Pré natal e parto em Portugal

Portugal  / 

O número de brasileiros que desejam imigrar cresce a cada dia e muitos encontram em Portugal a qualidade de vida que tanto almejam. Levando uma vida mais tranquila, com segurança e um custo de vida relativamente mais baixo comparado ao Brasil, vem o desejo de aumentar a família.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Veja em baixo tudo o que precisa saber sobre o pré natal e parto em Portugal.

Como funciona o pré natal e parto em Portugal?

Quando o assunto é gravidez, as dúvidas são muitas e a insegurança de vivenciar esse momento em um país “desconhecido” é ainda maior. Sabendo disso tudo, vou compartilhar minha experiência de ser mãe imigrante e de como é o pré natal e o parto em Portugal.

Sistema Público de Saúde

O sistema de saúde em Portugal é público mas não gratuito (já foi mencionado no artigo que explicamos tudo sobre a Saúde Pública em Portugal). Mas durante o pré-natal e 60 dias após o parto a gestante fica isenta de qualquer custo (consultas, exames, parto e pós parto).

As consultas são realizadas pelo Centro de Saúde com o seu médico de família, caso não tenha médico de família ainda, uma vez confirmado a gravidez, o centro de saúde é obrigado te direcionar para um médico que irá acompanhar sua gravidez e pós parto.

Consultas, Exames e Medicamentos

Diferente do Brasil que as consultas são bem frequentes, aqui uma gravidez saudável tem de 8 a 10 consultas durante toda a gestação. Sendo 2 consultas no primeiro trimestre, 2 consultas no segundo trimestre e de 4 a 6 na reta final.

Os exames são realizados ao longo da gestação, sendo elas realizadas no hospital ou clínicas conveniadas ao sistema de saúde público.

As ecografias são realizadas 1 vez por trimestre, eu particularmente achei pouco, minha última ecografia foi realizada com 32 semanas de gestação e o parto só aconteceu às 41 semanas. Nesse caso, me arrependi de não ter feito pelo privado próximo das 40 semanas.

Os medicamentos que são receitados, no geral são com valores moderados, lembro de pagar menos de 2€ numa dessas medicações que é feita no início da gravidez.

Consultas no dentista durante a gravidez

Embora algumas pessoas não saibam, a saúde dentária é muito influenciada durante a gravidez. Por isso, durante o pré natal, o centro de saúde ofereceu um “cheque dentista” que tem convênio com a maioria das clínicas dentárias.

Com esse “cheque” você pode fazer sem custo: uma primeira consulta, tratamento (caso necessário) e acompanhamento do tratamento.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Como é o parto em Portugal

O centro de saúde já te direciona para o hospital de sua região onde será realizado o parto, mas podendo ser de livre escolha da gestante optar por outro caso tenha interesse.

Se a gravidez for saudável, o acompanhamento por obstetra no hospital é realizado semanalmente ao fim da gravidez. Caso seja diagnosticado algum risco, o acompanhamento passa a ser de imediato.

Pelo sistema de saúde público, uma gravidez saudável pode ser seguida até 41 semanas, chegando a esse período sem sinais de trabalho de parto, é agendado a indução.

Não tem a opção de escolher cesárea, o parto será direcionado para que ocorra normal desde que não tenha nenhuma ocorrência que precise de cirurgia.

Acompanhantes no hora do parto

Durante o trabalho de parto a gestante tem direito a um acompanhante de sua escolha, e alguns hospitais permitem a presença do acompanhante durante a cesárea também.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Da mesma forma ocorre após o parto, alguns hospitais permite acompanhante apenas durante o dia e outros deixam passar a noite. No meu caso, tive direito apenas durante o dia e à noite tinha enfermeiras para ajudar.

Como é depois do nascimento

No geral o bebê fica ao lado da mãe, do nascimento até à alta, sendo realizado todos os procedimentos de consultas e vacinas no quarto.

Por questões de segurança, todos os bebês ficam com uma pulseira eletrônica que dispara um alarme no hospital, caso a criança seja afastada alguns metros do quarto da mãe.

Confira aqui a lista das melhores maternidades em Portugal.

Parto no Sistema Privado de Saúde

Pré natal e parto em Portugal no sistema privado.

A saúde privada em Portugal é tão boa quanto o público, mas não tão completa em relação a emergências. Os hospitais públicos possuem UTIs bem mais equipadas, e um número maior de profissionais. Então pode acontecer, em caso de emergência, tanto a gestante quanto o bebê pode ser transferido para algum hospital público.

Vantagens

  • Ter acompanhamento por muitas vezes, ter a disposição um ginecologista/obstetra;
  • Possibilidade de realizar exames mais completos e um número maior de ecografias;
  • Atendimento personalizado e mais acolhedor;
  • Optar pelo tipo de parto.

Desvantagens

As desvantagens no geral são os valores, eu possuo seguro saúde, mas na altura que engravidei estava dentro da carência de obstetrícia, e as consultas com a minha médica no privado, eram em torno dos 80€, mais os exames. Com o seguro fica em torno dos 30€, mas além das consultas e exames, o parto é o que acaba encarecendo.

Um parto normal com dois dias de internação custa em média 1.000€, podendo chegar até 5 mil euros. No caso de uma cesárea agendada, ronda entre 2 mil euros a 6 mil euros.

Veja também como economizar na compra do enxoval de bebê em Portugal.

Hospital público ou privado?

Fazer o pré natal e parto em Portugal no privado pode ficar bem caro. No entanto, a gestante que decidir fazer o pré-natal no privado, pode optar em ter o parto no hospital público sem problemas, só é preciso levar todos os exames realizado ao longo da gravidez.

Por isso acho que é uma decisão que envolve basicamente, se você faz questão de uma cesárea, e se está disposta a pagar caro pelo parto. Caso as respostas sejam “não”, o público vai te atender MUITO bem e você não vai se sentir em um hospital público.

Vale a pena morar e trabalhar em Portugal?. Leia a nossa opinião.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Fabiane é brasileira e trocou São Paulo pelo Porto. Formada em publicidade e co-fundadora da Euro Dicas. Atualmente divide seu tempo entre o trabalho com redes sociais e a maternidade. Apaixonada por viagem, moda e culinária.