Seguro viagem gratuito existe? Tire suas dúvidas antes de viajar

Todo mundo que viaja tem que ter em mente que emergências e acidentes podem acontecer com qualquer um e que atendimento médico é algo geralmente caro no exterior. A melhor forma de viajar com tranquilidade é ter um seguro viagem. Mas dá para ter um seguro viagem gratuito? Vamos te explicar neste artigo e te mostrar as melhores opções para você não gastar nada ou muito pouco. Confira.

Existe seguro viagem gratuito?

Não, não existe. Mas há duas modalidades que as pessoas geralmente confundem com um seguro viagem gratuito: seguro viagem do cartão de crédito e Certificado de Direito à Assistência Médica – esse último mais conhecido pelas siglas PB4 e IB2.

Vamos explicar cada um deles e o porquê de não poderem ser considerados como seguro viagem gratuito.

Cartão de crédito vem com seguro viagem gratuito?

Apenas algumas bandeiras de cartão de crédito oferecem o benefício do seguro viagem a seus usuários. Nestes casos, não há a cobrança extra de nenhum valor para emitir e utilizar o seguro viagem dos cartões.

Entretanto, ele não é exatamente gratuito, pois o valor deste benefício está incluído na anuidade do cartão – mas você só usa se quiser. Porém, o seguro viagem só está incluído em bandeiras exclusivas, em que os clientes precisam ter uma renda determinada e as anuidades são bem elevadas. Algumas bandeiras que disponibilizam seguro viagem para os clientes são:

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Visa

Quem possui um cartão de crédito Visa das bandeiras Platinum ou Infinite pode usufruir do Seguro Viagem Visa. Ele é garantido pela AIG Seguros.

Apesar de não ter cobrança adicional pelo serviço, o valor do seguro já está implícito na alta anuidade cobrada pelos cartões. Para ter estes cartões, é preciso ter renda a partir de 10 mil reais e as anuidades podem ultrapassar os 800 reais por ano.

Mastercard

O Seguro Viagem Mastercard está disponível para os clientes das bandeiras Black e Platinum e é extensível aos seus cônjuges, companheiros e filhos dependentes com menos de 24 anos, desde que a passagem de todos eles tenham sido compradas com o cartão.

Desvantagens do seguro viagem gratuito do cartão de crédito

No geral, os planos não oferecem cobertura a gestantes, prática de esportes de aventura e viagens a alguns destinos específicos. As restrições aplicam-se, geralmente, a regiões em conflito ou países em que a infraestrutura existente é considerada inadequada pela bandeira do cartão de crédito.

Antes da viagem, é recomendável entrar em contato com o serviço de atendimento do cartão para checar se há cobertura para o destino que você irá viajar.

Outro ponto negativo dos seguros viagem de cartão de crédito: você não consegue escolher o plano que melhor se adapta à sua viagem. Deve aceitar as condições estabelecidas pela bandeira do seu cartão.

seguro viagem gratuito casal

O que é Certificado de Direito à Assistência Médica?

Para começar, o certificado não é seguro viagem.

Brasil, Itália, Portugal e Cabo Verde assinaram um acordo previdenciário que criou o Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM). De acordo com o certificado, os cidadãos desses quatro países podem utilizar a assistência médica hospitalar na rede pública desses territórios, tal qual um cidadão local. A única condição é que o indivíduo seja contribuinte da Previdência Social.

Saúde pública não é saúde gratuita

Mas, atenção: dizer que os brasileiros podem usar a rede pública de outros países não é o mesmo que dizer que os brasileiros terão atendimento médico gratuito no exterior.

Portugal e Itália cobram por determinados procedimentos na saúde pública (valores inferiores à rede privada).

Então, não se assuste se viajar com o PB4 ou o IB2 e receber uma cobrança de um hospital público.

Entenda o PB4

O PB4 é um seguro de saúde gratuito do governo brasileiro firmado com os seguintes países: Cabo Verde e Portugal.

Com esse seguro, um brasileiro pode ser atendido em hospitais públicos de Cabo Verde e Portugal, pagando o mesmo valor que um cidadão nativo destes locais.

Como solicitar o PB4

O PB4 deve ser solicitado presencialmente, em um Núcleo Estadual do Ministério da Saúde, localizado nas capitais dos estados brasileiros. Na página do Ministério da Saúde é possível consultar local e horário de atendimento de cada núcleo. Não é possível solicitar o PB4 online.

Os documentos necessários são:

  • RG;
  • CPF;
  • Passaporte;
  • Comprovante de residência no Brasil.

Para os dependentes, devem ser apresentados os seguintes documentos:

  • RG;
  • CPF;
  • Passaporte;
  • Comprovante de vínculo (certidão de nascimento de filhos menores de 21 anos de idade ou certidão de casamento).

Entenda o IB2

Se a sua viagem é rumo à Itália, o Certificado de Direito à Assistência Médica se chama IB2.

O formulário assegura o acesso ao sistema de saúde de forma idêntica aos cidadãos italianos, pagando as mesmas taxas.

Para ter direito ao IB2 é necessário apresentar os mesmos documentos que o PB4.

Assim como no certificado PB4, é preciso ir pessoalmente ao núcleo do Ministério da Saúde do seu estado para fazer o pedido.

É preciso autenticar

O CDAM precisa ser apostilado sobre as convenções da Apostila de Haia para ter validade no exterior. O valor da autenticação varia bastante, mas custa em torno de R$100, por isso, não pode ser considerada uma assistência gratuita, pois o custo é semelhante ao de um seguro viagem.

Vale a pena utilizar um seguro viagem gratuito?

Nós consideramos que toda assistência é bem-vinda, especialmente se ela não tiver custos adicionais.

Entretanto, é importante que você entenda que tanto o seguro do cartão de crédito quanto o CDAM não são planos de seguro viagem tão completos quanto os que você pode adquirir junto às seguradoras ou nos comparadores de seguro viagem.

Desvantagens do seguro viagem gratuito

Como já falado, o seguro viagem do cartão de crédito limita muito as opções de cobertura do viajante. Você não consegue escolher nem mesmo qual será o valor da cobertura médica hospitalar.

Já os Certificados de Direito à Assistência Médica não são seguros viagem e se restringem ao atendimento médico público – não necessariamente gratuito e ainda precisa pagar para apostilar. Além disso, há alguns benefícios importantes que o CDAM não cobre e o seguro viagem sim, veja abaixo.

Benefícios do seguro viagem pago

Contratando um seguro viagem pago, você tem a liberdade de escolher o plano que melhor atende suas necessidades enquanto turista.

Além disso, eles oferecem outras coberturas, além dos gastos médicos hospitalares, que são também bem interessantes para o turista, como indenização por extravio de bagagem, cancelamento ou atraso de voo, seguro por morte acidental ou invalidez permanente, repatriação sanitária, entre outras.

Outra boa notícia é: o custo de um seguro viagem é bastante acessível. Por exemplo, para uma viagem de cinco dias rumo à Europa, é possível encontrar no comparador do Euro Dicas, uma parceria com a Seguros Promo, planos a partir de R$ 47, ou seja, menos de R$ 10 ao dia.

Qual opção de seguro viagem é a melhor?

Para nós, o melhor é ter um seguro viagem sob medida para o seu estilo de viagem e complementar com o Certificado de Direito à Assistência Médica e/ou seguro do cartão de crédito.

Fizemos uma tabela comparando as três categorias de proteção, confira:

Cartão de crédito  Certificado de Direito à Assistência Médica (PB4 ou IB2) Seguro Viagem
O que é Oferecido como benefício por algumas bandeiras, as que possuem anuidades mais altas. É gratuito, mas tem que pagar para apostilar. Garante acesso à rede pública de saúde (não necessariamente gratuita). É pago e o valor depende do plano contratado. Mas o custo é baixo.
Quem pode obter Acessível apenas a quem possui determinados cartões de crédito. Para acioná-lo, é preciso entrar em contato com a operadora. Para contribuintes da Previdência Social. Deve ser solicitado pessoalmente no Núcleo Estadual do Ministério da Saúde do Brasil. Pode ser contratado por qualquer pessoa pela internet.
Validade do seguro As bandeiras restringem a cobertura para determinados países – geralmente os que estão em conflito ou que têm infraestrutura considerada inadequada. Antes da viagem, é recomendável entrar em contato com o serviço de atendimento do cartão para checar se há cobertura para o seu destino. É válido para Portugal e Cabo Verde (PB4) e Itália (IB2). Não cobre os demais países. Tem validade em todos os países, dependendo do plano contratado. Os planos internacionais, por exemplo, cobrem todos os países.
Como funciona Funciona por meio de reembolso. O segurado paga as despesas e, posteriormente, recebe da bandeira do cartão a quantia gasta. Oferece o direito se ser atendido pela saúde pública do país. Os procedimentos pagos na rede pública devem ser quitados pelo viajante. Cobre atendimento em clínicas particulares conveniadas em qualquer país, de acordo com o plano contratado. Também funciona por reembolso. Para a Europa, cobre despesas médicas a partir de 30 mil euros (mínimo recomendado).
Coberturas oferecidas Os planos não oferecem cobertura a gestantes, para a prática de esportes de aventura e a viagens a destinos específicos. Também não é possível escolher o valor da cobertura – para a Europa, os planos se limitam aos 30 mil euros determinados pelo Tratado de Schengen. Não cobre perda, roubo ou extravio de bagagem, além de outras proteções, como: morte ou invalidez permanente, perda de voo, repatriação sanitária, assistência jurídica, traslado de corpo, etc. Dependendo do plano contratado, oferece uma série de coberturas. Quanto mais coberturas o seu plano tiver, mais protegido você estará.

Onde contratar seguro viagem?

Nós recomendamos sempre o uso dos comparadores de seguro viagem, por oferecerem uma ampla gama de opções de planos e seguradoras e por garantirem o melhor preço do mercado.

Usamos o nosso comparador do Euro Dicas e do Seguros Promo. Acesse e confira as opções.

Ganhe 10% de desconto

Não esqueça, na página de pagamentos, de usar o cupom EURODICAS5, que te dá 5% de desconto. Se optar por pagar no boleto, você ganha mais 5%. No total, são 10% de desconto. Aproveite!

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que descobriu.

Artigos relacionados

Solicitar PB4 online: passo a passo e documentos necessários

Saiba se é possível solicitar PB4 online, documentos necessários, quanto tempo demora, como solicitar e se ele substitui o seguro viagem.

PB4: como funciona e como solicitar gratuitamente

Saiba o que é o seguro de saúde brasileiro PB4, como funciona, em que países ele é válido, onde solicitar, como solicitar, como usar e qual sua validade.

Seguro Viagem Europa: leia antes de comprar (Guia 2020)

Você já adquiriu seu Seguro Viagem para Europa? Sabe se ele é válido no espaço Schengen? Confira tudo neste guia e ganhe desconto para contratar!

Renovar o PB4: passo a passo para fazer a solicitação

Muitas dúvidas surgem em relação a isso, principalmente sobre como fazer isso em Portugal. Venha descobrir como renovar o PB4.

PB4 precisa ser apostilado? Esclareça suas dúvidas

Entenda como solicitar o PB4 online, verifique se o documento precisa ser apostilado e como fazer o Apostilamento de Haia.

Melhor seguro viagem 2020: o nosso top 7 (guia atualizado!)

Dentre tantas opções, qual é o melhor seguro viagem? Levantamos nosso TOP 7 e separamos dicas para economizar até 60%. Confira!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube