora dos grandes centros urbanos de quem pretende viver, assim como por essas zonas serem, também, as contempladas pelo programa.
Entretanto, considerando o fato de ainda não ter sido divulgado como será feita a restrição do Golden Visa, ainda é cedo para prever os impactos que a mudança causará no mercado imobiliário.

Investir em imóveis em Portugal ainda é um bom negócio?

Sim. No geral investir em imóveis em Portugal ainda é um bom negócio, especialmente quando se observa a longo prazo o mercado. Outro aspecto que torna o investimento um bom negócio, são os juros baixos praticados na Europa, assim, os financiamentos imobiliários se mantêm atrativos.
O mercado imobiliário em Portugal é bem visado especialmente por investidores estrangeiros. O país tem se destacado no setor nos últimos anos e, segundo especialistas, dá sinais de que vai se recuperar da crise provocada pela pandemia.
contrato imobiliário em Portugal
Porém, assim como qualquer investimento em momento de crise, é preciso ponderar bastante antes de investir, analisar as variáveis, os objetivos a médio e longo prazo. Além claro, de definir o objetivo do imóvel.
Considerando que o turismo não é a melhor categoria de investimento, nos próximos anos os retornos sobre investimentos imobiliários podem ser menores. Isso porque, até então, o turismo era o mais rentável dos investimentos imobiliários.
Em dúvida sobre onde comprar casa em Portugal? Saiba qual a melhor região para investir.

Preço dos imóveis em Portugal para compra e aluguel baixou?

Não necessariamente. Em algumas regiões do país os preços tiveram queda, porém, não é o que se observa em todo o país.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

Valor médio do metro quadrado na compra

Ao contrário do que se esperava, no segundo trimestre, com o fim do confinamento e os números positivos que coincidiram com o verão europeu, os preços do metro quadrado na compra de imóvel aumentaram especialmente nas duas principais cidades do país. Apesar de a média em Portugal também ter aumento, houve uma ligeira queda nos preços em boa parte do interior do país.

1º trimestre 2º trimestre
Lisboa 3.333€ 3.375€
Porto 1.966€ 2.007€
Portugal 1.875€ 1.912€

Os valores foram consultados no INE, sendo que ainda não haviam sido divulgados os dados referentes ao 3º trimestre de 2020. A última atualização foi em Outubro de 2020.

Impacto no valor do aluguel

Se tratando de aluguel de imóveis, o impacto foi um pouco maior do que no mercado de venda. Em Lisboa, por exemplo, a queda do primeiro para o segundo trimestre foi de quase 7%, com um valor médio de aluguel de 15,20€ o metro quadrado. No Porto as rendes se mantiveram estáveis, com uma variação de 0,4% e o preço médio do metro quadrado de 10,70€.
Mas se analisado o país como um todo, os valores de arredamento caíram quase 17% em relação a 2019. Tendo algumas cidades do interior, como Portalegre registrado queda de 42% no valor das rendas.
mercado imobiliário no interior de Portugal
Entenda o custo de vida em Portugal e saiba como a moradia impacta as contas.

Tendências do mercado imobiliário em Portugal

Uma das tendências do mercado imobiliário em Portugal, assim como deve acontecer em outros países, é o aumento da procura por zonas periféricas, com a saída de moradores das cidades maiores. Isso acontece por dois fatores centrais: a busca por casas maiores e o trabalho remoto. Dessa forma, a procura por imóveis nas cidades maiores deve cair, em compensação, nas cidades menores, onde os imóveis são maiores, ela deve aumentar.
Outra tendência do mercado, também refletida pela busca de mais espaço e conforto, é o aumento da busca por casas em detrimento de apartamentos. Ter espaços maiores para a família se tornou um dos principais objetivos, com isso, a busca por esses imóveis, tanto para compra quanto para aluguel tende a crescer.
O ponto central sobre o mercado imobiliário em Portugal é que ainda não é possível avaliar como será 2021. Isso porque ainda não há previsão para a retomada do turismo e, caso isso não aconteça ou não tenha sinais de melhoria até o verão europeu, o mercado pode oscilar com aumento da oferta tanto para compra quanto para aluguel.
Planejando investir no mercado imobiliário em Portugal para viver no país? Então temos um guia completo que vai ajudar você a planejar desde a escolha da cidade, até a documentação necessária para viver no país. O Programa Morar em Portugal conta com aulas em vídeo, e-book e fóruns para dúvidas dedicados especialmente aos leitores.
Você também pode contar com a Atlantic Bridge, uma assessoria especializada em auxiliar no processo de investimento em Portugal e outros temas pertinentes para quem deseja viver no país. Entre em contato e saiba como.